Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Jadson é campeão

29 de abril de 2010 1

Vingador, abusado, irreverente, guerreiro. Todas essas expressões servem para o surfista potiguar Jadson André, 20 anos, que acaba de vencer o Billabong Pro Santa Catarina, a terceira etapa do ASP World Tour. Jadson André superou ninguém menos do que Kelly Slater numa final disputada até os minutos finais após um “restart” (recomeço), já que os primeiros 10 minutos não tiveram ondas surfadas. O placar foi de 14,40 a 14.

A bateria final:

Jadson pegou a primeira, uma esquerda, e fez um 4,40. Kelly respondeu com outra esquerda onda nota 5,50 após quatro manobras. O carequinha queria mais e fez um 6,50 numa direita pequena, mas com direito a um pequeno aéreo 360. A resposta de Jadson foi cascuda: dois aéreos rodando que valeram apenas um 8, mas o suficiente para a bateria ficou empatada, e como Jadson tinha a maior nota, levaria o título. Kelly precisava de um 5,50 para trocar a nota e conseguiu uma nota 6,50 com muita fluidez na onda. Até que Jadson foi atrás de uma direita e com batidas verticais fez uma nota 6,5 para passar a frente. Nos últimos minutos, Kelly tentou a virada com uma onda pequena, para a esquerda, derrapando em todas a manobras, mas levou apenas uma nota 7,50, quando precisava 7,90. Nova calmaria, e Jadson saiu da água carregado, cercado de seguranças diante da comoção gerada na beira da praia. Parabéns campeão!

 

Comentários (1)

  • thiago diz: 29 de abril de 2010

    Cara, onda com 2 aereos valendo 8 enquanto onda com batidas verticasi vale 6,5?
    vai entender esses Juizes da ASP……
    Garanto que deram 8 para ver o Slater campeão de SC ….
    Esse julgamento do WCT e do surf em geral tem que mudar…..analizar masi radicalidade mas amntendo as notas basicas para o surf de linha….
    Parabéns pela cobertura;

Envie seu Comentário