Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de maio 2010

Bruno fica em oitavo na Holanda

31 de maio de 2010 0

Acabou neste domingo com chuva e frio a Semana de Vela de Medemblik, na Holanda, válida pela quinta etapa do Circuito Mundial, com participaçao de 1000 velejadores de diversas classes olímpicas e paraolímpicas.O melhor brasileiro foi o catarinense Bruno Fontes, patrocinada Unimed, Eletrosul e Governo de Santa Catarina, que conseguiu a 8ª colocação. Bruno chegou a brigar pelo título, mas a 29ª colocação na penúltima regata afastou as chances do brasileiro na geral.

Mesmo assim, Fontes se classificou para a Medal Race, onde só os 10 primeiros colocados fazem a grande final. Na final, Bruno terminou na 4ª posição.O resultado mantém Fontes entre o Top 10 do ranking mundial.

O cinco primeiros no geral foram Tom Slingsby da Australia, Matias Del Solar do Chile, Javier Hernandez da Espanha, Nick Thompson e Paul Goodinson da Inglaterra.

- Volto ao Brasil feliz e com sentimento de dever cumprido, pois foi mais um bom resultado internacional. Sei que deixei escapar o podio que seria uma vitória ainda maior, mas com certeza ficará para a próxima etapa – destacou Bruno.

SC é vice na Bahia

31 de maio de 2010 0

Pódio da categoria Júnior na Bahia com três catarinenses

A equipe de atletas catarinenses da Federação Catarinense de Surf, tetracampeã
Brasileira, ficou com o vice-campeonato na primeira etapa do Circuito Brasileiro de Surf Amador 2010, realizada na Praia de Jaguaribe na Bahia durante os dias 28, 29 e 30 de maio. A equipe catarinense liderou os dois primeiros dias, mas no último dia, a eliminação de alguns atletas importantes do time catarinense prejudicou a soma de pontos e abriu caminho para São Paulo vencer a etapa. O mar estava agitado pelo forte vento sudeste, nos dois primeiros de campeonato. Já no domingo, o vento soprou fraco e as ondas com cerca de um metro de altura proporcionaram um show de surf.

Destaques para Matheus Navarro, Cauê Wood e Diego Michereff que subiram ao pódio do brasileiro na categoria Junior, e também para o atleta da categoria Open, Leandro Silva, que acabou na quarta colocação.

Este ano o Circuito Brasileiro de Surf Amador define o ranking oficial da Confederação Brasileira de Surf para a temporada 2010, e garante vagas na equipe brasileira no Pan-Americano e no Mundial ISA Games. A Fecasurf está apoiando os atletas através da importante parceria com o Governo do Estado de Santa Catarina através do Fundesporte e Secretaria de Turismo, Cultura junto com a Oceano, que veste toda equipe, Chiclete Trunk e o Surfers Paradise.

Calendário do Billabong Brasileiro de Surf 2010
1ª etapa – Praia de Jaguaribe, Salvador (BA), de 28 a 30 de maio
2ª etapa – Vila Velha (ES), de 25 a 27 de junho
3ª etapa – João Pessoa (PB), de 27 a 29 de agosto
4ª etapa – Florianópolis (SC), de 8 a 10 de outubro

Resultados por equipes da etapa:

1ºSão Paulo –   206   Pontos
2ºSanta Catarina 168
3ºParaíba 158
4ºCeará 136
5ºRio Grande do Norte  118
6ºRio de Janeiro 114
7ºBahia 110
8ºParaná  108
9ºEspírito Santo  94
10ºPernambuco 58
11ºSergipe 08

Classificação da primeira etapa do Circuito Amador na Bahia:
Open
1º Gutenberg Silva (CE)
2º Vitor Valentin (PR)
3º Samuel Igo (PB)
4º Leandro Silva (SC)

Júnior
1º Filipe Toledo (SP)
2º Matheus Navarro (SC)
3º Cauê Wood (SC)
4º Diego Michereff (SC)

Mirim
1º Deivid Silva (SP)
2º Ítalo Ferreira (RN)
3º Filipe Toledo (SP)
4º Michel Rodrigues  (CE)

Iniciantes
1º Lucas Silveira (RJ)
2º Elivelton Santos (PB)
3º Victor Bernardo
4º Edgar Groggia (SP)

Open Feminina
1º Estefani Freitas (CE)
2º Kaena Brandi (SP)
3º Gilvanilta Ferreira (RN)
4º Janine Santos (BA)

Júnior Feminina
1º Estefani Freitas (CE)
2º Natalie Paola (SP)
3º Jessica Bianca (PR)
4º Paula Gabi

Ranking Brasileiro por equipes após a 1ª etapa da Bahia
1º – São Paulo                       – 1000 Pontos
2º – Santa Catarina               –   900
3º – Paraíba                          –   810
4º – Ceará                             –   729
5º – Rio Grande do Norte      –   656
6º– Rio de Janeiro                -   590
7º – Bahia                             -   531
8º –   Parana                         -   478
9º – Espírito Santo                -   430
10º – Pernambuco                -   387
11º – Sergipe                       -   349

2ª etapa Catarinense Bodyboard

31 de maio de 2010 0

Pódio da Open Feminino - Fabiane Correa/divulgação

A segunda etapa do Circuito Catarinense Open de Bodyboard – Taça Balneário Camboriú de Bodyboard – aconteceu neste final de semana na praia central de Balneário Camboriú, onde o mar colaborou com ondas de meio metro e séries maiores com boa formação. No total, 46 atletas do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina deram show nas categorias em disputa.
Na categoria Master, Fabrico Matos demonstrou sua boa fase na volta às competições, venceu a etapa e lidera o ranking com folga para o segundo colocado, Cassiano Cruz, eliminado na primeira fase.
Na Mirim, Junior Milani não deu chance para ninguém, e levou a categoria. O atleta, junto com Felipe Dorigão, fez a final da Mirim e da Junior. Dorigão, vencedor da primeira etapa, terminou em quarto lugar e perdeu a liderança do ranking para Sergio Quelhante, segundo colocado na etapa.
Na Junior, o paranaense Felipe Abreu mostrou um desempenho de profissional e levou fácil a etapa, mesmo correndo à final contundido. O excelente nível técnico do atleta fez com que ele emplacasse 4 das 10 melhores notas do evento, e 3 das 10 melhores somatórias.
A disputa entre as mulheres foi acirrada. A campeã brasileira de 2009, Fabiana Correa, não se encontrou nas ondas e ficou de fora da final, abrindo espaço para a paranaense Pérola de Souza levar o título.Liege laurentino, que levou a primeira etapa, permanece na liderança com mais uma final e o quarto lugar.

Pódio da Open Masculino - Fabiane Correa/Divulgação
Na Open, os locais Jose Carlos Deichmann e Daniel Gustavo mostraram conhecimento do pico, contra Luiz Jaques em sua segunda final e o local Bombinhas Darlan Vieira, que cresceu na final e não deu chance aos adversários. Darlan tirou uma nota 10, em uma esquerda que começou com dois ARS e seguiu com manobras até a areia.

RESULTADOS DA 2ª ETAPA:

MIRIM: 1º Junior Milani  2º Sergio Quelhante 3º Tiago Flores 4º Felipe Dorigão JUNIOR: 1º Felipe Abreu 2º Caique Chaolin 3º Junior Milani 4º Felipe Dorigão
MASTER 1º Fabrico Matos 2º Luiz Jaques 3º Fabio Potolowski 4º Rodrigo Schulz
OPEN FEM: 1ºPerola Souza 2ºSuzane Oliveira 3ºCristiane Fontoura 4ºLiege L.
OPEN MAS: 1º Darlan Vieira 2º Daniel Gustavo 3º Jose Carlos 4º Luiz Jaques

RANKING CATARINENSE APÓS DUAS ETAPAS
MIRIM
1º Sergio Quelhante – 1720 pts 2º Felipe Dorigão –1670 pts 3ºTiago Flores –1460 pts
JUNIOR
1º Caique Chaolin – 1860 pts 2º Felipe Dorigão –1530 pts 3ºFelipe Abreu –1500 pts
MASTER
1º Fabrico Matos – 2000 pts 2º Cassiano Cruz – 1340 pts 3º Stefano Triska – 1225 pts
OPEN FEMININO
1º Liege Laurentino –1670 pts 2ºSuzane Oliveira –1590 pts 3ºFabiana Correa –1415
OPEN MASCULINO
1º Darlan Vieira –1610 pts 2ºGiovane Ferreira –1555 pts 3ºDaniel Gustavo –1530 pts

Oakley na Joaca

28 de maio de 2010 0

Miguel Pupo, em foto de Basilio Ruy

O Oakley Pro Junior decide o título brasileiro sub-20 na próxima semana na Praia da Joaquina.As previsões já indicam grandes ondas no litoral catarinense para o período do campeonato, que começa terça-feira e vai até domingo.
Em 2009, o evento único da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) para a categoria de surfistas com até 20 anos de idade, foi em Atalaia, Itajaí. A final reuniu o catarinense Alejo Muniz e o potiguar Jadson André, com vitória do local de Quatro Ilhas.

 

Semifinalistas no ano passado, os paulistas Miguel Pupo e Jessé Mendes são os principais cabeças de chave em Florianópolis. Miguel Pupo vem embalado de duas vitórias nas seletivas sul-americanas para o Mundial Pro Junior da ASP. O formato de competição é o mesmo das etapas do ASP Tour, para 48 competidores e, com repescagem para quem não vencer as baterias da primeira fase. Os outros 32 que completam as dezesseis baterias da rodada inicial, serão definidos numa fase de dezesseis confrontos com quatro surfistas, chegando ao limite de oitenta participantes.
Além de decidir o título sub-20 da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), o campeão do Oakley Pro Junior também ganha convite para participar de todas as etapas do Brasil Surf Pro, principal divisão do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional. Alejo Muniz já aproveita a chance esse ano e compete em igualdade de condições, sem precisar seguir o caminho normal de classificação à elite pelos rankings de acesso da ABRASP.
Com patrocínio exclusivo da Oakley, o Oakley Pro Junior conta com apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Fundação Municipal de Esportes, da Power Balance, Gráfica Formag´s, Joaquina Beach Hotel e Restaurante Maurílio II. É homologado pela Confederação Brasileira de Surf (CBS) e pela Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), que organiza o evento em conjunto com a Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e Associação de Surf da Joaquina (ASJ). O Oakley Pro Junior conta com divulgação da Revista Fluir e Waves e apóia a preservação da Lagoa da Conceição – www.salvealagoa.org.br.

ASP South America Surf Series

28 de maio de 2010 0

daniel smorigo/divulgação/asp south america

A ASP South America confirmou a mudança do local da segunda etapa do Supersurf Internacional, marcado para o Costão do Santinho, entre 29 de junho a 4 de julho. A troca da data já havia sido noticiada pelo Diário Catarinense no último domingo. A principal alegação é o período da pesca da tainha. Seriam duas etapas seguidas no Estado, já que entre os dias 22 a 27 de junho, o South to South Santa Marta Pro faz a estreia do WQS(competição internacional), no Farol de Santa Marta, em Laguna. O SuperSurf Internacional acabou transferido para a praia de Maresias, na mesma data (de 29 de junho a 04 de julho), e abriu uma data para 28 de setembro a 03 de outubro, quando rola a etapa do Costão do Santinho, que vai abrir a “perna brasileira” de fim de ano do ASP South America Surf Series 2010.

Esta última série de eventos do circuito mundial no Brasil esse ano tem quatro etapas confirmadas, todas com nível máximo 6 estrelas de US$ 145 mil dólares, que valem 3 mil pontos no ASP World Ranking. A primeira passa a ser o SuperSurf Internacional no Costão do Santinho, em Florianópolis (SC). A segunda ainda não tem nome definido, mas vai rolar nos dias 5 a 10 de outubro, na Praia Brava, em Itajaí (SC).

De Santa Catarina, todos partem para o Rio de Janeiro, onde será encerrado o ASP South America Surf Series, que define o campeão sul-americano profissional da temporada. A penúltima batalha será o Rio Surf Pro International na Praia do Arpoador, de 12 a 17 de outubro. Nos dias 19 a 24, o SuperSurf Internacional fecha a temporada de provas do ASP World Star no Brasil esse ano na Barra da Tijuca, apontando o campeão sul-americano.

No último domingo foi encerrada uma série de três etapas seguidas e o catarinense Alejo Muniz assumiu a liderança no ranking da ASP South America no Maresia Surf International, que terminou com vitória de Aritz Aranburu, do País Basco, na final com o gaúcho Rodrigo Dornelles. Na Praia Mole de Florianópolis, ele ganhou a posição do carioca Raoni Monteiro, campeão sul-americano profissional de 2008 e agora segundo colocado na classificação geral das sete etapas do ASP World Star na América do Sul completadas na capital catarinense.

Alejo é o atual campeão sul-americano Pro Junior e agora tenta o título máximo do continente. Ele começou a temporada com um vice-campeonato no Maresia Ceará Surf International em Paracuru, que foi vencido pelo cearense Heitor Alves em 31 de janeiro. Na semana seguinte, Alejo foi até as semifinais e ficou em terceiro lugar no Hang Loose Pro Contest de Fernando de Noronha (PE). Ele não disputou as duas provas do início do ano no Peru e nem o primeiro SuperSurf Internacional em Ubatuba (SP). Alejo só não foi bem no Coca-Cola Saquarema Pro, onde passou apenas uma bateria, mas assumiu a ponta do ranking com o nono lugar no Maresia International de Floripa.

ASP SOUTH AMERICA SURF SERIES – após 7 etapas:
1º: Alejo Muniz (BRA) – 7.255 pontos
2º: Raoni Monteiro (BRA) – 7.114
3º: Willian Cardoso (BRA) – 6.584
4º: Heitor Alves (BRA) – 6.083
5º: Hizunomê Bettero (BRA) – 5.535
6º: Wiggolly Dantas (BRA) – 5.491
7º: Rodrigo Dornelles (BRA) – 4.615
8º: Gustavo Fernandes (BRA) – 4.374
9º: Pedro Henrique (BRA) – 4.216
10º: Leonardo Neves (BRA) – 4.162

Catarinenses em busca do Penta

28 de maio de 2010 0

A equipe Fecasurf já esta na Bahia em busca do pentacampeonato nacional. A primeira etapa do Circuito Brasileiro de Surf Amador rola na Praia de Jaguaribe, em Salvador, a partir desta sexta-feira e vai até domingo. Tetracampeã brasileira, a equipe catarinense é formada pelos principais líderes do ranking do Circuito Rip Fly de Surfe Amador.

Diego Freire/divulgação/Fecasurf

Este ano, o circuito nacional amador define o ranking oficial da Confederação Brasileira de Surf para a temporada 2010, e garante vagas na equipe brasileira no Pan-Americano e no Mundial ISA Games. A Fecasurf apoia os atletas com a parceria do Governo do Estado, através do Fundesporte e da Secretaria de Turismo, Cultura, além da Oceano, que veste toda equipe, e o Surfers Paradise.

A equipe catarinense é formada por: Jonatan Busetti, Cainã Barletta, Yago Dora, Ana Ceccarelli, Matheus Navarro, Sebastian Ribeiro, Alcides Lopes, Evelin Conceição, Gustavo Ramos, Cauê Wood, Luan Wood, Diego Michereff e Leandro da Silva.

O calendário do Billabong Brasileiro de Surf 2010
1 etapa – Praia de Jaguaribe, Salvador (BA), de 28 a 30 de maio  
2 etapa – Vila Velha (ES), de 25 a 27 de junho
3 etapa – João Pessoa (PB), de 27 a 29 de agosto    
4 etapa – Florianópolis (SC), de 8 a 10 de outubro

Fontes em 5º no segundo dia

28 de maio de 2010 0

O catarinense Bruno Fontes (Unimed/Eletrosul/ Governo de Santa Catarina) disputa desde quarta-feira a etapa da Copa do Mundo de Vela, em Medemblik, na Holanda. Após o primeiro dia, em que terminou na 12ª colocação, Fontes subiu sete posições nesta quinta-feira, o segundo dia da classe Laser, com apenas mais uma regata realizada. Foi um longo dia, pois as regatas previstas para as 13h foram adiadas por falta de vento e remarcadas para as 18h, com sete nós de velocidade. O velejador catarinense finalizou na sétima colocação da única regata.
- Estou contente com meu resultado, pois me recupero de uma forte gripe e as condições têm sido bem difíceis, com muitas horas de regata e espera. Amanhã (sexta-feira) tem previsão de vento forte e quero aproveitar para subir ainda mais no geral – disse Bruno.

Vitória da Espanha

23 de maio de 2010 0

Daniel Smorigo
O espanhol Aritz Aranburu venceu de forma inquestionável o Maresia Surf Internaciontal ao superar o gaúcho Rodrigo Pedra Dornelles por 12,67 a 5,57 na final. Nas semifinais, os dois surfistas eliminaram dois surfistas da nova geração, ambos com 16 anos, Gabriel Medina (campeão do ano passado) e Caio Ibelli.

Daniel Smorigo

Na final, os dois surfistas optaram por posicionamentos diferentes. Enquanto Pedra ficou mais para a esquerda do palanque, procurando as bombas que abriam para a esquerda e até umas raras direitas, Aritz ficou à direita o palanque dependendo apenas das esquerdas. Faltando cinco minutos para o fim, Pedra vencia pela diferença de apenas um ponto. Aritz conseguiu virar após quatro tentativas e ainda aumentou a vantagem com uma onda final. Sem sorte na final, Pedra boiou nos últimos minutos e teve que se contentar com o vice-campeonato do Maresia Surf Internacional.

Daniel Smorigo

 

O campeonato não provocou maiores mudanças na lista dos 10 classificados provisoriamente para a elite em 2011, Heitor Alves,  Raoni Monteiro, Alejo Muniz, Wigolly Dantas, William Cardoso e Neco Paradatz continuam entre os 10. Com a eliminação logo na estreia, Neco caiu para 32º posição e agora é o último dessa lista de 10. O campeão Aritz Aranburu, subiu para a 35ª posição, enquanto Pedra agora é o 59º do ranking unificado.

Daniel Smorigo

Deu Aritz na Praia Mole

23 de maio de 2010 0

A torcida era toda para o gaúcho Rodrigo Dornelles, o Pedra, ontem, na decisão do WQS 6 estrelas Maresia Surf International, na Praia Mole, em Floripa. Mas quem sagrou-se campeão foi o basco Aritz Aranburu, que na última onda tirou nota 7,00 e superou o adversário com 12,67 a 6,67 pontos. Com o resultado, Aritz levou o prêmio de US$ 20 mil e 3.000 pontos no ranking unificado da ASP. O paulista Gabriel Medina, campeão do ano passado, terminou em terceiro lugar ao lado de Caio Ibelli.

 

Pedra despacha Medina

23 de maio de 2010 0

O gaúcho Rodrigo Dornelles, o Pedra, acaba de avançar à final do Maresia Surf International, na Praia Mole, em Florianópolis. Por 13,17 pontos contra 10,94 pontos do atual campeão, o paulista Gabriel Medina, de 16 anos, Pedra decidirá o título daqui a pouco. Ele aguarda o vencedor da bateria entre Caio Ibelli e Aritz Aranburu. Vale a pena conferir. Siga a transmissão ao vivo pelo link

http://www.maresia.com.br/wqs2010_floripa/page/ao-vivo