Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 9 maio 2011

Canoagem do Brasil na Polônia

09 de maio de 2011 0

A primeira etapa da Copa do Mundo de Canoagem de Velocidade terminou neste domingo na Polônia, com participação de representantes do Brasil. O evento é o primeiro de uma série de desafios internacionais que a canoagem brasileira irá encarar como preparação para o o Mundial e para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, ambos classificatórios para Londres 2012.
Na final B da categoria C1 1000 metros, masculino sênior, o brasileiro Wladimir Moreno finalizou na sexta colocação com o tempo de 4min26seg316, em prova ganha pelo canoísta do Cazaquistão, Evgeniy Safronov, com a marca de 4min18seg928.

Na final B da categoria C1 200 metros masculino sênior, o sergipano Nivalter Santos conquistou a primeira colocação  com o tempo de 44seg708, seguidoi do francês William Tchamba (44seg716) e do alemão Tomasz Wylenzek (44seg936). A final A foi vencida pelo ucraniano Yiuri Cheban com o tempo de 42seg654. No último desafio da competição, na categoria C1 5000 metros masculino sênior, o paulista Wladimir Moreno não terminou a prova.

O destaque do Brasil foi a dupla formada pelo baiano Erlon Souza e o paulista Ronilson Oliveira, finalistas em duas provas. Na final A da categoria C2 200 metros masculino sênior, a dupla conquistou a quarta colocação com o tempo de 40seg.944, pouco atrás dos campeões da prova, os lituanos Raimundas Labuckas e Tomas Gadeikis, com 39seg952. Já na prova de 500 metros, eles chegaram na sétima colocação da final A com o tempo de 1min52seg796, em prova vencida pelos canoístas do Azerbaijão, Sergey Bezugliy e Maskim Prokopenko, com a marca de 1min47seg504.

Nas próximas etapas (segunda e terceira), na República Tcheca e Alemanha, o Brasil contará os canoístas da seleção brasileira de caiaque masculino e feminino, que embarcam para a Europa no próximo dia 14 de maio. A equipe brasileira tem o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e conta com embarcações da Nelo, empresa portuguesa referência mundial na canoagem que produziu caiaques e canoas configurados especialmente aos atletas brasileiros no início do ano, em Portugal.

Com informações da CBCa – Iran Schleder

Drop Knee no Peru

09 de maio de 2011 0

Alagoano Daniel Alves promete fazer bonito no Drop Knee. Foto Flávio Mendes

O Peruvian Inka Challenge, etapa seis estrelas do Global Qualifying Series (GQS) 2011 abre sua janela de espera nessa quarta-feira, dia 11 de maio. Até o dia 15, os melhores competidores de bodyboard do mundo disputam os dois mil pontos oferecidos no ranking mundial, além dos 35 mil dólares em prêmios. Além de ser uma etapa nível seis estrelas, o evento ainda tem status Grand Slam na categoria Drop Knee.
Para este evento, o Brasil contará com uma série de competidores, mas um deles aparece como uma surpresa: o alagoano Daniel Alves, pentacampeão do Circuito ABBP e campeão cearense.
Porém, para garantir sua ida ao Peru, Daniel teve que trabalhar muito para poder competir em uma das principais competições do ano.
- A etapa do Grand Slam no Peru é um sonho que realizo, além de ser minha primeira viagem internacional. Trabalhei por muitos meses para reunir dinheiro, pois não tenho patrocinador. Espero fazer uma boa apresentação e mostrar que o Brasil também é forte no Drop Knee – declara.
Além de Daniel, o Brasil contará com uma equipe de peso durante o Peruvian Inka Challenge. Até o momento, Eribserto Abrantes (ES), Luis Villar (SC), Hermano Castro (RJ), Nicolas Bastos (RJ), Leonardo Costa (ES), Renan Fancini (SP), Lucas Nogueira (ES), Rino de Souza (ES), Roberto Bruno (CE), Marcelo Freitas (CE), Kalani Latanzzi (RJ), João Gabriel (RJ), João Luis Zik (RJ), Eder Luciano (SC) e Adriano Silveira (PE) estão confirmados na etapa.
Confira o vídeo de apresentação do evento Drop Knee: http://vimeo.com/23097499


Com informações de Danilo Caboclo, assessoria de imprensa IBA South America

Laje da Jagua - edição 2011

09 de maio de 2011 0

Laje da Jagua bombou no sábado. Foto Lucas Barnis

A dupla formada por Carlos Burle e Eraldo Gueiros foi a grande vencedora da edição 2011 do Mormaii Tow In Laje da Jagua – em memória a Zeca Scheffer – evento disputado neste sábado, em Jaguaruna, no Sul de Santa Catarina. A dupla de tow in mais famosa do Brasil e os demais competidores enfrentaram ondas de até 5 metros, trazidas pela forte ondulação que atingiu a costa no fim de semana.
Pela vitória, a dupla recebeu o prêmio de R$ 20 mil em dinheiro.
- Vamos dividir este prêmio com a Associação de Tow In de Jaguaruna – revelou Burle durante a premiação.

Eraldo e Burle, atleta da equipe Mormaii, elogiaram a associação pelos esforços em organizar o evento. Para superar os adversários, Burle surfou o melhor tubo do campeonato, além de outras ótimas ondas que ele e o parceiro Eraldo dominaram com experiência. Os atletas revezaram-se entre a pilotagem e o surfe. A soma das notas dos campeões ultrapassou os 53,5 pontos.

O segundo lugar ficou a dupla formada pelo catarinense Everaldo “Pato” Teixeira e o baiano radicado no Havaí, Yuri Soledade. Ambos também atacaram as ondas da laje com muita perícia e atitude. A diferença de pontos foi pequena. Yuri mora em Maui e veio do Havaí só para competir.

Muitos discursos e momentos de emoção rolaram durante a premiação. Competidores e organizadores cantaram o hino nacional e fizeram um minuto de silêncio por Zeca Scheffer, vítima de um acidente de carro em 2006, na BR-101. Scheffer e Rodrigo Resende foram os desbravadores da Laje da Jagua. Três anos mais tarde, Zeca organizou o primeiro Mormaii Tow in.

Este ano, a competição foi realizada em apenas um dia. Cada dupla somava pontos numa única bateria para aproveitar as melhores condições do pico, que funciona melhor sem vento. As séries na Laje amanheceram com quatro metros e ganharam pressão. Ondas de cinco metros foram surfadas para a direita. Segundo os juízes, a maior delas foi de Jorge Pacelli, em dupla com João Capilé. Maya Gabeira foi única mulher a competir e chamou a atenção pela ótima pilotagem, além da coragem ao botar pra baixo numa onda perigosa, que acabou proporcionando um caldo pesado.

Ao todo foram 14 duplas, divididas em quatro baterias. Os competidores respeitaram o protocolo repassado pela Marinha do Brasil, que acompanhou toda a prova, sob o comando do capitão André Luis dos Santos, para orientar as normas de segurança. Além da patrocinadora Mormaii, o campeonato contou com apoio da prefeitura de Jaguaruna, Art in Surf, ESPN, Revista Fluir, Star Lite, Waves e Pizzaria Don Marco. A organização foi da Atow-inj (Associação de Tow in de Jaguaruna) em parceria com a Abrasmo (Associação Brasileira de Surf Motorizado).

Resultado do Mormaii Tow In Laje da Jagua 2011

1º Carlos Burle/Eraldo Gueiros (53,5 pontos)
2º Everaldo Pato Teixeira/Yuri Soledade (49)
3º Thiago Jacaré/Plínio Schmitz (48)
4º Haroldo Ambrosio/Rodrigo Sininho (43)
5º Romeu Bruno/Luis Formiga
5º Daniks Fischer/Phil Rajman (42)

Com informações de Thiago Jacaré.