Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 10 maio 2011

Brasil com 13 representantes no Billabong Rio Pro

10 de maio de 2011 0

Jean da Silva vai brigar pela vaga no evento principal, no Rio de Janeiro. Foto Pedro Monteiro/BSP

Os prazos para realização do Billabong Rio Pro e do Billabong Girls Rio Pro, terceira e quinta etapas da ASP World Tour, respectivamente, começam nesta quarta-feira, dia 11, com previsão de boas ondas na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A primeira chamada será às 7h, para avaliação das condições do mar e a primeira bateria deve entrar na água às 8h, com os quatro brasileiros escalados para a triagem: o catarinense Jean da Silva e os cariocas Simão Romão, Igor Morais e Leandro Bastos.

Dois deles irão se juntar aos tops da elite: Adriano de Souza, Jadson André, Alejo Muniz, Heitor Alves e Raoni Monteiro; e aos convidados(wildcards) da patrocinadora do evento, o paranaense Peterson Crisanto e o catarinense Ricardo dos Santos. Portanto, serão nove brasileiros na briga pelo título masculino da etapa brasileira.

Ricardinho conseguiu o convite após lesão do americano Dane Reynolds. Foto Daniel Smorigo
No Billabong Girls Rio Pro, mais uma novidade: a aussie Rebecca Woods avisou que não poderá competir e abriu uma quarta vaga para o Brasil, que já tinha Silvana Lima, quinta colocada no ranking; Maya Gabeira, convidada da Billabong; e Suelen Naraísa, bicampeã brasileira. Campeã da etapa brasileira de 1999, tetracampeã brasileira e aposentada das competições desde a última etapa do Brasil Surf Pro, na Barra da Tijuca, ano passado, a veterana Andrea Lopes foi convidada e aceitou fazer parte do esquadrão brasileiro.

Andrea Lopes aceitou o convite e volta a competir após pendurar a lycra. Foto Pedro Monteiro/Brasil Surf Pro

Coletiva do Billabong Rio Pro

10 de maio de 2011 0

Kelly Slater gosta das condições das ondas da Barra da Tijuca. Foto Tony D'Andrea

A entrevista coletiva que abriu a etapa brasileira do ASP World Tour foi realizada ontem com a presença de grandes nomes como Kelly Slater, Joel Parkinson, além dos brasileiros Adriano de Souza, Jadson André, Silvana Lima e Maya Gabeira. Maior atração do Billabong Rio Pro, Kelly Slater conquistou dois (1992 e 1998) dos 10 títulos mundiais em etapas disputadas no Rio de Janeiro.
– Tenho excelentes recordações do Rio, além de amigos na cidade. Estou muito feliz de voltar a competir no Rio de Janeiro – declarou Slater.

Campeão da etapa brasileira ano passado, ao vencer o mito Slater na final, em Imbituba, o potiguar Jadson André comentou seu bom início de temporada e se mostrou confiante:
– Não tento viver só da vitória em Santa Catarina do ano passado. Seria alucinante vencer aqui no Rio de Janeiro. Estar no Brasil é um momento especial. A etapa brasileira é a única onde nos sentimos realmente em casa.
Adriano de Souza, o Mineirinho, falou sobre a evolução do surfe brasileiro no Circuito Mundial:
- Com mais experiência e contato com ondas grandes, tenho certeza de que ainda veremos um brasileiro ser campeão mundial. Espero continuar no ritmo que venho e tenho certeza de que a torcida irá apoiar a todos nós brasileiros – disse Mineirinho.

Brasileiros dividiram atenção com Slater na mesa. Foto: Tony D'Andrea

A cearense Silvana Lima morou no Rio muitos anos e aposta no seu conhecimento das ondas cariocas para conseguir a primeira vitória na temporada e subir no ranking, onde ocupa a quinta posição:
- Conheço bastante as ondas do Rio de Janeiro e com todo mundo torcendo na areia pelos brasileiros vamos ficar bem – declarou Silvana.

Na ponta da mesa, a big rider Maya Gabeira, patrocinada pela Billabong, sorria e se dizia honrada por estar ao lado de seus ídolos. A carioca garantiu que vai surfar sem pressão, afinal desde os 14 anos não disputa um campeonato e nunca competiu contra as pros:
- Todos sabem que minha especialidade são as ondas grandes. Nunca imaginei estar nessa situação e estou até meio tensa, mas vou curtir este momento – completou Maya.

Autógrafos na Boards Co do Arpoador, Rio

10 de maio de 2011 0

Fanning reagiu em Bells e vai doar prancha no Rio de Janeiro. Foto ASP/Robertson

O Rio de Janeiro já respira a etapa brasileira do Mundial, o Billabong Rio Pro, e quem gosta de surfe e estiver na Cidade Maravilhosa vai poder entrar em contato com os tops da elite. A loja Boards Co, que fica na tradicional galeria River (rua Francisco Otaviano, 97), no Arpoador, armou duas sessões de autógrafos.

A primeira começa na véspera do evento, nesta terça-feira, com o time internacional da Rip Curl, liderado por Mick Fanning. Owen Wright, Taylor Knox, Matt Wilkinson, e Alana Blanchard, Pauline Ado e Tyler Wright, além do brasileiro Bruno Santos estarão na loja a partir das 18h. Antes, eles visitam o projeto social Favela Surfe Clube, no morro do Cantagalo, onde Fanning irá doar uma prancha ao museu da entidade.

Na quarta-feira, dia 11 de maio, às 19h, a galera da O’Neill está confirmada: Jordy Smith, Cory Lopes, e os brasileiros Raoni Monteiro e Danilo Couto (recentemente premiado com a onda do ano no XXL Billabong Awards).

E por último, no dia 13, sexta-feira, é a vez dos irmãos Hobgood. Além de conceder autográfos, o ex-campeão mundial CJ Hobgood também poderá falar um pouco de seu lado ativista social ao entrar na campanha “Praying for Japan”, para ajudar as vítimas da tragédia no Japão, e apoiar o projeto da ONG Write Love on Her Armas, nos EUA. No Rio, o surfista também vai conhecer o Favela Surf Clube, antes da sessão de autógrafos ao lado do irmão gêmeo Damien marcada para acontecer entre 18h e 20h na loja da Boards Co.

Com informações de Pedro Monteiro, assessoria imprensa Boards Co

Etapa da Fecab em Barra Velha

10 de maio de 2011 0

Daniel Gustavo busca o bicampeonato em 2011. Foto Ezekiel Gringo/OndaGringa.comNo último fim de semana, na Praia do Sol, em Barra Velha, rolou a terceira etapa do catarinense de bodyboard 2011. Daniel Gustavo e Liége Laurentino levaram a melhor nas principais categorias, a open masculino e feminino, e os atletas do Norte do Estado predominaram na maioria das categorias.

O campeonato foi beneficiado pela ondulação potente de sudeste que entrou no sábado e propiciou ondas tubulares de três a quatro pés para deixar os bodyboarders à vontade para distribuir um vasto repertório de manobras e tubos. O forte backwash na maré alta de sábado também valorizou a leitura de ondas dos atletas que se serviram de rolos invertidos e muitos aéreos reverse.

Backwash propiciou momentos como esse na praia do Sol. Foto Willian Pereira/FecabDos 81 atletas inscritos nas categorias, um recorde no circuito catarinense em 2011, 75% eram catarinenses. Os demais eram do RS e do PR. De acordo com o presidente da Federação Catarinense de Bodyboarding (Fecab) Jarbas Soares, o objetivo está sendo cumprido.
– Em quatro meses na presidência da FECAB já organizamos três etapas e dia 29 de Maio retornamos para Balneário Camboriú, com a quarta etapa num dos melhores picos do estado. Com certeza renascemos.

Na open masculina, o campeão catarinense de 2010, Daniel Gustavo, de Balneário Camboriú, levou a etapa para encostar nos líderes do circuito e voltar à briga pelo bi em 2011. De quebra, Daniel dispara na frente pela passagem para o Peru oferecido pela organização local, que paralelamente pontua o circuito local e, na melhor de três etapas premia o campeão com a viagem.

Liege comemora no pódio. Foto WavefluidNo feminino, Liege Laurentino mostrou que seu lugar é mesmo o pódio. Desde 2010, ela não sai dos primeiros lugares em todas as etapas que disputou. Desta vez levou o caneco e empatou na liderança com a lagunense Juliana Pacheco, terceiro na etapa.

Resultados da terceira etapa – Barra Velha

Open Masculino:
1º Daniel Gustavo
2º Darlan Vieira
3º Paulo Henrique
4º Fernando Gomes
Open feminino:
1º Liege Laurentino
2º Perola de Souza
3º Juliana Pacheco
4º Francis Aoto
Mirim:
1º Luan Gouveia
2º Sergio Quelhante
3º João Victor
4º Josue Abner
Júnior:
1º Tiago Flores
2º Cleber Henrique
3º Felipe Dorigão
4º Luan Gouveia
Amador Feminino:
1º Gabriele Silva
2º Simoni Silveira
3º Joelma dos Santos
4º Carolina Kowalski
Amador masculino:
1º Paulo Henrique
2º Juliano de Souza
3º Tiago Flores
4º Cleber Henrique
Master:
1º Andrios Frances
2º Arleson Flores
3º Marcelo Silva
4º Patric Passeto
Interna:
1º Fernando Gomes
2º Everton Silva
3º Luiz Teixeira
4º Roberto Freitas

Com informações de Moacir Veiga Kienast – assessoria de imprensa da FECAB