Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Juliana Quint e Simão Romão vencem etapa e aquecem disputa do título do Brasil Surf Pro

06 de novembro de 2011 0


Foto: Fabio Minduim EM2

Juliana venceu e evitou o título antecipado de Tininha. Foto: Fabio Minduim Brasil 1


O carioca Simão Romão e a catarinense Juliana Quint foram os grandes campeões da quarta etapa do circuito brasileiro de surfe profissional, o Brasil Surf Pro, encerrado neste domingo, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Os resultados colocaram fogo na luta pelo título da temporada 2011, que será definidfo na Praia da Joaquina, entre os dias 14 e 19 de dezembro. Simão assumiu a segunda colocação do ranking masculino, atrás do catarinense Tomas Hermes, e Juliana se aproximou da líder, a paraibana Diana Cristina, a Tininha.

As vitórias de Domingo

Na disputa onda a onda, a carioca Taís de Almeida não conseguiu superar a catarinense que, após a eliminação da paulista Cláudio Gonçalves, era a única surfista que poderia tirar o título antecipado da ainda líder Diana Cristina. Juliana não deu chances para a pressão e fez bonito nas ondas cariocas vencendo por 13.16 pontos a 8.00.

- Estou aqui desde domingo treinando e procurei não pensar em resultado. Todo mundo estava falando que eu poderia disputar o título com a Tininha (Diana Cristina), mas eu não gosto muito de expectativa. Foquei em cada bateria, me concentrei em surfar bem e o resultado veio. Eu ganhei uma final aqui em 2006 e quando cheguei vi que o mar estava parecido. Me deu ainda mais motivação para me superar. Agora é voltar para Santa Catarina, treinar muito e entrar com tudo para decidir o título em casa – analisou a catarinense.


Foto: Fabio Minduim EM2

Simão Romão vem com tudo para buscar o título na Joaquina. Foto: Fabio Minduim Brasil 1


Na primeira semifinal masculina, Simão Romão e Jano Belo protagonizaram uma disputa emocionante. Com bons aéreos dos dois lados, Jano liderava o duelo até o final, mas Simão não desistiu e, em sua última onda, conseguiu um 7.50 para virar a bateria. No somatório geral, o carioca passou com 15.23 pontos, contra 14.94 do paraibano, que vivia a expectativa de se tornar líder do ranking, mas parou na terceira colocação. Depois, entraram no mar, o cearense Pablo Paulino e o paulista Renato Galvão. O paulista levou a melhor ao fazer 12.33 pontos a 11.83.

Na grande final masculina, Simão não deu chances para Renato e abriu vantagem logo no início, com um 7.43 e um 7.20. Perto do fim da bateria, o paulista conseguiu arrancar um 9.0, a melhor onda do dia, e quase virou. No somatório geral, Simão saiu campeão com 14,63 pontos a 14.23.

- Foi inesquecível. É a primeira vez que eu conquistei a primeira colocação numa etapa do Brasil Surf Pro. Quero agradecer a minha mulher e meu filho, que me deram apoio. Entro na etapa de Santa Catarina com muita garra. Gosto das ondas da Joaquina e estou focado em conquistar o título – afirmou Simão.

O Brasil Surf Pro 2011 é uma iniciativa da Petrobras e da Skol com patrocínio da Hawaiian Dreams (HD), apoio da Oi Futuro, dos canais SporTV e Multishow e da TV Jam. O campeonato conta com recursos da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, organização da ABRASP, realização e produção Brasil1 Esporte e MaxSports. A etapa do Rio de Janeiro contou também com o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro, da Federação de Surfe do Estado do Rio de Janeiro (Feserj), da Associação de Surfe da Barra da Tijuca (ASBT) e do Jornal O Globo.




Foto: Fabio Minduim Brasil 1

Juliana no alto do pódio na Barra da Tijuca. Foto: Fabio Minduim Brasil 1





Resultado da quarta etapa
Masculino:

1º Simão Romão RJ – 1.000 pontos/ R$ 25 mil
2º Renato Galvão SP – 860 pontos/ R$ 12 mil
3º Jano Belo PB – 730 pontos/ R$ 7 mil
3º Pablo Paulino CE – 730 pontos/ R$ 7 mil
5º Alex Ribeiro SP – 610 pontos/ R$ 4.650
5º Diego Rosa SC – 610 pontos/ R$ 4.650
5º Krystian Kymmerson ES – 610 pontos/ R$ 4.650
5º Igor Moraes RJ – 610 pontos/ R$ 4.650

Feminino:
1º Juliana Quint SC – 1.000 pontos/ R$ 9 mil
2º Taís de Almeida RJ – 860 pontos/ R$ 4.500
3º Suelen Naraísa SP – 730 pontos/ R$ 3.500
3º Gabriela Leite SC – 730 pontos/ R$ 3.500
5º Claudia Gonçalves SP – 610 pontos/ R$ 2.175
5º Gabriela Teixeira RJ – 610 pontos/ R$ 2.175
5º Camila Cássia SP – 610 pontos/ R$ 2.175
5º Marina Werneck SC – 610 pontos/ R$ 2.175






Foto: Fabio Minduim Brasil 1

Foto: Fabio Minduim Brasil 1






Como ficou o ranking
Masculino:

1 2510 Tomas Hermes SC
2 2410 Simão Romão RJ
3 2260 Jano Belo PB
4 2230 Messias Felix CE
5 2180 Odirley Coutinho SP

Feminino:
1 3360 Diana Cristina PB
2 3200 Juliana Quint SC
3 2690 Gabriela Leite SC
4 2680 Suelen Naraisa SP
5 2420 Tais de Almeida RJ
Com informações da Media Guide Comunicação, assessoria de Imprensa do Brasil Surf Pro

Envie seu Comentário