Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Taj vence e Mineirinho é terceiro no Reef Hawaiian Pro

24 de novembro de 2011 0


Kelly Cestari/ASP

Taj surfou muito durante toda a competição e mereceu o título. Foto: Kelly Cestari/ASP


O paulista Adriano de Souza começou bem a Triplice Coroa Havaiana, com um terceiro lugar na final do Reef Hawaiian Pro, vencida pelo aussie Taj Burrow. A competição foi encerrada nesta quarta-feira (23h30min, horário de Brasília) com séries de três a quatro pés em Haleiwa Beach, no Havaí.

O experiente Taj Burrow surfou a melhor onda da bateria para faturar os 25 mil dólares e 6.500 pontos da vitória e Adam Melling tirou o vice-campeonato do Mineirinho no último minuto para confirmar uma dobradinha australiana no alto do pódio. O jovem norte-americano Nat Young tinha batido os recordes do campeonato no último dia, mas terminou em quarto lugar na etapa de premiação nível 6 estrelas com pontuação Prime em Haleiwa.


Foto Kelly Cestari/ASP

Taj achou esse chapéu para fazer 9,37. Foto Kelly Cestari/ASP


A decisão do título foi dominada por Taj Burrow, que em duas ondas seguidas recebeu notas 7,53 e 9,37 para garantir o seu segundo caneco de campeão em etapas do ASP World Star neste ano. Mineirinho começou bem com nota 7,5 e liderava a bateria Taj fazer o 9,37. No último minuto, Melling fez 6,43 e deixou Mineirinho em terceiro, praticamente dobrando a sua premiação de 6.250 para 12.500 dólares.

Além disso, a diferença de 4.450 pontos do terceiro lugar para 5.200 foi fundamental para Melling alcançar uma melhor posição no seu retorno ao grupo dos 32 que iniciam a temporada 2012 do ASP World Title Race. Mesmo com o terceiro lugar, Adriano de Souza voltou a encabeçar a lista dos brasileiros no ranking mundial unificado da ASP. Ultrapassou o também paulista Gabriel Medina, que não participou do primeiro desafio da Vans Triple Crown of Surfing em Haleiwa.


Foto Kirstin Scholtz/ASP

Mineiro arrebentou nas pequenas ondas de Haleiwa. Foto Kirstin Scholtz/ASP


Mineirinho subiu da oitava para a quinta posição, enquanto o campeão Taj Burrow saiu do quinto para o terceiro lugar no ASP World Ranking, que é liderado por Kelly Slater desde a sua implantação no ano passado. O único surfista que conseguiu ingressar no G-32 para o ASP World Title Race 2012 foi Adam Melling. Com o vice-campeonato na etapa nível 6 estrelas com pontuação Prime, o australiano saltou do 36º para o 29º lugar, e tirou a vaga do seu compatriota Kai Otton.

Nesta quinta-feira já começa o prazo da segunda prova da Tríplice Coroa Havaiana, que vai até 6 de dezembro em Sunset Beach. O carioca Raoni Monteiro venceu esta etapa do ASP World Prime no ano passado e vai defender o título da tradicional World Cup of Surfing.


Foto Kelly Cestari/ASP

Adam Melling conseguiu entrar para o G-32 com o resultado em Haleiwa. Foto Kelly Cestari/ASP



Final do Reef Hawaiian Pro em Haleiwa:

Campeão: Taj Burrow (AUS) com 16,90 pontos – US$ 25.000 e 6.500 pontos
Vice-campeão: Adam Melling (AUS) com 12,60 pontos – US$ 12.500 e 5.200 pontos
3º lugar: Adriano de Souza (BRA) com 12,50 pontos – US$ 6.250 e 4.450 pontos
4º lugar: Nat Young (EUA) com 6,10 pontos – US$ 5.650 e 4.000 pontos

Semifinais – 3º=5º lugar (US$ 3.100 e 3.280 pts) / 4º=7º lugar (US$ 2.900 e 2.960 pts):

1ª: 1-Taj Burrow (AUS), 2-Nat Young (EUA), 3-John John Florence (HAV), 4-Kekoa Bacalso (HAV)
2ª: 1-Adriano de Souza (BRA), 2-Adam Melling (AUS), 3-Michel Bourez (TAH), 4-Roy Powers (HAV)

Quartas de final – 3º=9º lugar (US$ 2.400 e 2.400 pts) / 4º=13º lugar (US$ 2.200 e 2.200 pts):

1ª: 1-Taj Burrow (AUS), 2-Kekoa Bacalso (HAV), 3-Evan Geiselman (EUA), 4-Kolohe Andino (EUA)
2ª: 1-Nat Young (EUA), 2-John John Florence (HAV), 3-Kieren Perrow (AUS), 4-Glenn Hall (IRL)
3ª: 1-Michel Bourez (TAH), 2-Adriano de Souza (BRA), 3-Tanner Gudauskas (EUA), 4-Jessé Mendes (BRA)
4ª: 1-Roy Powers (HAV), 2-Adam Melling (AUS), 3-Brett Simpson (EUA), 4-Granger Larsen (HAV)

Oitavas de final – 3º=17º lugar (US$ 1.700 e 1.200 pts) / 4º=25º lugar (US$ 1.500 e 1.100 pts):

1ª: 1-Evan Geiselman (EUA), 2-Kieren Perrow (AUS), 3-Hodei Collazo (ESP), 4-Maxime Huscenot (FRA)
2ª: 1-Kolohe Andino (EUA), 2-Nat Young (EUA), 3-Adrien Toyon (REU), 4-Ezekiel Lau (HAV)
3ª: 1-Glenn Hall (IRL), 2-Kekoa Bacalso (HAV), 3-Sebastien Zietz (HAV), 4-Leonardo Neves (BRA)
4ª: 1-John John Florence (HAV), 2-Taj Burrow (AUS), 3-Thiago Camarão (BRA), 4-Daniel Ross (AUS)
5ª: 1-Adriano de Souza (BRA), 2-Brett Simpson (EUA), 3-Dusty Payne (HAV), 4-Adrian Buchan (AUS)
6ª: 1-Tanner Gudauskas (EUA), 2-Adam Melling (AUS), 3-Dion Atkinson (AUS), 4-Adam Robertson (AUS)
7ª: 1-Roy Powers (HAV), 2-Michel Bourez (TAH), 3-Jadson André (BRA), 4-Marc Lacomare (FRA)
8ª: 1-Granger Larsen (HAV), 2-Jessé Mendes (BRA), 3-Nathaniel Curran (EUA), 4-Aritz Aranburu (ESP)

Terceira fase – 64 atletas – 3º=33º lugar (US$ 1.200 e 700 pts) / 4º=49º lugar ($ 900 e 650 pts):
Baterias que abriram a quarta-feira:

13ª: 1-Michel Bourez (TAH), 2-Jessé Mendes (BRA), 3-Jack Freestone (AUS), 4-Ian Gentil (HAV)
14ª: 1-Roy Powers (HAV), 2-Aritz Aranburu (ESP), 3-Tiago Pires (PRT), 4-Willian Cardoso (BRA)
15ª: 1-Nathaniel Curran (EUA), 2-Jadson André (BRA), 3-Fredrick Patacchia (HAV), 4-Eric Geiselman (EUA)
16ª: 1-Granger Larsen (HAV), 2-Marc Lacomare (FRA), 3-Hank Gaskell (HAV), 4-Wiggolly Dantas (BRA)

G-32 DO ASP WORLD RANKING – 48 etapas em 2011:

1º: Kelly Slater (EUA) – 64.200 pontos
2º: Owen Wright (AUS) – 49.650
3º: Taj Burrow (AUS) – 48.450
4º: Joel Parkinson (AUS) – 50.600
5º: Adriano de Souza (BRA) – 45.900
6º: Julian Wilson (AUS) – 45.700
7º: Jordy Smith (AFR) – 45.000
8º: Gabriel Medina (BRA) – 44.220
9º: Alejo Muniz (BRA) – 38.907
10º: Josh Kerr (AUS) – 38.819
15º: Heitor Alves (BRA) – 30.145
16º: Miguel Pupo (BRA) – 30.055
19º: Raoni Monteiro (BRA) – 29.200
26º: Jadson André (BRA) – 23.640
Próximos brasileiros até 100:
35º: Willian Cardoso (SC) – 19.790 pontos
39º: Thiago Camarão (SP) – 18.810
40º: Jessé Mendes (SP) – 18.185
46º: Junior Faria (SP) – 14.210
49º: Hizunomê Bettero (SP) – 13.355
55º: Leonardo Neves (RJ) – 11.147
58º: Wiggolly Dantas (SP) – 10.037
65º: Tomas Hermes (SC) – 8.964
86º: Jano Belo (PB) – 6.515
89º: Ricardo dos Santos (SC) – 6.210
96º: Jihad Khodr (PR) – 5.656

Com informações de João Carvalho, assessoria de imprensa da ASP South America.


Envie seu Comentário