Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de janeiro 2012

Ricardo dos Santos avança no Volcom Pipe Pro, no Havaí

31 de janeiro de 2012 0
Foto ASP Kirstin/Arquivo

Ricardinho já havia competido em Sunset, mas faltava Pipe. Foto ASP Kirstin/Arquivo

O catarinense Ricardo dos Santos voltou a mostrar que gosta dos tubos e das ondas grandes. Nesta terça-feira, em ondas de 8 a 12 pés plus, diante do monstro de Pipe, Jamien O’Brien, e dos locais Gavin Gillete e Joel Centeio, Ricardinho pegou um tubão e fez a melhor nota da bateria para garantir sua presença no Round 4 com apenas uma onda surfada. Jamie O’Brien veio atrás e somou 6.67 e 2.27 para vencer a bateria por diferente mínima, enquanto Gavin Gillete e Joel Centeio ficaram precisando de mais uma onda com nota superior a 5.

Detalhe da bateria é que após pegar sua onda e ver Jamie virar o placar, Ricardinho e os outros surfistas foram surpreendidos por uma série gigantesca e tomaram várias na cabeça até que o mar de Pipe desse uma pausa, empurrando-os para o canal novamente. Deu até para ver Ricardinho tomando fôlego e mergulhando, enquanto a série pesada passava. Bom, foi a estreia oficial de Ricardinho nas ondas de Pipe e não podia ser melhor.

Outros brasileiros que competiam no evento acabaram eliminados. Foram os casos de Denis Tihara, Bino Lopes, Sidney Guimarães e Franklin Serpa, que perderam suas baterias ainda no round 2.  O Volcom Pipe Pro teve nesta terça-feira seu nono dia de prazo e precisa ser encerrado até o próximo dia 4 de fevereiro. O campeão ganha US$ 20 mil dólares e 2 mil pontos do ranking da ASP.

Hang Loose Pro Contest tem surfistas de 16 países

31 de janeiro de 2012 0
Foto Daniel Smorigo/ASP South America

Gabriel Medina vai competir com a condição de primeiro favorito. Foto Daniel Smorigo/ASP South America

O arquipélago de Fernando de Noronha já vive o clima do maior evento esportivo da ilha e do estado de Pernambuco. Grandes estrelas do surfe mundial vão iniciar a temporada 2012 pelo Hang Loose Pro Contest, que completa seu 26º aniversário na próxima semana, entre os dias 7 a 12 de fevereiro, nos tubos da Cacimba do Padre.

O limite de 96 participantes foi rapidamente preenchido e a maioria dos inscritos é de surfistas estrangeiros: 52 contra 44 brasileiros. A primeira etapa do ASP World Prime de 250 mil dólares do ano vai apontar os líderes do ranking qualificatório para a divisão de elite do ASP Tour.

A grande sensação do esporte, Gabriel Medina, 18 anos, é o cabeça de chave número um do Hang Loose Pro Contest 2012. Ele entrou no grupo dos top-34 do Dream Tour no ano passado e conquistou duas vitórias nas quatro primeiras etapas que disputou. O surfista de Maresias(SP) já participou do evento três vezes, mas nunca com tanto prestígio como neste ano.

Foto Daniel Smorigo/ASP South America

Alejo luta pelo bicampeonato nos canudos de Noronha. Foto Daniel Smorigo/ASP South America

Outro brasileiro da nova geração que se destaca entre os participantes é o catarinense Alejo Muniz, 21 anos, campeão do evento no ano passado. O catarinense vai tentar o bicampeonato que ninguém conseguiu nas 12 edições em Fernando de Noronha. Além dele, também podem conquistar o inédito segundo título o norte-americano C. J. Hobgood (campeão em 2010), o carioca Raoni Monteiro (2008), o espanhol Aritz Aranburu (2007) e o catarinense Jean da Silva (2006).

Os gêmeos C. J. e Damien Hobgood são as principais atrações internacionais e comandam o maior pelotão estrangeiro no Hang Loose Pro Contest 2012.

TRIAGEM NO FIM DE SEMANA

Apesar do prazo da batalha pelo título do Hang Loose Pro Contest começar só na terça-feira, haverá competição neste fim de semana em Fernando de Noronha. Com o número de participantes reduzido para 96 surfistas, foram reservadas duas vagas para serem disputadas por 48 atletas que não fizeram parte do grupo dos 88 com participação garantida pelo ranking mundial. Serão classificados pela triagem os dois primeiros colocados na competição que vai agitar a Cacimba do Padre no sábado e domingo.

Foto Daniel Smorigo/ASP South America

Patrocinados pela Hang Loose, Ian e Fabinho irão competir juntos em Noronha. Foto Daniel Smorigo/ASP South America


CONVIDADOS ESPECIAIS

Os organizadores do evento mais antigo da América Latina, que estreou em 1986 em Florianópolis (SC) e passou pelo Guarujá (SP), Ipojuca (PE), Cabo de Santo Agostinho (PE) e São Sebastião (SP), até aportar em Fernando de Noronha (PE) no ano 2000, têm direito a indicar seis convidados. Os da Hang Loose serão Fábio Gouveia e o seu filho, Ian, além do surfista do arquipélago mais bem colocado na triagem.

Já a ASP South America sempre utiliza um critério técnico e ofereceu os convites para os próximos surfistas que ficaram de fora da lista dos 88 pelo ranking mundial. A novidade neste ano foi a reserva da vaga para o melhor noronhense no ASP World Ranking,  Patrick Tamberg. Os outros selecionados foram o paulista Renato Galvão e o pernambucano Alan Donato.

O Hang Loose Pro Contest é homologado pela ASP South America, abre o ASP World Prime 2012 de 6.500 pontos e distribui 250 mil dólares aos 96 participantes, com patrocínio da Hang Loose e parceria do Governo do Estado de Pernambuco, através da EMPETUR – Secretaria de Turismo, da Administração de Fernando de Noronha e do Projeto Tamar; co-patrocínio das lojas Overboard, Bleat, Hot Water, Central Surf, Sthill, WQSurf, Tent Beach, Star Surf, Supertubes, K&K, Cut Wave e Red Beach. O evento conta com apoio da Federação Pernambucana de Surf, Associação Nordestina de Surf (ANS), Amazoo Açaí e da Revista Fluir e site Waves.

Destaques dos 16 países do Hang Loose Pro Contest 2012:

BRASIL – 42 – Gabriel Medina (SP), Alejo Muniz (SC), Heitor Alves (CE), Miguel Pupo (SP) e Raoni Monteiro (RJ)
ESTADOS UNIDOS – 14 – C. J. e Damien Hobgood e o ex-top Tanner Gudauskas
HAVAÍ – 12 – Fredrick Patacchia e Granger Larsen
AUSTRALIA – 5 – Dion Atkinson
FRANÇA – 5 – Jeremy Flores
ESPANHA – 3 – Aritz Aranburu
NOVA ZELÂNDIA – 2 – Jay Quinn e Richard Christie
ALEMANHA – 2 – Marlon Lipke e Nic Von Rupp
ARGENTINA – 2 – Leandro Usuña e Santiago Muniz
ÁFRICA DO SUL – 1 – Shaun Joubert
TAITI – 1 – Alain Riou
PERU – 1 – Gabriel Villarán
PORTO RICO – 1 – Brian Toth
ILHAS CANÁRIAS – 1 – Jonathan Gonzalez
ILHA REUNIÃO – 1 – Adrien Toyon
ILHA GUADALUPE – 1 – Charles Martin

Com informações de João Carvalho, assessoria de imprensa da ASP South America

Dane Reynolds recebe convite para o Quiksilver Pro, na Gold Coast

31 de janeiro de 2012 0
Foto Julio Cavalheiro/Arquivo

Norte-americano é admirado pela criatividade nas manobras. Foto Julio Cavalheiro/Arquivo

Fora da elite do surfe mundial de 2012, o norte-americano Dane Reynolds, 26 anos, recebeu o convite para participar do evento de abertura da temporada 2012, o Quiksilver Pro, marcado para começar a partir do dia 25 de fevereiro, na Gold Coast, na Austrália.

Considerado um dos surfistas mais criativos do mundo, Dane teve um ano díficil no ASP World Tour, quando acabou prejudicado por uma lesão. Terceiro colocado no Quiksilver Pro de 2010, o norte-americano nem conseguiu participar da etapa do ano passado.

Como é um wildcard, Dane poderá encarar o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater logo de cara, na primeira fase do evento. O segundo wildcard do evento será definido na final da triagem (The Trials Moskova), dia 24 de fevereiro. O evento terá a participação de novatos como os australianos Garret Parkes (a sombra de Caio Ibelli no Mundial Pro Júnior) e Brent Dorrington, o japonês Mar Ohno, e o brasileiro Jessé Mendes.

Spanner é o campeão do Grussaí Surf Pro, em São João da Barra (RJ)

31 de janeiro de 2012 0


Foto Pedro Monteiro

Sem patrocínio há cinco anos, Spanner ganhou um gás a mais em Grussaí. Foto Pedro Monteiro

O local da Praia de Grumari, Rio de Janeiro, Jorge Spanner foi o campeão do Grussaí Pro Surf, a primeira etapa do Circuito Estadual de Surfe Profissional do Rio de Janeiro, encerrada no domingo, dia 29, nas ondas de São João da Barra, litoral norte fluminense. Numa final bastante disputada e com poucas ondas na Praia de Grussaí, Spanner derrotou o amigo Leandro Bastos, o experiente Victor Ribas e a revelação Paulo Pequeno.

Um dos destaques da competição, o ubatubense Odirlei Coutinho, perdeu na primeira bateria da manhã de domingo. Em uma batalha por ondas, o atleta de São Paulo foi derrotado pelo atual campeão do Rio de Janeiro, o paraibano Jano Belo, e pelo local do Arpoador Marcelo Bispo, segundo colocado. Apesar da derrota de Odirlei, o dia começou mais uma vez com domínio dos surfistas de Ubatuba. Destaque para Renato Galvão, dono da maior nota de toda competição na última bateria das oitavas de final.

- Consegui a nota 9.70 numa direita em que dei boas rasgadas e batidas. A onda estava com mais força e consegui passar em primeiro mesmo tendo uma segunda nota regular. Vale a pena competir em Grussaí! Aqui tem sempre essas boas ondinhas – comentou Galvão, que seria eliminado nas quartas de final, na bateria vencida por Léo Neves, seguido de Anselmo Correia.


Foto Pedro Monteiro

Festa para o campeão do pódio do Grussaí Surf Pro. Foto Pedro Monteiro

Na grande final, estavam dois representantes da cidade de Cabo Frio. A revelação da etapa, Paulo Pequeno, terminou em quarto lugar e o veterano Victor Ribas, que terminou em terceiro.

Liderando a primeira metade da bateria, Jorge Spanner fez sua melhor nota – 7 – na sua terceira onda. Mas Leandro Bastos virou a 15 minutos do fim com duas notas regulares (6,60 e  5,33). Com isso, Spanner precisava da nota 4,93 e a dois minutos para o término de toda competição, o atleta local da Praia do Grumari pegou uma onda salvadora e conquistou 4,97 para retomar a liderança e vencer o evento, válido também como segunda etapa do Abrasp Brasil Tour.

- Estou há cinco anos sem patrocínio e esse seria meu último ano nessa batalha de competições. Espero que com essa vitória eu consiga dar a volta por cima. O primeiro passo eu já conquistei. Estou treinando muito com o triatleta Alexandre Ribeiro e voltei a fazer minhas escaladas e o HighLine. Isso tudo vem fortalecendo meu psicológico – disse Spanner, emocionado.

O Grussaí Pro Surf tem o patrocínio da Prefeitura de São João da Barra. O co-patrocínio é do Matte Leão. O apoio é da Slake e Vida Marinha. Divulgação Band FM e SK Produções. A organização é da Ondas Eventos e a realização é da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro, com apoio da União dos Surfistas do Norte Fluminense e da Associação Brasileira de Surf Profissional.

Resultados:
1º – CAMPEÃO Jorge Spanner
2º  VICE-CAMPEÃO   Leandro Bastos
3º – Victor Ribas
4º – Paulo Pequeno
5º – Anselmo Correia
5º -  Simão Romão
7º -  Nathan Brandi
7º -  Léo Neves
9º – Jano Belo
9º – Rafael Padilha
9º – Michel Gratz
9º – Gustavo Fernandes

Com informações de Pedro Monteiro, assessoria do evento.

Farol de São Thomé (RJ) abre o circuito brasileiro de bodyboard 2012

31 de janeiro de 2012 0
Foto Victor Crespo

Eder Luciano defende o título brasileiro de 2011. Foto Victor Crespo


As ondas do Farol de São Thomé, na cidade de Campos, litoral norte fluminense, recebem a abertura do Circuito Brasileiro de Bodyboard a partir desta quinta-feira, dia 2 de fevereiro. Até o dia 5, domingo, os melhores atletas do país disputam os R$35 mil de prêmios e mil pontos no ranking nacional.

No feminino, a atual campeã brasileira e do ISA Bodyboard Games, Isabela Sousa, estará presente para defender a coroa. Mas a atlata da Praia de Icaraí (CE) terá adversárias duras pela frente, como a macaense Jéssica Becker,  campeã do Nature Festival SC Bodyboard Pro, a pentacampeã mundial Neymara Carvalho, além de Maylla Venturin, Nicolle Calheiros, entre outras.

Entre os homens, atenção voltada para o atual campeão nacional, Eder Luciano. O atleta de Itapema chega bem credenciado após um ano de 2011 brilhante. O atleta dominou o primeiro semestre de competições em 2011 e espera repetir as boas apresentações agora em 2012. As disputas da categoria profissional também terão um novo atrativo. O ranking masculino foi totalmente unificado e agora todos os atletas têm condições de lutar pelo caneco. Com isso, surgem diversos concorrentes para tirar a coroa do catarinense.

Além das categorias profissionais,  o circuito também tem as categorias amador masculino e feminino, e sub-16. Para mais informações acesse o site oficial da entidade: www.cbrasb.com.br .

Com informações de Danilo Caboclo – Assessoria de Imprensa CBRASB – danilo@cbrasb.com.br

Galeria de fotos do Nature Festival Santa Catarina Bodyboard Pro

30 de janeiro de 2012 0
Foto Franco Rodrigues/Gloss Press

Neymara, Maira Vianna, Nicolle Calheiros e a campeã Jessica Becker. Foto Franco Rodrigues/Gloss Press

Foto Franco Rodrigues/Gloss Press

Jessica Becker levou o título da competição no domingo. Foto Franco Rodrigues/Gloss Press

Foto Alvarelio Kurossu

Neymara Carvalho parou nas semifinais, mas pegou altas. Foto Alvarelio Kurossu

Foto Alvarelio Kurossu

Neymara mostrando toda a técnica na manobra. Foto Alvarelio Kurossu

Foto Guto Kuerten

Paranaense Sanderson Trevisan é sempre destaque nas competições no Estado. Foto Guto Kuerten

Foto Guto Kuerten

Eder Luciano, atual campeão brasileiro, chegou até a final da etapa estadual. Foto Guto Kuerten

Foto Alvarélio Kurossu

Neymara Carvalho e Nicolle Calheiros curtiram o pico do Riozinho. Foto Alvarélio Kurossu

Foto Guto Kuerten

BNI. Foto Guto Kuerten

Foto Franco Rodrigues/Gloss Press

Ronaldo Figueiredo foi o campeão da etapa de abertura do Estadual. Foto Franco Rodrigues/Gloss Press

Foto Guto Kuerten

Isabela Sousa parou nas quartas de final, mas também curtiu as ondas de Floripa. Foto Guto Kuerten

Gustavo Araújo vence Desafio Aéreo na Praia de Maresias

29 de janeiro de 2012 0
Foto Edu Grigaitis

Catarinense Gustavo Schilickmann ficou com a terceiro colocação. Foto Edu Grigaitis

O título do Desafio Aéreo de Surfe ficou para o paulista Gustavo Araújo. Neste domingo, dia 29, o surfista aproveitou a boa fase e manteve a média de altas manobras para faturar o campeonato que contou com oito feras da modalidade de três estados brasileiros, na Praia de Maresias, em São Sebastião (SP).

O evento, que começou no sábado, teve Ícaro Rodrigues como vice-campeão. O bronze ficou para o catarinense Gustavo Schilikmann. Completaram a classificação Robson Santos, Igor Morais, Leo Hereda, HJ Norton e Kaique Fernando. Foram 22 baterias com confrontos homem x homem e a média de notas foi de 7.12.

- Foi muito irado o campeonato com toda a galera do aéreo. Todos executaram manobras difíceis. Foi bastante divertido e importante para a nossa modalidade. Fiquei bem tranquilo nas baterias e cheguei na decisão para pegar ondas com o Ícaro Rodrigues, que vinha com altas médias no Desafio. Na final, eu esperei a onda e dei o meu melhor aéreo. O Ícaro não conseguiu mandar nenhum ‘monstro’. Estou amarradão e feliz – relata Gustavo Araújo.

Na bateria final, o campeão de 2012 contou com o azar de Ícaro Rodrigues durante os 30 minutos de apresentação, que não conseguiu uma onda para repetir as notas altas e saiu sem nenhuma manobra da decisão. Antes, durante as repescagens e as semifinais, o surfista de Santos(SP) conseguiu anotar um 10, um 9.5 e um 7.67.

O campeão Gustavo Araújo recebeu o prêmio de R$ 6 mil. O valor, segundo o surfista, será investido em um campeonato no Equador, no próximo mês.

- Vou embarcar para o Equador para competir e aprimorar minhas técnicas – explica Gustavo Araújo.
O domingo de sol em Maresias contou com condições de mar ideais para salto e manobras aéreas e ondas de meio a um metro. As baterias começaram com a repescagem e as melhores notas para Robson Santos (7.33) e Ícaro Rodrigues (10.0).

- Estava esperando mandar esse aéreo perfeito no sábado e a manobra rolou no domingo. Consegui pegar uma ‘esquerda’ boa e fiz o movimento. Tudo isso é fruto de muito treino – reforça Ícaro Rodrigues, que depois mandou mais um 9.5, mas acabou perdendo a final.

Resultados deste domingo:
Semifinais e repescagens:

Igor Morais 7.0 x 5.83 Leo Hereda
Ícaro Rodrigues 10.0 x 7.33 Robson Santos
Robson Santos 7.6 x 9.5 Ícaro Rodrigues
Gustavo Schilikmann 5.17 x 6.67 Gustavo Araújo

Repescagem final:
Gustavo Schilikmann 3.23 x 7.67 Ícaro Rodrigues
Final:
Gustavo Araújo 7.67 x 0.0 Ícaro Rodrigues

Classificação final:

1º – Gustavo Araújo
2º – Ícaro Rodrigues
3º – Gustavo Schilikmann
4º – Robson Santos
5º – Igor Morais
6º – Leo Hereda
7º – Kd Norton
8º – Kaique Fernando

Jeferson Silva é campeão sul-americano de longboard

29 de janeiro de 2012 0
Foto Diego Freire

Jeferson Silva garantiu lugar no Mundial de Longboard. Foto Diego Freire

O brasileiro Jeferson Silva venceu o Huanchaco Longboard Pro apresentado pela Rip Curl e se tornou o campeão sul-americano de 2012 nos pranchões. A decisão foi contra o defensor do título, o peruano Piccolo Clemente, que vinha batendo recordes nas ondas de dois a tres pés do sábado na Playa El Elio, em Trujillo, no norte do Peru.

Os dois se classificaram para representar a América do Sul nas etapas do ASP World Longboard Tour 2013 que definem o campeão mundial da modalidade. O peruano já vai disputar o Circuito Mundial de Longboard neste ano, junto com o paulista Danilo Rodrigo, o Mulinha, vice-campeão na final contra Piccolo Clemente no ano passado em Huanchaco. Antes de bater o atual campeão na decisão do título, Jeferson Silva passou por outro brasileiro, que já venceu a etapa com nível máximo 6 estrelas no Peru em 2010, Rodrigo Sphaier, de Saquarema (RJ).

O Huanchaco Longboard Pro Peru 2012 apresentado pela Rip Curl é o único evento com nível máximo 6 estrelas do calendário do ASP World Qualifying Series (LQS) neste ano. Das nove etapas previstas para 2012, nenhuma outra oferece premiação de 30 mil dólares. São cinco com nível 1 estrela, duas com 2 estrelas e apenas uma com 3 estrelas, o Newquay Boardmasters de 15 mil dólares, agendado para os dias 06 a 12 de agosto na Inglaterra, que ainda aguarda confirmação por parte dos organizadores.

Final do Huanchaco Longboard Pro Peru

Campeão: Jeferson Silva (BRA) com 12,57 pontos – US$ 8.000 e 3.500 pontos
Vice-campeão: Piccolo Clemente (PER) com 10,53 pontos – US$ 3.500 e 2.640 pontos

Semifinais – 3º lugar – US$ 2.250 e 2.080 pontos:

1ª: Jeferson Silva (BRA) 16.17 x 13.03 Rodrigo Sphaier (BRA)
2ª: Piccolo Clemente (PER) 15.83 x 12.60 Jaime Viúdes (BRA)

Quartas de final – 5º lugar – US$ 1.500 e 1.560 pontos:
1ª: Jeferson Silva (BRA) 15.00 x 13.33 Matheus Cunha (BRA)
2ª: Rodrigo Sphaier (BRA) 14.17 x 8.80 Anderson Silva (BRA)
3ª: Piccolo Clemente (PER) 14.67 x 8.67 Jose Juan Corzo (PER)
4ª: Jaime Viúdes (BRA) 12.33 x 10.60 Yan Guimarães (BRA)

Ranking do ASP South America Longboard Series 2012:
1º: Jeferson Silva (BRA) – 3.500 pontos
2º: Piccolo Clemente (PER) – 2.640
3º: Rodrigo Sphaier (BRA) – 2.080
3º: Jaime Viúdes (BRA) – 2.080
5º: Matheus Cunha (BRA) – 1.560
5º: Anderson Silva (BRA) – 1.560
5º: Juan Jose Corzo (PER) – 1.560
5º: Yan Guimarães (BRA) – 1.560
9º: Roger Barros (BRA) – 920
9º: Carlos Bahia (BRA) – 920
9º: Tamil Martino (PER) – 920
9º: Ronald Reyes (VNZ) – 920
13º: Danilo Rodrigo (BRA) – 800
13º: Robledo de Oliveira (BRA) – 800
13º: Paulo Giachetti (BRA) – 800
13º: Wenderson Biludo (BRA) – 800

João Carvalho – Assessoria de Imprensa da ASP South America

Igor Arakaki vence abertura do circuito Oceano de surfe amador

29 de janeiro de 2012 0
Foto Angelo Possenti/Fecasurf

Igor venceu na categoria Open. Foto Angelo Possenti/Fecasurf

A Prainha, em São Francisco do Sul, sediou neste fim de semana a tradicional etapa de abertura do Circuito Catarinense Oceano de Surf Amador 2012. O evento teve a participação recorde de 148 surfistas na disputa pelos 2000 pontos no ranking da Fecasurf.  O campeão da categoria Open foi o surfista de Balneário Camboriú Igor Arakaki, que precisou se esforçar bastante para superar seus adversários na última onda surfada na bateria, e vencer a grande final.

Igor somou 13,30 pontos contra 12,15 pontos de André Mói, que ficou na segunda colocação. Completaram o pódio Jorge Porvilho, na terceira colocação, somando 12,00 pontos, e Thiago Bruno, na quarta colocação, com 7,50 pontos.


A final da categoria Junior foi disputadíssima e o vencedor foi o surfista de Barra do Sul, Fernando Paulino, que somou 15,90 pontos contra 12,05 pontos de Derick Adriano, o segundo colocado. Na terceira colocação ficou Luan Wood, com 11.55 pontos, e na quarta, Derick Adriano, com 10,25 pontos.

A próxima etapa acontece em Florianópolis na Praia do Santinho nos dias 25 e 26 de fevereiro e as inscrições já podem ser feitas na Fecasurf pelo fone 48-3025-1880.    A Fecasurf desde já agradece a todos que contribuíram para o sucesso desta etapa principalmente o pessoal da Associação Francisquense de Surf e da Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul.

O Circuito Catarinense Oceano de Surf Amador 2012 é apresentado Arnette e tem o patrocínio da Oceano, do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, o co-patrocínio da Texponti, Maxi Tex, Skull, Prefeitura Municipal de São Francisco do Sul, Fundação Municipal de Esportes, o apoio do Hotel Vila Real, Pousada Taipan, Harry Restaurante, Rei do Frango, Site Waves, Jornal Drop, Banana Joe, e com a promoção da Rádio Atlântida FM, a realização é da Federação Catarinense de Surf e Associação Francisquense de Surf.

Resultados – São Francisco do Sul    
OPEN

1º – Igor Arakaki        
2º – André Mói           
3º – Jorge Porvilho    
4º – Thiago Bruno      

JUNIOR

1º – Fernando Paulino           
2º – Derick Adriano   
3º – Luan Wood         
4º – Pedro Tanaka     

MIRIM
1º – Luan Wood         
2º – Luan Garcia        
3º – Kaique Oliveira   
4º – André Heiden     

INICIANTES
1º – Luan Garcia        
2º – Luy Arman          
3º – Fábio Martins     
4º – Messias Santana           

INFANTIL
1º – João Godoy        
2º – Lucas Vicente    
3º – João Guerreiro   
4º – Gabriel Kalani     

FEMININO
1º – Aloha Maciel       
2º – Evelin Conceição           
3º – Marina Rezende
4º – Débora Rebello  

MÁSTER
1º – Carlos Kxot        
2º – Stewson Crippa  
3º – Silvério Jorge     
4º – Roni Ronaldo      

Líderes do Ranking Catarinense Fecasurf 2011

Open – Igor Arakaki 2000 pontos
Júnior – Fernando Paulino 2000 pontos
Mirim – Luan Wood 2000 pontos
Iniciantes  – Luan Garcia 2000 pontos
Infantil – João Godoy 2000 pontos
Feminino – Aloha Maciel 2000 pontos
Máster – Carlos Kxot 2000 pontos

Com informações de Norton Evaldt, Assessoria de Comunicação Fecasurf

Bruno Fontes fica com a medalha de prata da Rolex Miami OCR

28 de janeiro de 2012 0
Foto Rolex/Daniel Forster

Bruno (a frente) venceu cinco regatas de 11 disputadas. Foto Rolex/Daniel Forster

O  velejador do Iate Clube Santa Catarina, Bruno Fontes, conquistou a medalha de prata na Rolex Miami OCR, a primeira das seis etapas da Copa do Mundo de Vela, neste sábado, nos Estados Unidos. Com o resultado, Bruno chega embalado para a confirmação da vaga olímpica na seletiva que acontece em Búzios a partir da próxima semana.

A medalha de prata foi conquistada em um duelo direto contra o inglês Paul Goodson pela medalha de ouro durante a Medal Race, a regata final que tem pontuação dobrada. Após vencer as últimas cinco regatas disputadas, Bruno (Eletrosul/Unimed/Age do Brasil e Fundesporte) finalizou a Medal Race em 10º, enquanto o inglês usou sua experiência para cruzar na quarta colocação.

Na Star, Robert Scheidt e Bruno ficaram com o ouro e mantém o favoritismo na classe, alcançado após o bicampeonato mundial conquistado ano passado, em Perth.