Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 26 fevereiro 2012

Austrália vence Mundial de Standup Paddle e Paddleboard no Peru; Brasil fica em sétimo lugar

26 de fevereiro de 2012 0
Foto ISA/Tweddle

Austrália não teve adversários no Peru. Foto ISA/Tweddle



A equipe da Austrália ganhou com facilidade a edição inaugural do Mundial de StandUp Paddle (SUP) and Paddleboard da Internacional Surfing Association (ISA). Das 11 categorias em disputa, os aussies venceram sete e levaram a medalha de ouro por equipes e o troféu perpétuo Club Waikiki.

Considerado o maior atleta de SUP do mundo, Jamie Mitchell se recuperou do erro na corrida técnica quando cruzou a linha de chegada sem carregar o remo e ganhou a maratona de Sup, seguido do compatriota Travis Grant e do francês Eric Terien.

Foto ISA/Tweddle

Francês Antonie Delpero não deu chances para os adversários na final. Foto ISA/Tweddle

Outro destaque do sábado, último dia de competições, foi a vitória do francê Antonie Delpero no Sup Surfing. Campeão de longboard do ISA World Games em 2009, Delpero dominou a bateria final e colocou todos os três adversários – Justin Holland (AUS), Bronce Poynter (EUA) e Cobre Jakson Close (AUS) – em combinação.

O Brasil finalizou a competição na sétima colocação, com destaques para Barbara Brazil, quarta colocada na maratona de SUP e na corrida técnica de Paddleboard; Luis Guido, quatro colocado na Maratona de SUP; e Caio Vaz,  eliminado na bateria final da repescagem após um julgamento duvidoso e que foi protestado pelo chefe da delegação Marco Gorayeb.

Foto ISA/Tweddle

Brasileiros agitaram dentro e fora dágua. Foto ISA/Tweddle

Aliás, esse não foi apenas o único obstáculo enfrentado pelo time brasileiro. A catarinense Greta Sisson, que disputaria uma vaga na final da Sup Surfing feminino, não competiu na bateria final da repescagem no sábado, porque se lesionou no dia anterior.

Classificação final por países
1º – Australia
2º – Estados Unidos
3º – Africa do Sul
4º – Espanha
5º – Peru
6º – Argentina
7º – Brasil
8º – França
9º – Venezuela
10º – Chile
11º – Irlanda
12º – Inglaterra
13º – México
14º – Suíça
15º – Nova Zelândia
16º – Italia
17º – Austria

Surfing SUP masculino:
1º: Antoine Delpero (FRA)
2º: Justin Holland (AUS)
3º: Sean Poynter (USA)
4º: Jackson Close (AUS)

Surfing SUP feminino:

1ª: Emmy Merrill (EUA)
2ª: Shakira Westdorp (AUS)
3ª: Penny Stemmet (AFS)
4ª: Brissa Málaga (PER)

SUP Maratona masculino:

1º: Jamie Mitchell (AUS)
2º: Travis Grant (AUS)
3º: Eric Terrien (FRA)
4º: Luis Guido (BRA)

SUP Maratona feminino:

1ª: Brandi Baksic (EUA)
2ª: Angela Jackson (AUS)
3ª: Bigette van Aswegen (AFS)
4ª: Bárbara Brazil (BRA)

Paddleboard Maratona feminino:
1ª: Jordan Mercer (AUS)
2ª: Anna Notten (AFS)
3ª: Gillian Gilbree (EUA)
4ª: Concepción Escatllar (ESP)

Paddleboard Maratona masculino:

1º: Brad Gaul (AUS)
2º: Joel Mason (AUS)
3º: Shane Scoggins (EUA)
4º: Ryan Butcher (AFS)

Corrida Técnica SUP masculino:
1º: Travis Grant (AUS)
2º: Jamie Mitchell (AUS)
3º: Paul Jackson (NZL)
4º: Matt Becker (EUA)

Corrida Técnica SUP feminino:

1º: Brandi Baksic (EUA)
2º: Angela Jackson (AUS)
3º: Karina Figl (AUT)
4º: Brigette van Asweggen (AFS)

Corrida de postas (Relay)

1º: Australia
2º: Estados Unidos
3º: Africa do Sul
4º: Espanha

Corrida Técnica de Paddleboard masculino:

1º: Brad Gaul (AUS)
2º: Joel Mason (AUS)
3º: Ryan Butcher (AFS)
4º: Shane Scoggins (EUA)

Corrida Técnica de Paddleboard feminino:

1ª: Jordan Mercer (AUS)
2ª: Anna Notten (AFS)
3ª: Concepción Escatllar (ESP)
4ª: Bárbara Brazil (BRA)

Silvana Lima garante o Brasil na Austrália

26 de fevereiro de 2012 0
Foto ASP Robertson

Silvana fez o maior placar entre as mulheres. Foto ASP Robertson

A cearense Silvana Lima foi a única representante a vencer uma bateria neste domingo, nas ondas de três a quatro pés de Snapper Rocks, na Austrália. Jacqueline Silva no Roxi Pro, e Gabriel Medina, Alejo Muniz e Jadson André acabaram eliminados da competição, válida como primeira etapa dos circuitos mundial feminino e masculino da ASP.

A catarinense Jacqueline Silva foi a primeira a dar adeus a competição, ao perder para a australiana Laura Enever, embalada pela boa participação no Australian Open. Na quarta bateria, Silvana colocou a australiana Philippa Anderson em combinação logo após surfar a sua terceira onda na bateria, que foi aberta com um 9.23.  Foi a primeira vitória da cearense após a cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado do joelho direito.

No masculino, Gabriel Medina caiu na terceira bateria, diante do aussie Yadin Nicol. O paulista fez a melhor nota do duelo, mas ficou precisando de uma segunda onda, enquanto seu adversário pegou duas intermediárias e garantiu a vitória A competição masculina abriu o domingo de disputas em Snapper Rocks, mas acabou paralisada com a piora das condições do mar para dar entrada para as disputas do Roxi Pro.

Após as seis baterias do feminino, os homens voltaram para a água e Alejo acabou perdendo para o sul-africano Travis Logie na mesma situação que Medina. O catarinense teve dificuldade na escolha das ondas, enquanto o veterano espancou as direitas de backside para fazer duas notas intermediárias. Por último foi a vez de Jadson André dar adeus a competição numa disputa equilibrada com Jeremy Flores. Depois de liderar a bateria no início, o potiguar se viu obrigado a virar o placar nos 10 minutos finais. Teve duas chances, mas as ondas não ofereceram qualidade para sua performance.

Agora, o Brasil segue apenas com Silvana Lima na terceira fase do Roxi Pro, além de Adriano de Souza, Heitor Alves, Raoni Monteiro e Miguel Pupo na terceira fase do Quiksilver Pro Gold Coast. Jacque Silva finalizou a competição em 13º lugar, enquanto Alejo, Medina e Jadson encerram a participação da primeira etapa na 25ª posição. A competição deve reiniciar nesta segunda=-feira (domingo à noite, no horário de Brasília) com as baterias da terceira fase do evento masculino.

Quiksilver Pro Day 2 – Mens Morning Highlights Round2 Heats 1 to 4 from McKinnon Media Productions on Vimeo.


Resultados deste domingo em Snapper Rocks, na Austrália:

Roxy Pro -  Round 2 ( 2º=13º lugar, 1750Pts, U$4,5 mil)
H1 Laura Enever AUS 13.37 a 12.20 Jacqueline Silva BRA
H2 Lakey Peterson EUA 16.33 a 14.37 Pauline Ado FRA
H3 Silvana Lima BRA 17.56 a 11.50 Philippa Anderson AUS
H4 Sarah Mason NZL 13.10 a 11.20 Coco Ho HAV
H5 Courtney Conlogue EUA 15.40 a 13.43 Sage Erickson EUA
H6 Paige Hareb NZL 12.34 a 8.10 Rebecca Woods AUS

Quiksilver Pro Gold  Coast
Round 2 (2º:25º lugar, 500Pts, U$7 mil)

H1 – Joel Parkinson AUS 16.36 a 6.43  Garrett Parkes AUS
H2 – Taj Burrow AUS 18.10 a 16.06 Dane Reynolds EUA
H3 – Yadin Nicol AUS 13.13 a 12.53 Gabriel Medina BRA
H4 – Julian Wilson  AUS 14.06 a 13.73 Kai Otton AUS
H5 – Jordy Smith AFS 17.43 a 12.33 Taylor Knox EUA
H6 – Travis Logie AFS 15.30 a 13.03 Alejo Muniz BRA
H7 – Josh Kerr AUS 17.60 a 10.53 Patrick Gudauskas EUA
H8 – Matt Wilkinson AUS 15.86 a 10.33 Damien Hobgood EUA
H9 – Jeremy Flores FRA 13.67 a 12.07 Jadson Andre BRA
H10- Kieren Perrow AUS 14.00 a 13.84 CJ Hobgood EUA
H11- Bede Durbidge AUS 13.53 a 10.73 Tiago Pires POR
H12 – Kolohe Andino EUA 14.33 a 13.87  Brett Simpson EUA

Baterias do terceiro dia de competição
:
Quiksilver Pro – Round 3 (2º=13º lugar, 1750Pts, U$8,5 mil)
H1 – Owen Wright     AUS x Matt Wilkinson AUS
H2 – Josh Kerr AUS x Kieren Perrow AUS
H3 – Adriano De Souza BRA x Kolohe Andino EUA
H4 – Michel Bourez TAI x Bede Durbidge AUS
H5 – Jeremy Flores FRA x Heitor Alves BRA
H6 – Kelly Slater EUA x Fredrick Patacchia HAV
H7 – Joel Parkinson AUS x Yadin Nicol AUS
H8 – Mick Fanning     AUS x Miguel Pupo BRA
H9 – Jordy Smith AFS x Raoni Monteiro BRA
H10 – Julian Wilson AUS x Adam Melling AUS
H11 – John John Florence HAV x Adrian Buchan AUS
H12 – Taj Burrow AUS x Travis Logie AFS

Roxi Pro
H1 – Tyler Wright AUS x Silvana Lima BRA x Sarah Mason NZL
H2 – Carissa Moore HAV x Laura Enever AUS x  Paige Hareb NZL
H3 – Sally Fitzgibbons AUS x Courtney Conlogue EUA x Malia Manuel HAV
H4 – Stephanie Gilmore AUS x Sofia Mulanovich PER x Lakey Peterson EUA