Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Flotilha da Volvo Ocean Race larga rumo a Lorient

10 de junho de 2012 0

Camper e o Puma são os barcos mais adiantados da flotilha. Foto Ian Roman/Volvo Ocean Race

A Volvo Ocean Race recomeçou neste domingo com a largada para a oitava perna, entre Lisboa, em Portugal, até Lorient, na França. A flotilha deve enfrentar logo de cara uma tempestade que se aproxima com potencial de determinar o sucesso ou derrota das equipes.

Após um curto percurso no Rio Tagus, em Lisboa, onde o ex-jogador Luís Figo saltou da popa do barco Abu Dhabi, os seis barcos da competição retomaram a corrida e agora velejam por 1.940 milhas náuticas até a linha de chegada. Apesar da oitava perna ser o trecho mais curto até o momento, não será nada fácil. As equipes terão que enfrentar condições de alta pressão nos Açores e, logo em seguida, ventos fortíssimos causados por um sistema de baixa pressão do Atlântico Norte, o que não deixará margem para erros.

Festa na despedida das equipes em Lisboa. Foto Ian Roman/Volvo Ocean Race

Nesta fase da competição, em que restam apenas quatro oportunidades de obter pontuação e somente 23 pontos separam as quatro equipes líderes, o resultado final vai depender do quanto cada equipe está disposta a arriscar.
A Groupama, vencedora da regata do porto em Oieiras, no sábado, tem uma motivação a mais nesta etapa. O tripulante do Groupama, Charles Caudrelier, explica que poder cruzar a linha de chegada em casa diante de milhares de torcedores locais será a realização de um sonho, mas ressalta a dificuldade:

- É um sonho que pode ser destruído num piscar de olhos por equipes como a Puma ou a Telefónica, por exemplo. Principalmente o PUMA que está indo muito bem agora. O nosso objetivo é vencer a próxima etapa, mas será difícil – disse.

Tripulantes do Telefónica deixando Lisboa. Foto Ian Roman/Volvo Ocean Race

Esta é a 11ª edição do evento, que nasceu em 1973 como o Whitbread Round the World Race. Essa é a primeira vez na história da competição que quatro equipes têm, ao mesmo tempo, chances reais de vencer restando apenas 10 dias de percurso offshore. Acompanhe a posição real dos barcos pelo tracker.

Classificação geral
1º – Groupama – 189 pontos
2º – Telefónica – 181 pontos
3º – Puma – 176 pontos
4º – Camper – 166 pontos
5º – Abu Dhabi – 107 pontos
6º – Sanya – 34 pontos

Doca de Lisboa antes da partida. Foto Paul Todd/Volvo Ocean Race

Envie seu Comentário