Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Kelly Slater supera Gabriel Medina em Cloudbreak

11 de junho de 2012 0

Kelly Slater mereceu a vitória em Cloudbreak. Foto ASP/Kirstin

O norte-americano Kelly Slater venceu nesta segunda-feira (início da noite de domingo no Brasil) o Volcom Fiji Pro, quarta etapa do circuito mundial, o ASP World Tour 2012. Na final, em ondas de quatro a seis pés em Cloudbreak, o 11 vezes campeão do mundo derrotou o brasileiro Gabriel Medina, que conquistou seu melhor resultado na temporada.

O Brasil começou o dia com dois atletas na briga pelo título nas Ilhas Fiji, que retornou ao calendário após três anos de ausência. Adriano de Souza ainda tinha que disputar sua bateria de quartas de final. O paulista brigava pela primeira posição do ranking e dominava o duelo contra C.J. Hobgood. Mas faltando dois minutos para o término, o norte-americano da Flórida fez o milagre ao emplacar um tubão que valeu 9.97. Mineirinho ficou precisando de 8.60 para virar, mas já não havia mais tempo para reagir.

Na primeira semifinal, Gabriel Medina encarou Mick Fanning. O australiano já havia vencido o brasileiro por três vezes no circuito, mas desta vez não teve jeito. O brasileiro chegou a quebra duas pranchas, mas conseguiu fazer seu placar com duas ondas regulares. Enquanto isso, Mick boiou e só conseguiu sair da combinação no final da bateria, sem tempo para nada.
Vitória de Medina que depois assistiu do canal ao show de Kelly Slater diante de C.J. O careca estava solto na prancha e depois de fazer um 10 andando com muita velocidade numa esquerda da série, fez um 9,50 para não deixar dúvida.

Medina representou o surfe brasileiro nas Ilhas Fiji. Foto ASP Kirstin

Na grande final, Medina não se intimidou e chegou a pegar a melhor onda – 8.60 – logo no início, saindo de um tubo justo diante dos olhares de Slater que buscava posicionamento no outside. O norte-americano foi atrás da virada e conseguiu nas duas únicas ondas que surfou na bateria. Primeiro com um 8.33 e depois com um 9,83.

Com uma segunda onda fraca (2,84), Medina ficou precisando de 9,60 para virar, mas as ondas não apareceram e Slater festejou o tricampeonato em Fiji dedicando o título ao surfista australiano Michael Peterson, recentemente falecido. Também foi a primeira vitória de Slater sobre Medina em baterias homem a homem. O brasileiro já havia derrotado o norte-americano em San Francisco (EUA) e na França.

Com o resultado, Kelly Slater voltou para a briga do título e agora é o segundo colocado no ranking mundial, atrás de Mick Fanning. O australiano Joel Parkinson caiu para a terceira colocação, a frente de Adriano de Souza, o Mineirinho, o quarto. Gabriel Medina deu um salto na lista e agora é o 13º colocado. A próxima etapa do circuito mundial, o ASP World Tour, acontece nas desafiadoras esquerdas de Teahupoo, no Taiti.

Resultado final do Volcom Fiji Pro
1º  Kelly Slater (EUA)
Gabriel Medina (BRA)
3º  Mick Fanning (AUS)
3º  C.J. Hobgood (EUA
5º  Julian Wilson (AUS)
5º  Taj Burrow (AUS)
5º Adriano de Souza (BRA)
5º John John Florence (HAV)

Envie seu Comentário