Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Camper vence última etapa e Groupama é o campeão da Volvo Ocean Race 2011/2012

03 de julho de 2012 0

Festa dos franceses em Galway, na Irlanda. Foto Paul Todd/ Volvo Ocean Race

O Groupama, liderado por Franck Cammas, é o grande campeão da edição 2011/2012 da Volvo Ocean Race, a regata de volta ao mundo. Nesta terça-feira, o barco francês cruzou a linha de chegada em Galway, na Irlanda, na segunda colocação – garantia o título até com um quarto lugar – e pode comemorar a vitória da maior regata oceânica do mundo. Com 250 pontos, o Groupama não pode ser mais alcançado com a pontuação da regata do porto de Galway, programada para sábado e que encerra os nove meses de competição. A vitória na nona perna ficou com o Camper, conduzido por Chris Nicholson, que assim subiu para a segunda colocação provisória. O Puma foi o terceiro, e o Telefónica, em quarto

Camper levou a nona etapa e subiu para segundo no geral. Foto Ian Roman/ Volvo Ocean Race

O Camper foi proclamado o vencedor da última etapa da Volvo Ocean Race 2011-12 após um sprint de 550 quilômetros que começou ontem em Lorient (França), após sofrer uma penalização na largada. Após 37h40min13seg, o barco Chris Nicholson cruzou a linha de chegada em Galway (Irlanda) as 2h42min da manhã, seis minutos e 58 segundos à frente do Groupama, 12min48seg à frente do Puma e 17min20seg de vantagem para o Telefónica. Foi outra chegada apertada em um estágio que teve quatro veleiros se alternando na liderança. O Sanya chegou as 5h14min e o Abu Dhabi, às 5h23min da manhã.

Franck Cammas vibrou muito com o título. Foto Ian Roman/Volvo Ocean Race

A vitória final do Groupama Sailing Team é o resultado de uma progressão consistente desde a quinta posição conquistada na primeira regata do porto, em Alicante. Nas regatas in-port seguintes foram dois quintos lugares (Cidade do Cabo e Sanya), um terceiro (Auckland), dois segundos (Abu Dhabi e Miami) e três vitórias (Itajaí, Lisboa e Lorient). Já nas pernas off shore, o Groupama somou um terceiro lugar na primeira perna, apesar de um erro tático que o enviou para trás do bloco. O barco ainda foi quarto na segunda perna, segundo na terceira na sétima perna, terceiro na quinta e sexta pernas e vitorioso na quarta e oitava pernas, completando o resultado com a segunda colocação na última regata.

Vale lembrar que um brasileiro colaborou e muito para o sucesso do Groupama. É o carioca Ricardo Ermel, que fez toda a logística da equipe durante a parada em Itajaí, quando o barco francês precisou de outro mastro após uma quebra no Atlântico Sul. Parabéns Ricardo!

Foto Ian Roman/Volvo Ocean Race

Classificação final da nona perna:
1º CAMPER com a Emirates Team New Zealand – 1d40m13h13s (30 pontos)
2º Groupama Sailing Team – 1d13h47m11s (25 pontos)
3º PUMA Ocean Racing alimentado por BERG – 1d13h53m01S (20 pontos)
4º Equipe Telefonica – 1d13h57m33s (15 pontos)
5º Sanya Team – 1d16h12m27s (10 pontos)
6º Abu Dhabi Ocean Racing – 1d16h21m29s (5 pontos)

Classificação parcial da Volvo Ocean Race 2011-12:

1º Groupama Sailing Team, 250 pontos – CAMPEÃO DA EDIÇÃO 2011/2012
2º CAMPER com a Emirates Team New Zealand, 226
3º PUMA Ocean Racing alimentado por BERG, 220
4º Equipe Telefonica, 209
5º Abu Dhabi Ocean Racing, 129
6º Sanya equipe, 50

Telefónica foi o quarto colocado na nona perna. Foto Ian Roman/Volvo Ocean Race

Declarações:

Iker Martinez, capitão do Telefone Equipe:
“Sabíamos que era um passo importante, nós lutamos para vencer, mas não navegamos bem como era necessário. Saímos líderes e fomos levando por um longo tempo, e mudanças de vela parecem terem sido vitais, mas não fomos brilhantes. Felicito ao Groupama, eles merecem”

Roberto Bermudez, timoneiro e trimmer CAMPER com a Emirates Team New Zealand:

“Muito feliz, porque além garantir o segundo lugar geral, e depois de tudo o que aconteceu, é um bom resultado. A única desvantagem é que Groupama venceu, e a vitória de hoje implica apenas um segundo, mas ainda estamos felizes. Estamos felizes porque estávamos em acabamentos de Puerto Mont, tudo parecia muito difícil, portanto, um segundo é uma vitória para nós. “

Franck Cammas, o Groupama padrão Sailing Team:

“Este é um momento incrível para mim. Sempre foi meu sonho, participar desta regata. O primeiro livro que li na minha vida falava da Whitbread. Sem dúvida, este é o melhor que eu já fiz. É o evento mais longo e mais difícil de ganhar, começou mal para nós, mas superamos tudo”

Ken Read, skipper do Puma Ocean Racing alimentado por BERG:

“Nós somos um ímã para a má sorte quando temos uma boa vantagem. É algo que já aconteceu tantas vezes neste evento . Dito isso, reconheço o mérito do Camper e Groupama. Vamos terminar em terceiro, e eu não acho isso ruim, considerando que não há muito tempo estávamos flutuando no oceano sem um mastro. Devemos ter orgulho disso. “

Com informações da assessoria de imprensa oficial da Volvo Ocean Race

Envie seu Comentário