Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Santos abre circuito Hang Loose Surf Attack

15 de julho de 2013 0

Marcos Correa é um dos favoritos. Foto Munir El Hage

O mais tradicional campeonato de surf para as categorias de base no país tem início nesta terça-feira e quarta-feira (16 e 17), no Quebra-Praia, na Praia do José Menino, em Santos. Válido pelo circuito paulista para atletas com até 18 anos de idade, o Hang Loose Surf Attack será disputado nas categorias júnior (até 18 anos), mirim (limite de 16 anos), iniciante (no máximo 14 anos), estreante (12 anos para baixo) e petit (sub10). Em ação, 147 surfistas do litoral paulista e também de Santa Catarina, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

- Como estamos no período de férias escolares e as previsões apontam para boa ondulação para terça e quarta-feira, decidimos por essa data para privilegiar a molecada. Esse é o mais importante campeonato de Base do País e a ideia é sempre oferecer as melhores condições possíveis – afirma o presidente da Federação Paulista de Surf, Sílvio da Silva, o Silvério.

Ao seu lado desde o início, o diretor técnico do evento e também do Circuito Brasileiro e do ISA World Games, Marcos Bukão, que destaca o valor e a influência da competição.

- Não diria só no cenário brasileiro, mas mundial. Se olharmos dentro do WT, a elite mundial, todos os atleta que disputam o Circuito, em algum momento da carreira, passaram pelas etapas do Hang Loose. É uma grande escola, sem dúvida o principal campeonato de base competitiva do Brasil – afirma Bukão.

E é fácil exemplificar, até quantificar o Hang Loose Surf Attack. A nova geração, apelidada de Braziliam Storm, foi formada neste circuito, começando por Adriano de Souza, depois Alejo Muniz, Gabriel Medina, Miguel Pupo e Filipe Toledo, todos com títulos. Antes deles, Raoni Monteiro, ilustre convidado, fazia história nas ondas paulistas.

- Se o Hang Loose terminasse hoje, só em função de Adriano de Souza, Medina, Miguel, Filipinho, já seria um marco – comenta Bukão.

Criado em 1988, o Circuito Paulista começou com as categorias júnior e mirim e depois foi ganhando “corpo” até chegar ao formato atual. Desde 1995 conta com o patrocínio da Hang Loose, sobretudo pelo incentivo do empresário Álfio Lagnado, um entusiasta da modalidade.

- Podemos resumir esse patrocínio em fidelidade e compromisso. Quando um patrocinador entra pela primeira vez, ficamos felizes, quando está há quase 20 anos, deixa de ser um relação de patrocínio, mas compromisso, verdadeiro amor pelo esporte - enaltece Marcos Bukão.

Circuito terá quatro etapas este ano

O Hang Loose Surf Attack terá quatro etapas. Depois de Santos, os surfistas surfarão na Praia de Pitangueiras, junto ao Canto do Maluf, em Guarujá, nos dias 17 e 18 de agosto, na Praia da Baleia (Canto Mágico), em São Sebastião, dias 14 e 15 de setembro, e a final na Praia de Itamambuca, em Ubatuba, nos dias 9 e 10 de novembro. Entre os nomes favoritos, quem se destaca é Victor Bernardo, novo campeão brasileiro pro júnior, da vizinha Guarujá, competindo nas categorias mirim e júnior.

Da mesma cidade, outros nomes chegam forte Gabriel André, na júnior, Vitor Mendes, Leonardo Guimarães e Herbert Moreno, na mirim, e Eduardo Motta, na estreante. De Ubatuba, atenção para Wesley Dantas, na mirim e júnior, Diego Aguiar e Danilo Villas Boas, na petit. Na lista de cotados, o atual campeão júnior, Marcos Corrêa, de Praia Grande, Igor Moraes, na mirim e júnior, e Samuel Pupo, atual campeão estreante e agora na iniciante (ambos de São Sebastião), e Jaws Maffessoni, de Peruíbe, na petit.

Vitor Bernardo é o atual campeão brasileiro sub-20. Foto Munir El Hage

A etapa tem início às 8h, com a primeira fase da júnior, que terá na sequência mais duas disputas, definindo os semifinalistas. Também entram no mar na terça-feira, os atletas da mirim e da iniciante. Na quarta-feira, a competição recomeça às 8h, com a iniciante. As semifinais serão realizadas das 11h às 13h30min, quando entram no mar as finais, com término previsto para 15h10min.

AO VIVO PELA INTERNET

Todas as disputas serão transmitidas ao vivo pela internet, com imagens das ondas surfadas, locução direta do palanque, notas dos juízes e os internautas podendo interagir, com mensagens de texto, acessando www.hangloose.com.br/surfattack2013.

O Hang Loose Surf Attack tem os patrocínios de Overboard, Bleat, Hot Water, Central Surf, Super Tubes, Sthill e Surftrip. Copatrocínios de GoPro, Rhyno Foam, Reef, Amazoo Açaí e CT. Divulgação: Revista Fluir. Apoios das prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santista de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião, Associação Ubatuba de Surf, Governo do Estado de São Paulo, com organização da Federação Paulista de Surf.

Com informações de Fábio Maradei – FMA Notícias

Envie seu Comentário