Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Raglan Santista de Surf está confirmado para esta quinta-feira, 14 de novembro, no Quebra-Mar, em Santos

12 de novembro de 2013 0
Matheus Dutra. Foto Silvia Winik

Matheus Dutra é um dos tops da júnior. Foto Silvia Winik

Com a chegada de uma nova frente fria e a previsão de boas ondas, o Raglan Santista de Surf será realizado nesta quinta-feira (14) no Quebra-Mar, em Santos. Realizado num único dia, o evento define os campeões municipais de 2013, em 10 categorias. A novidade este ano é a estreante (até 12 anos). Também estarão em disputa a iniciante (no máximo 14 anos), mirim e feminna (ambas com limite de 16 anos), júnior (18 anos para baixo), open, master (acima de 35 anos), grand master (45 anos em diante) SUP e longboard. As disputas começam às 8h com a master. As finais serão realizadas das 12h às 15h20min.

A expectativa é de mais um importante evento para colaborar com o trabalho de base que vem sendo feito na Cidade. Um dos destaques deste ano é a inclusão da categoria estreante, que está totalmente preenchida por atletas de Santos — afirma o presidente da Associação Santos de Surf, Herbert Passos Neto, que agradece o apoio da Raglan Surf Shop e da prefeitura de Santos para a realização do evento.

— Estamos felizes com essas parcerias, pela Raglan acreditar nesse trabalho de Base e a Secretaria Municipal de Esportes contribuir para o fortalecimento da modalidade — disse.

O secretário municipal de Esportes, Alcídio de Mello, o Cidão, reforçou que a identidade de Santos com o esporte.

Sempre promoveremos o surf. Afinal, Santos é berço da modalidade. Temos duas escolas municipais. Uma com o Picuruta Salazar, um dos grandes nomes do surf brasileiro, e outra com o Cisco Araña, a primeira escola pública de surf do Brasil, inclusive com a participação de pessoas com deficiência. Este evento é mais uma forma de prestigiar todos os praticantes e, ao mesmo tempo, incentivar as pessoas a assistirem e até iniciarem na modalidade — argumentou.

DESTAQUES

Entre os destaques da competição estão justamente os dois santistas que garantiram as melhores atuações no Circuito Paulista, encerrado no último domingo. Vinicius Parra disputou o título da estreante até o fim, enquanto que Matheus Dutra se firmou entre os tops da categoria mais disputada.

Vou tentar esse título, por ser na minha cidade. No Paulista batalhei até o final e terminou em terceiro, o que foi um grande resultado — afirmou Parra, que ano passado foi o vice-campeão santista na iniciante, categoria acima da sua.

Vencer o Santista é sempre importante. Na etapa do Paulista este ano no Quebra-Mar, fiz final e fiquei em terceiro atrás apenas no Marcos Correa, bicampeão paulista, e do Samuel Pupo. Agora quero repetir o bom desempenho — relata Matheus Dutra, campeão santista na mirim e na júnior em 2012.

O Raglan Santista de Surf tem a organização da Associação Santos de Surf, com supervisão da Federação Paulista de Surf, patrocínio da Raglan Surf Shop, apoio da prefeitura de Santos e colaboração da FMA Notícias e Dêmi Viola/Viimo.

Envie seu Comentário