Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Brasil é maioria no último dia do Huanchaco Longboard Pro, no Peru

14 de fevereiro de 2014 0
Rodrigo Sphaier bateu todos os recordes nesta quinta-feira. Foto Renato Moreno/Olas Norte

Rodrigo Sphaier bateu todos os recordes nesta quinta-feira. Foto Renato Moreno/Olas Norte

As ondas melhoraram na quinta-feira e os brasileiros brilharam nas esquerdas perfeitas da Playa El Elio no segundo dia do Huanchaco Longboard Pro/Copa Repalsa em Trujillo, no litoral norte do Peru. O defensor do título Rodrigo Sphaier fez os recordes da categoria masculina.

Os campeões mundiais Piccolo Clemente e Phil Rajzman e ainda Jeferson da Silva, que já tem um título em Huanchaco, também passaram invictos para as quartas de final que vão abrir a sexta-feira decisiva no Peru. Além de Piccolo, só mais um peruano se classificou com seis brasileiros para o último dia. Entre as meninas só deu Brasil e Atalanta Batista foi o grande destaque ao ganhar a única nota 10 nas ondas da Playa El Elio esse ano em Huanchaco.

A categoria feminina está estreando nesta quinta edição do evento que vem decidindo o título sul-americano de Longboard Profissional da ASP South America. Duas peruanas e uma argentina também participaram da etapa histórica para as meninas, mas foram eliminadas pelas brasileiras que seguiram para as semifinais. A experiente Karina Abras vai enfrentar Thiara Mandelli na primeira bateria e a outra será um clássico do longboard feminino brasileiro, entre Atalanta Batista e Mainá Thompson.

A pernambucana Atalanta Batista surfou de forma fantástica a primeira onda que pegou contra a peruana Karen Mendiguetti. Combinou com perfeição as manobras clássicas dos pranchões com as modernas numa longa esquerda na Playa El Elio para arrancar a primeira nota 10 do Huanchaco Longboard Pro 2014. Ela ainda surfou muito bem outra onda para receber nota 9,5 e totalizar incríveis 19,50 pontos de 20 possíveis, superando até as marcas masculinas.

Phil Rajman está na briga. Foto Renato Moreno/Olas Norte

Phil Rajman está na briga. Foto Renato Moreno/Olas Norte

O recordista absoluto entre os homens foi Rodrigo Sphaier que, na sua primeira defesa do título, atingiu imbatíveis 18,60 pontos com notas 9,50 e 9,10 nas duas ondas computadas. O também brasileiro Eglin Santos, que participa da etapa peruana pela primeira vez, passou junto com o atual campeão sul-americano e vice-campeão mundial, com ambos despachando dois peruanos do clã dos Ucañan de Huanchaco, Joel e Ronie.

- Acho que a sorte estava do meu lado hoje (quinta-feira). As condições do mar não estão fáceis e qualquer um poderia pegar uma onda boa, ou não. Eu venho treinando bastante e trouxe minhas melhores pranchas para cá. Já deu pra ver hoje que o nível técnico dos competidores está muito alto e o Piccolo (Clemente) é sempre um forte concorrente ao título aqui. Eu adoraria fazer outra final com ele, como foi aqui em 2010 que eu venci e lá no Mundial da ASP na China no ano passado, que ele me derrotou no finalzinho da bateria – disse Rodrigo.

Depois, o carioca fez o maior placar também na terceira fase da competição – 16,10 pontos – na vitória sobre os brasileiros Amaro Matos que passou em segundo lugar para as quartas de final. Seu primeiro adversário na sexta-feira é o brasileiro Jefson Silva e um novo confronto com o peruano Piccolo Clemente só poderá acontecer na grande final do Huanchaco Longboard Pro 2014.

O atual campeão mundial da ASP participou do confronto que abriu a quinta-feira, já batendo todos os recordes do primeiro dia com os 15,10 pontos que totalizou, somando uma nota 9,00 da sua melhor apresentação na bateria. Na terceira fase, também fez o segundo maior placar, 15,75 pontos com notas 8,75 e 7,00, marcas só superadas por Rodrigo.

- As condições do mar estão difíceis, com as ondas demorando um pouco para entrar e o pico mudando bastante a cada momento – analisou o surfista local de Huanchaco, Piccolo Clemente, finalista nas três primeiras edições da etapa peruana.

Piccolo Clemente surfa em casa. Foto Renato Moreno/Olas Norte

Piccolo Clemente surfa em casa. Foto Renato Moreno/Olas Norte

- Tem que ter muita sorte para achar uma onda boa e não podemos desperdiçar nenhuma chance, porque pode demorar pra vir outra. Espero que as condições melhorem amanhã, porque o nível da competição está impressionante e não vai ser fácil chegar à final – completou.

DUELO PERUANO – Os dois peruanos que passaram para o último dia acabaram formando a primeira disputa por vagas nas semifinais, com Piccolo Clemente e Fernando Rodriguez abrindo a sexta-feira na Playa El Elio. Para chegar nas quartas de final, Fernando despachou os brasileiros Rodrigo de Sousa e Paulo Giachetti. Jeferson da Silva venceu a bateria e é um dos quatro competidores que venceram suas duas baterias na quinta-feira.

O outro invicto é o campeão mundial Phil Rajzman. O adversário de Jeferson da Silva na segunda quarta de final é Carlos Bahia, depois Sphaier enfrenta Jefson Silva e Phil Rajzman disputa a última vaga para as semifinais com o também muito experiente Amaro Matos, que só havia competido no Peru na estreia do Huanchaco Longboard Pro em 2010.

A transmissão ao vivo do evento pode ser acessada pelo www.aspsouthamerica.com e acompanhe as notícias da participação dos surfistas da América do Sul nos circuitos mundiais da ASP também pelo www.facebook.com/aspsouthamerica e pelo www.twitter.com/aspsouthameric1

QUARTAS DE FINAL MASCULINAS (derrota=5ºlugar,US$ 500, 105 pontos):
1ª: Piccolo Clemente (PER) x Fernando Rodriguez (PER)
2ª: Jeferson da Silva (BRA) x Carlos Bahia (BRA)
3ª: Rodrigo Sphaier (BRA) x Jefson Silva (BRA)
4ª: Phil Rajzman (BRA) x Amaro Matos (BRA)

SEMIFINAIS FEMININAS – (derrota=3º lugar,US$ 300,141 pontos):
1ª: Karina Abras (BRA) x Thiara Mandelli (BRA)
2ª: Atalanta Batista (BRA) x Mainá Thompson (BRA)

RESULTADOS DA QUINTA-FEIRA NO HUANCHACO LONGBOARD PRO:
TERCEIRA FASE (3º=9ºlugar, US$ 300,79 pontos/4º=13º lugar,US$ 200,69 pontos):
1ª: 1-Piccolo Clemente (PER) 2-Carlos Bahia(BRA) 3-Luan Xavier(BRA) 4-Jean P.Saldaña(PER)
2ª: 1-Jeferson da Silva(BRA) 2-Fernando Rodriguez(PER) 3-Rodrigo Sousa(BRA) 4-Paulo Giachett(BRA)
3ª: 1-Rodrigo Sphaier(BRA) 2-Amaro Matos(BRA)3-Wenderson Biludo (BRA) 4-Juan J.Corzo (PER)
4ª: 1-Phil Rajzman(BRA) 2-Jefson Silva(BRA) 3-Robledo Oliveira(BRA) 4-Eglin Santos(BRA)

SEGUNDA FASE (3º=17º lugar,59 pontos/4º=25ºlugar,48 pontos):
1ª: 1-Piccolo Clemente(PER) 2-Fernando Rodriguez(PER) 3-Gabriel Nascimento(BRA) 4-Jose Ramos Ucañan(PER)
2ª: 1-Luan Xavier(BRA) 2-Paulo Giachetti(BRA) 3-Yenth Cora(PER) 4-Richard Navarrete(PER)
3ª: 1-Jeferson da Silva(BRA) 2-Carlos Bahia(BRA) 3-Jorge Vilchez(PER) 4-Luis Esteves(POR)
4ª: 1-Rodrigo Sousa(BRA) 2-Jean P. Saldaña(PER) 3-Robson Santos(BRA)4-Dionisio Santos(BRA)
5ª: 1-Rodrigo Sphaier(BRA) 2-Eglin Santos (BRA) 3-Ronie Ucañan (PER) 4-Joel Ucañan (PER)
6ª: 1-Juan J.Corzo(PER) 2-Robledo Oliveira(BRA) 3-William Saldaña(PER) 4-Jonas Lima(BRA)
7ª:1-Jefson Silva(BRA) 2-Wenderson Biludo(BRA) 3-Robson Fraga(BRA) 4-José D. Gomes (BRA)
8ª:1-Phil Rajzman(BRA) 2-Amaro Matos (BRA) 3-Emilien Fleury (FRA) 4-Walter Blas (PER)

PRIMEIRA FASE FEMININA (Derrota=5ºlugar,US$ 100 e 105 pontos):
1ª: Karina Abras (BRA) 6.05 x 4.25 Alexia Litman (ARG)
2ª: Thiara Mandelli (BRA) 11.25 x 8.70 Claudia Hinostroza (PER)
3ª: Mainá Thompson (BRA) 13.50 x 8.75 Cristiana Pires (BRA)
4ª: Atalanta Batista (BRA) 19.50 x 12.00 Karen Mendiguetti (PER)

Por João Carvalho – Assessoria de Imprensa da ASP South America

Envie seu Comentário