Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Robson Santos larga na frente no circuito brasileiro com vitória no De Lucca AST Pro/Am Surf em Torres

17 de março de 2014 0
Robson embolsou R$  6 mil e 1 mil pontos no ranking Abrasp. Foto Harleyson Almeida

Robson embolsou R$ 6 mil e 1 mil pontos no ranking Abrasp. Foto Harleyson Almeida

O paulista surfista Robson Santos sagrou-se campeão da primeira etapa do Brasileiro de Surf Profissional, ao vencer o Dado Bier apresenta De Lucca AST PRO/AM 2014, realizado neste final de semana (13, 14, 15 e 16/03) na Prainha, em Torres (RS). O segundo colocado foi Bino Lopes (BA), seguido por Ítalo Ferreira (RN) e Ruda Carvalho (BA).

Na final, o paulista Robson Santos somou 13.50 nas suas duas melhores ondas e não deu chances para os adversários. Robson conseguiu explorar ao máximo as ondas de meio até um metro nas águas cristalinas da Prainha. Ao todo 238 atletas surfaram 2.470 ondas, divididos em 13 categorias, sendo 12 amadoras e a profissional vencida por Robson Santos.

- A competição foi muito boa, uma nota mil, foi muito bom mesmo. O nível técnico foi muito forte. O evento foi feito por um atleta, focado em um atleta, e que sabe o que precisamos. O nível dos adversários foi muito alto, todos surfando muito bem, vide as notas dos finalistas. Vim na minha, comendo quieto pelas beiradas, e assustei os caras. Campeonato profissional é assim. Agora é treinar e focar para buscar o título brasileiro no final do circuito – declarou Robson Santos.

Pódio da categoria profissional. Foto Harleyson Almeida

Pódio da categoria profissional. Foto Harleyson Almeida

Amadores

Na categoria Open o vencedor foi Thales Marx (9,25), seguido por Josias Pedrinha (8,50), Robson Pinheiro (8,05) e Iuri Silva (6,30). No feminino, Brenda Rodrigues (11,00) superou Mariana de Bortoli (5,90), Yasmin Dias (2,75) e Eduarda Giordani (2,35). Na Surdos, vitória de Rodrigo Campos (8,00) sobre Ramarone Vieira (0,90).

Campeão da primeira etapa do Circuito amador, Josias Pedrinha levou o título na Universitário, com 12.25 pontos, contra 7.15 de João Santos, 6.65 de Pedro Nedel e 6.60 de Kaian Bernardo. Na grommets, Kaique Garcia (11,25) superou Weslley Souza (8,05), Pedro Sturza (2,55) e Miguel Couto (2,05).

O gaúcho Gustavo Borges foi um dos destaques ao vencer em duas categorias. Na iniciantes, Borges marcou 13.35 e venceu Guilherme Marques (11,50), Lucas Alves (5.40) e Miguel Couto (2,25). Na Mirim, Borges (10,40) levou a melhor sobre Luy Arman (8,65); Guilherme Marques (8,50); e Anderson Júnior (7,20).

Pódio da categoria Open. Foto Harleyson Almeida

Pódio da categoria Open. Foto Harleyson Almeida

Na Júnior, com uma final catarinense, Alan Marcos (11,50) superou Yago Ramos (10,60), Carlos Reynaud (7,05) e Pedro Mendes (6,25). Na Longboard, Sérgio David (9,50) foi o campeão. Carlos Amaral (6,40), Willian Santos (6,35) e Cristiano Figo Pedroso (6.25) completaram a final.

Na master, outra vitória catarinense, com o veterano Carlos Santos (8,70) a frente de Roni Ronaldo (8,15), Marcelo Lemos (6,45) e Guto Reis (3,70). Na ASPOA, domínio de Luiz Escopeli (10,50), que venceu Pedro Nedel (8,55), Gustavo Forneck (6,30) e Marcio Abreu (5,85). Na Sênior, Vini Fornari (14,40) não deu chances para Cristiano Cardoso (10,70), Roni Ronaldo (10,65) e Felipe Pedra Martins (7,60).

- Agradeço primeiramente a Deus por segurar a chuva e nos proporcionar condições climáticas muito boas para realizarmos este importante evento, que recupera o Surf Gaúcho no cenário nacional. Agradeço também as marcas envolvidas, sem elas não seria possível termos este campeonato. Os atletas, todos, independente da colocação estão de parabéns por acreditar no nosso trabalho e virem competir. Queremos cada dia melhorar o nível das competições, e estamos trabalhando para isto. Obrigado – destacou o presidente da AST, Renan Borba.

Robson Santos em ação. Foto Harleyson Almeida

Robson Santos em ação. Foto Harleyson Almeida

A prefeita de Torres, Nilvia Pinto Pereira, agradeceu a AST pelo trabalho realizado durante toda a temporada.

- O Renan Borba e toda a sua equipe está de parabéns por perseverar e batalhar para realizar eventos importantes como este. Torres pode mais, e queremos mais. Contem com a prefeitura para realizar eventos cada vez maiores e melhores. Parabéns e obrigado por virem competir em Torres.

A organização preparou uma série de atividades voltadas ao público que acompanhou o evento in loco. Atrações como Paulo Xavier, o Cachacinha; Jef Dubs; Tony De Lucca; e a banda Emanai, agitaram a galera com shows na estrutura montada para o público. As cervejas Dado Bier foram oferecidas para degustação, além do energético Be Happy. Tudo isto sem custo algum para a galera que prestigiou o De Lucca AST PRO/AM 2014.

Foto Harleyson Almeida

Foto Harleyson Almeida

O grupo de voluntários do Projeto Praia Limpa Torres realizou ações de Educação Ambiental, e uma palestra focada nas crianças que prestigiaram o evento. Ainda no domingo foi lançado o vídeo da ação de limpeza das furnas do morro da Guarita. Para conferir todos os detalhes de cada uma das baterias do evento acesse o site http://www.astsurf.com.br/?page_id=652.
As galerias de fotos oficiais, captadas pelo fotógrafo Harleyson Almeida, podem ser vistas no Facebook da AST .

A apresentação foi da Dado Bier, com o patrocínio da Fundergs e Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Torres, Index Krown e Construtora Monte Bello. O apoio ficou por conta da Billabong, Free Surf, South to south, Da Hui, Sea Life, Barth, Be Happy, WebSul Telecom, Two Dogs, Pré-requisito, Banana Wax, Cia Wax, Shaper Fins, FCS, Teccel, Restaurante Cantinho do Pescador, ULBRA Torres, Hotel Bauer e Borá-Borá. A realização foi da Associação dos Surfistas de Torres (AST), com a supervisão da Federação Gaúcha de Surf (FGSurf) e Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP).

Com informações de Gabriel de Mello – Assessoria de Comunicação da Federação Gaúcha de Surf e AST

Envie seu Comentário