Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Em clima de Mundial, Robert Scheidt disputa Trofeo SAR Princesa Sofia a partir desta segunda-feira

29 de março de 2014 0
Scheidt é o atual campeão mundial de Laser. Foto Lloyd Images

Scheidt é o atual campeão mundial de Laser. Foto Lloyd Images

Ponto de partida para a temporada europeia, o 45º Trofeo SAR Princesa Sofía será uma prévia do Campeonato Mundial de Vela – marcado para setembro, também na Espanha – com a participação recorde de quase 1,2 mil velejadores de 60 países, em Palma de Mallorca. Na classe Laser, a mais numerosa da competição, com 160 barcos, Robert Scheidt, maior medalhista olímpico brasileiro, enfrentará o grupo Top 10 do mundo, a partir desta segunda-feira (31), incluindo o cipriota vice-campeão mundial, Pavlos Kontides e o croata líder do ranking, Tonci Stipanovic.

Os melhores do mundo estão aqui, o que dá uma sensação realmente de Campeonato Mundial. Alguns atletas estão treinando aqui há mais de um mês, aproveitando o final do inverno na Europa para usar Palma como base de preparação para a temporada. Pela quantidade de barcos da Laser, é possível que tenhamos três flotilhas na fase classificatória, em vez de duas. A classe promete ser intensamente disputada — avisa Robert Scheidt, com a experiência de quem acumula cinco medalhas olímpicas (2 ouros, 2 pratas e 1 bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star.

Para o brasileiro, que conta com os patrocínios do Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, além dos apoios da Audi, do COB e da CBVela, a competição espanhola, válida pela penúltima etapa da Copa do Mundo de Vela, também terá gosto de estreia. Bicampeão do Trofeo SAR Princesa Sofía na Star (2007 e 2012), com Bruno Prada, é a primeira vez que Scheidt participará do evento na classe Laser.

Eu já conheço bem Mallorca, mas não a raia no meio da baía, utilizada para a Laser. Treinei bem durante esses quatro últimos dias, com vento forte, e devo descansar neste final de semana — comenta o velejador.

Tive uma pausa grande desde o último evento, e espero retomar o ritmo de disputa. Meu objetivo é velejar sempre na frente, entre os primeiros, para brigar pelo pódio.

Scheidt, que tem como principais objetivos da temporada o evento-teste para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, em agosto, e o Mundial da ISAF (Federação Internacional de Vela) em Santander, em setembro, terá a companhia de outros três brasileiros na raia espanhola: os catarinenses Bruno Fontes, Matheus Dellagnelo e Alex Veeren. O formato da competição será o mesmo utilizado por eventos olímpicos, com dez regatas, divididas entre a fase classificatória e a fase final, e a medal race, valendo pontos dobrados, no sábado (5/4). A previsão para a Laser é de duas regatas por dia, a partir das 12 horas (8 horas no Brasil).

Envie seu Comentário