Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Robert Scheidt encerra participação no 45º Trofeo Princesa Sofia com quinto lugar na Medal Race

05 de abril de 2014 0
Scheidt, em disputa com o grego Pavlos Kontides (a frente). Foto Jesus Renedo

Scheidt, em disputa com o grego Pavlos Kontides (a frente). Foto Jesus Renedo

Robert Scheidt foi o quinto colocado na Medal Race da classe Laser no 45ºTrofeo SAR Princesa Sofía, disputada neste sábado (5). Mesmo com esse resultado, o velejador, que liderou boa parte da competição, em sua primeira participação em Palma de Mallorca na classe Laser, terminou como 9º colocado. O vencedor da regata final e campeão da disputa foi o australiano Tom Burton, segundo no ranking mundial da categoria.

Válido pela penúltima etapa da Copa do Mundo de Vela, o Trofeo Princesa Sofía reuniu um número recorde de competidores, em clima de Mundial. Classe mais numerosa em Palma de Mallorca, a Laser teve 144 velejadores disputando o título, entre eles os dez melhores do mundo.

- Foi um campeonato de altos e baixos para mim. Tive um desempenho muito bom até o penúltimo dia, conseguindo até uma certa folga na liderança. Mas as duas saídas escapadas e um mau resultado na sexta-feira (dia 4) tiraram minhas chances no evento – analisou Scheidt, bicampeão em Mallorca na Star (2007 e 2010), com Bruno Prada.

O velejador, patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, com os apoios de Audi, COB e CBVela, havia sido desclassificado nas duas primeiras provas do dia, mas, devido a um erro da Comissão de Regatas, o resultado da segunda foi revisto, levando-o para a disputa final.

- Meu consolo foi ter ido para a Medal Race e saber que estou com ótima velocidade para seguir brigando pelas primeiras posições nas grandes competições.

Com foco na qualidade ao invés da quantidade, em sua campanha olímpica para os Jogos do Rio de Janeiro/2016, Scheidt optou por disputar poucas competições nesta temporada. O objetivo, mais do que a classificação no ranking mundial da classe, em que já aparece como 17º, ou os resultados nas competições, é a preparação para o Evento-Teste no Rio de Janeiro, em agosto, e o Mundial de Vela de Santander, em setembro.

Como parte dessa preparação, o próximo desafio do velejador, dono de cinco medalhas olímpicas (2 ouros, 2 pratas e 1 bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star, é na França. A Semana Olímpica Francesa será realizada entre os dias 21 e 26 deste mês, em Hyères, encerrando a Copa do Mundo de Vela.

Classificação final após 12 regatas e um descarte
1º Tom Burton (AUS) – 75 pontos perdidos (5+[17]+10+2+11+6+2+3+12+8+14+2)
2º Jean Baptiste Bernaz (FRA) – 76 pp ([12]+6+11+7+5+8+5+7+8+7+4+8)
3º Tonci Stipanovic (CRO) – 85 pp (1+3+4+[UFD]+8+7+14+15+10+3+2+18)
4º Nicholas Heiner (NED) – 97 pp (4+5+1+12+15+4+9+6+14+[47]+7+20)
5º Andy Maloney(NZL) – 98 pp (15+13+14+12+13+1+12+5+10+[39]+12)
6º Matthew Wearn (AUS) – 99 pp (7+9+9+6+4+2+16+19+9+[27]+12+6)
7º Pavlos Kontides (CYP) – 100 pp (20+2+15+2+25+1+[27]+16+1+1+1+16)
8º Ashley Brunning (AUS) – 101 pp ([16]+1+2+4+8+17+12+18+16+[33]+3+4)
Robert Scheidt (BRA) – 117 pp (6+6+1+10+1+3+4+24+[BFD]+39+13+10)
10º Sam Meech (NZL) – 136 pp (14+2+7+10+1+20+8+28+13+19+[37]+14)

Mais informações em www.robertscheidt.com.br

Envie seu Comentário