Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Canoagem Oceânica e Va'a estão confirmados pela CoSurCa para eventos multiesportivos continentais

10 de abril de 2014 0
Huanchaco, no Peru, sedia competição continental. Foto Divulgação/CBca

Huanchaco, no Peru, sedia competição continental. Foto Divulgação/CBca

Com o grande crescimento dos eventos multiesportes nos últimos anos na América Latina, o Comitê Olímpico Peruano solicitou à ODESUR e ODEBO a inclusão das modalidades de Canoagem Oceânica (surfski e sea kayak) e Va’a (V1 e V6) nos eventos continentais das entidades. As modalidades já estarão presentes nos Jogos Bolivarianos de Praia 2014 e dos Jogos Sul-americanos de Praia 2015, ambos a serem realizados em Huanchaco e Pimentel, respectivamente, no Peru.

Para o presidente da Confederação Sul-Americana de Canoagem (CoSurCa) João Tomasini Schwertner, o pedido do Comitê Olímpico Peruano reflete o crescimento da canoagem na América do Sul e a capilaridade que as modalidades de canoagem possuem em ambientes como a praia.

Esse é mais um reconhecimento da importância e crescimento das modalidades de canoagem — disse.

Os Jogos Sul-americanos de Praia são organizado pela Organização Desportiva Sul-americana (ODESUR) a cada dois anos no período de verão na América do Sul. A principal característica da competição é reunir esportes olímpicos com outros que não estão no programa olímpico, tendo como critério apenas a disputa de esportes de praia, de piscina ou náuticos que são populares no subcontinente sul-americano. A edição de 2015 dos Jogos Sul-Americanos de Praia está marcada para acontecer de 4 a 13 de dezembro em Pimentel, Peru.

Os Jogos Bolivarianos de Praia são organizados pela Organização Desportiva Bolivariana (ODEBO) e acontece a cada dois anos entre os seis comitês olímpicos pertencentes a ODEBO, além de outros comitês olímpicos nacionais convidados. Os Jogos Bolivarianos de Praia 2014 acontecerão em novembro no balneário de Huanchaco, no Peru, e já têm confirmados atletas da Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Panamá, Peru e Venezuela, além dos países convidados El Salvador, Guatemala, Paraguai e República Dominicana.

Com informações da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa)

Envie seu Comentário