Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chaves "quase" definidas no Rip Curl Pro Bells Beach e Alejo Muniz desfalca a Brazilian Storm

14 de abril de 2014 0
As linhas perfeitas de Bells Beach. Foto ASP/Kirstin

As linhas perfeitas de Bells Beach. Foto ASP/Kirstin/Arquivo 2013

Os melhores surfistas do mundo já atravessaram a Austrália em direção a Bells Beach, palco da terceira etapa do Samsung Galaxi World Championship Tour. A janela do Rip Curl Pro Bells Beach começa nesta quarta-feira (terça-feira à noite no Brasil) e a competição tem tudo para começar no seu primeiro dia de prazo que vai até o próximo dia 26.

As chaves de bateria já foram definidas, mas ainda assim fica uma dúvida no masculino diante da ausência do catarinense Alejo Muniz, que já confirmou através das redes sociais que não estará em ação devido a lesão sofrida na véspera do início do Drug Aware Margaret River Pro.

- Fala galera, sinto informar que não vou poder competir em Bell’s Beach, pois a minha lesão não ficará boa a tempo.
Mas para o Brasil, prometo estar 100% e ainda vou poder encontrar com todos vcs que puderem comparecer na etapa no Rio de Janeiro!!!
Valeu mesmo pela torcida galera, vcs são show … estamos juntos !!! Abração.

No site da Rip Curl, Alejo ainda aparece na chave integrando a mesma bateria que Gabriel Medina e Miguel Pupo.

Fui atrás dos sites especializados Waves e Surf Portugal, e o sul-africano Travis Logie aparece duas vezes na chave de bateria. E a vaga de Alejo foi para o australiano naturalizado irlandês Glen Hall, primeiro alternate e afastado do Tour desde a etapa de Fiji, quando sofreu uma grave lesão na coluna.

Além de Hall, as novidades do campeonato são os australianos Jacob Wilcox, que recebeu convite da organização, e Cahill Bell-Warren, vencedor dos trials em Bells Beach. Ao contrário de Alejo, o português Tiago Pires está recuperado de uma lesão no joelho e está de volta.

Se não houver mudanças devido ao seed do último participante da competição, o primeiro brasileiro a cair na água será Raoni Monteiro, que enfrenta Josh Kerr e Sebastian Zietz na estreia. Filipe Toledo terá parada dura diante do sul-africano Jordy Smith, que arrepiou no ano passado, e o também sul-africano Travis Logie. Gabriel Medina e Miguel Pupo, primeiro e sétimo colocados no ranking, respectivamente, estão na mesma bateria e resta saber quem será o terceiro surfista da chave.

Adriano de Souza pega uma dupla aussie que ainda não conseguiu um bom resultado na temporada: Owen Wright e Matt Wilkinson. E Jadson André fecha a participação da Brazilian Storm na última bateria diante do veterano americano CJ Hobgood e do experiente australiano Kai Otton.

POST ATUALIZADO! – O australiano Dion Atkinson ficou com a última vaga e está na bateria que tem ainda Jordy Smith  e Filipe Toledo. Já Travis Logie vai enfrentar Gabriel Medina e Miguel Pupo.

Rip Curl Pro Bells Beach

Round 1:
H1: Nat Young (EUA), Bede Durbidge (AUS), Tiago Pires (PRT)
H2: Josh Kerr (AUS), Sebastian Zietz (HAV), Raoni Monteiro (BRA)
H3: Taj Burrow (AUS), Jeremy Flores (FRA), Brett Simpson (EUA)
H4: Mick Fanning (AUS), Fredrick Patacchia (HAV), Glenn Hall (IRL)
H5: Joel Parkinson (AUS), Adam Melling (AUS), Cahill Bell-Warren (AUS)
H6: Kelly Slater (EUA), Kolohe Andino (EUA), Jacob Willcox (AUS)
H7: Michel Bourez (TAH), Adrian Buchan (AUS), Aritz Aranburu (ESP)
H8: Jordy Smith (AFS), Filipe Toledo (BRA), Dion Atkinson (AUS)
H9: Gabriel Medina (BRA), Miguel Pupo (BRA), Travis Logie (AFS)
H10: Adriano de Souza (BRA), Owen Wright (AUS), Matt Wilkinson (AUS)
H11: Julian Wilson (AUS), John John Florence (HAV), Mitch Crews (AUS)
H12: C.J. Hobgood (USA), Kai Otton (AUS), Jadson Andre (BRA)

Rip Curl Women’s Pro Bells Beach
Round 1:
H1: Courtney Conlogue (EUA), Malia Manuel (HAV), Alessa Quizon (HAV)
H2: Sally Fitzgibbons (AUS), Coco Ho (HAV), Alana Blanchard (HAV)
H3: Carissa Moore (HAV), Dimity Stoyle (AUS), Zoe Clarke (AUS)
H4: Tyler Wright (AUS), Pauline Ado (FRA), Nikki Van Dijk (AUS)
H5: Stephanie Gilmore (AUS), Laura Enever (AUS), Johanne Defay (FRA)
H6: Bianca Buitendag (AFS), Lakey Peterson (EUA), Paige Hareb (NZL)

Envie seu Comentário