Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Jovem holandês apresenta projeto viável para limpeza dos oceanos

18 de junho de 2014 0
Prodígio: Boyan Slat começou a estudar o projeto aos 16 anos. Foto Reprodução Blog The Ocean Cleanup

Prodígio: Boyan Slat começou a estudar o projeto aos 16 anos. Foto Reprodução Blog The Ocean Cleanup

A poluição dos oceanos é uma realidade, ainda mais quando se fala de plástico. Você já deve ter ouvido falar na grande ilha de plástico existente no meio do Oceano Pacífico, não? Pois um garoto holandês de 19 anos estudou, pesquisou e apresentou uma solução viável para algo que sempre foi considerado impossível devido ao alto custo. Conheça agora o projeto da The Ocean Cleanup, a empresa fundada pelo holandês Boyan Slat, 19 anos.

Quando tinha 16 anos, Boyan foi mergulhar na Grécia e voltou decepcionado ao ver mais sacos de plástico do que peixes no oceano. Ele logo questionou:

Por que não podemos limpar isso?

Enquanto ainda estava no Ensino Médio, ele então decidiu dedicar metade de um ano de pesquisa para entender a poluição provocado pelo plástico e os problemas associados à limpeza. Isto levou ao conceito de limpeza passiva, que ele apresentou em TEDxDelft 2012 (confira o vídeo).

O conceito é básico: em vez de desperdiçar energia, indo até os plásticos, você pode simplesmente esperar que o plástico chegue até você através da correntes marítimas. Uma matriz de barreiras flutuantes seria instalada primeiro para capturar e concentrar o plástico, permitindo que uma plataforma extraia posteriormente, de forma eficiente, todo o material. A corrente oceânica iria passar por baixo das barreiras, levando toda a vida marinha de flutuação neutra com ele, impedindo as capturas acessórias.

Trabalhando para provar a viabilidade do conceito, Boyan Slat passou a liderar uma equipe de aproximadamente 100 pessoas e parou temporariamente a faculdade de Engenharia Aeroespacial para se concentrar no projeto. Em 2012, o projeto foi premiado como Melhor Desenho Técnico, da Universidade de Tecnologia de Delft, e ficou em segundo lugar no ISEA prêmio de inovação sustentável pelo Ministério da Infra-estrutura e Meio Ambiente holandês.

Em 2013, Boyan fundou a The Ocean Cleanup para tocar adiante a ideia. Já no último dia dia 3 de junho de 2014, a The Ocean Clean Up apresentou os resultados da pesquisa. O estudo de viabilidade tem 530 páginas e confirma que o método é viável para remover quase a metade do plástico a partir da “Great Pacific Garbage Patch”, a ilha de plástico existente no meio do Oceano Pacífico. Atualmente, Boyan é reconhecido como um dos 20 mais promissores Jovens Empresários Worldwide.

Foto Reprodução Blog The Ocean Clenaup

Foto Reprodução Blog The Ocean Clenaup

Fase II: A Fase Piloto
Para reduzir as incertezas, para otimizar o projeto e se preparar para a implementação real, a The Ocean Cleanup começa a segunda fase do projeto: a fase piloto. A ideia é promover uma série de testes em grande escala nos próximos três a quatro anos. A série de testes irá gerar novos dados em uma variedade de tópicos estruturais e físicas. Além disso, estes testes também servirão como uma plataforma para a engenharia e os grupos de pesquisa oceanográfica, o que lhes permite implementar imediatamente a tecnologia recém-desenvolvida ou equipamento de teste em um ambiente de vida real.

A Estratégia
Para manter os custos baixos, a The Ocean Clean Up atua como um centro de controle da missão na Fase II, a gestão da pesquisa, financiamento e comunicação. Como Boyan Slat coloca:
- Não seria muito efeciente em relação a custos tentar construir nossa própria empresa de engenharia e instituto oceanográficos. Em vez disso, buscamos parcerias, permitindo-nos concentrar em um quadro maior .

Crowdfunding
O objetivo é arrecadar US 2 milhões em 100 dias. Vai permitir a execução de mais testes-piloto, estudar a durabilidade do sistema, o desenvolvimento e implantação de equipamentos de amostragem, otimizar a pesquisa de distribuição vertical e desenvolver a equipe de trabalho. O dinheiro permite que a The Ocean Clean Up possa passar da fase de viabilidade para a fase de implementação. Para isso é necessário que 322.062 pessoas possam apoiar o projeto com menos US$ 6,21.

Se você tem alguma pergunta, entre em contato com crowdfunding@theoceancleanup.com.

Envie seu Comentário