Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Motonáutica"

Chapecó Summer Náutica terá test drive com barcos da Singular Boats

20 de novembro de 2013 0
A Singular Boats apresentará dois modelos de embarcações na Chapecó Summer Náutica 2013

A Singular Boats apresentará dois modelos de embarcações na Chapecó Summer Náutica 2013

A Singular Boats apresentará dois modelos de embarcações na Chapecó Summer Náutica 2013, que acontece neste final de semana, dias 23 e 24 de novembro, no Camping Náutico Rota do Sol (Distrito Goio-Ên), em Chapecó. O evento marca a abertura da temporada de verão no município e contará com atrações inéditas destinadas ao público que aprecia velocidade e esportes náuticos.

O estaleiro apresentará seus dois modelos de embarcações – a singular 290 (29 pés) e a recém lançada singular 190 (19 pés) – que estarão disponíveis para teste-drive. Além disso, uma embarcação 190 ficará em exposição no shopping náutico. A proprietária da empresa Mari Comi salienta que o 290 é o modelo mais vendido. Atualmente, conta com cerca de 35 exemplares navegando e todas as unidades em fase de produção estão comercializadas com entrega prevista até o fim deste ano.

Mari ressalta que os barcos da Singular Boats são destinados a todos os que desejam curtir o mar sem se preocupar com o espaço reduzido de uma lancha de pequeno porte, pois embora possua 29 pés, oferece o conforto e a comodidade de lanchas bem maiores.

O evento marcará a abertura da temporada de verão no município. Foto Divulgação

O evento marcará a abertura da temporada de verão no município. Foto Divulgação

 

Entre os detalhes que diferenciam o modelo boats 290, está o bom aproveitamento dos espaços, que oferece na cabine, duas camas de casal amplas, WC sem comparação para embarcações desse porte e, o cock pit, um salão que abriga tranquilamente os 10 ocupantes da embarcação. Na popa, a lancha tem um banco retrátil e também um belo espaço gourmet, com pia fogão, churrasqueira e tábua de corte.
- O cliente adquire uma lancha de valor acessível, por ser de pequeno porte, porém, disponibiliza o conforto de uma lancha maior, pelo espaço que ela oferece – realça Mari.

Lançado em 2008, este barco vem evoluindo no mercado a cada ano, porém, a procura aumentou significativamente nos últimos três anos, quando a marca ficou mais conhecida. A fábrica está localizada no trevo da cidade de Palhoça (SC), rodovia BR-101, km 217. No entanto, em breve se deslocará para a cidade de Paulo Lopes (SC), também na Grande Florianópolis, onde terá sede própria, ampliando suas instalações e seu quadro de funcionários e a produção que atualmente é de 12 a 13 exemplares por ano.

SUMMER NÁUTICA

Promovida pela Zoom Feiras e Eventos, a Chapecó Summer Náutica será realizada pela Associação dos Moradores do Goio-ên (AMG) e Associação de Motonáutica do Rio Grande do Sul (AMORGS), com apoio do Chapecó e Região Convention & Visitors Bureau e patrocínio da Sea Marine.

O estaleiro apresentará seus dois modelos de embarcações - a singular 290 (29 pés) e a recém lançada singular 190 (19 pés) - que estarão disponíveis para teste-drive. Foto Divulgação

O estaleiro apresentará seus dois modelos de embarcações – a Singular 290 (29 pés) e a recém lançada Singular 190 (19 pés) – que estarão disponíveis para teste-drive. Foto Divulgação

A programação inclui a 1ª Copa Chapecó Summer Náutica de Motonáutica e a 5ª Etapa do Campeonato Gaúcho de Motonáutica de Velocidade, realizada pela AMORGS; show de Flyboard, inédito na região; encontro e apresentações de Jet Ski; pierstop – um encontro de embarcações em ambiente preparado para quem quer participar de uma festa com música e diversão; Summer Music no deck principal com DJs que esquentam a festa com as músicas mais badaladas do momento; além do Shopping Náutico com exposição de várias marcas de barcos, lanchas e motos aquáticas.

Segundo o diretor da Zoom Feiras, Leonardo Rinaldi o evento será um indutor de desenvolvimento do turismo regional, pois estimulará a prática de esportes aquáticos e de aventura no lago, além de atrair novos investimentos.

- A Summer Náutica entrará na rota dos grandes acontecimentos da área e proporcionará experiências agradáveis em um clima de lazer, entretenimento e emoção sobre as águas do Rio Uruguai.

A Singular Boats apresentará dois modelos de embarcações na Chapecó Summer Náutica 2013. Foto Divulgação

A Singular Boats apresentará dois modelos de embarcações na Chapecó Summer Náutica 2013. Foto Divulgação

A coordenadora da Summer Náutica Fabiane Maria Hackmann salienta que o evento será anual e, nesta primeira edição terá uma programação com foco para o lazer, entretenimento e negócios.

- Nossas estimativas apontam para um público formado por 10 mil visitantes das regiões oeste de Santa Catarina, sudoeste do Paraná e noroeste do Rio Grande do Sul.

As normas e condições de segurança para atender o fluxo turístico estão entre as principais prioridades da organização da Summer Náutica. A estrutura contará com central de atendimento ao expositor e visitante, camarotes Vips, praça de alimentação, área de exposição com localização estratégica, amplo estacionamento, posto médico e de primeiros socorros e tenda central com atrações musicais em frente ao lago. O ingresso é de R$ 30 para os dois dias e pode ser adquirido no Posto GT.

Com informações de Marcos Bedin – Comunicação Empresarial/Organizacional

Riquinho na frente

27 de setembro de 2010 0

O catarinense Ricardo Júnior foi o grande campeão da segunda etapa do Circuito Brasileiro de Motonáutica, que rolou no final de semana na Barra Sul, em Balneário Camboriú. Riquinho, como é conhecido, assumiu a liderança do ranking da categoria que resgata os bons tempos da modalidade que quase desapareceu do calendário esportivo brasileiro no início da década de 90.

Apesar da chuva, duas mil pessoas prestigiaram os melhores atletas da modalidade no Brasil. O atleta de Florianópolis, que treina na Lagoa da Conceição, deixou para trás os cariocas Paulo Stille(2º) e Paulo Renha(3º) e o paulista Paulo Rabelo(4º). 
-Foi muito bom vencer no meu estado, com a presença do meu pai e dos meus amigos – disse o campeão, filho de Rico, um dos percursores da motonáutica no Brasil.

A próxima etapa acontece na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. O circuito ainda segue para Manaus e se encerra em Paraty, no litoral fluminense. Os barcos, também chamados de “voadeiras”, possuem motores Mercury de 150 HP Optimax, e são construídos em rigor às normas internacionais de segurança da União Internacional de Motonáutica (UIM). No Stock Boat Class One, como é chamado o circuito, os competidores têm igualdade de condições, pois o conjunto (casco e motor) é idêntico para todos. Mais informações e fotos acesse o site www.stockboat.com.br .

Com informações da RMAlves Comunicação.

Fazza 3 vence no Rio

28 de março de 2010 1

Barco Fazza 3 venceu sábado e domingo

Imbatíveis. Essa foi a performance do barco Fazza 3, da dupla Arif Al Zafeen e Nadir Bin Hendi, na abertura do Mundial 2010 de Class 1, realizada no Rio de Janeiro, nesse final de semana. Na tarde deste domingo, os astros árabes da equipe Victory venceram a segunda prova do fim de semana com o tempo de 47mins16s14, com média de 160,74 km/h, e subiram no alto do pódio, na Marina da Glória, Rio de Janeiro.
O barco Fazza 1, da dupla Abdullah Al Mahairbi e Mohammed Al Marri, ficou em segundo lugar e o barco espanhol Duemme Foresti & Suardi, da dupla italiana formada por Guido Cappellini e Giampaolo Montavoci, completou o pódio. Com as duas vitórias no fim de semana, o Fazza 3 soma 40 pontos no campeonato. Já o barco Fazza 1 tem 30 pontos e está na segunda colocação. O espanhol Duemme está em terceiro com 21 pontos.
– Uma das razões para a nossa vitória é que a equipe é muito boa. O trabalho garantiu a vitória – disse Arif Saif, o Michael Schumacher dos mares, que agora soma 14 vitórias e gostou da comparação com o piloto alemão, heptacampeão da Fórmula 1.
Logo após a prova, o empresário Eike Batista, presidente do Grupo EBX e um dos realizadores do GP Brasil Class 1 de Motonáutica em parceria com a Aktuell, sonha com uma equipe brasileira disputando a competição em 2011.
– O Class 1 será realizado no Rio de Janeiro pelos próximos 10 anos – declarou Eike.

RESULTADOS DA PROVA DESTE DOMINGO:
1º Fazza 3 – Arif Al Zafeen e Nadir Bin Hendi – 47min16s14 (18 voltas)
2º Fazza 1 – Abdullah Al Mehairbi e Mohammed Al Marri – 47min30s23
3º Duemme Foresti & Suardi – Guido Cappellini e Giampaolo Montavoci – 47min44s14
4º Team Abu Dabhi – Rashed Al Tayer e Nicola Giorgi – 49min12s25
5º Foresti & Suardi Scam – Fabio Magnani e Marco Pennesi – 49min46s01
6º Welmax Alianza – Giorgio Manuzzi e Marit Stromoy – menos 1 volta
7º Welmax 90 – Kolbjorn Selmer e Jorn Tandberg – não terminou a prova

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO
1º Fazza 3 – Arif Al Zafeen e Nadir Bin Hendi – 40 pontos
2º Fazza 1 – Abdullah Al Mehairbi e Mohammed Al Marri – 30
3º Duemme Foresti & Suardi – Guido Cappellini e Giampaolo Montavoci – 21
4º Team Abu Dabhi – Rashed Al Tayer e Nicola Giorgi – 16
5º Welmax 90 – Kolbjorn Selmer e Jorn Tandberg – 12
6º Foresti & Suardi Scam – Fabio Magnani e Marco Pennesi – 11
7º Welmax Alianza – Giorgio Manuzzi e Marit Stromoy – 10

A Fórmula 1 dos barcos no Brasil

27 de março de 2010 0

Rio é o cenário perfeito para os barcos da Class 1

A cidade maravilhosa é o palco da passagem da Fórmula 1 dos barcos pelo Brasil. Neste final de semana, nomes como Guido Capellini, Giorgio Minuzzi e Jorn Tandberg “desfilam” pela Baía de Guanabara a quase 300 quilômetros por hora na disputa do GP Brasil Class 1 de Motonáutica. A primeira prova larga neste sábado, a partir das 14h30min, e a segunda prova acontece neste domingo, ás 14h, com grid formado a partir da classificação da primeira prova.

A reta principal do circuito será em frente à praia do Flamengo. Competem no Brasil sete barcos de cinco equipes, com pilotos dos Emirados Árabes, Itália, San Marino e Noruega. Cada barco conta com um piloto e um “throttleman”, o responsável pela aceleração e desaceleração das máquinas. Depois do Rio, o circo da Class 1 segue para Arendal, na Noruega, para a segunda etapa do Mundial, de 16 a 18 de julho. O Mundial ainda tem GPs na Suécia, Romênia, Itália, e Emirados Árabes.

O Class 1 é a principal corrida de barcos de velocidade do mundo. A competição existe há 40 anos. Cada barco mede 13,5 metros de comprimento e 3,5 metros de largura, pesando 4,8 mil quilos. O Mundial terá sete etapas com 14 provas. O vencedor de cada prova recebe 20 pontos, o segundo, 15, o terceiro, 12, e os demais, 9, 7, 5 e 4.