Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Fernanda Oliveira e Ana Barbachan"

Sexta-feira de definições na etapa francesa da Copa do Mundo de Vela, em Hyères

24 de abril de 2014 0
Foto Breschi/FFVoile/SOF

Foto Breschi/FFVoile/SOF

A sexta-feira é o último dia da fase final da etapa francesa da Copa do Mundo de Vela, em Hyères, e além da dupla da Laser formada por Robert Scheidt e Bruno Laser, outros brasileiros devem obter a classificação para a Medal Race que será disputada no sábado e reúne os 10 melhores de cada classe. A dupla da 49erFX formada por Martine Grael e Kahena Kunze vai para o último dia na primeira posição e pode assegurar grande vantagem para a regata da medalha que oferece pontuação dobrada. Atual número 1 do ranking mundial, Kahena e Martine estão 12 pontos a frente das rivais neozelandesas Maloney e Meech.

Na classe 470 feminino, a dupla formada por Fernanda de Oliveira e Ana Barbachan ocupam a quinta colocação e precisam de um bom dia para brigar pela medalha no sábado. As gaúchas tem 47 pontos de desvantagem em relação a dupla terceira colocada (as americanas Haeger e Privancha). Na classe Finn, o atual campeão mundial Jorge Zarif estaria fora da Medal Race se a fase final tivesse sido encerrada nesta quinta-feira. Porém, o velejador precisa descontar nove pontos para entrar na zona de classificação entre os 10 melhores da classe. Na RS:X masculino, Ricardo dos Santos está na nona colocação e tenta confirmar lugar na Medal Race de sábado com poucas chances de medalha. Situação diferente vive Patricia Freitas na RS:X feminino. A carioca ocupa apenas a 17ª colocação, mas apenas oito pontos distante da 10ª colocada, a francesa Eugenie Ricard.

Foto Breschi/FFVoile/SOF

Foto Breschi/FFVoile/SOF

Para outros velejadores, a sexta-feira será de despedida. São os casos das duplas da 49er (Dante Bianchi/Thomas Low-Beer e Marco Grael/Gabriel Borges), da 470 masculino (Gustavo Thiesen/Geison Mendes), e da Nacra 17 (Clínio de Freitas e Claudia Swan) e das velejadoras da Laser Radial, Fernanda Decnop e Maria Cristina Boabaid, e dos velejadores de Laser Matheus Dellagnelo e Alex Veeren. A previsão para sexta-feira inidca tempo nublado com possibilidade de chuva no final da tarde e ventos de sete a 12 nós a partir do meio-dia.

Resultados parciais após as regatas desta quinta-feira:
49FXer
Martine Grael/Kahena Kunze (BRA) 1(14)1-3-6-2-5-3-8-1-1-7 38.00
2º Alexandra Maloney/Molly Meech (NZL) 2(19)3-6-8-3-6-5-1-3-9-4 50.00
3º Ida Nielsen/Marie Olsen (DIN) 6-2-2(43)UFD-5-4-2-14-9-11-3-1 59.00
4º Charlotte Dobson/Sophie Ainsworth (ING) 7-1-4-2-2-1(22)UFD-9-5-5-19-9 64.00
5º Tina Lutz/Susann Beucke (ALE) 4-4-6-5(22)5-8-11-11-8-2-10 74.00
6º Annemiek Bekkering/Annette Duetz (HOL) 10-7-21-1-1-8(22)UFD-6-2-7-20-3 86.00
7º Tamara Echegoyen/Berta Betanzos (ESP) 13(16)16-7-12-6-4-1-13-2-12-2 88.00
8º Maiken Schütt/Anne-Julie Schütt (DIN) 5-6-5-4(19)9-10-12-3-15-13-14 96.00
9º Kate Macgregor/Katrina Best (ING) (22)9-9-10-11-11-1-2-19-6-5-16 99.00
10º Giulia Conti/Francesca Clapcich (ITA) 3-5-14(32)4-17-16-18-16-4-8-5 110.00

49er:
1º Peter Burling/Blair Tuke (NZL) (16)1-1-4-5-1-2-5-9-9-4-9 50.00
2º Ryan Seaton/Matthew Mcgovern (IRL) 3-7-7-6-2-8-10-3-3(18)15-8 72.00
3º Marcus Hansen/Josh Porebski (NZL) 5-4-(16)4-1-2-4-15-7-12-16-3 73.00
4º Manu Dyen/Stéphane Christidis (FRA) 4-5-9-7-12-8-5-7-6-2-SCP-12(17) 77.00
5º Nathan Outteridge/Iain Jensen (AUS) 9-2-5-5-(32)23-11-2-5-13-2-4 81.00
6º John Pink/Stuart Bithell (ING) 5-9-8-10-3-4-12-12(24)10-9-2 84.00
7º Diego Botín/Pablo Turrado (ESP) 6-1-4-7-11-6-3-13-4-16(22)22 93.00
8º Dylan Fletcher/Alain Sign (ING) 1-3-3-1-4-1-14-14-13-23-20(24) 97.00
9º Erik Heil/Thomas Plößel (ALE) (41)UFD-6-7-2-12-7-8-9-18-2-1-25 97.00
10º Stephen Morrison/Chris Grube (ING) 16-7-9-13-11-2-16-4-15-4-7 104.00
25º Dante Bianchi/Thomas Low-Beer 18-20(36)18-6-5-25-6-22-26-24-5 175.00
44º Marco Grael/Gabriel Borges 12-13(30)21-24-24-12-8-10-21-19 164.00

470 feminino:
1º Jo Aleh/Polly Powrie (NZL) 1(8)-3-2-2-2-7-1 18.00
2º Sophie Weguelin/Eilidh McIntyre (ING) (7)3-4-3-1-1-1-7 20.00
3º Anne Haeger/Briana Provancha (EUA) 5-1-2-1-5(6)2-4 20.00
4º Camille Lecointre/Hélène Defrance (FRA) 2-10(13)4-7-9-12-3 47.00
Fernanda Oliveira/Ana Barbachan (BRA) 3-14-15-15-3-3-14(30) 67.00
6º Alisa Kirilyuk/Liudmila Dmitrieva (RUS) 4-12-12-6-17(30)18-6 75.00
7º Michelle Broekhuizen/Marieke Jongens (HOL) (24)2-5-10-15-12-15-19 78.00
8º Annika Bochmann/Karoline Göltzer (ALE) 13-4(20)9-9-7-20-17 79.00
9º Afrodite Kyranakou/Anneloes Veen (HOL) 15-5-8-8(52)DNF22-22-5 85.00
10º Shasha Chen/Haiyan Gao (CHI) 9-9-6-24-10(29)8-20 86.00

470 masculino:
1º Mathew Belcher/William Ryan (AUS) 1-7-1-9-1(11)1-9-1 30.00
2º Sofian Bouvet/Jeremie Mion (FRA) 2-4(12)2-3-10-5-1-5 32.00
3º Panagiotis Mantis/Pavlos Kagialis (GRE) 6-4-2-6-2-2(8)6-6 34.00
4º Anton Dahlberg/Fredrik Bergström (SUE) 2-9-3-9-2-8(42)RET-5-2 40.00
5º Lucas Calabrese/Juan de la Fuente (ARG) 1-7-6-21-3-6-4-2(25) 50.00
6º Joonas Lindgren/Niklas Lindgren (FIN) 4-12-18-1-1-1-10(28)-12 59.00
7º Stuart Mcnay/David Hughes (EUA) 7-3-5-3-9-13-2(42)DNC-24 66.00
8º Luke Patience/Elliot Willis (ING) 14-9-3-18-6-4-7(30)9 70.00
34º Henrique Haddad/Bruno Bethlem (BRA) 9-33-23-7-14-27(42)BFD-26-26 165.00
35º Geison Mendes/Gustavo Thiesen (BRA) 8-15-18-24-15-24(36)33-30 167.00

Finn
1º Pieter-Jan Postma (HOL) 5-9-1-2-1-1(58)6 25.00
2º Thomas Le Breton (FRA) 9(15)5-1-10-4-12-1 42.00
3º Ivan Gaspic (CRO) 16(20)2-3-13-3-3-3 43.00
4º Caleb Paine (EUA) 7-3-3-10-5-17-9(18) 54.00
5º Björn Allansson (SUE) 23(33)12-5-4-5-1-8 58.00
6º Josh Junior (NZL) (60)BFD-4-9-7-8-2-30-7 67.00
7º Ioannis Mitakis (GRE) 2-1-17-4-24(60)BFD-16-4 68.00
8º Deniss Karpak (EST) 14-13-13-6-2-13-7(21) 68.00
9º Milan Vujasinovi (CRO) 3-5(22)11-15-20-11-13 78.00
10º Jake Lilley (AUS) 4-11(60)UFD-17-7-21-8-12 80.00
13º Jorge Zarif (BRA) 18-(26)-6-16-6-23-4-16 89.00

Laser Radial
1º Marit Bouwmeester (HOL) 5-1-1-3-1-3-2-(30)2 18.00
2º Evi Van Acker (BEL) 5-1-1-1-1-2-3(23)-8 22.00
3º Tatiana Drozdovskaya (BLR) 2-2(9)2-2-9-5-7-1 30.00
4º Tuula Tenkanen (FIN) 4-3-3-6-2-8-6(24)4 36.00
5º Ashley Stoddart (AUS) 4-6-6-7-3-1(16)6-11 44.00
6º Cagla Donertas (TUR) 3-3-2-6-5-6-15(32)-10 50.00
7º Annalise Murphy (IRL) 1-28-3-1(41)UFD14-1-9-5 62.00
8º Tina Mihelic (CRO) 2-9-11-8-8-10-13-2(25) 63.00
9º Paige Railey (EUA) 6-4-5-10(23)-15-14-1-9 64.00
10º Anne-Marie Rindom 1-5-9-4-13(19)8-10-15 65.00
26º Fernanda Decnop(BRA) 9-17-24-17-11-24-31-16(35) 149.00

RS:X masculino:
1º Piotr Myszka (POL) 1-1-1-2-1-1-2-4(7)1-4-3 21.00
2º Pawel Tarnowski (POL) 2-4-4-5-8-2-1-8-1(19)1-9 45.00
3º Kiran Badloe (HOL) 1-3-6-3-4-5-3-3-12-3-7(24) 50.00
4º Dorian Van Rijsselberge (HOL) 3-1-2-2-7-1-6-11-10-2-10(15) 55.00
5º Przemyslaw Miarczynski (POL) 4-2-2-4-13-4-14-1-4(16)2-6 56.00
6º Toni Wilhelm (ALE) 4-2-1-3-6-4-9-7-5-8(22)12 61.00
7º Thomas Goyard (FRA) 3-3-3-1-2-8-5-6(33)13-20-4 68.00
8º Nick Dempsey (ING) 5-5-5-4-1-3-28-5-2(40)3-19 80.00
Ricardo dos Santos (BRA) 2-4-5-9-5-7(15)9-11-12-5-13 82.00
10º Shahar Zubari (ISR) 8-6-8-6-3-3-7-2-8(25)9-23 83.00

RS:X feminino:
1º Maja Dziarnowska (POL) 6-2-1-2-3-7-8-7(22)8-1-1 46.00
2º Moana Delle (ALE) 8-7-4-3-1 5-4(60)DSQ-8-2-3-2 47.00
3º Jiahui Wu (CHI) 14-1-3-1-7-2-1-4-1-13(19)4 51.00
4º Flavia Tartaglini (ITA) 1-4-14-6-2-3-9-8(25)6-6-16 75.00
5º Zofia Noceti-Klepacka (POL) 4-5-15-9-4-1-2-20-4-4-7(60)OCS 75.00
6º Kamila Smektala (POL) 3-13-12(17)14-6-6-1-17-5-15-11 103.00
7º Qiaoshan Weng (CHI) 5-(25)16-15-8-18-3-3-10-24-16-7 125.00
8º Manjia Zheng (CHI) 2-19-17-4-5-16-13-14(32)14-4-20 128.00
9º Hei Victoria Chan (HK) 10-14-6-10-9-17(27)10-27-15-10-3 131.00
10º Eugénie Ricard (FRA) (36)10-7-12-23-12-11-13-5-10-20-9 168.00
17º Patricia Freitas (BRA) 7-18-28(34)12-15-7-31-7-16-23-12 176.00

Nacra 17
1º Vittorio Bissaro/Silvia Sicouri (ITA) 5-7-7-2-3-6-1-1-5(18)4 41.00
2º Billy Besson/Marie Riou (FRA) 2-1-1-19-1-5-3-8-2(21)1 43.00
3º Darren Bundock/Nina Curtis (AUS) 1-4-4-3-2-1-4-3-18(20)3 43.00
4º Moana Vaireaux/Manon Audinet (FRA) 7-3-5-1-3-3-5-13-9(14)7 56.00
5º Ben Saxton/Hannah Diamond (ING) 1-4-2-5-1-1-10-11-16(27)9 60.00
6º Thomas Zajac/Tanja Frank (AUT) 4-5-1-6-9-2-7-12-10(35)6 62.00
7º Matías Bühler/Nathalie Brugger (ALE) 3-2-10-1-7-2-21-5-4-8(40)BFD 63.00
8º Euan McNicol/Lucinda Whitty (AUS) 2-6-3-8-8-15-2-7-6(22)-10 67.00
9º Pippa Wilson/John Gimson (ING) 7-1-2-3-6-16-12-9-3(17)17 76.00
10º Renee Groeneveld/Steven Krol (HOL) 4-6-6-10-4-4-15-2-13(23)14 78.00
48º Clinio de Freitas/Claudia Swan(BRA) 23-20-26-15-26-22-11-7-24(29)27-4 205.00

Velejadoras gaúchas sobem no ranking mundial ISAF após etapa de Palma de Mallorca

08 de abril de 2014 0
Foto Pedro Martinez

Foto Pedro Martinez

O bom desempenho no 45º Trofeo Princesa Sofía rendeu às velejadoras gaúchas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan uma posição no ranking mundial da classe 470. A dupla do Clube dos Jangadeiros terminou a tradicional competição realizada em Palma de Mallorca na quarta colocação, em uma disputa que reuniu 47 tripulações, e pulou do 11º para o 10º lugar.

Com apenas três eventos computados (a maioria das duplas tem seis), as atletas porto-alegrenses somam 556 pontos na classificação divulgada pela Federação Internacional de Vela (Isaf, na sigla em inglês) nesta segunda-feira, 7 de abril. A liderança é das francesas Camille Lecointre e Helene Defrance, que tem 946, seguidas pelas atuais campeãs olímpicas e do Trofeo Princesa Sofía, Jo Aleh e Polly Powrie, da Nova Zelândia, com 897.

O melhor momento de Fernanda e Ana no ranking aconteceu em 2013, quando as velejadoras venceram três etapas da Copa do Mundo de Vela (Miami, Palma de Mallorca e Hyères) e assumiram o primeiro lugar. Sem competir desde agosto passado, a dupla havia caído para a 11ª posição.

por Ivan Netto – Clube dos Jangadeiros

Fernanda de Oliveira e Ana Barbachan sobem para a segunda colocação na classe 470 do 45º Trofeo Princesa Sofia,

01 de abril de 2014 0
Dupla gaúcha subiu para a segunda posição em Palma. Foto Jesus Renedo.

Dupla gaúcha subiu para a segunda posição em Palma. Foto Jesus Renedo.

Com um oitavo lugar na primeira regata do dia e um quarto na segunda, as velejadoras gaúchas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan pularam da quinta para a segunda colocação e, mais uma vez, estão na briga pelo título do tradicional Trofeo Princesa Sofía, evento válido pela Copa do Mundo de Vela, que está sendo disputado desde a última segunda-feira, 31 de março, em Palma de Mallorca, na Espanha.

Atual campeã da competição na classe 470, a dupla do Clube dos Jangadeiros soma 15 pontos perdidos, contra nove das líderes, as francesas Camille Lecointre e Helene Defrance. Os resultados desta terça-feira, 1º de abril, fizeram as brasileiras deixarem para trás inclusive as atuais campeãs olímpicas Jo Aleh e Polly Powrie, da Nova Zelândia, que ocupam o terceiro lugar.

Regata da classe 470. Foto Jesus Renedo.

Regata da classe 470. Foto Jesus Renedo.

Realizado em Palma de Mallorca, na Espanha, o 45º Trofeo Princesa Sofía reúne mais de mil velejadores, de cerca de 60 países. As provas são disputadas nas classes 470 (masculino e feminino), RS:X (masculino e feminino), 49er, 49er FX, Laser, Laser Radial, Finn, Nacra 17 e 2.4mR e vão até o próximo domingo, dia 6.

Com informações de Ivan Netto – Clube dos Jangadeiros

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan terminam primeiro dia do 45º Trofeo Princesa Sofia na quinta colocação

31 de março de 2014 0
Foto Martinez Studio

Foto Martinez Studio

Campeãs da edição de 2013 do Trofeo SAR Princesa Sofia, as velejadoras gaúchas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan obtiveram um 13º lugar na primeira regata do dia e um 3º, na segunda, encerrando o primeiro dia da edição 2014 na 5ª colocação na classe 470. Outros destaques brasileiros são as duplas Martine Grael e Kahena Kunze (2º lugar na classe 49er FX) e Samuel Albrecht e Geórgia Rodrigues (8º lugar na classe Nacra 17).

O evento é uma das cinco etapas da Copa do Mundo de Vela e reúne mais de mil velejadores, de cerca de 60 países. As provas são disputadas nas classes 470 (masculino e feminino), RS:X (masculino e feminino), 49er, 49er FX, Laser, Laser Radial, Finn, Nacra 17 e 2.4mR e vão até o próximo domingo, dia 6. O Brasil está sendo representado por 36 atletas, entre eles o multicampeão Robert Scheidt, que iniciou a disputa em 11º lugar.

Com informações de Ivan Netto – Clube dos Jangadeiros

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan disputam o 45º Trofeo Princesa Sofia em Palma de Mallorca

26 de março de 2014 0
Ana e Fernanda voltam a competir. Foto Martinez Studio/Arquivo

Ana e Fernanda voltam a competir onde venceram em 2013. Foto Martinez Studio/Arquivo

As velejadoras gaúchas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan viajaram na última segunda-feira, 24 de março, para a Espanha, onde disputam o 45º Trofeo Princesa Sofia. A competição faz parte da Copa do Mundo de Vela e reunirá mais de mil atletas, de cerca de 60 países, entre os dias 31 de março e 6 de abril, em Palma de Mallorca.

As regatas serão disputadas nas classes 49er, 49er FX, 470 (masculino e feminino), RS:X (masculino e feminino), Finn, Laser, Laser Radial, Nacra 17 e também a 2.4mR Paraolímpica.

- A etapa de Palma abre a temporada de competições na Europa e é sempre muito disputada, com nível alto das adversárias. Mas seguimos o nosso planejamento e vamos nos dedicar ao máximo para conseguir bons resultados – comentou a gaúcha Fernanda, primeira medalhista olímpica da vela feminina brasileira, ao lado da niteroiense Isabel Swan.

Foto Martinez Studio/Arquivo

Foto Martinez Studio/Arquivo

Atual campeã do Trofeo Princesa Sofia na classe 470, a dupla do Clube dos Jangadeiros passou por um intenso período de treinos em Porto Alegre nas semanas que antecederam a competição. A preparação foi comandada pelo técnico Paulo Roberto Ribeiro e mirou não apenas o evento espanhol, mas também a etapa seguinte da Copa do Mundo de Vela, que acontecerá também no mês de abril, em Hyères, na França. Em 2013, Fernanda e Ana venceram os dois campeonatos.

Copa Brasil de Vela: Niterói sedia o primeiro evento de classes olímpicas de 2014

13 de dezembro de 2013 0
Jorginho Zarif é uma das atrações do evento. Foto Fred Hoffmann

Jorginho Zarif é uma das atrações do evento. Foto Fred Hoffmann

A cidade de Niterói irá sediar o primeiro grande evento da vela olímpica de 2014 entre os dias 4 e 11 de janeiro. A Copa Brasil de Vela, válida como Campeonato Brasileiro de Classes Olímpicas, reunirá grandes nomes do iatismo nacional como Robert Scheidt, Bruno Prada, Jorge Zarif e Isabel Swan, para resgatar o glamour dos festivais de vela dos anos 80, quando diversas classes se reuniam em um único evento.

São esperados cerca de 300 velejadores das 10 classes olímpicas: Laser Radial e Standard, 470 masculino e feminino, RS:X masculino e feminino, 49er, 49er FX, Finn e Nacra 17, que se reunirão pertinho do público, na praia de São Francisco. A ideia da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é que o desempenho dos velejadores na Copa Brasil seja o principal critério para definir a equipe que irá representar o país no Mundial de Santander.

O evento na cidade espanhola irá definir metade das vagas dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Vale ressaltar que o Brasil já tem vaga garantida em todas as modalidades. Em Niterói os velejadores serão observados por uma comissão técnica, que irá avaliar seu perfil e desempenho durante as regatas.

 É importante incentivar os velejadores a entrarem nas classes olímpicas. Com eventos como estes faremos um trabalho a longo prazo, já que não se forma um campeão em dois ou três anos — disse Torben Grael, coordenador técnico da equipe brasileira.

Martine e Kahena, na 49erFX.Foto Fred Hoffmann

Martine e Kahena, na 49erFX.Foto Fred Hoffmann

Apesar de ser um modelo novo de competição, atletas com grande experiência internacional se dizem bastante satisfeitos com a novidade.

Este é um modelo bem interessante de competição, que já é usado em outros países há algum tempo. Acredito que desta forma mais velejadores estarão na água, deixando a disputa mais emocionante — diz Jorginho Zarif, da classe Finn.

Além dos brasileiros, velejadores da Grã Bretanha, Estados Unidos e Israel também confirmaram presença no evento. E enquanto a competição rola dentro d’água, a vila da regata estará agitada com uma série de atividades culturais e esportivas abertas para o público. Além da vela, também haverá competições de Stand Up Paddle, canoagem e remo, dentre outras. Na praia haverá também uma estrutura para área de convivência dos velejadores, bem como um palco para atrações musicais que se estenderão ao longo da competição.

Até 2016 a cidade de Niterói e a baía de Guanabara serão palco da Copa Brasil de Vela. A partir de 2017 o evento passa a rodar o país. A Copa Brasil de Vela tem organização da CBVela e da Prefeitura de Niterói e conta com o patrocínio do Bradesco e das Águas de Niterói.

Fernanda e Ana estão na segunda colocação do ranking mundial da classe 470. Foto Fred Hoffmann

Fernanda e Ana estão na segunda colocação do ranking mundial da classe 470. Foto Fred Hoffmann

Bruno Fontes fecha a temporada em terceiro lugar no ranking mundial ISAF da classe laser

12 de dezembro de 2013 0
Bruno teve um ótimo ano. Foto Jesus Renedo

Bruno teve um ótimo ano. Foto Jesus Renedo

O velejador Bruno Fontes manteve a terceira colocação no ranking mundial atualizado no último dia 9 de dezembro, após a disputa do Campeonato Mundial da classe Laser, em Omã. A liderança do ranking atualizado pela ISAF ainda é do australiano Tom Burton, seguido do croata Tonci Stipanovic. Com seis resultados computados, incluindo o oitavo lugar no Mundial, Fontes tem 954 pontos, contra 981 de Burton, e 979 de Stipanovic.

Outro catarinense, Matheus Dellagnelo, subiu sete posições com a 38ª colocação no Mundial e agora é o número 31, com seis resultados computados. Campeão mundial em Omã, o paulista Robert Scheidt ocupa a 44ª posição com cinco resultados computados. O 10º título (11º incluindo a categoria juvenil) mundial deu 200 pontos para Scheidt, que subiu mais de 30 posições no ranking da Federação Internacional de Vela (ISAF).

Martine e Kahena estão na liderança na classe 49erFx. Foto Arquivo.

Martine e Kahena estão na liderança na classe 49erFx. Foto Arquivo.

O Brasil também está bem representado na classe 49erFX, com a liderança de Martine Grael e Kahena Kunze, e na 470 feminino, com o segundo lugar para Fernanda Oliveira e Ana Barbachan. Porém, nesta classe, a dupla gaúcha tem apenas cinco resultados computados contra seis das adversárias. O mesmo acontece com Ricardo Bimba Winicki, na RS:X masculina, com o segundo lugar, atrás do espanhol Ivan Lafuente.

Na RS:X feminina, Patricia Freitas é a sétima colocada com quatro resultados, enquanto todas as outras top 10 tem seis resultados computados. Na Finn, Bruno Prada é o 25º colocado, enquanto Jorge Zarif, atual campeão mundial, aparece na lista em 36º. Confira o ranking no link para o site da ISAF .

Nove velejadores recebem Bolsa Pódio do governo federal

05 de dezembro de 2013 0
Fernanda Oliveira e Ana Barbachan alcançaram a liderança do ranking mundial em 2013. Foto Martinez Studio

Fernanda e Ana alcançaram a liderança do ranking mundial em 2013. Foto Martinez Studio

Nove velejadores receberam os certificados do Bolsa Pódio do Ministério do Esporte e a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) em cerimônia realizada no Rio de Janeiro. Foram contemplados Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 Feminina), Martine Grael e Kahena Kunze (49erFX), Patrícia Freitas (RS:X Feminina), Bruno Fontes (Laser) , André Fonseca, o Bochecha (49er), e Ricardo Bimba Winicki (RS:X masculino).

Campeões mundiais nas suas classes, o paulista Robert Scheidt (Laser) e o carioca Jorge Zarif (Finn), ficaram de fora do apoio porque ambos não apareciam entre os 20 melhores do ranking mundial quando a lista foi enviada pela CBVela ao Ministério do Esporte. Porém, agora deverão entrar na primeira revisão da lista que acontece em janeiro.

Mais seis nomes serão divulgados em janeiro para a vela, entre eles Robert Scheidt e Jorge Zarif — prometeu o secretário nacional de esporte de alto rendimento, Ricardo Leyser.

Renata Decnop e Isabel Swan, da classe 470 Feminina, também devem ser contempladas.

Por conta do atraso no cronograma do Plano Brasil Medalhas, o Bolsa Pódio deveria ter começado em julho. Por isso, a primeira revisão já acontecerá em janeiro, levando em conta os resultados na segunda metada do ano.

Clube dos Jangadeiros promove votação para eleger o velejador do ano de 2013

04 de dezembro de 2013 0
Fernanda e Ana Barbachan concorrem em 2013. Foto Martinez Studio.

Fernanda e Ana Barbachan concorrem em 2013. Foto Martinez Studio.

Desde 1981, o Clube dos Jangadeiros homenageia o velejador que mais se destaca durante o ano. O escolhido recebe o Troféu Edmundo Soares, prêmio já entregue a campeões mundiais, pan-americanos, sul-americanos, brasileiros e até mesmo à medalhistas olímpicas. Iatistas como Nelson Piccolo, José Luiz Ribeiro/Paulo Ribeiro, George Nehm/Henrique Bergallo, Marco Aurélio Paradeda/Peter Nehm, André Fonseca/Rodrigo Duarte e Fábio Pillar já receberam a homenagem e têm seus nomes eternizados na taça.

É uma maneira do clube valorizar as conquistas dos atletas e enaltecer os associados que representam o Jangadeiros mundo afora — explica o vice-comodoro Esportivo do Clube dos Jangadeiros, Francisco Freitas.

Este ano, a novidade é que a escolha será feita através de uma votação. Para votar, basta acessar o site do Clube dos Jangadeiros – jangadeiros.com.br, no qual estão apontadas as façanhas de cada um deles em 2013. O iatista do ano será conhecido no próximo domingo, dia 8 de dezembro, durante a cerimônia de premiação das regatas de aniversário do Jangadeiros.

Paradeda e Bay. Foto Kyra Mirsky

Paradeda e Baby. Foto Kyra Mirsky

Os concorrentes de 2013

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan
A dupla chegou ao topo do ranking mundial da classe 470, tendo conquistado seis competições em 2013: Campeonato Brasileiro, Campeonato Sul-Americano, Semana Brasileira de Vela e três etapas da Copa do Mundo de Vela (Miami, Palma de Mallorca e Hyères). Atualmente, as velejadoras estão na segunda colocação.

Alexandre Paradeda e Gabriel “Bolinha” Kieling
Eles já conquistaram alguns dos títulos mais importantes da classe Snipe, como o sul-americano e o brasileiro. Em 2013, no entanto, as façanhas aconteceram no Campeonato Mundial (3º lugar, medalha de bronze) e no Sul Brasileiro (1º lugar geral).

Lucas Mazim. Foto Ricardo Pedebós

Lucas Mazim. Foto Ricardo Pedebós

Lucas “Sorriso” Mazim
Além de velejar pelo Jangadeiros, Sorriso é instrutor da Escola de Vela Barra Limpa. Este ano, ele sagrou-se campeão brasileiro da classe Laser 4.7 e também foi escolhido pelo velejadores da classe Optimist para comandar a equipe brasileira no Campeonato Norte-Americano, em Hamilton, Bermuda.

Tiago Brito e Andrei Kneipp
Em 10 meses, os jovens velejadores disputaram oito importantes competições da classe 420. Venceram a Copa da Juventude, em Niterói/RJ; o Campeonato Carioca, em Búzios/RJ; e fecharam com chave de ouro conquistando o Mundial da Juventude, em Limassol, no Chipre. Além de obter o título inédito para o clube, Tiago e Andrei foram vice-campeões mundiais da classe, em Valência, na Espanha; terceiros colocados do Campeonato San Isidro Labrador, em Buenos Aires, na Argentina; vice-campeões da primeira etapa do campeonato paulista, em São Paulo/SP; e vice-campeões sul-americanos, novamente em Buenos Aires.

Tiago Brito e andrei Kneipp. Foto Icarus Sailing Media

Tiago Brito e Andrei Kneipp. Foto Icarus Sailing Media

Com informações de Ivan Netto – Comunicação e Marketing – Clube dos Jangadeiros

Velejadores brasileiros estão bem posicionados no ranking mundial ISAF

30 de setembro de 2013 0
Fernanda e Ana estão em segundo lugar. Foto Martinez Studio.

Fernanda e Ana estão em segundo lugar na 470. Foto Martinez Studio.

A Federação Internacional de Vela (Isaf) divulgou nesta segunda-feira, dia 30 de setembro, a atualização dos rankings das 10 classes olímpicas. O Brasil aparece na segunda colocação em três delas, com Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470), Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX) e Ricardo “Bimba” Santos (RS:X). Os cinco velejadores fazem parte Equipe Brasileira de Vela, que é apoiada pela Confederação Brasileira de Vela (CBVela).

O catarinense Bruno Fontes manteve a nona posição na classe Laser, mas é o único entre os top 10 com apenas 5 resultados computados. Os demais têm seis, inclusive o líder, o australiano Tom Burton. Com apenas quatro resultados, entre eles o vice-campeonato europeu, o paulista Robert Scheidt é o número 65. Na Finn, Bruno Prada é o melhor brasileiro, na 26ª posição, mas Jorge Zarif, que venceu o Mundial de Finn, vem em 33º com apenas três resultados computados.