Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Mundial da ASP"

Vídeo: informações e análise do HD World Junior Championship 2013

25 de outubro de 2013 0

Grandes promessas e duas “realidades” do surfe brasileiro estarão na briga pelos títulos mundiais masculino e feminino da ASP na categoria para surfistas com até 21 anos de idade. Pela primeira vez esses títulos serão decididos no Brasil e a Praia da Joaquina volta a sediar um evento internacional depois de 7 anos com a estreia do HD World Junior Championship 2013.

Imagens oficiais do Billabong Pro Santa Catarina

30 de abril de 2010 1

Algumas imagens oficiais da assessoria do Billabong Pro Santa Catarina. Fotos de Kirstin Scholtz.

O pódio…

A direita do título…

O voo que virou marca registrada…

Slater suave na nave…

e mostrando como se desenha….

 

 

Resultados e ranking ASP

29 de abril de 2010 0

Classificação do Billabong Pro Santa Catarina
1º Jadson André (Bra) – 10 mil pontos
2ºKelly Slater (EUA) – 8 mil pontos
3º Dane Reynolds (EUA) – 6.500 pontos
Owen Wright (AUS)
5º Michel Bourez (PYF) – 5.250 pontos
CJ Hobgood (EUA)
Taylor Knox (EUA)
Jordy Smith (ZAF)
9º Adriano de Souza (Bra) – 3.750 pontos
17º Neco Padaratz (Bra) – 1.750 pontos
33º Marco Polo (Bra) – 500 pontos

Ranking ASP World Title Race:
1º Kelly Slater (EUA – 21.750 pontos
2º Jordy Smith (ZAF)- 18.500 pontos
3º Taj Burrow (Aus) – 18.250 pontos
4º Mick Fanning (Aus) e Jadson André (Bra) – 15.500 pontos
6º Bobby Martinez  (EUA) e Dane Reynolds (EUA) – 14.750
8º Joel Parkinson (Aus) e Adriano de Souza (Bra) – 14.250
31º Neco Padaratz (Bra) – 4.000
41º Marco Polo (Bra) – 1.500

Imagens do evento

29 de abril de 2010 0

Final de evento é sempre uma correria, posto agora algumas fotos de Julio Cavalheiro que resumem o que foram esses momentos inesquecíveis para o surfe brasileiro…

 

Festa no pódio!

29 de abril de 2010 0

Jadson André acaba de receber o prêmio de campeão da etapa brasileira do ASP World Tour. A próxima parada do circo do surfe mundial é na direitas de Jeffreys’bay, na Áfricado Sul. Slater sai do Brasil como líder do ranking mundial, seguido por Jordy Smith e Taj Burrow. Jadson André passou a ser o melhor brasileiro no World Tour, empatado com Mick Fanning na quarta posição, enquanto Adriano de Souza caiu para a oitava posição, ao lado de Joel Parkinson.

No pódio, Jadson agradeceu à equipe Oakley, a Deus e ao público presente e dedicou a vitória para três pessoas que nos deixaram na mesma época: o jornalista Ledo Ronchi, pai de Ícaro, amigo dele; a mãe do técnico Luiz Henrique Sabóia Campos, o Pinga; além de uma tia.

- É o melhor dia da minha vida, não sei nem o que dizer – declarou.

Por sinal, o mestre Slater resolver entregar o seu troféu e a camiseta branca de vice-campeão para Ícaro e Cícero, filhos de Ledo, numa bela homenagem. A direção do evento, através do doutor Joel Steiman, entregou uma prancha autografada pelo top à família Ronchi.

Jadson é campeão

29 de abril de 2010 1

Vingador, abusado, irreverente, guerreiro. Todas essas expressões servem para o surfista potiguar Jadson André, 20 anos, que acaba de vencer o Billabong Pro Santa Catarina, a terceira etapa do ASP World Tour. Jadson André superou ninguém menos do que Kelly Slater numa final disputada até os minutos finais após um “restart” (recomeço), já que os primeiros 10 minutos não tiveram ondas surfadas. O placar foi de 14,40 a 14.

A bateria final:

Jadson pegou a primeira, uma esquerda, e fez um 4,40. Kelly respondeu com outra esquerda onda nota 5,50 após quatro manobras. O carequinha queria mais e fez um 6,50 numa direita pequena, mas com direito a um pequeno aéreo 360. A resposta de Jadson foi cascuda: dois aéreos rodando que valeram apenas um 8, mas o suficiente para a bateria ficou empatada, e como Jadson tinha a maior nota, levaria o título. Kelly precisava de um 5,50 para trocar a nota e conseguiu uma nota 6,50 com muita fluidez na onda. Até que Jadson foi atrás de uma direita e com batidas verticais fez uma nota 6,5 para passar a frente. Nos últimos minutos, Kelly tentou a virada com uma onda pequena, para a esquerda, derrapando em todas a manobras, mas levou apenas uma nota 7,50, quando precisava 7,90. Nova calmaria, e Jadson saiu da água carregado, cercado de seguranças diante da comoção gerada na beira da praia. Parabéns campeão!

 

Slater na final contra Jadson

29 de abril de 2010 3

O bom velhinho vem aí. Acaba de vencer a revelação australiana Owen Wright por 13,50 a 10,56, numa bateria que teve totalmente sob controle. Bom, com a vitória anterior, nas quartas de final, sobre o sul-africano Jordy Smith, Slater assumiu a liderança do ranking ASP World Title Race, passando Taj Burrow, que acabou eliminado no terceiro round para o sul-africano Travis Logie.

Vamos aguardar agora para ver o posicionamento de Jadson André que chegou aqui na 13ª posição. O sul-africano Jordy Smith e o norte-americano Dane Reynolds, que terminaram na terceira colocação, também devem avançar no ranking. Smith também pode passar Taj Burrow, enquanto Dane deve colar nos três primeiros, Kelly, Smith e Taj.

Jadson na final....tirem os cardíacos da praia...

29 de abril de 2010 0

O potiguar Jadson André acaba de se garantir na final do BIllabong Pro SC, repetindo a atuação de Adriano de Souza, o Mineirinho, em 2009. Jadson venceu o norte-americano Dane Reynolds por 16,27 a 14, 10, mais uma vez na última onda, quando conseguiu uma nota 9. Mas o surfista brasileiro dominou amplamente a bateria, pegou as melhores no início da disputa e deixou o norte-americano precisando de uma combinação de ondas que somassem mais que 16,27. Só que Dane goza de prestígio e se recuperou ao longo da disputa  com um 8,77. Ficou precisando de uma nota 7,50 que veio no finalzinho após uma sequência de batidas com muita velocidade. Faltando menos de um minuto, Jadson desceu mais uma esquerda e conseguiu o 9 matador. Festa na Vila, eagora é esperar o vencedor entre Kelly Slater e Owen Wright para buscar o título que não vem desde 1998 quando Peterson Rosa venceu o Alternativa na Barra da Tijuca (RJ).

Elas já estão na área...

29 de abril de 2010 0

Jadson vence no último minuto

29 de abril de 2010 0

O potiguar Jadson André se garantiu na semifinal e levou o público presente na Praia da Vila ao delírio ao vencer o taitiano Michel Bourez na primeira bateria das quartas de final por 15,50 a 15,27. Para vencer a bateria, Jadson precisou pegar uma onda no minuto final da bateria, desferir um aéreo rodando na primeira manobra, para depois encaixar uma sequência de batidas até finalizar a onda com um pequeno aéreo derrapando na aterrisagem. Jadson precisava de um 8,27 e ganhou um 8,50. Agora, o potiguar vai enfrentar o norte-americano Dane Reynolds, que acaba de vencer o duelo contra C.J Hobgood por 14,27 a 13,17, com direito a uma nota 9,77. Parada dura pela frente.