Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Destino do prêmio para longa-metragem do Edital Catarinense de Cinema pode ir para a Justiça

13 de fevereiro de 2014 2

O Edital Catarinense de Cinema de 20013 concedeu o prêmio de projeto para longa-metragem ao suspense Quebranto, da Novelo Filmes, mas qual filme levará o dinheiro (no total de R$ 1,1 milhão) é que é o mistério da vez.  A Comissão Permanente de Licitação da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) desclassificou ontem o projeto, acatando o recurso da TAC produções, de Itajaí, com base na alegação de que a Novelo Filmes, responsável pelo filme, não teria o tempo mínimo de atividade (três anos) exibido pelo regulamento. A produtora completou três anos em outubro do ano passado, mas o entendimento da comissão era de que a norma valeria para o ato da inscrição, que foi setembro de 2013.

A diretora da Novelo Filmes, Cíntia Domit Bittar, diz que vai recorrer da decisão da FCC, alegando que o edital não fala em “período de inscrição”, mas de “processo de seleção”, e cita o item 12 (“Dos Contemplados”) que trata da fase de apresentação de documentos, cujo prazo encerrou em 31 de janeiro quando a empresa já contabilizava três anos e três meses de atividade legal. Caso não consiga reverter a questão, a Novela pretende recorrer à Justiça para assegurar o prêmio.

Aliás, entre a última edição do Edital Catarinense de Cinema expôs uma situação curiosa, que é a concentração de recursos _ ou premiações _ por uma mesma produtora. Só uma teria ficado com quase 50% dos recursos do último prêmio, que distribuiu pouco mais de R$ 3 milhões. Os proponentes são diferentes, mas todos ligados a mesma empresa. Outro fato escancara a omissão do regulamento do edital passado ao não vedar o uso de parentes em primeiro grau e companheiros (mulher, marido ou namoradas) na mesma premiação.

Comentários (2)

  • andre sousa lima diz: 14 de fevereiro de 2014

    A Cultura Catarinenses é um e$quemão $ó!!!!!

  • Disputa por prêmio de longa-metragem suspende pagamento do Edital Catarinense de Cinema 2013 | Marcos Espindola diz: 28 de maio de 2014

    […] milhão só para o longa-metragem, cujo projeto vencedor, Quebranto, da produtora Novelo Filmes foi desclassificado em fevereiro passado pela Comissão Permanente de Licitação da Fundação Catarinense de Cultura […]

Envie seu Comentário