Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Humor"

BNegão adiciona mais uma para a antitrilha sonora do Mundial da Fifa

11 de junho de 2014 0

Ninguém tem mais dúvidas de que haverá copa, mas a Fifa ficará atravessada na garganta dos brasileiros. O novo single para a anti trilha do Mundial que começa nesta quinta-feira é Raclaim the Game _ Funk Fifa, parceria entre a banda inglesa Pop Will Eat Itself e o rapper brasileiro BNegão. O sufixo “funk” traduz o outro sentido da manifestação, que é a crítica ao projeto de dominação financeira da FIFA a partir do futebol. Não se trata de uma demonização do esporte, mas da sede de poder da “firma”.

Monty Python na Copa do Mundo

09 de junho de 2014 0

A trupe humorística inglesa Monty Python mandou um recado de apoio à sua seleção que desembarca para mais uma Copa do Mundo: uma versão da música Always Look on the Bright Side of Life (algo como “sempre veja pelo lado brilhante da vida”). A canção é um clássico composto em 1979 para o final da filme A Vida de Brian. Nos anos 1990 virou uma espécie de hino não-oficial entoado pela torcida inglesa. Embora tenha criado o futebol, a Inglaterra só venceu uma vez a Copa, em 1966, e desde então não levou mais nada, mas também não perde a majestade.

Busto de Eike Batista some da Praça XV. Quem pensou em bronze, levou argila!

06 de junho de 2014 6
O Bustox de Eike Batista. Foto Marcos Favero, Divulgação

O Bustox de Eike Batista. Foto Marcos Favero, Divulgação

O busto do empresário Eike Batista sumiu da Praça XV, no Centro de Florianópolis. O Bustox foi instalado em março passado pelo ERRO Grupo em uma intervenção de protesto contra o descaso com a memória cultural da cidade. A imagem repousava justo sobre o pedestal destinado ao pintor Victor Meirelles, cuja reprodução em bronze foi roubada junto com as de outras duas personalidades homenageadas ( José Boiteux e Jerônimo Coelho) no ano passado _ mistério até hoje sem solução.
Sabe aquela história do “santo dos pés de barro”? Pois é, tal qual a fortuna do Eike, o busto também era de argila.

Suspiro: Eva Green revela demais para americano ver em cartaz da continuação de Sin City

02 de junho de 2014 0

sin city 2

Um minuto de suspiro por Eva Green, que estampa o novo pôster de Sin City 2: Dama Fatal, a sequência da adaptação cinematográfica da história em quadrinhos do mestre Frank Miller (ele co-dirige o filme com Robert Rodriguez). A peça foi considerada “reveladora demais” pela associação reguladora de cinema norte-americana, a MPAA, e por isso foi banida das salas nos Estados Unidos. Azar o deles!
Sin City 2 chega aos cinemas do Brasil no dia 11 de setembro.

Geografia Inutil...: ERRO Grupo lança banda e sonha com o sucesso

22 de maio de 2014 0
Foto Leco Rezende, Divulgação

Foto Leco Rezende, Divulgação

O ERRO Grupo está tão crente no sucesso do projeto musical Geografia Inutil…, que a partir de segunda-feira seus integrantes passarão a atender pelos nomes popstars Pedro Beenaction, Sarah Warrior, Luana Hyper  e Cudo Z Cool. Na segunda-feira, eles lançam o trabalho em um show ao meio-dia no Largo da Alfândega e o álbum sai no formato LP. Não é uma peça, se trata de música mesmo, composta em sete línguas diferentes, resultado da parceria com o dramaturgo romeno Peca Stefan. Ainda neste ano o quarteto embarcará para uma residência artística na Romênia. Embora o propósito seja refletir sobre a imagem dos esteriótios culturais, o que Beenaction quer mesmo é emplacar Geografia Inutil na lista da Contracapa dos melhores discos catarinenses do ano. Veremos!

Clássico udigrudi, Veludo & Cacos-de-Vidro celebra uma década com exibição festiva no Taliesyn Rock Bar

19 de maio de 2014 0
Renato Turnes em Veludo & Cacos-de-Vidro. Foto Vinil Filmes, Divulgação

Renato Turnes em Veludo & Cacos-de-Vidro. Foto Vinil Filmes, Divulgação

A Vinil Filmes reúne a tropa animada para a exibição festiva de 10 anos do curta-metragem Veludo & Cacos-de-Vidro, nesta terça-feria (20/5),  às 20h30min, no Taliesyn Rock Bar. Celebração merecida para a primeira e promissora experiência udigrudi do diretor Marco Martins, que levou para as telinhas uma divertida e controversa aventura bandida de um amado casal de marginais protagonizada pela dupla Renato Turnes e Julie Cristie .

Julie Cristie em Veludo & Cacos-de-Vidro. Foto Vinil Filmes, Divulgação

Julie Cristie em Veludo & Cacos-de-Vidro. Foto Vinil Filmes, Divulgação

Anos depois, nossos “Bonnie e Clyde” voltaram às telas com a sequência Beijos de Arame-Farpado, que seria o segundo curta de uma trilogia. Aguardamos pelo próximo.

Abaixo vai o clipe da música tema do filme, pela banda Professora Helena e os Cirilos

 

Vamos trazer Djin Sganzerla para o FAM 2014!

16 de maio de 2014 0

d.t.tive

Se o convite já foi feito, a Contracapa reforça: queremos Djin Sganzerla de corpo e formosura presente no Florianópolis Audiovisual 2014 (FAM). Atriz e filha do saudoso e influente diretor Rogério Sganzerla está no elenco de D.T.Tive, curta-metragem dirigido por Fernanda do Canto e Javier Di Benedictis, e que será exibido na Mostra Catarina no dia 27 (19h). Com ela estão também os excelentes Leon de Paula, José Ronaldo Faleiro e Zeca Ramos. O filme, que por sinal é muito bom,  é adaptado das crônicas do escritor José Francisco Hamms. Rogamos para que ela aceite o convite.

 

A propósito, a organização do FAM 2014 busca parcerias com empresas de transporte da Capital para auxiliar no traslado de estudantes de escolas públicas da região para prestigiarem a Mostra Infantojuvenil _ de 26 a 30. A programação deste ano reservou 12 produções divididas em duas programações: para crianças de até nove anos e de 10 a 12 anos. O festival também está com a agenda aberta para receber turmas escolares. Basta entrar em contato pelo e-mail infantojuvenil.fam@gmail.com.

A banana e as coisas boas da vida

29 de abril de 2014 1

Em homenagem ao Doutor Ubirajara Santos, que lembrou desta didática passagem sobre o bom uso do fruto tropical.

Versão erótica do Instagram vira hit na Europa

15 de abril de 2014 1

Pornostagram_HD-300x180

Espécie de selfie bastardo da rede social Instagram, o Pornostagram, como o nome sugere, virou o território livre dos salientes que compartilham em imagens suas peripécias sexuais _ não antes, nem depois, mas durante a ação. Ela traz todos os recursos do Instagram, como filtros (pelo menos 15 opções hipster), comentários e compartilhamentos. Ali estão imagens das mais lúdicas (“nu artístico”) às sacanas “hardcore”. A ideia partiu de dois assanhadinhos franceses e já virou hit entre os que querem apreciar aqueles que querem ser apreciados. É a rede social adulta mais popular da Europa, com nada menos que 10 mil membros e outros 53,6 mil visitantes por mês.

Jards Macalé: "Em Plantão Revolucionário"

06 de abril de 2014 0

jards (1)

Aqui vai a íntegra da entrevista concedida pelo imbatível Jards Macalé ao chapa e jornalista Guilherme Carrion e que está na Contracapa desta segunda-feira.

Fiel a sua natureza anarquista, ele prefere a correria a carreira e, aos 71 anos, continua em situação sistemática de “plantão revolucionário”. Jards Macalé, cantor, ator, compositor, um espectro inquieto da música popular brasileira a quem o Brasil viu surgir no final da década de 1960, evocando o vingador Batman, na célebre canção Gotham City, que arrebatou o Festival Internacional da Canção de 1969. O super-herói virou uma das personas da sua profusa figura, que também é mágico (“Elacam Tená é meu nome”). Perfilou na falange da Tropicália, com o qual rompeu diante dos “rumos comerciais do movimento”. Foi parceiro de Rogério Duprat, Caetano Veloso (no álbum Transa, 1971), com quem também se estranhou, Gal Costa, Gilberto Gil, Moreira da Silva e tantos outros. Essa turma se refestelou da sua fonte lisérgica de composições, como Vapor Barato, Anjo Exterminador, Mal Secreto, Movimento dos Barcos, Alteza, Hotel das Estrelas e Poema da Rosa. Mas dá para citar aqui dois de seus álbuns reverenciais: a estreia em Só Morto (1969) e O Banquete dos Mendigos (1979). Jards personifica a contracultura no país, processo que ele toma como contínuo. Um simples convite por telefone sacramentou a vinda dele à Capital, para o show desta terça-feira (8/4), às 20h, no Teatro Álvaro de Carvalho, dentro da programação do festival Floripa Noise. Só ele, o violão e umas cinco décadas de histórias para contar. O jornalista Guilherme André Carrion bateu um papo com “fantasma que anda” e adianta aqui um pouco do assombro nos aguarda amanhã:

Você conhece a ilha da magia? Algo mágico aconteceu em alguma das suas passagens por aqui?
Jards Macalé _ Conheço muito pouco; espero que agora tenha o enorme prazer de conhecer a ilha da magia sendo eu magico amador: Elacam Tená é meu nome mágico.

Poesia, amor e samba tem tudo a ver. Você se considera um homem romântico?
Jards _ Sou do time da Morbêza Romântica que apresentei com Waly Salomão em meu disco de 1975 Aprender a Nadar.

Neste ano tão atípico, muita agitação vem tomando as ruas do Brasil. Como anarquista, de que forma o senhor analisa a situação política brasileira? Podemos acreditar em algo revolucionário vindo das ruas e dessas manifestações?
Jards _ Sendo Anarquista (não confundir com anarquia), a revolução é permanente. Enquanto não for concedida vida plena ao ser humano (prazer, felicidade, saúde, educação e generosidade) estaremos em plantão revolucionário e das ruas virão as respostas.

Existe algum culpado pelo marasmo político cultural brasileiro? Quem é o principal monstro que assombra atualmente nossa sociedade?
Jards _ A própria sociedade!!!

Este ano, Floripa Noise será tomado por monstros macabros e aberrações assustadoras. Você tem alguma superstição, crendice ou macumba infalível para mal olhados, karma ruim ou assombrações misteriosas?
Jards _ My name is Walker, Mr. Walker. Eu sou o Fantasma que anda; moro na Floresta Negra com meus fiéis escudeiros, os pigmeus da tribo Bandar. Portanto, NÃO DIGAM QUE ME VIRAM PARA SUA SEGURANÇA PESSOAL.

O seu show está entre os mais aguardados do Floripa Noise. Qual a sua receita para transformar nossa cidade em uma Gothan City tupiniquim?
Jards _ Eu, como o Batman, garantirei o sucesso da festa usando meu nome nome em árabe Yards Mahatkallef.