Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Música Eletrônica"

SIC Radio lança novo site e aplicativo exclusivo

10 de junho de 2014 0

sic

Já visitou a nova casa da SIC Radio? Então não faça cerimônia e seja muito bem-vindo no novo site da latinha sonora online de Floripa que entrou. A nova plataforma também conta com e um aplicativo para IOS e Android que você baixa aqui. A partir disso, a radio vai unir todo o seu conteúdo subversivo: dos programas diários para ouvir em streaming ao blog e os episódios do web programa De Passagem.  Visita, ouça, veja e apareça nesta terça-feira à noite, no Uai de Minas (Rua Bocaiúva, Centro de Floripa) para o convescote de lançamento que reunirá toda a patota de programadores da SIC, além dos “shows de bolso” de Gustavo Cabeza e da folkband Balcony.

Dark Tales & Love Songs: o estouro da manada sonora de Elekfantz. Ouça o álbum aqui!

06 de junho de 2014 0

elek

Os laços de amizade entre o DJ Daniel Kuhnen e o músico Leo Piovesani vem de longa data, mas foi só depois de 20 anos que a a aproximação sonora entre os catarinenses se efetivou com o projeto Elekfantz. Desde então, tudo andou muito rápido para a dupla. Em pouco mais de um ano eles circularam por grandes eventos e festivais como Rio Music Conference, Amsterdan Dance Event, Dream Valley Festival e Lollapalooza Brasil, turbinados por tracks como Wish (2012) e Diggin’ on You (2013) e que anunciaram o estouro da manada nas pistas. Agora se consolida com Dark Tales & Love Songs, álbum lançado nesta semana pelo selo D.O.C., do DJ e produtor brasileiro Gui Boratto, e com distribuição pelo label alemão Kompakt.
O disco sai nos formatos digital e em vinil duplo _ com edição limitada. Na semana de estreia, o álbum atingiu o primeiro lugar no chart de música eletrônica do iTunes Brasil. Dark Tales  & Love Songs foi eleito por Boratto para inaugurar o seu selo, que é a sigla para “De Origem Comprovada”. Ele não só sabia no que estava apostando como afiançou o trabalho dos catarinenses junto ao comando da Kompakto, considerada o maior distribuidora de discos de música eletrônica para a Europa. Boratto é peça determinante no processo de construção do projeto em que foi mais que produtor: foi um terceiro elefante que apontou os horizontes para a jornada.
O trabalho traz 13 faixas que no conjunto fogem ao padrão de seus similares na música eletrônica, a começar pela duração dos temas que não passam dos quatro minutos, além de uma diversidade melódica que transcende as pistas. Tem tudo ali: beats, arranjos, riffs e refrões para cantarolar. “Sempre pensei em algo como uma banda, para se ouvir em qualquer lugar”, já anunciava Kuhnen, quando ainda recém-havia apresentado o single Wish, uma subversiva intervenção em Rollin’ Stone, clássico de um dos cânones do blues, o guitarrista americano Muddy Waters. “O potencial deles vai muito além do meu público, por exemplo”, anunciou Boratto à época.
Como o nome sugere, a peça tem seu lado apaixonante e sombrio. She Knows, a segunda faixa, é que de fato abre o álbum, soando poderosa com uma atmosfera post-rock 80 e disco music para emendar com a consagrada Diggin on You, hypada no verão europeu passado a partir de um remix do DJ alemão Solomun. O ponto de ebulição dançante é atingido com So Damn Classy, uma catarse fina de arranjos, guitarras, refrões, synths e levada funk 70.
Leo Piovezani, que toma a frente dos vocais e da bateria eletrônica, também opera os radares conceituais do disco, trazendo as reminiscências do blues e do jazz para os momentos mais introspectivos como Pharaoh’s Dance, Mysterious Traveller e The Quiet Before The Storm. Porém, sem perder o trunfo para surpreender, ao adicionar letras e levadas que fazem o tempo acelerar progressivamente, transitando para além do house, downtempo, do techno e eletroclash. Teasing Me é um desses exemplos, abrindo melancolicamente para colar forte em outro estágio de pura inspiração pop.

layout 310 x 310 LP Dark Tales and Love Songs Elekfantz_fev 14 v
O trunfo de Dark Tales & Love Songs é que ele traz para qualquer ambiente o poderio da diversidade musical de Elekfantz, até então só experimentado em pistas, ainda que sempre muito bem recebido nas diversas apresentações do duo. As composições são ótimas, a produção é impecável e o que está aí é para aqueles ouvidos sempre dispostos a apreciar boa música _ sem restrições de gênero. No final do mês os elefantes embarcam para uma nova turnê pela Europa, só que muito mais pesados e visíveis diante das expectativas e boas impressões causadas pelo presente álbum.

Ouça She Knows, novo single do Elekfantz. Projeto de Floripa lança álbum em junho

13 de maio de 2014 0

elekfantz1

Dark Tales & Love Songs é o título do álbum de estreia do duo de música eletrônica (ou indie dance) Elekfantz, dos catarinenses Daniel Kuhnen e Leo Piovezani. Previsto para o dia 2 de junho, o trabalho sairá pelo selo e gravadora alemã Kompakt em dois formatos: digital e em LP duplo. Nesta semana, a dupla lançou um novo single do disco, She knows, na versão original e em remixes do produtor Gui Boratto.

Pronto para o barulho? Bixiga 70 e Curumin em junho em Floripa!

09 de maio de 2014 0
Bixiga 70. Foto Nicole Heiniger, divulgação

Bixiga 70. Foto Nicole Heiniger, divulgação

Depois de arregimentar mais de 1,5 mil pessoas para ver a doçura Céu incendiar a Praia Mole no show Catch a Fire (Bob Marley) no último feriadão, os projetos WhataFunk e Conexão Sul anunciam a próxima cartada para junho: Bixiga 70 e Curumin & The Aipins. O público já está familiarizado com Curumin, multi-instrumentista com bom trânsito pelo Estado, mas o Bixiga 70 é um fato novo por essas pistas. Criada em 2011, essa big band paulista de afrobeat não tardou para ser aclamada como um dos grandes acontecimentos da música nacional.

Seu segundo álbum, que leva o mesmo nome (cuja origem vem do endereço do estúdio onde o grupo nasceu, no número 70 da rua Treze de Maio, Bairro Bixiga), traduz o poderio reverberante do suingue do coletivo nos palcos. Uma união estimulante de metais, percussão e ritmos. Pura lenha!

Curumin & The Aipins

Curumin & The Aipins

Miss Kittin: Muita expectativa para o encontro com a madame das pistas

08 de maio de 2014 0

miss set up

São pelo menos 15 anos desde a primeira passagem por Santa Catarina da francesa Caroline Hervé, que nas pistas do mundo é conhecida como a lendária Miss Kittin. Ocasião marcada por performances históricas, como no club Ibiza de Balneário Camboriú, e em algumas controvérsias _ Kittin teria reclamado de algumas das escalas pelo país e acabou batendo boca com fãs. De volta, a agora veterana e incontestável DJ fará a sua estreia em Floripa hoje à noite, na pista do Terraza.

Além do último trabalho solo, Callin From The Stars (2013), Miss Kittin deve apresentar um arsenal poderoso de outros temas, dos seus (I Com e Batbox) e de parcerias (The Hacker, Golden Boy, DJ Hell, Kris Manace). Sua história no techno e no eletroclash faz jus ao peso da expectativa para este encontro em Florianópolis. Ninguém espera menos do que se impressionar … positivamente.

Aliás, a madame mandou um “croqui” do seu set up de amanhã, que está lá no perfil da SIC Radio no Facebook junto com outros cinco convites vips para sorteio!

White Women (Chromeo): esse disco é pra casar!

08 de maio de 2014 0

Entre os lançamentos mais esperados do ano, White Women, novo disco do duo indietronic canadense Chromeo, não só atendeu como superou as minhas expectativas. Avança largamente sobre Business Casual, venerado trabalho anterior (2010) e promove o que deve ser um dos casamentos da temporada com as pistas. É um trabalho carregado de temas disco e inflamados e boas parcerias _ a exemplo Lost On the Way Home e Ezra’s Interlude (com o vocalista da banda Vampire Weekend, Ezra Koenig) e da previamente apresentada Come Alive (com Toro Y Moi). Essa pérola vazou e está pronta para o teste de pista no final de semana. Para gastar as solas e suar a nuca!

 

Encontro de grafiteiros promove blitz cultural em comunidade de Florianópolis

30 de abril de 2014 0
Rodrigo Rizo

Rodrigo Rizo

Um grande salve para o artista Rodrigo Rizo, que neste Dia do Trabalho (quinta-feira, 1º de maio) vai liderar o coletivo de grafiteiros em um ação das mais nobres na Vila União, no Norte da Ilha: o ComunidARTE. O encontro, idealizado por Rizo e realizado pelo Centro Cultural Escrava Anastácia, vai reunir 30 artistas do Estado em dois dias de atividades, como a produção de grandes murais em fachadas de casas e muros, oficinas, shows musicais e de dança de rua. Uma blitz artística para transformar o visual e a autoestima daquela comunidade. Tanto na quinta quanto na sexta, o coletivo estará em operação das 9h às 17h e a base será a Rua Anarolina Silveira dos Santos. O serviço completo está no perfil de Rizo no Facebook.

comunidarte

A sexta será daquelas: Hurtmold + Skrotes no Jurerê Jazz e Céu na Praia Mole

30 de abril de 2014 0

Hurtmold

A sexta vai ser boa, Zoli. Basta seguir os ouvidos ou o coração e os caminhos podem te levar até a Praia Mole, onde a Céu incendiará a Babilônia no tributo Catch a Fire, no Praia Mole Eco Village. Ou à Célula Showcase, no Bairro João Paulo, a escala do dia do festival Jurerê Jazz, que vai insuflar os sentidos com o arrojo de duas grandes bandas do cenário instrumental brasileiro: a paulista Hurtmold e o trio catarinense Skrotes. A primeira até passou por aqui há dois anos, mas acompanhando o cantor Marcelo Camelo. E vale dar ao sexteto a chance de ouvi-lo na sua essência: um caldo post-rock, com influências do jazz, do punk e dub. A mesma receita rica e psicodélica dos locais Skrotes. Completa esta frente a banda A Babba.

 

Quer viajar na música norte-americana? O Google te leva

23 de abril de 2014 1
Reprodução

Reprodução

Essa é via Catraca Livre. O Google criou uma linha do tempo para navegar pelos 64 anos da música norte-americana: a Music Timeline. É uma diversão e tanto, além de um farto material para pesquisa, que relaciona discos e obras, dos diversos gêneros: jazz, country, r&B, soul, folk rock, pop, alternativa/indie, metal, gospel, reggae, eletrônico entre outras frentes.

Claro, nada é por acaso e o Google não está aí para fazer caridade. Você é seduzido pela brincadeira e quando tenta acessar os álbuns da sua preferência, ele remete ao serviço de venda do Google Play.

DJ catarinense Blancah lança EP na Alemanha, mas prova que pode fazer milagre em casa

23 de abril de 2014 0
foto Patylaus, divulgação

foto Patylaus, divulgação

Passo aqui a dica para os ouvidos dos leitores sobre o trabalho da DJ e produtora catarinense PatyLauss: o projeto Blancah. Bem sacada no cenário das artes visuais, ela estreou neste mês seu EP Who’s That, lançado pelo selo alemão Steyoyoke e já disponível no site Beatport. São quatro faixas, partindo da original composta e produzida por ela, e remixes de Sasch e Soul Button. Som interessante, bem ao momento de grande projeção do deep house, o que favorece também a bela voz de Paty, ou melhor, Blancah. Mas não estamos falando de uma principiante. São 14 anos de estrada com a música eletrônica, sendo que desde 2008 ela também atua na produção. O resultado é esse aí, que encantou a consagrada cena berlinense, onde a catarinense abriu um flanco promissor de trabalho. Agora, quer também fazer milagre em casa.

blancah ep1