Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "shows"

Chico Buarque vai te dar um par de ingressos para o show de Bixiga 70 e Curumin

18 de junho de 2014 1

 

Foto: Arquivo Pessoal de Rosana Reis

Foto: Arquivo Pessoal de Rosana Reis

Em homenagem ao novo setentão Chico Buarque (que será nesta quinta-feira) daremos um par de ingressos para os shows das bandas Bixiga 70 e Curumin & The Aipins _ sexta-feira, no Green Park, na Praia da Joaquina (Floripa). Leva quem responder primeiro e corretamente qual é o ano desta foto acima, feita numa das raras (senão “a rara”) ocasiões em que Chico se apresentou na Ilha.

Mas só valerão os comentários que constarem o nome completo e o RG do participante. O resultado será divulgado às 15h desta quinta.

Bixiga 70 e Curumin são a novas investidas dos projetos Whatafunk e Conexão Sul, que em abril passado levaram para o mesmo espaço na Praia Mole a cantora Céu no show Catch a Fire.  As duas bandas se encarregarão de transformar a paradisíaca pista do Praia Mole Eco Village num baile lisérgico, daqueles para suar até a alma. O Bixiga 70, big band instrumental, fará a sua estreia na cidade, mas Curumim joga em casa. Ambas detonarão um poderoso surto de afrobeat, funk, dub, jazz, reggae, rap, rock e música brasileira.

Bixiga 70. Foto Nicole Heiniger, Divulgação

Bixiga 70. Foto Nicole Heiniger, Divulgação

 

Curumin. Foto Rafael Kent, Divulgação

Curumin. Foto Rafael Kent, Divulgação

Com Nasi e Scandurra, Ira! passará por Joinville e Floripa em agosto

16 de maio de 2014 2
Divulgação

Divulgação

Produtora Eveline Orth atualiza a agenda do tour da banda Ira! em Santa Catarina e com uma boa notícia para Florianópolis: a banda fará escala no dia 24 de agosto, com o show no Espaço Floripa (Fields). No dia 22, Nasi, Edgard Scandurra e companhia estarão em Joinville. O grupo dá a largada a turnê nacional neste sábado na Virada Cultural em São Paulo. É a primeira jornada do Ira! depois que Nasi e Scandurra reataram a amizade após sete anos de uma conturbada separação. Abaixo vai o setlist que a banda divulgou para o show na Virada e que provavelmente será a base escalas por aqui em agosto.

1 – “Longe de Tudo”
2 – “Gritos na Multidão”
3 – “É Assim que me Querem”
4 – “Flerte Fatal”
5- “Tarde Vazia”
6 – “Dias de Luta”
7 – “ABCD”
8 – “Flores em Você”
9 – “No Universo dos Seus Olhos”
10 – “Tolices”
11 – “Mudança de Comportamento”
12 – “Rubro Zorro”
13 – “15 Anos”
14 – “O Girassol”
15 – “Eu Quero Sempre Mais”
16 – “O Bom e Velho Rock’n Roll”
17 – “Envelheço na Cidade”
18 – “Núcleo Base”

Bis

1 – “Prisão das Ruas”
2 – “Coração”
3 – “Nas Ruas”

Pronto para o barulho? Bixiga 70 e Curumin em junho em Floripa!

09 de maio de 2014 0
Bixiga 70. Foto Nicole Heiniger, divulgação

Bixiga 70. Foto Nicole Heiniger, divulgação

Depois de arregimentar mais de 1,5 mil pessoas para ver a doçura Céu incendiar a Praia Mole no show Catch a Fire (Bob Marley) no último feriadão, os projetos WhataFunk e Conexão Sul anunciam a próxima cartada para junho: Bixiga 70 e Curumin & The Aipins. O público já está familiarizado com Curumin, multi-instrumentista com bom trânsito pelo Estado, mas o Bixiga 70 é um fato novo por essas pistas. Criada em 2011, essa big band paulista de afrobeat não tardou para ser aclamada como um dos grandes acontecimentos da música nacional.

Seu segundo álbum, que leva o mesmo nome (cuja origem vem do endereço do estúdio onde o grupo nasceu, no número 70 da rua Treze de Maio, Bairro Bixiga), traduz o poderio reverberante do suingue do coletivo nos palcos. Uma união estimulante de metais, percussão e ritmos. Pura lenha!

Curumin & The Aipins

Curumin & The Aipins

A sexta será daquelas: Hurtmold + Skrotes no Jurerê Jazz e Céu na Praia Mole

30 de abril de 2014 0

Hurtmold

A sexta vai ser boa, Zoli. Basta seguir os ouvidos ou o coração e os caminhos podem te levar até a Praia Mole, onde a Céu incendiará a Babilônia no tributo Catch a Fire, no Praia Mole Eco Village. Ou à Célula Showcase, no Bairro João Paulo, a escala do dia do festival Jurerê Jazz, que vai insuflar os sentidos com o arrojo de duas grandes bandas do cenário instrumental brasileiro: a paulista Hurtmold e o trio catarinense Skrotes. A primeira até passou por aqui há dois anos, mas acompanhando o cantor Marcelo Camelo. E vale dar ao sexteto a chance de ouvi-lo na sua essência: um caldo post-rock, com influências do jazz, do punk e dub. A mesma receita rica e psicodélica dos locais Skrotes. Completa esta frente a banda A Babba.

 

Atriz Maria Ribeiro, depois de alguns "nãos", apresenta seu documentário sobre a banda Los Hermanos

14 de abril de 2014 1

O documentário Los Hermanos _ Esse é Só o Começo do Fim da Nossa Vida estreou no final de semana no festival É Tudo Verdade, no Rio de Janeiro. Há a promessa de que entrará em circuito nacional. O filme é dirigido pela atriz Maria Ribeiro, que acompanhou a cultuada banda brasileira durante a turnê de revival em 2012. Isso porque a diretora, fã e viúva declarada do grupo, havia levado dois “nãos” dos integrantes do grupo desde o anúncio do fim dos Los Hermanos em 2007.

Floripa Noise: Um desfecho com muita fúria e barulho na Célula Showcase

11 de abril de 2014 0

O Floripa Noise fecha a conta neste sábado, depois de uma vigorosa temporada de duas semanas e mais de 30 shows. Pode até parecer que todos os cartuchos foram queimados, principalmente nesta semana derradeira, quando o projeto promoveu noites memoráveis com o notável Jards Macalé (terça-feira) e a icônica banda holandesa Focus (quarta), mas encerramento, amanhã, na Célula Showcase está ao ponto de sublimação. Da Argentina virá a banda portenha El Mató a Un Polícia Motorizado (foto). O nome pode soar complexo, mas o anúncio da chegada da patota atiçou os gringos e nativos que residem na Ilha. É uma das mais importantes frentes do rock alternativo argentino, um som que me surpreendeu. E ainda terá mais: a banda pernambucana AMP, a volta da incrível Cassim & Barbária, a joinvilense Somaa e a local Babba. Um desfecho a todo volume e fúria.

Floripa Noise traz veterana banda progressiva Focus e o Lendário Chucrobillyman em quarta-feira delirante

09 de abril de 2014 0

Depois da liturgia tropicalista e anárquica de Jards Macalé, a programação do festival Floripa Noise muda o curso rumo ao rock progressivo. Uma das expoentes do gênero, a banda holandesa Focus, é a atração desta quarta-feira (9/4), no John Bull Pub. O veterano grupo surgiu em 1969 e ainda conta com seu fundador, o flautista Thijs van Leer, no comando da nave.

Meu primeiro contato com o rock progressivo foi com Movie Waves, segundo álbum do grupo, que tem a clássica Ocus Pocus, mas eu não imaginava que os batutas ainda estivem “fritando” na ativa.

 

Se a sua praia não é canções de 20 minutos e solos quase eternos, o Floripa Noise abre apresenta uma frente old school (surf music instrumental e rockabilly) no Taliesyn Rock Bar, com Os Cafonas e O Lendário Chucrobilly Man.

Queens of The Stone Age passará pelo Sul do Brasil em setembro: Por que não em Floripa?

08 de abril de 2014 2
Divulgação

Divulgação

A banda norte-americana Queen of The Stone Age estará no Brasil em setembro e já assegurou pelo menos uma escala no Sul do Brasil: Porto Alegre, no dia 27 daquele mês, no Pepsi On Stage. O anúncio pegou foi feito pelo Twitter do grupo, respondendo a uma pergunta de um fã.

“Vocês voltarão para o Brasil?”

“Claro!”

Simples assim. Depois divulgaram as datas. A primeira escala será em São Paulo, no dia 25 de setembro. Bom, acredito que os acontecimentos recentes (Guns, Paul McCartney) credenciam Florianópolis para receber o QOTSA também _ ou vamos esperar mais 20 anos delay até que os dinossauros de amanhã resolvam conhecer a “periferia do mundo”.

Demanda de público a Capital provou que tem para espetáculos desse gênero. Só falta boa vontade e discernimento para encontrar um local adequado.

O grupo liderado por Josh Homme foi um do destaques do festival Lollapalooza 2013, em  São Paulo. Agora estão correndo o planeta com a turnê do último álbum …Like Clockwork

Duff McKagan substituirá atual baixista na turnê dos Guns N' Roses pela América do Sul

02 de abril de 2014 1
Duff Mckagan volta à compor a frente com o Guns

Duff Mckagan volta à compor a frente com o Guns

Por pouco, o público de Floripa não foi presenteado com um reforço de peso na formação dos Guns N’ Roses. O baixista Duff McKagan, um dos membros da formação original do grupo, vai voltar à banda para uma série de cinco shows da atual turnê pela América do Sul, substituindo o excelente baixista atual, Tommy Stinson, que terá de deixar seu posto até maio para uma reunião com seu antigo grupo, o Replacements. McKagan se junta a Axl Rose para apresentações na Argentina, no Paraguai, na Bolívia, no Recife, no dia 15, e em Fortaleza, no dia 17.

replacements540d2
Se fosse para escolher entre os dois, que me perdoem os gunners, mas eu fico de longe com Tommy. É outro pilar de sustentação desta nova e vigorosa formação dos Guns. Ele faz a direfença e até brindou o público no show de terça-feira com uma versão nervosa de Holiday in the Sun (e não Pretty Vacant, como foi postado anteriormente), dos Sex Pistols. O Replacements, banda que ele fundou em 1979 com o irmão e guitarrista Bob Stinston, é uma das referências do punk e do rock alternativo e a volta anunciada para o festival Coachella é uma das melhores notícias deste ano.

Guns N' Roses: De que lado você está?

26 de março de 2014 16
A formação clássica, que para muitos é a definitiva.

A formação clássica, que para muitos é a definitiva.

A pergunta pode soar ridícula para muitos _ até para mim _, mas cabe um exercício de presunção. Na semana passada o tecladista do Guns Dizzy Reed lançou no ar a provocação ao declarar ao jornal O Globo que a atual formação “é uma das melhores que a banda já teve. (…) Se eu tivesse que votar, diria que é a atual.” Dizzy é, junto com o fundador e vocalista Axl Rose, remanescente da formação clássica da banda responsável pelos último grande trabalhos do grupo: Use Your Illusion I e II (1991). É um tema que divide opiniões entre os fãs e até fere sentimentos. Afinal, ele está comparando com uma falange que tinha o baixista Duff McKagan, o baterista Steven Adler, o guitarrista Izzy Stradlin e o venerado e incomparável Slash. Tanto que a situação hoje é vista da seguenta maneira: o Guns do Axl Rose (atual) e o do Slash (o vigoroso).
A favor deles pesa (e muito!) a histórico dos grandes álbuns de estúdio o Guns: Appetite for Destruction (1987) e G N’ R Lies (1988).

Os atuais "gunners" sempre assombrados pelos fantasmas do passado

Os atuais “gunners” sempre assombrados pelos fantasmas do passado

Sobre a atual formação recai as dúvidas sobre a sua condição de banda de apoio, formada para dar seguimento as pretensões do chefão Axl. Seria mesmo “uma cópia borrada e decadente dos dias de glória dos Guns” como querem crer tantos? É inegável, porém, o empenho da atual frente _ principalmente os guitarristas Richard Fortus e Ron “Blumblefoot” Thal, o baterista Frank Ferrer e o baixista Tommy Stinson _ em conferir relevância ao legado de outros tempos e à história atual do pistoleiros. Os recentes shows da atual turnê evidenciam o carisma e a perícia dos atuais integrantes, o que tem assegurado bons espetáculos.
A questão é que Dizzy deu voto dele e o blog quer subeter a questão ao sufrágio dos internautas. Opine nos comentários.

O antes (1988)

O depois (2012)