Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Flanar

27 de julho de 2011 2

Dificilmente sabemos como gastar o nosso tempo. Ou estamos excessivamente envolvidos em trabalho, num estado de quase inconsciência ou reclamamos de tédio.

A arte costuma ser considerada uma fuga da vida. Mas é exatamente o contrário. É quando estamos imersos nela que alguns núcleos essenciais se revelam. A equação é simples: no cotidiano nos entregamos sonolentamente a um fazer repetitivo. A maioria das relações também não prima pela excelência. É somente quando fazemos esses mergulhos viscerais num livro, num filme, numa peça de teatro ou numa música que recebemos, como um presente dos deuses, algumas revelações que ultrapassam o humano.

Eu preciso dessas abstrações como um passaporte para despertar a criatividade. E, também, para perceber com mais clareza o que estou perdendo por interferir tanto na ordem do mundo. Seríamos bem mais felizes se deixássemos de lado essa nossa pretensão demudar tudo, de dar nova fisionomia ao que já está perfeito.

É por isso que eu adoro flanar. Aliás, a própria palavra já é um convite ao encantamento. Flanar. Sair despreocupadamente pelas ruas, olhando, só olhando. Reservo algumas horas da semana para reconhecer a mim mesmo através desses passeios que não visam a nada. Transformo-me num perdulário, retendo apenas o gosto de viver.

Abraços,   Gil

Comentários (2)

  • Anderson diz: 28 de julho de 2011

    Excelente reflexão.
    Uma das maneiras de se fugir do tédio, daqueles momentos em que a inquietude parece bater a porta, a loucura do trabalho. Parar tudo e sair ao ar livre, respirar, mais especificamente: contemplar. Sim, essa é a palavra. Sem julgamentos.
    Nem sabia que existia uma palavra para isso.

    Valeu

  • Benardete Tieppo Pompermayer diz: 31 de julho de 2011

    Oi Gil
    Acabo de descobrir uma nova palavra cujo significado é tudo de bom e também é o que realmente acredito ser uma bela fuga para a tão abençoada rotina, que muitas vezes se torna pesada……
    Beijos

Envie seu Comentário