Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2009

Um "novo heróico brado"

31 de agosto de 2009 3

Vanusa fritando geral na hora de cantar o Hino Nacional. A cantora teve uma crise de Labirintite e teve que tomar um medicamento que a deixou assim, “chaparrau”! Minha mãe sofre do mesmo problema. Vou dar um confere na “farmácia dela” já! Cosmos? Não precisa…

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Já que o negócio é requentar

31 de agosto de 2009 1

Divulgação
Virou moda, esquentar a chapa para bombar assuntos dados como resolvidos (como o Belchior) e mortos, como o fim do ex-Rolling Stone Brian Jones. A polícia do Condado de Sussex, na Inglaterra, reabrirá as investigações sobre a morte do músico, há 40 anos. Na época Jones, que havia sido expulso da banda que ele fundou, foi encontrado morto na piscina da sua mansão. Segundo o site da BBC, novos documentos chegaram às mãos da polícia inglesa o que levou a uma nova sabujada para atestar se foi ou não um “acidente”. Mas a reportagem não traz mais detalhes… logo…

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Paredão Contracapa

31 de agosto de 2009 0

Então vai o programa do último sábado para ouvir e baixar. Lembrando que, não tardará, começará a nossa dominação estadual! Avisa lá que estamos chegando!

 

Setlist

Molécula Sônica _ Despertos
Os Chefes _ Colírios
Redfones_Casa tá cheia
Projeto Macumba_Malandragem
Bloomy – Outono 
Floripa MCs_Mercenárias
Os Cafonas_I wanna be your Frankenstein
Mochila nas Costas_Mochila nas Costas
Repolho_Benga foi pra Liverpool
Marujo Cogumelo_ Flores e cores
Os Pistoleiros_Canção de Amor
Odes & Sodas_ Só o amor não salva

Clique aqui e ouça a íntegra do Paredão

(Para salvar o arquivo em seu computador, clique com o botão direito e escolha “salvar destino como”)

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Tela quente

31 de agosto de 2009 2

Eu pelo menos reconheço aqui que embarquei numa das maiores esquentadas de assunto que uma emissora protagonizou nos últimos anos. O caso Belchior, que não estava tão sumido assim (o próprio Fantástico reconheceu a participação dele no Programa do Jô, na própria Globo, no ano passado), há dois anos como se fez crer. Na verdade de fato, foi só uma semana, o tempo de garantir uma boa suíte… entretenimento é tudo!

A propósito, os “caridosos” artistas que apelaram pela sua volta ao Brasil, poderiam contribuir convidando-o para um show conjunto ou gravar suas composições. E o público, que ficou “tão comivido” com o “drama” do cantor, que volte a comprar seus CDs…

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Quanto vale um Porco?

31 de agosto de 2009 2

Muito! Pelo menos no que diz respeito ao cinema. Espírito de Porco, documentário de Chico Faganelo e Dauro Veras levou o primeiro (aposto eu de muitos) prêmio pela sua importância. Foi na primeira Mostra Internacional de Cinema pelos Direitos dos Animais, no final de semana em Curitiba. Vejam só a mensagem da dupla:

 

Espírito de Porco, documentário dirigido por Chico Faganello e Dauro Veras, foi eleito pelo júri popular o melhor filme da 1a. Mostra Internacional de Cinema pelos Direitos dos Animais, realizada nos dias 29 e 30 de agosto em Curitiba. O média-metragem de 52 minutos aborda o impacto da suinocultura industrial no meio ambiente e no bem-estar animal a partir de um ponto de vista inusitado: a história é narrada por um porco.

“Ficamos honrados com a preferência do público e satisfeitos de contribuir para o debate de questões tão importantes”, diz Dauro Veras. Ele compartilha o prêmio – a estatueta Oscow, criada pelo artista plástico Carlos Tullio – com a equipe de 20 pessoas que produziu o filme ao longo de três anos, do início das pesquisas até sua finalização em 2009. “Constatamos que o porco dialoga com todo tipo de público através da ironia e da analogia com o ser humano”, comenta o cineasta Chico Faganello.

Menções honrosas

Entre os participantes nacionais, recebeu menção honrosa na Mostra Animal o documentário cearense Atave – Avicultura Escancarada, dirigido por Guilherme Carvalho, que mostra a crueldade na indústria da carne. Também ganhou menção honrosa o documentário holandês Uma verdade mais que inconveniente (Meat the Truth), apresentado pela líder do Partido pelos Animais, Marianne Thieme, e produzido pela Nicolaas G. Pierson Foundation. O média-metragem demonstra que a pecuária gera mais emissões de gases do efeito estufa do que todos os meios de transporte.

A Mostra Animal surgiu por iniciativa da Sociedade Vegetariana Brasileira em Curitiba e deve se tornar parte do calendário cultural da capital paranaense. “Nossa intenção vai muito além de falar sobre vegetarianismo”, diz Bianca Dantas, empreendedora do projeto. “A proposta é debater os impactos da intervenção humana sobre o meio ambiente, possíveis soluções para a sustentabilidade e respeito aos seres vivos. O vegetarianismo é uma consequência dessa reflexão”.

Próximas mostras

Espírito de Porco foi produzido com um prêmio de R$ 60 mil do edital de apoio à produção da Cinemateca Catarinense / Fundação Catarinense de Cultura. Em junho foi selecionado entre 556 obras de 51 países para exibição no XI Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, realizado na cidade de Goiás (GO). Renato Turnes, que faz a voz do porco-protagonista, recentemente ganhou o prêmio de melhor ator na edição 2009 do FAM – Florianópolis Audiovisual Mercosul (com o filme Ângelo, o coveiro).

O filme estreou em julho em Seara (Oeste de SC), onde foi filmado em sua maior parte. No dia 26 de setembro, participa da 1ª. Mostra de Documentários de Chapecó e região (SC). Já tem participação confirmada na 7ª edição do Fest Cineamazônia, de 9 a 14 de novembro em Porto Velho, Rondônia. Os diretores estão trabalhando para exibi-lo em breve em Florianópolis e distribuí-lo em DVD até o fim do ano.

Mais informações (projeto, fotos, trailer etc.): www.faganello.com

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Um fim de tarde imperdível

28 de agosto de 2009 0


O happy hour da sexta é no Estúdio De Luxe (Rua General Bittencourt, Centro), a partir das 19h para curtir o encontro entre dois projetos que merecem a nossa atenção pelo aguçado bom gosto sonoro: Molécula Sônica e Somato. Duas boas frentes que reúne um casta bacana de artistas/músicos da Ilha. Boa pedida para começar a pensar nas armações do findi que chegou.

Clique aqui e ouça Despertos

(Para salvar o arquivo em seu computador, clique com o botão direito e escolha “salvar destino como”)

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Santa Presença

28 de agosto de 2009 1

Aqueles que atravessaram

De olhos retos, para o

outro reino da morte

Nos recordam _ se o fazem

_ não como violentas

Almas danadas, mas apenas

Como os homens ocos

Os homens empalhados.

Trecho do poema Os Homens Ocos, de T.S.Eliot

 

Passados 14 dias percorrendo à margem o Vale da Morte, Lama Tosh recobrou a consciência, ou seria a ciência, levantou do leito e deixou (precisamente fugiu) sem pestanejar o setor de isolamento do Heart of Chelsea Animal Hospital, em Nova York. Em contato logo cedo com a coluna, o monge grunge mandou suas bênçãos em agradecimento à corrente positiva dos leitores da Contracapa. Sobre a experiência de quase morte ele recorda que “cauterizei as frieiras dos pés no mar de enxofre do Inferno, consolei as `sete virgens` no Paraíso (não há `martir-bomba` que dê conta!) até que um camarada de voz grave, sotaque cearense, que muito me lembrou alguém com aquele bigode e sobrancelhas grossas, cantou em meus ouvidos: `te levanta e vai na frente, que eu não vou não`”. Como não tem seguro saúde, o ladino monge quinta marcha deixou sorrateiramente o hospital e a conta de módicos US$ 150 mil em despesas (incluindo aí a assinatura do Sexy Hot e Globo Internacional), mas trouxe consigo a receita prescrita pela junta médica recomendando o tratamento para a sua desintoxicação definitiva (ele foi diagnosticado com infeção generalizada causada por bacilos idiotis presentes em achocolatado): vai plantar hidropônicos na Argentina, capisci?

Por isso a festa da Contracapa, no dia 26 de setembro será a celebração da vida sobre a morte. A cura de todas os males, de todas as festas. Lama Tosh, agora renascido e se proclamando Santo Padroeiro do Dubwise, se fará presente para dar a sua benção e lançar a campanha mundial “Toddynho, Nem Pensar!”.

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Falcatrue & Zuleika neste sábado

28 de agosto de 2009 0

Paulão tá se superando nas sacadas das festas! E estamos juntos no balacobaco deste sábado no Blues Velvet.

MAYONNAISE

|| vem bater os ovos no vinagre

avec:

|| ESPÍNDOLA & TOMATE [falcatrue]

|| PAULERA

 

HORÁRIO: 22H

ENTRADA: R$ 10,00

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

O bolo fica para depois!

28 de agosto de 2009 2


Mas não poderíamos deixar passar em branco o fato de que hoje, 28 de agosto, celebramos (embora muitos lamentem) três anos de coluna Contracapa. A ideia de um “blog impresso” rendeu, transcendeu os limites do jornal, foi para a rede (este blog) e chegou também na latinha (Paredão Contracapa na Atlântida).

Ontem ainda encontrei o Gastão Moreira na Célula e me veio a saudosa lembrança da época em que eu preparava a primeira edição da Contra, a que estreou numa segunda-feira do ano de 2006 do Nosso Senhor. Gastão foi o primeiro destaque, por ocasião do brilhante documentário Botinada _ Os 30 anos do Punk no Brasil, que ele dirigiu e produziu. Foi literalmente um pé na porta! Gastão é um grande padrinho, assim como o Dorva Rezende, editor do Variedades, a quem até hoje dispenso uma devoção canina por me proporcionar a maior realização da minha vida profissional.

Celebrar a data é um ato de renovação no princípio que sempre norteou o a jornada da Contracapa desde o seu primeiro número: uma trincheira a ser ocupada por quem quer que seja, que tenha o propósito com as artes, com a vida cultural, com o fazer artístico neste estado. É abrir caminhos para a nova troca de guarda, promovendo os cenários, os novos artistas, a nova ordem que a miopia da velha escola tenta de todas as formas esconder, ou ignorar.

Mas vocês, que são a Contracapa, estão certos de que essa lestada de três anos de alguma forma seguirá na tentativa de dissipar a névoa da mesmice. Em três anos eu conheci um novo Estado, uma nova cidade, uma nova vanguarda. Um espelho, para que todos se revelem. A “sala” sempre continuará aberta, a qualquer um, a qualquer momento, até porque joguei as chaves fora!

Na próxima semana daremos início aos trabalhos para a celebração de mais um ano da Contracapa.

Na sexta, dia 4, teremos a ilustre presença do jornalista, blogueiro e agitador da rede e editor do Caderno Link do Estadão, Alexandre Matias, para uma edição especial do Lero-Lero musical na Saraiva do Shopping Iguatemi. Completam o time de debatedores Jean Mafra, que tratará do Fórum Música para Baixar, e Guilherme Zimmer (SC Conectada). Depois, a segunda parte do encontro será festiva, dançante, libertina com uma discotecagem especial do Matias e Kalatalo (projeto Gente Bonita Clima de Paquera) ao lado do Falcatrue & Isaac Varzim no sempre aconchegante inferninho da Chik (no Centro).

Este encontro do dia 4 será um warm-up para a festa da Contracapa, dia 26, na Célula. Na sexta conheceremos também as atrações da festa, principalmente a aguardada ressurreição do ano! Não tô falando do Lama Tosh… Aguardem!

Abaixo, só para atiçar um bom momento da festa de 2 anos! E podem chorar…

 

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share

Takai, A Perseverante!

28 de agosto de 2009 31

Carlos Kilian, Divulgação

Fernanda Takai poderia ser canonizada em vida. Por muito menos, muito coxinha aspirante a artista sequer pisaria no palco da Célula diante da fuzarca no sistema de som, que atrasou o show em quase uma hora e fez a cantora mineira transformar o seu pocket show num standard de quase uma hora e meia. Ela perseverou e colocou a bruxa que estava solta no palco largando “traques” insistentemente literalmente “no bolso”. Eu já a admirava e depois de ontem, passei a idolatra-la diante do seu jogo de cintura e capacidade de perseverar. Aquele estalos ruidosos conferiram uma atmosfera um pouco tensa, principalmente entre o público, que se revelava visivelmente incomodado pela situação, constrangido diante da “forma” com o qual a ilustre visitante foi recebida.

Mas Takai perseverou, comemorou o aniversário (celebrado dia 25), divertiu e “alugou” enquanto tentava-se solucionar a estridente zica. Um amigo jornalista sabiamente sugeriu que o trio (Fernanda, o marido e guitarrista John e o baixista Thiago) descesse do palco, sacasse as violas e promovesse um barulho literalmente “desplugado”. Com certeza uma boa saída, uma pena que não tenha chegado aos ouvidos dela. De alguma forma até que pareceiam mesmo deplugados dos problemas. Quando a esbórnia no som do palco foi resolvida, já haviam se passado os 45 minutos da proposta original do show. Lembram do caso da Macy

Gray? Ela surtou feio porque havia esquecido a “escova de dentes” em São Paulo quando desembarcou em Floripa. O que diria ela se ao subir no camarim encontrasse a sua única garrafa de vinho vazia? Pois Fernanda ainda contabilizou mais essa. E tirou de letra. Do alto do palco sugeriu uma campanha para livrar a Amy Winehouse do alcoolismo.

_ Se cada pessoa beber um golinho (de vinho) deixará menos para a nossa colega.

Como bem observou a jornalista Márcia Feijó, a mineirinha fez uma boa limonada. Doce e refrescante, daquela que parece levar a alma quando desce pela garganta seca. Quando as coisas pareciam perdidas eis que a corrente vira, criando um novo momento no show, aí sim com artistas e públicos aliviados e propensos à desforra. E foi, Fernanda emendou uma nova saraivada de músicas, contemplando todo o CD Luz Negra, fruto deste show. Houve até quem subisse ao palco para dividir um dueto em Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos. Pagamos menos da metade do que nossos vizinhos gaúchos pagarão para vê-la hoje. Como diria uma tia minhã “é ter mais sorte do que juízo”. Sorte de termos a Fernanda, que no final prometeu voltar em novembro desta vez com o show completo (banda, cenário, iluminação). E podem esperar que ela virá. Aliás, temos obrigação de esperá-la e compensá-la devidamente pela grande lição de paciência, profissionalismo, respeito ao público e desprendimento.

Abaixo vai o vídeo do show de ontem que o Marcio Boechat postou no Youtube. Uma boa versão de Rehab.

Postado por Marcos, Floripa

Bookmark and Share