Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Análises profundas: estamos em falta

14 de agosto de 2008 69

Alguns leitores, fãs do Batman, ficaram de cara com minha “análise”. Mas que análise? Eu lá sou algum Rubens Ewald? Fiz apenas um comentário rápido dizendo que não caí totalmente de amores pelo filme. A bilheteria vai pro brejo por causa disso? Sempre gostei do Batman e gosto de filmes de ação (aliás, adorei o último Homem-Aranha, o que isso muda?) As pessoas podem ter opiniões divergentes umas das outras e é justo que defendam seus pontos de vista, mas ninguém precisa ser desagradável só porque não encontrou o que procurava.  

*

Cada um escolhe o que fazer do seu blog, é o espaço mais democrático que existe. Eu, como já tenho três colunas semanais em jornal, apareço aqui apenas para dar um alô, fazer comentários, dar umas dicas para quem curte meu trabalho, tudo muito informal, como se fosse um e-mail, sem nenhum rigor com o texto ou compromisso com a atualidade dos assuntos. É puro bate-papo, como já deu pra sacar. Sorte que o que mais dá em árvore no Brasil é colunista - e os caras são bons demais, tem uns que arrebentam, entendem do riscado, sabem tudo. Ave! Todos nós temos escolha.

*

Anyway, valeu pela puxada de orelha: é Coringa em vez de Curinga (três pai-nosso de penitência) e o bombom é Ouro Branco (uma ave-maria resolve). 

*

Roberto, vou assistir ao Homem de Ferro. Já ouvi falar superbem do filme, e gosto demais do Robert Downey Jr. Valeu a dica! 

*

Reprisando: sábado que vem, às 16h, estarei na Bienal de São Paulo, no Anhembi, lançando minha nova coletânea de crônicas, Doidas e Santas. A capa ficou um barato. Não será um lançamento oficial nem cerimonioso, nada disso, apenas um aquecimento: estarei por ali, no estande da editora L&PM, para quem estiver a fim de um papo, de uma dedicatória, de uma foto… Se puder, apareça. 

*

Beijos!!

 

 

 

 

 

 

Postado por Martha Medeiros

Comentários (69)

  • Rogério Teixeira Brodbeck diz: 15 de agosto de 2008

    Martha, gostei do teu desabafo. Como tu – claro que sem a mesma elegância e capacidade tuas – tenho um modesto blog. Hoje recebi três esculachos, com ofensas pessoais. Não publiquei, não vou proporcionar espaço para pessoas deseducadas me ofenderem em meus dom ínios…Abraço e continua assim, nossas divergências são no plano das (algumas) idéias, não pessoais.

  • Magda Cascardo diz: 15 de agosto de 2008

    Oi,Martha! MAS QUE GENTE CHAAAAATTTTAAAA!!! Tem gente que só existe para criticar os outros! Um blog é algo super pessoal. Você é que sabe o que escrever, na hora que quiser e sobre o que bem entender e ninguém tem nada a ver com isso. Em todos os lugares têm esses chatos de plantão, Afe Maria! Não concordou, tudo bem, é um direito de cada um, mas chegar ao ponto da grosseria e da falta de educação é um pouco demais pra mim! Muitos beijos e ótimo final de semana! Até domingo no Globo.rs* rs*

  • Cássia diz: 15 de agosto de 2008

    Martinha,adoro seu blog e amo tudo que vc escreve, as vezes parece que vc sabe o que a gente quer ler, é fantástico….
    Um grande bj…Boa viajem!!!!!

  • Isabela diz: 15 de agosto de 2008

    Martha, estarei nesse horário na Bienal com dois de seus livros para dedicatória e foto!!! obrigada
    Isabela

  • Bia diz: 17 de agosto de 2008

    Martha, muito obrigada pela sua dedicatoria nos exemplares do seu novo livro “Doidas e Santas”, principalmente pela dedicatoria que fez para minha mae. Foi muio legal te conhecer pessoalmente na Bienal. Ja comecamos a ler nossos livros, e estamos gostando muito! Acompanho voce desde “euteamo.com” da Leticia e do Marcelo. Seu prefacio de madrinha e o livro sao lindos! Superbeijo,

  • Ana Luisa diz: 16 de agosto de 2008

    Martha, uma pessoa que usa um psuedônimo e não se identifica ao fazer um post, não podemos levar a sério. Acho que tem gente que já tem acesso `físico` à Internet mas ainda não sabe a diferença de um blog pessoal para uma coluna, comentário em veículo tradicional. Uma pena. Mas quem está na chuva é para se molhar né ? Abraço

  • Roberto Schultz diz: 18 de agosto de 2008

    Pois é, Martha. Ainda o Batman. Finalmente assisti, neste final de semana, confesso que por falta de opções. Minha filha já havia assistido e foi assistir outro filme no shopping. Fui ao Batman, que estava no cinema ao lado. Bom? Sim, bom, especialmente o Coringa. Requintes de Jack Nicholson, sem dúvida.Efeitos. Ação. Só que “excesso de climax” para o meu gosto. Muitos chavões.Homem com a bomba;familia do policial sequestrada; mocinho que vira bandido.Do meio para o fim fiquei impaciente.

  • Alemão diz: 14 de agosto de 2008

    Eu e a minha Gringa temos acompanhado discretamente as colunas, os textos, e as opiniões da Martha, de uma forma interessada ao ponto de alertar um ao outro quando acha um texto novo e no qual se encaixa um assunto que nos é afim. De pronto fica a idéia de como deve ser bom um bate-papo com alguém descolado e inteligente como a Martha, que tem sensações e pensamentos semelhantes aos nossos. Um papo regado a uma taça de vinho, seria algo memorável. Parabéns à Martha, acompanhamos com prazer.

  • Andrea Santos diz: 16 de agosto de 2008

    Martha…adoro sua autenticidade, e a forma transparente com que encara qualquer situação, sou admiradora do teu trabalho e da tua pessoa. Sou uma gaúcha em Brasília, mas que acompanha de perto tudo que vc faz. Parabéns! Se conhecer meu blog, será um prazer, não é famoso como o seu, mas tem muito de mim!!!
    Bjão

  • Juliana diz: 15 de agosto de 2008

    Eu aqui outra vez,para discordar de alguns leitores daqui do blog…Sinceramente não acho que a Martha tenha mudado porque apareceu na GNT ou na Caras,nada a ver…
    Só não acho correto que ela deva concordar com tudo que se diga aqui,a livre escolha é válida para todos,principalmente p ela que é a dona do blog…quem não estiver satisfeito com o que se diga aqui ou em qualquer outro veiculo da escrita,poderia deixar de visitá-la,seria um grande favor…
    Bjos Martha,adoro vc!!

  • Cami diz: 14 de agosto de 2008

    Oh, não… os críticos de plantão chegaram aos blogs? O único espaço que eu julguei realmente – e finalmente – livre????

    Bem, qualquer coisa que expomos está sujeita à crítica… acho que hoje em dia até as mães dão uma criticadinha nos trabalhinhos outrora sempre perfeitos dos filhos… mas, por favor, tem limite. Sugiro alguma outra ocupação na vida, como por exemplo… criar um blog.

  • Rafael Terra diz: 14 de agosto de 2008

    A crítica é um direito assegurado, ma stem gente que exagera =/

  • Douglas de Almeida Silveira diz: 15 de agosto de 2008

    Martha se vc gosta do Robert Downey assiste Charlie Bartlett é sensacional! Acho q naum chegou no Brasil ainda mas vc pode conferir o trailer no youtube!! (tem a Hope Davis que eu adoro e o Anton Yelchin, o carinha do Alpha Dog) quando chegar não perca é sensacional.
    Sempre quis te dar uma dicas de filmes e livros, acho que é meio que uma forma de agradecer às tantas e excelentes dicas que vc vem nos dando ao longo dos anos. Até hj tenho vontade de ler o Glamorama do Bret Easton Ellis hehe bjaum

  • Luiza Cavalheri diz: 15 de agosto de 2008

    Vc abstrai? Ta dando pra perceber…

  • Daniel Reis diz: 14 de agosto de 2008

    É isso aí Martha..temos nossas opiniões que merecem ser respeitadas.Eu por exemplo,nem me levantei da cadeira pra ver o Batmam.Quero mesmo é assistir ao novo filme de Helvécio Ratton “Pequenas Histórias” que mostra as lendas do Brasil,histórias que passaram de geração em geração…e aí vão me gongar porque eu não dou a mínima para o Homem Morcego???

    beijos mineiros Martha

  • Mariana diz: 14 de agosto de 2008

    Oi Martha! Estava passeando pelo orkut, vi uma comunidade em sua homenagem, achei um tópico que reunia alguns dos seus textos e quando vi… estava há uma hora e meia me divertindo com a leitura! Seus textos têm um “Q” que não dá pra descrever: prazeroso, informativo, uma fonte de dicas e conselhos subentendidos (ou explícitos mesmo) sobre a vida.
    Clap, clap, clap! Palmas pra você!
    Beijocas,
    Mari.

  • Fê diz: 14 de agosto de 2008

    Não sei qual é problema da crítica. Estamos sempre sendo criticados como elogiados também, é parte do vida.Como daria opinião sobre futebol se não gosto de futebol, por exemplo. Talvez algum exagero, mas nada 8 ou 80. A Marta deu uma opinião de alguém que não conhece o personagem dos quadrinhos.Muito mais pessoas gostaram e se sentiram incomodadas com o seu comentário.Na sua posição pública deveria entender, poir forma opinião e nem sempre é igual ao da maioria.Louvável o espaço para descordar.

  • Leandro diz: 15 de agosto de 2008

    As opiniões contrárias devem existir justamente para pensarmos mais a fundo sobre o tema, mas de maneira sutil e sem tomar como verdade absoluta. Críticas negativas, dependendo da forma como são ditas, não podem ser interpretadas como “crítica”, mas como pura grosseria e sem qualquer respaldo de seriedade. Grande garota, continue sendo da maneira que és. Bj

  • Ligia Carvalho diz: 16 de agosto de 2008

    Olá, não sei se você, Martha, vai ler os comentários, mas foi a forma que achei para agradecer a atenção que você me deu na Bienal em São Paulo, hoje dia 16. Você vai lembrar eu acho, eu sou a fã que te deu vários livros pra autografar rs.Muito Obrigada.Beijos.

  • Marcos A. da Luz diz: 14 de agosto de 2008

    O problema eh que muitas pessoas nao conseguem defender seu ponto de vista sem partir pra grosseria pro esculacho.
    Gosto quando vejo opinioes contrarias a minha.Assim tenho como ver as coisas de um outro angulo.
    A troca de ideias sadias eh a melhor maneira da gente se conhecer e conhecer o outro.

  • Nívea Marco diz: 15 de agosto de 2008

    Martha, sou uma fã sua e gosto muito dos seus textos. Porém, gostaria de saber como posso encontrar as suas colunas semanais na internet, já que eu não tenho acesso aos jornais que vc escreve. Aliás, quais são eles?

    Bom, finalizando, eu adorei Batman, mas amei Homem de Ferro!! Robert Downey Jr. está fantástico no filme e o personagem é a cara dele!!

    É isso, beijos e bom final de semana!!

  • Ana Maria diz: 16 de agosto de 2008

    Não somos iguais. Como já dizia o dramaturgo Nelson Rodrigues :” toda unanimidade é burra ” , portanto querer que as pessoas pensem e se comportem da mesma forma é negar a própria realidade humana, já que temos histórias e necessidades singulares. Por mais próximos que sejamos, sempre haverá a diferença de entendimento. Nessa hora, vale o respeito e a tolerância !
    Cada um na sua… viva a diferença!!!!

    um grande abraço Martha e PARABÉNS mais uma vez !

  • Carla diz: 14 de agosto de 2008

    Puxa Martha, se eu morasse em São Paulo, iria ser presença confirmada.
    Torço para que vc venha na Bienal do Rio… Se vier, estarei lá !
    Um beijo, boa sorte no sábado.

  • Vitor Hugo Rinter Júnior diz: 14 de agosto de 2008

    Martha:
    Após ter lido tua opinião, impressão, análise ou seja lá o que for sobre o filme “Sex and The City”, iniciei a leitura do blog sobre o Batman com a expectativa de encontrar um texto com abordagem semelhante, haja visto que sou seu fã e adoro suas crônicas. Talvez por esta expectativa é que me decepcionei com a “superficialidade da tua análise”. Mas tens todo o direito de não gostar do filme e de não querer pipoca no cinema. Só espero que eu possa discordar. Abraço.

  • Aline de Moura Inveninato diz: 14 de agosto de 2008

    Martha, não encontrei e-mail seu no blog, então estou postando esse comentário apenas para perguntar se existe a possibilidade de o leitor de comunicar com vc sem ser por aqui. Gostaria de sugerir um tema para sua coluna ou apenas compartilhar um drama da vida cotidiana com alguém que sabe compreender as lutas diárias da mulher moderna. Por favor, se houver um e-mail através do qual eu possa falar melhor do assunto, enviem p/ o meu e-mail. Obrigada!

  • Luciane diz: 15 de agosto de 2008

    Olá Martha !!! Eu de novo !!! rsrsrs Sabe que ontem eu estava vendo um seriado na Nickelodeon com meu filho (ele ama!!!) e era sobre um artista que foi criticado por seu ídolo (também artista) e perdeu a motivação para as artes. No final descobrem que o cara fez as críticas negativas por pura inveja, pois não conseguia criar coisas tão lindas !!! Claro que não é o seu caso, mas é uma lição, né??? Abraço, continue assim, que você é ótima !!!

  • sabrina diz: 14 de agosto de 2008

    Adoro a tua coluna na Zero Hora e estou começando a acessar o teu Blog agora, acho muito legal a forma que tu escreve e desprezo críticas vazias e desnecessárias.
    Não ligue para alguns leitores, as pessoas não perdoam, parece inveja, querem mostrar conteúdo e conhecimento, mas mostram despreparo. Tu és ótima.

  • Rodrigo: Caro(a) Jully Fernandes diz: 14 de agosto de 2008

    “Infelizmente boa educação não se aprende em HQ”. Comentario infeliz esse. Eu sou um leitor de HQs e sei muito bem apelar para o dialogo, tanto que não usei da grosseria pra defender o filme no post anterior. Ja vi varios de vcs, amante de livros, usarem da grosseria para se defender. Pessoas groseiras exixtem em todos os meios. E respeito a opnião de quem não gostou do filme. O filme é para quem gosta de um filme de AÇÃO POLICIAl bem feito, e não só para leitores de HQs. Parbens pela resp Marta

  • malu diz: 14 de agosto de 2008

    Oi Martha!!!

    Gostaria de saber se você estará autografando seu livro saído do forno na feira do livro de Porto Alegre em outubro/novembro! Prometi para as minhas tias uma visita e aproveitarei a feira do livro!!!!
    Beijos e obrigada…
    Maria Lúcia

  • Nathália Hecz diz: 14 de agosto de 2008

    Pooxa! Como pode que ainda tenha gente que não tenha entendido o que se faz num blog e até mesmo em colunas de jornais?! Ai, ai! Mas tu já respondeste, né?! E em ótimo nível! Martha! Acabo de ver a capa de Doidas e Santas… Muito legal! Adorei mesmo! Só esperando chegar a Feira do Livro para ter meu livro autografado e minha fotinho! ha ha! Beijão!

  • Nidia Silvera diz: 15 de agosto de 2008

    Estou desenvolvendo um projeto e gostaria de incluir um livro seu. Aguardo seu contato.

  • Ana Paula Zorzi Mariani diz: 17 de agosto de 2008

    Olá Martha! É minha primeira vez num blog, nunca envie nenhum comentário antes.(Tô um pouco tímida). Gosto muito demais do que tu escreve, e, se você quiser uma dica de filme, assista a Massai Branca. Uma amiga me indicou e achei bem interessante.
    Beijão, obrigada pelo espaço.
    Ana Paula

  • Regis diz: 14 de agosto de 2008

    Ô Martha, não esquenta com esse povo! Tem muita gente amarga por aí…Afinal, o que interessa se é Coringa ou Curinga?!! A internet é um extrato da sociedade, tem tudo que é tipo de gente…Abraço e parabéns pelo Blog!!

  • Daniella diz: 14 de agosto de 2008

    Cada um tem seu gosto..isso é verdade…mas falar que esse Batman é +ou- isso é comentário de gente chata!!

  • Léia diz: 15 de agosto de 2008

    Oh, Martha!
    Quanta ignorância dessas pessoas! Pobres coitados! É apenas uma questão de gosto, afinal, o que seria do amarelo se todos gostassem apenas do verde? tststs.
    Quanto ao “coringa ou curinga”, isso é mesmo necessário? O importante é o conteúdo que se escreve e se faz entender, não é um erro cabeludo de portugês.
    Estarei na Bienal neste sábado te esperando com meu livrinho em uma mão e a câmara na outra, um sorriso bem grande no rosto.
    Boa sorte e sucesso nas vendas.

  • Daniela diz: 15 de agosto de 2008

    Oi Martha!
    Estive lendo alguns comentários que o pessoal deixou no blog por conta da tua opinião sobre o Batman. Bom, não vi o filme ainda, mas adoro filmes de ação tanto quanto comédia romântica. O que não entendi bem foi o motivo de tanta indignação de alguns só porque tu não destes um oscar para o filme. Cada um gosta do que quer e diz o que quer, desde que não magoe ou ofenda ninguém. As vezes amo o que tu escreves e outras vezes nem tanto, nem por isso te acho chata ou obsoleta. Penso que

  • Rafael Gonçalves Seara diz: 14 de agosto de 2008

    Boa resposta. Mas como eu li tu disseste que filme de ação não é o teu preferido bom mas tudo bem!Apesar de ter um dos que criticou a tua coluna porém de forma civilizada devo tirar o chapeu para tua reposta.Mas Marta vale a pena lembrar que o espaço como tu mesmo diz é democrático e estas consciente que irá receber críticas variadas pois é direito de todo o leitor.Nem sempre reberá elogios ou criticas construtivas mas uma profissional do teu porte deves saber disso.

  • Márcia diz: 15 de agosto de 2008

    Oi Martha,lendo o blog postado dia 14 me fez entrar para conferir todos os comentários do dia 12.As pessoas tem direito de colocar suas criticas tbém,mas como eu faço parte dos seus fãs,me entristece muito ler comentários tipo esses.Uma coisa eu concluo com tudo isso.São pessoas que entram em blogs despreparados para deixarem a arte penetrar em seus corações.ninguém pensa igual ao outro,mas nesse caso vc está para nós uma informante da arte,vc é uma artista,nós meros expectadores.Estamos

  • Mila Muniz diz: 15 de agosto de 2008

    Sabe o que parece?
    Que vc não gosta de criticas. Vc ta sempre se fazendo de a Inteligente. Isso tudo por conta dos varios elogios que recebe. Vc ja foi muito melhor em suas crônicas,ja foi mais humana,ja foi mais educada com seus leitores,ja foi mais gente como a gente.Basta sair na Caras,ter varias colunas,ter blog que entra numa de “passo aqui quando puder e quiser” Pra que isso? Chamaram de análise sim e daí? agora vc vem com esse papo de simples comentario. Vc se irrita muito com a gente.

  • Coringa ou Curinga? diz: 14 de agosto de 2008

    Segundo o Aurélio:

    CORINGA

    S. f.
    1. Pequena vela triangular, us. à proa das canoas de embono.
    2. Vela quadrangular pequena, que se usa à proa das barcaças.
    S. m.
    3. Moço de barcaça.
    4. Pessoa feia e raquítica.

    CURINGA
    1. Carta de baralho, que, em certos jogos, muda de valor segundo a combinação que o parceiro tem em mão.
    (…)
    4. Bras. Fut. Jogador que joga em muitas posições e, por isso, pode substituir qualquer companheiro.

  • Jully Fernandes diz: 14 de agosto de 2008

    Oi Martha.
    Sempre leio teus posts no blog e gosto muito do que escreves. Hj fui ler os comentários a respeito do post anterior, sobre o Batman. Eu, particularmente, não gosto de Batman e afins. Mas fico até pasma com a grosseria com que algumas pessoas criticam. É duro ver tem gente que não entende o que siginifica liberdade – de expressão, de gosto, seja lá o que for. Infelizmente boa educação não se aprende em HQ. Sobre o novo livro, devo confessar que estou esperando ansiosa. Boa sorte. Beijo

  • Carlos Santos diz: 14 de agosto de 2008

    Não da bola Marta. O Zeca Camargo em seu blog foi dar a sua opinião sobre o filme do Batman e também levou cacetada de tudo quanto foi lado. O pessoal não entende que podemos discordar umas das outras. Eu gostei do filme mas respeito a sua opinião.Mas assiste o Homem de Ferro. Downey Jr. e a trilha sonora matam a pau!!!
    Grande abraço.

  • Thiago diz: 15 de agosto de 2008

    Concordo. A Martha já conseguiu ser mais proxima de seus leitores.Parece que depois que saiu na Caras mudou em tudo.Engraçado isso.Como pode a pessoa se dar uma importância maior do que possui?Que ela é ótima,isso muitos sabem,mas que ela odeia ser criticada,isso ta ficando claro aqui no Blog.Pq a mudança????

  • Sonia Campello diz: 15 de agosto de 2008

    Pq não aceita as criticas?
    Vc ja parou pra pensar no tanto que vc é grossa com seus leitores? Se estamos aqui é pq adoramos vc,Martha.Desculpa,mas vc ta diferente mesmo.Algo da GLOBO mudou em vc. Lamentavel!

  • elisa MARCELLI diz: 14 de agosto de 2008

    Oi Marta, leio as tuas colunas ha anos, hoje recebí muito bonito aquele “MUERE LENTAMENTE” traduzido ao espanhol (estou na Argentina ) e escrito pelo…NERUDA…faz anos divulguei uma coluna sua achando que era de outro…daí fui mais prudente…hoje sentí que reparei o erro. UM ABRACO (nao sei fazer a cedilha no meu teclado), e continua escrevendo as tuas colunas…

  • Daniela diz: 15 de agosto de 2008

    comentários desagradáveis são dispensáveis ainda que vivamos numa sociedade democrática e pouco importa se é coringa, curinga ou se a voz do Batman é rouca ou não. Tem gente que é muito mal educada mesmo. Beijos.

  • karina duarte diz: 15 de agosto de 2008

    como já dizia o nosso querido e companheiro dicionario brasileiro:

    CURINGA: s. m.,
    Brasil,
    nome que tem no jogo do pocker a carta que muda de valor, segundo a combinação de cartas que o parceiro tem na mão;
    o dois de paus no jogo do sete-e-meio.

    martha! maravilhosa, continue sempre assim.
    ps.: adoreeeeeeei o filme. porém muito estenso! fiquei mais de 1h segurando o xixi (risos) beeeijos

  • rodrigo diz: 14 de agosto de 2008

    isso ae Martha. pior q não sei o q fazem nesse blogs os que só vem pra encher o saco e criticar. se não gostam, pq lêem? deixa a mulher escrever o que quer, saco de gente. continua escrevendo assim q tá legal, pq tu tem público. pior q quem meteu o pau no outro post vai continuar lendo.

  • paulinha diz: 14 de agosto de 2008

    Boa resposta Martha!Realmente é impressionante a quantidade de pessoas que são grosseiras nos comentários dos blogs.Gente totalmente sem noção.O consolo pra vc, se é que serve, é que o David Coimbra tá passando por uma inquisição bem pior que sua, queimado na fogueira da intolerância e do obscurantismo, desde que ousou fazer o uso de uma linguagem um pouco mais sofisticada e metafórica para falar sobre o sentimento de raiva e ousou utilizar animais no texto!Se bem que morcego tbm é bicho,né?!?

  • Keila diz: 15 de agosto de 2008

    Pensei em te perguntar se vc viria para a Bienal…darei um jeito de ir no sábado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POXA FIQUEI MUITO FELIZ…

  • Mariana diz: 15 de agosto de 2008

    Oi, Martha!! Infelizmente ainda não pude comparecer a nenhum evento, como o lançamento da sua coletânea, para te conhecer pessoalmete. Espero ter uma oportunidade dessas nas próximas viagens para poa ou sp.
    Esse trecho surgiu em uma comunidade do Orkut como sendo de sua autoria: “Não fale, não conte detalhes, não satisfaça a curiosidade alheia. A imaginação dos outros já é difamatória que chegue.” Não lembro de ter lido antes em nenhum lugar. Gostaria de saber se é seu mesmo.
    Abraços!!!

  • Renata Gurgel Linhares diz: 15 de agosto de 2008

    Tudo bem que gostamos da Martha,eu mesmo adoro ela.Mas tenho que admitir que suas cronicas ja foram menos comerciais,mais humanizadas.Ela falava do cotidiano como poucos,falava dasdores e amores,falava com a alma.Merece sim varios elogios mas deve saber receber bem as criticas e não querer passar a imagem de que foi mal interpretada,deixando que todos achem que o leitor foi rude com ela.Assim nem parece a Martha Medeiros.Receba as criticas numa boa.Vc ja foi melhor e isso é fato.

  • Laura diz: 15 de agosto de 2008

    Oi, Martha!
    Não liga para esses malas que só fazem criticar. Os chatos de plantão estão em todo lugar, sempre a postos para pôr um defeito em qualquer coisa que virem pela frente!
    E não esquece: para cada mala sem alça que te critica, existem 100 fãs que te adoram!

  • Boita diz: 15 de agosto de 2008

    Olá Marta!
    Tudo bem?

    Mesmo estando no cerrado, não deixo de ler e indicar a MARTA. “Bah, leia o texto dela. Anota aí, Marta Medeiros, procura no google.”
    E felizmente aqui no cerrado, tu já causa expectativas, qual é seu próximo texto?

    Mas a pergunta principal. Tem o livro no site da L&PM?
    Porquê não vou poder ir no estande. Sei lá quando volto a Porto.

    Um bjo do Boita e de alguns piquizeiros.

    PS:
    Já nos conheçemos… (sou super vedete)

  • Paulo diz: 14 de agosto de 2008

    Oi Marta. Adoro cinema e fui assistir o filme com meu filho, e quero te dizer que fostes perfeita na tua análise. O filme é dispensável. O típico filme americano feito para arrecadar milhões. Vazio, violento, um péssimo roteiro, um super herói com uma voz ridícula. O que se salvou um pouco foi o Heat Ledger como coringa. Apesar de achar o Jack Nicholson bem melhor. Mas é a minha opinião. Um abraço.

  • Simone diz: 14 de agosto de 2008

    Olá! Isso tudo acontece por:

    não tem o que fazer e quer encomodar

    ou

    é fã demais do Batman e fica “cego”.

    E se é por amor a gente perdoa, né?
    Beijos Martha e tudo de bom na Bienal!

  • germinaro machado diz: 14 de agosto de 2008

    Martha,

    Blogs pessoais(no seu caso e em muitos outros) são feitos para as pessoas serem “elas mesmas” e não vestirem a roupa de seu alter-ego e saírem dando opinião…
    Quem quiser ler a Martha jornalista ou escritora que compre os jornais e seus livros , onde ela escreve para ganhar seu pão…
    Quanto ao Batman, ainda não vi este…O Batman é um personagem complexo, digno de estudo da psicologia…ah ,e não é um filme pra crianças como “parece” ser vendido…um abraço e continue…

  • karina duarte diz: 15 de agosto de 2008

    patética discussão sobre coringa ou curinga! mas, resolvi dar meu `ar da graça` pra falar pro `amado(a)` que fez questão de GRIFAR que é cOringa, que apesar de ele ser o super bést maxi fã do batman nem ele sabe mesmo como é. o cUringa do filme do batman faz menção a CARTA DO BARALHO que se escreve com U, e não a barcos navios e etc, que se escrevem com O.

  • karina duarte diz: 15 de agosto de 2008

    corrigindo: eXtenso*
    erro de digitação!

  • Raquel diz: 15 de agosto de 2008

    ahauauhau Quem disse que é COringa? No meu dicionário consta CUringa!!! O abobado corrigiu sem pesquisar no dicionário? ahauauhuh

  • Lízia Borba diz: 14 de agosto de 2008

    Oii Martha! Não dá bola pra essa gente. Espero que tu não esteja perdendo o prazer de escrever aqui no blog, por causa desses desagradáveis! O blog é muitoo legalll!Ah e avisa quando vai lançar o livro aqui(Porto Alegre)!!! Beijosss

  • Liliana diz: 15 de agosto de 2008

    Oi,Martha.
    Boa sorte em SP,tenho certeza q o pessoal de lá vai curtir bastante tua presença.
    Aguardamos o lançamento d livro por aqui nos pampas.
    Beijão e bom final de semana,Lili.

  • Marilia diz: 15 de agosto de 2008

    O novo livro terá cronicas novas,ou seja,que nao foram publicadas??? ou sao cronicas que ja sairam nos jornais??? Poderia responder ou ja foi respondido e eu estou fora do ar?

  • Magda Cascardo diz: 15 de agosto de 2008

    Só mais uma coisinha: o chato que te corrigiu só lembrou que Coringa é com O, mas não lembrou de revisar o próprio texto antes de enviar para os comentários, hehehe. Dá até pena, coitado!!!

  • Juliana diz: 14 de agosto de 2008

    Martha,não vejo nada de mais em vc discordar ou concordar de alguma coisa,filmes ou livros…estamos em um pais democrático e vc como qualquer outra pessoa tem esse direito…
    eu adorei esse Batman e nem por isso deixarei de admirar vc por alguma opinião avessa a minha….e por favor,não deixe de expressar suas opiniões aqui no seu cantinho Bjossss,de sua fã.
    Juliana.

  • karla diz: 14 de agosto de 2008

    Martha!Te admiro cada dia mais.Adorei tuas palavras, sou leitora ZH on line e impressa aos domingos(meu pai encomenda na banca aqui na trindade, bairro onde moro).
    Sabe o que mais gosto nos blogs, e em especial no teu? é a maneira com que escrevem, informalmente. Muitas vezes nos mostram o outro lado, opiniões diferentes das nossas, é assim que eu mais aprendo. Não sou muito boa com as palavras, sou melhor tocando meu violino.Sou tua fã. Tu colocas no papel tudo o que nós gostaríamos de dizer

  • Ana Carolina diz: 15 de agosto de 2008

    Então… Não tem um link para as suas colunas aqui?
    Prefiro as colunas do que os posts…
    bjs

  • Cláudia diz: 14 de agosto de 2008

    Oi, Martha! td bem? (ou o correto seria: “tudo bem?”)
    Vamos falar sério: a criatura que usa do argumento da escrita na web do tipo “Coringa em vez de Curinga” pra tentar atingir o teu reconhecido talento em escrever, não deve nem “tc” no msn,,,,hahaha, seria cômico se não fosse trágico…
    Nem esquenta, coisa pouca é bobagem ;)

    Grande abraço!
    Sou tua fã e faz tempo….

  • Léia diz: 17 de agosto de 2008

    Oi Martha!
    Quero te agradecer pelo carinho para comigo,ontem na Bienal.
    Sai do Guarujá com o coração apertado louca para que chegasse logo esse momento! E ele chegou, já estou na metade do livro,e nem preciso dizer aqui que amei.
    Te encontrar para mim foi um sonho!
    Um lindo e feliz sonho.
    Um forte e carinhoso abraço,daqueles de fã mesmo.

Envie seu Comentário