Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Todas as mulheres têm 32 anos

21 de agosto de 2008 33

Uau, como é bom pro ego fazer aniversário, nunca recebi tantas mensagens carinhosas. E dos mais diversos pontos do país, até do exterior! Obrigada, thanks, gracias, danke, merci! Vocês são demais. Vou até deixar um presente aqui pra vocês. É um texto da escritora paulista Stella Florence. Eu estava assistindo agora a reprise do Happy Hour, aquele programa do GNT comandado pela Lorena Calábria (antes era pela Astrid Fontenelle), e vi a Stella debatendo com outros convidados sobre as agruras de se levar um fora. Quem já passou por isso, sabe… (quem não passou?) Bom, já citei um livro da Stella aqui no blog uma vez, e também falei sobre a seqüência de tatuagens que essa mulher traz nas costas. São mais ou menos umas quinze frases, uma embaixo da outra. Eu e ela costumamos nos corresponder por e-mail, e a cada vez que ela me dizia que tinha feito outra tatuagem, eu pensava: enlouqueceu. Mas enlouqueceu nada, está cada dia mais sã e mais engraçada. Prova disso foi o texto que ela publicou a respeito da idade das mulheres, esse tabu! Stella tem uma teoria: todas as mulheres têm 32 anos. Todas, inclusive ela, você e eu! Clique no link abaixo, veja de que modo ela defende essa tese e divirta-se!      

http://itodas.uol.com.br/portal/amor_e_sexo/colunistas/stella_florence/materia.itd.aspx?cod=5021&canal=646

*

Falando em mulheres, sofri com o jogo da seleção contra os Estados Unidos. Nos minutos finais, eu gritava em frente à tevê como se estivesse assistindo a uma final de Copa do Mundo. As gurias jogam muito. Eu já impliquei com o futebol feminino, inclusive escrevi uma vez uma crônica em que admitia meu desconforto em ver aquela mulherada tão viril e masculinizada – precisamos cuspir em campo, feito homens? Enfim, achava que isso comprometia um pouco o espetáculo, mas retiro o que disse. Mesmo que o esporte obrigue as atletas a sacrificarem sua feminilidade (em campo, diga-se), elas mostraram que sabem jogar bonito, e isso é que importa. Valeu!

*

Beijos!

Postado por martha medeiros

Comentários (33)

  • Maria Paula Letti diz: 22 de agosto de 2008

    A crítica contra o cuspe em campo deve permanecer, Martha. Também acho péssimo! Deve dar pra jogar bonito sem cuspir, né? hehehe Beijo

  • patricia diz: 21 de agosto de 2008

    Olá…
    eu tambem acho, estranho ver mulheres dentro do campo de futebol porem acredito que as mulheres tem potencial e que devem “meter” a cara no que elas acreditam que podem fazer!
    bjO

  • Roberto Schultz diz: 21 de agosto de 2008

    O (músico,maestro, apresentador)Arthur de Faria, que também não gosta, faz uma brincadeira no rádio,insinuando que QUALQUER OBVIEDADE pode ser dita, em relação a futebol, para participar de uma conversa.Alguém sempre comenta futebol com um homem.Para quem não entende nada, basta dizer algo do tipo”tem de mexer no time” e o interlocutor acha que a gente entende.Stella Florence? Anotei.Já dei entrevista naquele ITODAS lá dela:

    http://itodas.uol.com.br/portal/materia.itd.aspx?cod=3249&canal=10

  • Ana Luisa diz: 22 de agosto de 2008

    Certo, o futebol é um esporte em que vale força, velocidade , corpo-a-corpo, etc. Mas ainda assim, são todas mulheres. Cuspir no chão ??? `Desnecessário`, como disse Gilberto Gil ao ver as fotos da filha nua. Ainda assim, parabéns às meninas ! Talvez com o tempo, o futebol feminino se consolide e todos percebam que ele pode sim, ser mesmo feminino (e não um arremedo do masculino). Abraços !

  • J.F. Bullinger diz: 21 de agosto de 2008

    belo texto dos 32, boa dica

  • Andrea diz: 22 de agosto de 2008

    Martha, teu blog é, diparado, o mais acessado do clicRBS, por que será?
    Beijos!!!

  • Roberto Schultz diz: 21 de agosto de 2008

    Pois é, Martha. Parabéns.Não dou muita bola para aniversário.Deixei longe os 32, ando beirando os 44.E considero que tô “batendo um bolão”, não vou pintar o cabelo (que já está branqueando) e não acho que os homens REALMENTE se preocupem com isso TANTO quanto vcs.Falando em “bolão” e em futebol, não gosto. Faço esporte, mas de futebol nunca gostei,não consigo.O que,neste País, pode comprometer – perante os outros – a masculinidade.Não ligo.O engraçado é que os comentaristas só falam obviedades.

  • Sibele diz: 21 de agosto de 2008

    Oi,Martha!Parabéns atrasado!!No dia 19 eu tentei achar em vão o dia do teu aniversário pra te dar os parabéns porque estava na dúvida se era dia 20/08 ou dia 20/07.Bom agora já sei não esqueço mais.Feliz aniversário!Td de ótimo pra ti,mais felicidade e mais sucesso.
    Beijão
    Sibele

  • Zé Castilhos diz: 22 de agosto de 2008

    Marta(Martika)!!!!! Talvez tu fiquez intrigada tentando saber pq eu t chamo assim, afinal tu nem faz idéia de quem eu sou. Mas vou t explicar apenas com a finalidade de aumentar o teu cabedal de conheçimentos….Como tu és uma pessoa antenada, tu já deves ter escutado aquela canção “TOY AND SOLDIERS” né!!, então quem canta é uma cantora de nome “MARTIKA”, dai a idéia de t chamar assim e é só isso e nada mais q isso..ssrrsrsrsr.Mas se tu naum gosta é só dizer.rsrs. Bjuks. Byby

  • Dino diz: 25 de agosto de 2008

    A Stella é genial! Só podia ser sua amiga, né, Martha!

    Se “toda mulher tem 32 anos”, descobri que “todo homem tem 16″. Convido a todos a ler essa “paródia” (com a benção da Stella) no blog http://www.duo.blog.br.
    Será uma honra receber a visita leitoras (es) de Martha Medeiros!
    Abraços.

  • Anny diz: 22 de agosto de 2008

    Bom dia Martha!
    Tenho, preciso e concordo:
    “Todas as mulheres têm 32 anos”
    Valeu!
    Beijos.

  • Almir diz: 24 de agosto de 2008

    Seria maravilhoso mesmo que todas as mulheres ficassem sempre com 32 anos.
    Mulher depois dos 40, amigos…

  • Marco diz: 22 de agosto de 2008

    Martha, com 32 as mulheres estão começando a viver, lá pelos 45 estão maduras e em pleno ápice dos prazeres da vida (são experts).
    Um abraço pra ti e aproveite a vida.

  • angela diz: 22 de agosto de 2008

    Oi Martha!
    O atraso não diminui o carinho.Nestes últimos dias a correria é tanta,mas não esqueci de teu aniversário.Acabei de dar uma olhada na entrega da medalha para a nossa MAUREEN atleta campeã subir ao pódium.Foi emocionante vê-la beijando o solo.Nestas horas sempre me vem a certeza de o quanto é bom ser brasileiro…apesar de tudo!!!Beijo.

  • Simone diz: 21 de agosto de 2008

    Minha mãe até chorou vendo o jogo! E, juro, ela não gosta de futebol… Beijos!

  • karla diz: 22 de agosto de 2008

    Oi Martha segui a tua sugestão, e passei no portal onde a stella escreve, até deixei recadinho pra ela. Gostei muito do que li, obrigada pela dica. bom findi, bj kaka

  • angela diz: 25 de agosto de 2008

    Martha…interessante!
    Adoro teus textos. Embora eu tenha passado dos 47 anos, tinha certeza que tinha 39 anos…mas agora, amiga…to convencida que tenho mesmo 32 anos. É mais forte do que eu.
    É sério, não duvide disso.
    bjs

  • Kelen diz: 23 de agosto de 2008

    Amo seus livros, adoro ler o que vc escreve e muito provavelmente vc deve ouvir isso direto…mas não poderia deixar de te dar os parabéns pelo talento e pela forma simples e direta que toca o coração dos seus leitores! Grande beijo!

  • Monica Carvalho diz: 22 de agosto de 2008

    Oi Martha, esta semana foi tão corrida no trabalho que não consegui acessar o blog e te agradecer pelo lindo autógrafo na bienal. Você é super simpática. Foi uma honra conhecê-la, e ainda ter uma fotinha de lembrança. Obrigada. bjs

  • Tatiane Leal diz: 21 de agosto de 2008

    Pois é, tenho gronologicamente 32. Mas me sinto com 18. Ontem num bar, me deram 25. E volta e meia, me pego pensando…nossa hoje eu me sinto muito melhor quando tinha 15?! Para mim, isto é, e sempre será um dilema na vida das mulheres. E voltando ao papo do bar,onde estava com dois amigos e uma amiga, vejo que este tormento já está chegando nos homens…pois é a segunda vez que escuto reclamarem de suas aparência. Um tinha acabado de fazer 30 e disse estar em entrando em crise! Gr bjos, Tati.

  • Andréia Alves Pires diz: 22 de agosto de 2008

    Há um projeto de escrita criativa colaborativa desenvolvido por escritores rio-grandinos que está dando certo. Se for possível, venha ver: http://jogospoeticosvirtuais.blogspot.com/O foco do trabalho é a experimentação do texto literário. O projeto está em fase inicial e ainda nao foi possível ampliar a capacidade hipertextual do blog, explorar o layout de forma mais personalizada. Obrigada pela atenção.

  • natalia setúbal diz: 23 de agosto de 2008

    Thank Marthinha!
    O texto da sua amiga escritora é bacana, criativo, inteligente, irreverente e por aí vai…
    Eu só a conhecia de nome. Gostei muito! Além do mais, eu que já me contava com “38″, voltei pros 32! Por conta da Stella Florence, fiquei no lucro!
    abração
    Natália

  • Marco diz: 22 de agosto de 2008

    Martha, com 32 as mulheres estão começando a viver, lá pelos 45 estão maduras e em pleno ápice dos prazeres da vida (são experts).
    Um abraço pra ti e aproveite a vida.

  • Ana Luísa Rodrigues de Farias diz: 22 de agosto de 2008

    Oi, não consegui acessar no link prá ler o texto da Stella, podes me mandar por e-mail por favor ? Se não for incomodo, e o nome do livro dela que tu citou no texto.
    Muito obrigado e tenha um bom dia

  • Keila diz: 22 de agosto de 2008

    Martha!!
    Doidas e Santas é meu alimento manital rs! Hj pela manhã fui ler “100 coisas” e “Ela” ri feito boba!!!!!
    E nem preciso dizer q alguns textos como “Qualquer um” acabei encaminhando…rs
    Muito bom!
    Ah coloquei as fotos nossas no meu blog está no texto “Oi, sou sua fã”
    Bjs e bom fds!

  • Juliana Amaral diz: 25 de agosto de 2008

    Bem humorado o texto da Stella, e o pior que e bem asim mesmo…so que eu tenho 3… e me sinto como uma guria de 15. kkkk

  • Juliana diz: 21 de agosto de 2008

    Adorei o texto da Stella…acho que sempre vou me sentir como se tivesse 32 anos…
    Martha,aonde vai ser o lançamento do seu livro em Poa?Vou pedir para minha mãe pegar um autografo dele com vc…

    Bjos!!

  • Simone diz: 23 de agosto de 2008

    Martha!

    Olha…Sempre acompanho tua coluna pelo Zero Hora e agora estou acessando no clic RBS..

    A indicação para ver a Tese sobre os 32 da Stella Florence foi muito bom! Estou com 32 e daqui pra frente…ora…sempre 32…

    Abração!!

  • Bela diz: 25 de agosto de 2008

    Martha Stella Florence é muito genial . já li “O Diabo que te carregue” essa mulher furiosa, magoada é muito engraçada mesmo…Ah tb me sinto pra sempre com 32 hehe
    beijos

  • Dino diz: 22 de agosto de 2008

    Meu comentário anterior não foi publicado…

    Mas tudo bem.
    Só voltei pra completar:

    Nossa “Mulher de Ouro, Maureen Maggi tem, 32 ANOS!

    Embllemático, não?!

  • Claudia Rosso diz: 21 de agosto de 2008

    Olá
    É isto todas queremos mais depois que a menopausa vem não tem como..temos que nos cuidar muito antes ter muitas vitaminas..muito acido folico.. vitamina C, todos anti oxidantes, ter uma ótima alimentação e caminhar ou esteira quando der… pq depois que passamos dos 32….(menoausa)não tem mais volta…. temos que nos cuidar sempre!!!!Mulheres sempre,lindas e bem com a saúde!!!O resto vem junto!!! é da cabeça!!! Sair ,curtir,passear, amar!!!MUITO!!!Sempre teremos 32..
    Beijos a todas nós!!

  • Toninho diz: 22 de agosto de 2008

    Coitada da Dercy Gonçalves.
    Morreu tão jovem, aos 32 anos…

  • claudia diz: 31 de agosto de 2008

    Que delicia de blog!!! apesar de este post agora ser o 33″ continuo com 32 e voïla!

Envie seu Comentário