Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Quase embarcando

26 de agosto de 2008 74

Oi! Estava lendo as mensagens deixadas e vi que alguns se preocuparam por eu não gostar de domingo, acharam que isso poderia ser um sinal de desânimo com a vida. Talvez eu tenha exagerado, eu deveria ter dito que não gosto das noites de domingo. Mas, enfim, valeu pela preocupação, mas estou longe de estar desanimada, estou apenas vivendo um turning point, com tudo o que isso tem de bom e de ruim – e o domingo nada tem a ver com isso. Nem que eu quisesse eu conseguiria estar numa pasmaceira. Nunca pensei na frase que escreveria na minha lápide, mas provalmente seria algo como: “Não sei do que morri, só sei que de tédio não foi“.

 

*

Prova disso que é que estou com mais uma viagem agendada. Quinta-feira que vem estou embarcando pra Londres, como já adiantei. Na verdade, tenho uma reunião marcada em Dijon, na França, com minha agente literária, mas estou indo um pouco antes pra desfrutar de uns momentos comigo mesma: pois é, vou viajar sozinha. Algumas pessoas estranham. Sozinha??? Sozinha da silva. Já fiz isso duas vezes (excetuando as viagens a trabalho, claro). A primeira foi quando eu tinha uns 24 anos. Foi a primeira vez em que saí do Brasil, eu e minha mochila. Passei dois meses na Europa e me valeu por 30 anos de terapia. Já escrevi sobre isso algumas vezes, não vou repetir aqui, mas foi muito legal porque foi uma viagem dupla: pra fora e pra dentro. É muito bom sair da sua terra, onde você domina todos os códigos, e enfrentar a vida sem muita grana, sem saber direito como proceder em determinadas situações, e assim, aos poucos, descobrir a si mesmo, seus medos e sua coragem. Pra minha sorte, nada deu errado e fui muito feliz naquela viagem.   

*

A segunda vez em que viajei sozinha faz uns 6 anos, eu andava meio confusa, e nessas horas é bom se afastar de tudo e de todos. Tinha (e ainda tenho) uma amiga que mora na Suiça e ela me chamou, vem pra cá, vamos sair, conversar! Eu tinha condições de bancar essa viagem e fui. Não só pra Suiça, mas também para outros países ali por perto. Foi muito legal. Sempre é.

 

*

Sempre é????? Ora, é lógico que viajar acompanhada é mil vezes melhor. Eu já tive a sorte de viajar muito pelo mundo. Conheço vários países (Equador ainda não, tem um leitor aí que me deixou tentada, estou em falta com alguns lugares da América do Sul). Na maioria esmagadora das vezes, fui com alguém. E quando digo alguém,  leia-se: marido ou namorado. Já viajei muito com as amigas durante a adolescência, e era ótimo, mas passou. Em excursão não entro nem amarrada. Hoje em dia, ou vou (de preferência) com o amor da minha vida, ou sozinha mesmo. Estar só também é estar bem acompanhada.   

 

*

Óbvio que viajar sozinha tem um lado ruim: você tem que fazer uma viagem mais diurna que noturna. Pra mim, não chega a ser um problema, porque sou uma early bird: acordo cedíssimo e prefiro o sol do que a lua, adoro o dia! Mas quando se está viajando, cada segundo merece ser aproveitado, e isso inclui shows, jantares, pubs, etc. Almoçar sozinha, nenhum problema: tenho sempre um livro na bolsa, que é uma excelente companhia (pena que não rache a conta). Mas jantar sozinha, já não vejo tanta graça. Acabo me recolhendo mais cedo ao hotel. O lado bom, agora: você entra num museu ou galeria de arte e fica o tempo que quiser. Não precisa negociar nada. Quer se atirar num parque e tirar uma soneca? Vá em frente. Quer entrar em lojas e bisbilhotar? Tem todo o tempo do mundo. Quer pegar um metrô e ir para o outro lado da cidade? Ninguém te impede, ninguém te apressa, ninguém te julga. É o suprasumo da liberdade.   

*

Porém… tem uma frase do filme Natureza Selvagem que eu gosto muito: a felicidade não tem muito sentido quando não se tem com quem compartilhar.

*

Eu vou compartilhar a minha na volta: tenho com quem.

*

Serão 5 dias em Londres e depois três na França, onde, aí sim, tenho esse encontro com minha agente pra tratar de business e da vida: ela, além de minha agente, é também uma baita amiga. A gente vive trocando e-mails e sente muita falta de um papo ao vivo. E em Paris tenho um amigaço, o Fernando Eichenberg, mais conhecido como Dinho, que é jornalista e o culpado por eu ter me transformado em cronista. Foi ele quem me apresentou ao pessoal de Zero Hora, onde comecei a escrever colunas.

*

E o blog? Bom, eu viajo sem celular, sem laptop, sem nada. Apenas com uma bagagenzinha pequena, tudo leve, pra facilitar. É pra me perder no mundo mesmo, senão, que férias são essas? Vou deixar os textos entregues previamente nos jornais. Mas de vez em quando vou entrar num cybercafé para limpar minha caixa de correspondência, e se o computador não for muito lento e não me massacrar com a falta de acentos, vou mandar um alô pra vocês, aqui no blog. Mas não esperem boletins muito longos e espertos. Prometo que na volta, aí sim, eu conto tudo em detalhes. 

*

Tudo o quê? Boa pergunta.

*

Em Londres, está havendo uma exposição de fotos de ícones que morreram aos 27 anos. Quem: Jim Morrison, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain… Bobagem, né? Mas vá dizer isso para uma roqueira como eu. Vou! E também uma retrospectiva da obra de Cezanne. E há bairros que não conheço bem, e como vou ter a sorte de estar lá num sábado e num domingo,  pretendo ir a muitas feiras de rua. Em Paris, há uma exposição do fotógrafo Richard Avedon no museu Jeau de Paume. Vou também! E o resto nem planejo, deixo a vida me levar, como diz aquele nosso amigo pagodeiro…

 

*

Pela primeira vez, atravessarei o Canal da Mancha por baixo d´água, pelo Eurotunnel. Vou testar o índice da minha claustrofobia. 

 

*

Mas antes de tudo isso, voltarei aqui para me despedir. Beijos! 

 

  

 

 

Postado por Martha Medeiros

Comentários (74)

  • Juliana diz: 26 de agosto de 2008

    Alem de parecidissima exteriormente com a minha sogra, tu tambem es muito divertida e cheia de vida.Te admiro muito!

  • Liliana Garbin diz: 28 de agosto de 2008

    Bom dia……deves comentar d suas viagens,sim.
    Você é merecedora e nós também,pois compartilhas tuas bençãos…..n volta comente tudo q vivenciar por lá.Eu estou pensando em ir a Paris ano q vem…..é 1º vez,e essa a gente nunca esquece.Eh eh.Faço Biodanza e fui convidada p visitar uma escola d lá.
    Beijos e abraços carinhosos,boa viagem.Lili.

  • Julieta Barbosa diz: 26 de agosto de 2008

    Boa viagem! E traga um pedacinho da cultura de cada lugar para dividir conosco.

  • Patricia Daltro diz: 26 de agosto de 2008

    Desde que casei não viajo mais sozinha. E como sinto falta. Quando mais nova adorava os finais-de-semana quando decidia assim, de superão, para onde ir, e juntava uma meia dúzia de roupas, entrava no ônibus e seguia. Assim conheci quase todos os estados brasileiros – os mais distantes, ia nas férias. Ia só, mas dificilmente lá ficava só. Sempre fazia amizades que me rendiam na volta, postais e cartas, criando saudades imensas desses lugares.
    Boa viagem.

  • Ivi diz: 26 de agosto de 2008

    É isso aí Marta, tem mais é que curtir mesmo,
    faça uma boa viagem, aproveita a tua liberdade, e volta com as idéias tri turbinadas, e com mais energia ainda.
    Bjs

  • Dino diz: 26 de agosto de 2008

    Viajar sozinho é muito bom!
    Precisamos desses momentos onde nossa única companhia somos nós mesmos. Nem notebook, nem celular, nada que nos ligue a alguém ou algum lugar.
    É mais ou menos como viver outra vida, por alguns dias. A saudade, infalível nessas horas, só torna o regresso ainda mais gostoso!
    Só nos resta lhe desejar BOA VIAGEM…
    e aguardar seu retorno.

  • Mônica Claudino diz: 26 de agosto de 2008

    Assisti Into the Wild após ler um texto seu no zero hora e foi exatamente a mesma frase que você citou aqui hoje que me chamou atenção.

    Boa viagem!

  • IZADORA diz: 26 de agosto de 2008

    Martha de forma alguma fique preocupada, eu até estava pensando em te enviar um comentário sobre esse assunto, e acredite também me sinto assim nos domingos,isso acontece porque temos uma semana cheia de compromissos e afazeres e quando chega ao domingo tudo pára, e então … Hoje o que vou fazer? Eu na maioria das vezes opto por bons pratos, fico pensando, pensando e de repente passou…e não é só nós que pensamos assim, sabia? Tem um monte de gente que eu conheço que não se sente muito bem. bj

  • Luciana diz: 26 de agosto de 2008

    Boa viagem, Martha!
    E volte com muitas histórias pra contar…
    Viajar sempre é bom, aliás é maravilhoso…
    Nunca viajei sozinha por achar que uma cia me fará falta para comentar as coisas, adoro comentar…rs…
    Mas, a melhor cia de todas é a nossa, sem dúvida, afinal de contas como poderemos apreciar uma boa cia se não apreciarmos a nossa?
    Um grande bj

  • Ana Luisa diz: 26 de agosto de 2008

    Boa viagem ! Curta bastante e depois compartilhe com a gente bons momentos !

  • Simone Pereira diz: 26 de agosto de 2008

    Boa viagem….aproveite!!!!
    Te adoro demais, querida! Ler seu blog assim cedinho, antes do trabalho, dá mais vigor!
    Beijos

  • otálio camargo diz: 27 de agosto de 2008

    Oi. Não acredito que viajas sozinha pro velho mundo.Bonita, elegante, charmosa, inteligente…, enfim, qualidades tuas ensejam um grande amor, nem que seja pra incomodar-se. Claro, vida a dois é bem difícil. Mas vou torcer para que encontres por lá, já que aqui o ambiente-candidato não colabora,ou nõ ? Abçs.

  • Juliana diz: 27 de agosto de 2008

    Martha,sinceramente eu não entendo porque as pessoas se incomodam tanto qdo vc fala das suas viagens…gente,aqui é um blog,e não uma coluna de jornal,aqui se escreve o que quiser e qdo quiser,tanto coisas pessoais,como não pessoais…
    quem se sente incomodado deveria parar de vir aqui,porque esse canto da Martha é como se fosse um diario,e só o lê quem o quer e gosta de acompanhar a vida de seu ídolo…
    Bjos Martha,te adoro!

  • LETICIA diz: 26 de agosto de 2008

    Menina ! Uma otima viagem pra voce ! Nossa eu nao me animo a ir sozinha nem a Porto Alegre. Abracos, ahhh traga imagens pra gente tambem !!

  • Cristiane Passos diz: 29 de agosto de 2008

    Hallo!!! Guten tag Martha!!! Sou sua hiper, mega fa!!!
    Bom, sou mochileira assumida e vicíada adorei quando encontrei o seu Blog e melhor ainda…. esse assunto!! Bom eu moro na Alemanha há 2 anos, e já vi muito por aqui, mas lendo textos como o seu, dá mais vontade ainda de viajar.. e sozinha mesmo porque nao.. nao é??
    Te desejo uma maravilhosa viagem e curta cada momento, por mais que você já conheca os lugares tem sempre uma magia e uma forma diferente de curti-los!!
    Tudo de bom!!!

    Abraco!!

  • ricardo ribeiro diz: 26 de agosto de 2008

    viajar é sempre espetacular ! felizmente tenho conseguido me proporcionar estes momentos. em fev viajei sozinho pela Nova Zelandia (so uma visita a uma amiga em Queenstown de acompanhado), antes passei por Sydney, com amigos, e vale a distancia e o maluco jetleg q fiquei o tempo todo. Mes q vem embarco solo pra paris e amsterdam. melhor só do q qq companhia, isso as viagens pelo mundo ja me provaram. mesmo com muitos amigos, da uma mao só os q levaria. boa viagem !

  • Lúcia diz: 26 de agosto de 2008

    Aí, Martha! Que legal, espero que consiga se divertir e “soltar a franga”…nessa viagem que fará. Sou tua fã,leitora e torço muito por ti. É um orgulho muito grande ter uma escritora com o seu talento aqui na nossa terra gaúcha. Bjos, aproveita… Lúcia.

  • ADEMAR diz: 26 de agosto de 2008

    Pelo visto o comentário quanto estar sózinha com o coração sem palpitar te levou a diversas vezes citar nessa coluna.
    Isso ai menina almoce com livros e não ficou bem explicada a questão do não gostar de jantar só e se recolher cedo com todos os programas que citaste (à noite ) e ainda reforçar que na volta comemora com alguem´,,, continuo achando que esse coração esta sem palpitar.
    Boa viagem divirta-se com o livro e durma cedo mesmo não sendo domingo

  • Raela Migliesi diz: 28 de agosto de 2008

    Boa viagem! Esperaremos com ansiedade a sua volta.

  • Mara Dutra diz: 30 de agosto de 2008

    Boa viagem, Martha! Já estava com aquele pensamentozinho mesquinho de: “ai, que pena não vai ter a coluna…” quando li em seguida que já estão adiantadas. Ebaa! como dizem as crianças. Não preciso nem pedir que preste atenção em tudo, para contar pra gente, porque nunca vi ninguém com maior competência para isso. Sabe, aquele tipo de pessoa que pesca a essência das coisas? Assim é que te vejo. Um grande abraço e sinto te dizer que vais sozinha mas que séquitos te seguem, ah te seguem.

  • Tamara diz: 26 de agosto de 2008

    Boa Viagem! E ve se tras novidades pra nos contar!!Adoro ler suas cronicas, Parabéns.. Beijão!

  • Verônica diz: 27 de agosto de 2008

    Martha,comentar das suas viagens eu não acho legal,até porque não é a realidade da maioria das pessoas.
    Nem todo mundo ao estar estressado pode viajar para fora do país.
    Ajudar alguém que necessita é muito mais realista e faz bem para a alma.

  • Marcia Borin diz: 27 de agosto de 2008

    Amiga Martha, que íntimo né? É pela periodocidade que nos encontramos (pelo menos aos domingos), pois não deixo nunca de ler as tuas maravilhosas palavras e teus sábios conselhos. Quero desejar a melhor das viagens que já fizeste na tua vida, e confesso que estou morrendo de inveja (e inveja só tenho do que é bom), pois cheguei a imaginar-me viajando… como tu.
    Aguardo teu retorno, felicidades e tudo de bom.
    Marcia.

  • Raphaela Barbosa diz: 29 de agosto de 2008

    Olá, Martha! Ameei achar teu blog. Quando posso compro O Globo aos domingos só para ler suas crônicas. Eu e minha mãe sempre discutimos seus textos e é impressionante.. Você é simplismente o máximo escrevendo! Me identifico com cada texto seu. Parece que você escreve pra mim! (rs).
    Bom.. enfim.. Boa Viagem! Que você aproveite cada momento nesses países maravilhosos!
    Beeijos.

  • Liliane De Luca diz: 28 de agosto de 2008

    Martha!
    Antes de contar sobre seu Blog…apenas quero te dizer que sou sua Hiper! Mega! Fã! Seus livros, suas crônicas! Você e sua essência! Como adoro ler o que você escreve! Continue com sendo tudo isso… e quanto a sua viagem, repito uma frase sua “…se ela se distraísse, seria feliz para sempre!”
    Beijos no coração!
    Liliane De Luca

  • Nayara Cerqueira Alvim diz: 27 de agosto de 2008

    Nossa, que legal, que vontade que tenho de viajar sozinha, pode ser dentro ou fora do país…Já viajei bastante, mas nunca sozinha. Este ano pela primeira vez tive a oportunidade de sair do Brasil, fui para o Uruguai (Montevideo e Punta) e Buenos Aires. Foi muito bom, realmente sair do país e conheçer lugares diferentes é algo mágico!
    Sempre li suas crônicas na revista de domingo do globo no Rio, e hj vi que vc tb escreve no Zero hora!
    Beijo e ótima viagem!

  • Marília diz: 26 de agosto de 2008

    Ái, não sei como você aguenta tanto julgamento com os seus textos.. parece que cada post implica uma sessão de terapia! hehe Os leitores ficam cobrando explicações pra cada vírgula que você fala. Somos todos fãs (imagino!) e mesmo não concordando com tudo que você fala, acho bonito ver opiniões diferentes tão bem colocadas e defendidas. Aproveite bem a viagem, acho que todo passeio rende bons textos. Sair de casa já é motivo suficiente pra escrever. Beijos!

  • Kaká diz: 27 de agosto de 2008

    Amo viajar! Aproveita ao máximo, viu? Te desejo uma ótima viagem e ficarei torcendo daqui para que tudo seja maravilhoso.
    Beijinhos. :~***

  • ELISANDRA GODINHO JOHANNSEN diz: 26 de agosto de 2008

    BOA VIAGEM MARTHA! HE QUE INVEJA! TE DIVIRTA MUUUITO E APROVEITA MENINA!VOU FICAR AQUI ESPERANDO PRA VIAJAR ATRAVÉS DE VOCÊ!BJO

  • Nathália Hecz diz: 28 de agosto de 2008

    Aii! Saudade de escrever aqui! Eu te mandei um e-mail dizendo que não consigo mais abrir a página de comentários no meu pc. Eu estou na aula de informática do meu colégio. Eu leio todos os textos que tu posta aqui, só não consigo comentar :( Também odeio domingo, sabia?! Que tu faça uma boa viagem e aproveite bastante, ta?! Até a volta! Beijão!

  • neuza diz: 26 de agosto de 2008

    Puxa, que maravilha. Quem sabe, tu não estica um pouquinho e vai até Grasse. de Dijon a Lyon é um pulo e daí até Grasse deve ser também. com TGV e auto estradas…já viajei bastante, mas ir a Grasse é o meu desejo maior. Desejo uma ótima viagem e estaremos aguardando para pegar uma carona.
    Um abraço

  • Lívia Mattoso diz: 26 de agosto de 2008

    Martha,que maravilha poder estar em contato com vc atraves deste blog e desfrutar um pouco da sua rotina com comentários despretensiosos e casuais. Fica aqui SUPER SALVO desde agora nos meus favoritos!
    Ótima viagem pra vc e que Deus te acompanhe!

  • Simone diz: 26 de agosto de 2008

    Martha, pedido de uma fã boba: hoje é meu aniversário e eu ficaria feliz da vida se você visitasse meu blog! Eu sei que vai ser difícil esse pedido virar realidade, mas não custa tentar, né… Beijos!

  • vania diz: 26 de agosto de 2008

    Martha,vou te desejar o mesmo que desejo para mim,tenha nesta viajem,liberdade como companhia….tb estou indo sózinha,aliás comigo mesma,curiosa,com medo,abandonando minha cozinha,e a minha rotina de dona de casa,espero q minha inteligencia adormecida não me traia.Boa viagem para nós

  • Rodrigo diz: 26 de agosto de 2008

    Oi Martha, tudo bem?
    Primeiro quero de te desejar uma boa viagem.
    Segundo, caso te sobre um tempinho, eu e minha noiva gostaríamos de te convidar para visitar a Holanda. Com certeza tu já deves conhecer Amsterdam, mas existem outras cidades bem interessantes para visitar.
    Domingo o tempo vai estar ruim em Londres, o que não é novidade he he… então podes aproveitar para dar um pulinho aqui. Aguardamos!!
    Um abraço.

  • Fernando Baganha diz: 26 de agosto de 2008

    Gosto muito de te ler. Viajar só realmente nos brinda com esta dupla viagem: para dentro e para fora. Te desejo ótimas viagens! Beijos Fernando

  • Fabiane Seadi diz: 26 de agosto de 2008

    Boas férias!! Aproveita por mim, Amoooo Londres, já morei lá!
    Beijo

  • Gilberto diz: 26 de agosto de 2008

    Martha !!
    Boa viagem !!!
    Estaremos aqui aguardando teu retorno.!!
    Muito bem colocado o assunto “domingo” o meu já começa ficar ruim a tarde, se o Nosso Inter perde então fica péssimo…….Como não podemos tirar o domingo do calendário, vamos convivendo com ele.
    Um abraço

  • Rose Conzatti diz: 29 de agosto de 2008

    Olá Martha!! Lendo seu post, fico com ainda mais vontade d viajar! Alias adorei a idéa da exposição de fotos(Adoro um bom Rock!!)…me interessaria muito se você falasse mais sobre ela quando voltar…
    Ah…queria te dizer que cada vez que entro em seu blog (ou leio alguma de suas colunas ou livros) gosto mais de suas idéias e de você, claro!
    bjs…e boa viagem!

  • Marco Salinas diz: 26 de agosto de 2008

    O domingo não é trite ou melancólico, somente é o dia do vazio. è o dia que parece faltar algo, o qual nunca descobrimos o que é e tambem ja esquecemos na segunda.
    Quanto a viajar sozinho, é o exercicio de paciência mais importânte que conheço, pois a gente nunca consegue fugir de si mesmo, e temos que nos aturar. Mas vale o exercicio, apesar de podermos ir e vir sempre que quisermos as coisas parecem não ter todo brilho. Mas enfim nosso dia deveria ser dividido em com e sem companhia.

  • Juliana Amaral diz: 26 de agosto de 2008

    Legal saber q vc tb gosta de Richard Avedon, meu namorado eh fotografo e ja foi este mes ver esta exposicao, ele amou, tambem foi nesta mesma vigagem a Londres e se impressionou com a quantidade de indianos que encontrou nos pubs… Anyway, viajar sozinha ou acompanhado e SEMPRE muito bom…

  • urbano warcken diz: 26 de agosto de 2008

    MAs que chique! Não conhecia este teu viés turista/cultural. Boa viagem, Martha! Te aguardamos…

  • Silvana Quadros diz: 26 de agosto de 2008

    Uma ótima viagem lindona!
    Mas…volta logooo!!!

  • Nathália Hecz diz: 28 de agosto de 2008

    Ahhhhhhhhhhh! To em casa! Consegui abrir os comentários! Uhuuuu! ha ha! Beijooos!

  • neuza diz: 26 de agosto de 2008

    Puxa, que maravilha. Quem sabe, tu não estica um pouquinho e vai até Grasse. de Dijon a Lyon é um pulo e daí até Grasse deve ser também. com TGV e auto estradas…já viajei bastante, mas ir a Grasse é o meu desejo maior. Desejo uma ótima viagem e estaremos aguardando para pegar uma carona.
    Um abraço

  • Magda Cascardo diz: 26 de agosto de 2008

    Martha!!
    Ainda não me arrisquei a viajar sozinha. Que vergonha! 30 anos na cara e até hoje só viajei acompanhada, mas acho que um dia essa hora vai chegar.

    Ótima viagem para você. Curta-se bastante, leia muito, visite muitos lugares bacanas, descanse (pq ninguém é de ferro, não é mesmo??) e volte para contar tudinho aqui, rs*

    Muitos beijos e boa viagem!

  • Bruna diz: 27 de agosto de 2008

    Oi, Martha! Estava lendo agora a crônica de hoje no ZH (27.08) e procurei teu email a fim de comentar, mas não achei no site. Então, quero te dizer que concordo com o que escreveste, no entanto, ouvi dizer que caso não excluíssem a adoção por homossexuais a nova lei não seria aprovada e causaria muito furor no âmbito religioso. Só esperamos que o texto legal seja dúbio, que se falem de “casais” e não de homem e mulher (como na CF), facilitando assim a aplicação da lei tbm para os homossexuais!

  • Vinicius Santos diz: 28 de agosto de 2008

    Viajar sozinho é um ótimo exercicio para ampliar nosso circulo social e o nosso leque de bons flertes. Ainda mais em Londres, onde o mundo inteiro se reune e a quantidade de pessoas atraentes e interessantes é infinita. Sei por conhecimento de causa.

  • Viviane diz: 27 de agosto de 2008

    Um dia farei isso também, pegarei minha mochila e fugirei de tudo e todos, pra longe ou perto, nao importa, mas ao te ler me deu uma vontade enorme de viajar sozinha por aí!

    Eu AMO Londres, acho que os ingleses são ótimos. Com certeza terás ótimas histórias a nos relatar na volta.

    Faça uma boa viagem.
    Divirta-se.

    Grande beijo*

  • Cleber Adolfo de Souza diz: 26 de agosto de 2008

    viajar sozinho é uma otima oportunidade de encontrar a essencia de quem somos…e ainda é o momento que podemos ser ou parecer o que quisermos…boa viagem!!

  • Edu diz: 26 de agosto de 2008

    Tua viagem vai ser legal, atravessar o canal é muito legal, são 45 minutos embaixo da agua mas é claustrofóbico também. Como já morei em Londres fazia isso sempre. Em Londres faça uma das coisas mais legais que a cidade oferece, se o tempo permitir, que é o “caminho de Embankment” que nada mais é do que caminhar as margens do Thames do Big Ben até a London Bridge, dá umas 2 horas de caminhada e tu podes ir parando pra tomar umas nos pubs, mto legal. Have a nice trip mate!

  • marcio neves diz: 26 de agosto de 2008

    me leva junto com vc vc é lindaaaaa

  • Bia diz: 26 de agosto de 2008

    Oi, Martha! Fui comemorar meus 40 anos em Londres e Paris e foi muito legal. O Eurotunnel eh otimo, nao tem perigo de claustrofobia. O bom eh sair com o ceu cinza de Londres, ficar embaixo dagua e, num passe de magica, sair no ceu azul da Franca. Emocionante! No ano passado, voltei para passar minha lua de mel, com o amor de minha vida. Fiz algo que vc pode fazer sozinha: andei na roda gigante que fica em frente as Tulherias. A vista ehdeslumbrante! Vale a pena!

  • Marcela Orsini diz: 28 de agosto de 2008

    Linda, que bom que achei seu blog e posso então registrar minha admiração por você/ seu trabalho. Claro que não te conhecendo pessoalmente soa estranho eu dizer que te admiro, porém suas crônicas dizem muito de quem você é, uma mulher vivida, inteligente, e poderosa! Você me inspira como estudante de Letras que sou a me expressar com simplicidade e clareza para todos e nos momentos de desânimo em que li seus textos, naqueles momentos olhei com seus olhos para a vida e sorri.
    Beijos da fã.

  • Marcela Orsini diz: 28 de agosto de 2008

    Eu concordo plenamente com você… Viajar sozinho é muito bom, estar sozinho facilita a aproximação de outras pessoas e nos desinibe, afinal de contas, estando sozinha em Londres você pode agir como quiser e ninguém conhecido irá ver e fazer fofoca depois! rs
    Eu já viajei sozinha algumas vezes e as pessoas sempre têm preconceito com isso… Acham que eu sou uma pessoa sozinha, maluca… Aff. ( e quem não é né… ) rsrs
    Ainda bem que você me entende! beijos e ótima viagem

  • Marilia Dias Bazilio diz: 26 de agosto de 2008

    É sempre bom ler a Martha pra pensar… Eu tenho devorado os livros dela ultimamente e me divertido com a sua ótica em relação ao mundo. Seus livros são divertidos, emocionantes e fazem tanto parte do cotidiano feminino que chego a imaginar muitas vezes que foram escritos para mim…

  • Simone F. Cassol diz: 29 de agosto de 2008

    Bah, que maravilha Martha, ir pra Londres e poder aproveitar o que VOCÊ quiser. Imagino que essa viagem será muito boa. Poste fotos no blog pra gente acompanhar. Boa viagem.

  • Léia diz: 28 de agosto de 2008

    Boa noite, Martha!
    Desejo um excelente viagem, aproveite por todos nós, tire muitas fotos e se possível, publique algumas, aqui mesmo em teu blog.
    Adoro tudo o que você escreve!
    Beijo grande em teu core.

  • Danielle Almeida diz: 28 de agosto de 2008

    By the way, já vistes Antes do Pôr-do- Sol/Amanhecer? Filme inspirador, sobre os imprevistos mágicos que acontecem durante uma viagem em lua-de-mel consigo mesmo. Amo estes dois filmes.
    Good vibes em sua viagem. Que seja cheia de momentos mágicos como os do filme!
    PS. Sou viajante-mochileira de carteirinha e posso dizer que viajar sozinha é td de bom ;o)

  • Raquel diz: 26 de agosto de 2008

    Ahhh, que TUDO!! Quem me dera um dia ter coragem de colocar uma mochila nas costas, e sair por aí, pra me encher de cultura e novos horizontes… Beijos!

  • Diléa diz: 26 de agosto de 2008

    Olá, Martha! Acompanho seu blog diariamente mas não costumo deixar comentários. Hoje estou aqui por um motivo especial: uma grande amiga irá casar nos próximos dias e gostaria de homenagear ela e seu noivo com uma mensagem/crônica. Por isso gostaria de saber qual das suas você me indicaria. Um beijo e obrigada.

  • Rudimar diz: 26 de agosto de 2008

    Confesso que estou com ciúmes deste teu privilégio, mas te desejo muito boa viagem e bom proveito nestes dias.
    Grande abraço. Sucesso.

  • Cléa diz: 29 de agosto de 2008

    Oi,
    adoro seus textos e adorei descobrir seu blog.
    Me identifico muito com você; adoraria viajar sozinha tambem. Boa viagem

  • Aline diz: 26 de agosto de 2008

    Show Martha!!! Uma ótima viagem pra vc! Aproveite muito, tudo… em especial a liberdade!!
    Bom descanso!
    Boas férias!
    Se cuida…
    beijos

  • Marcia diz: 26 de agosto de 2008

    Querida Martha, boa viagem, deve ser muito legal conhecer outro país, que pena que nunca tive essa oportunidade, mas do jeito com que partilhas tuas emoções tão generosamente com nós seus leitores, acho que vou conhecer um pouquinho de Londres também. Só não demore muito na atualização do blog, pois vou sentir falta de lê-la todos os dias, já que é a minha primeira ação ao chegar ao trabalho. Beijos sua fã.

  • Mariana diz: 26 de agosto de 2008

    Martha, querida!!!

    Coisa boa ir pra Londres. A cidade deve estar bem cheia e o clima também deveria estar bom. But London: you never Know!!!
    Não deixa de visitar Nothing Hill…umas das melhores feiras de rua, que tu deve conhecer…e Camden Town (alternativa e muito boa).
    Que saudades desta cidade que vivi por 10 meses. E de tudo o que aconteceu neste tempo.
    Enfim…aproveita e esquece o computador mesmo.

    Um beijão enorme

  • claudia diz: 31 de agosto de 2008

    Oi Martha,tudo bem?
    Ah! London!!!ja que vc vai estar por la num week-end passa no museu de historia natural, caso vc não conheça ainda. Eu gostei muito e os museus em sua maioria são gratuitos. E, aproveitando.. ja que vc vem tb a Paris e…sabe .. tava até pensando em pedir para alguém me enviar seu ultimo livro que eu adoraria ler.
    O ultimo que li foi as Cartas, gostei muito, até ja esta emprestado e passenado em alguma table parisiense.Bem se der traz esse livro na bagagem para mim??

  • ursula diz: 31 de agosto de 2008

    ola, marta medeiros quero lhe dizer que gosto muito do seu trabalho, sempre leio suas cronicas e levo para meu dia dia através de suas do seu trabalho me torno, mais culta e menos fútil obrigada.

  • daniel reis diz: 30 de agosto de 2008

    Martha querida,viaje mesmo.Viaje e se encontre,pois sei que quando voltar estará inspiradíssima….e isso será bom pra todos nós,inclusive pra vc!!!!Estudo Letras na Universidade Federal de São João del Rei-UFSJ,em Minas e essa semana aconteceu um sarau de poesias com seus poemas. Martha foi lindo demais da conta.O sarau foi coordenado pela professora Maria Ângela Araújo,lindo mesmo…As coisas que você escreve reverberam em mim,me traduzem também!!!!
    bjos do seu leitor mineiro!!!!

  • Susana diz: 30 de agosto de 2008

    Martha,

    Sou leitora e admiradora de suas crônicas.
    Vim aqui conhecer seu cantinho. Vou colocar nos meus favoritos, para não perder de vista.
    Boa viagem ! Moro há 5 anos aqui na Holanda, mas, ainda não tive coragem de enfrentar o Eurotunel… pura clastrofobia !
    Conte depois suas sensacões !

    Um abraco,

    Susana

  • lira diz: 29 de agosto de 2008

    Martha, tenho certeza que vai aproveitar
    muito, londres e Dijon na França…não só
    trabalhe…divirtasse rsrs

  • Super diz: 1 de setembro de 2008

    Não é só tu que tem DDN (Depressão de Domingo à Noite). Não é problema teu, o mundo é que tá errado. Segunda-feira devia ser um dia facultativo, a pessoa trabalha se quiser, a hora que quiser. Estou tendo a sorte de viver uma rotina assim este semestre. Aos 27 anos. Mas não sou ícone do rock nem pretendo morrer tão cedo, muito menos de overdose.
    boa viagem!
    E manda um beijão pro Dinho, que bela culpa ele tem ;)

  • Tatiana diz: 30 de agosto de 2008

    Martha! Viajar sozinha, sim… É a gente com a gente mesmo. Sozinha temos chance de admirar os lagos, os rios, os vales. Sozinha podemos ouvir, de dentro do trem, o sininho das vacas nas montanhas da Suíça. Sozinha podemos perceber que a travessia do Canal da Mancha pelo Eurostar é tão rápido como um piscar de olhos. Sozinha podemos refletir, pensar e olhar para o horizonte sem ouvir um: “mãe, quero fazer xixi”. Sozinha é você,você e só você com Martha Medeiros. Have a nice trip, dear. Enjoy it!

  • Fabíola Mellado de Queiroz diz: 31 de agosto de 2008

    Cara Martha, eu nem sei como começar esse comentario, a tanto tempo que leio seus livros como se tivesse lendo minha propria historia, minha biografia nao autorizada,e enfim tive coragem de lhe escrever, sao tantas coisas a dizer mas…me faltam as palavras,desejo a vc uma boa viagem e que Londres possa lhe ser inspiradissima , porque somos nós seu havidos leitores que sairemos no lucro…um grande abraço….FABÍOLA

Envie seu Comentário