Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Filmes em DVD

16 de janeiro de 2009 35

Olá.

Assisti a dois bons filmes em casa nesses últimos dias. Caso você seja um dos raros que não escapa para a praia nos finais de semana de verão, fica a dica:

Primeiro assisti O Clube de Leitura de Jane Austin, que conta a história de 5 mulheres e um homem que se reúnem periodicamente para discutir os livros da romancista britânica Jane Austen, que morreu em 1817 e que alguns consideram a figura literária mais importante da Inglaterra depois de Shakespeare. Admito envergonhada que nunca li Jane Austen, mas vou fazê-lo, taí mais uma meta para esse ano que entra. Falando assim, parece daqueles filmes hiperintelectualizados, mas não se assuste: é um filme doce, humano, engraçado e moderno, com um ótimo elenco e um ótimo astral. Claro que quem já leu Jane Austen aproveita muito mais, porém dá pra assistir na ignorância, como eu, e curtir bastante. 

O outro é o filme francês  O Escafandro e a Borboleta, esse um pouco mais conhecido porque concorreu a muitos prêmios ano passado. É a história verídica de Jean-Dominique Bauby, que era editor da revista Elle e aos 42 anos sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) que o deixou com o corpo inteiro paralisado. Sem poder falar ou se mexer, ele passou a interagir com o mundo apenas através do seu olho esquerdo. Aprendeu um método de comunicação feito de piscadas e assim conseguiu ditar um livro inteiro onde conta seu drama. Um trabalho de persistência impressionante. Esse livro foi um sucesso e originou o filme. A  gente às vezes reclama que não acontece nada na nossa vida… Pois até paralisado numa carreira de rodas, dentro de um hospital, a vida acontece.

É isso. Aproveite com entusiasmo seu sábado e domingo!

Beijos.

 

 

 

 

Postado por martha medeiros

Comentários (35)

  • Cris diz: 17 de janeiro de 2009

    Olá Martha,te sugiro começar a sua leitura de Jane Austen com Orgulho e Preconceito, é um livro bacana que na época que li fiz por que queria assistir o filme.Confesso que depois deste não li mais nenhum,mas gostei do livro.Se não me engano Desejo e reparação também é um livro dela que também virou filme,pelo menos o título é bem de acordo com os títulos dos livros dela.Boa leitura e ótimo final de semana..

  • CARLA COIMBRA diz: 21 de janeiro de 2009

    Sobre o filme O Escafandro e a Borboleta:
    li tua crônia agora (Sim e não) na ZH e mais uma vez fostes espetacular. Obrigada por fazer minhas manhãs de quarta-feira mais coloridas.

  • Juliana diz: 18 de janeiro de 2009

    Martha querida…lendo sua crônica de hoje na ZERO HORA,acabei relacionando-a com a crônica ” A SEPARAÇÃO COMO UM ATO DE AMOR”do seu último livro,e cheguei a conclusão que a melhor hora de terminar um relacionamento é de fato quando o casal ainda possui amizade e respeito,caso contrário a relação vai minando sentimentos ruins e a separação em vez de ser amena,passa a ser traumática e cheias de mágoas.Portanto devemos saber a hora de tirar nosso time de campo.
    Bjosssss!!

  • Caroline Back diz: 17 de janeiro de 2009

    Olá querida Martha, obrigada pelas excelentes dicas! Realmente o Escafandro e a Borboleta é mais conhecido, já haviam me incado, embora ainda não tenha tido oportunidade de assitir, mas certamente o farei, o enredo parece maravilhoso.
    E O Clube de Leitura de Jane Austin já está anotado!

    Um ótimo final de semana pra ti!

    Beijos!

  • Ellen Cristina Corrêa de Lira diz: 17 de janeiro de 2009

    Ela descreve com leveza e bom humor a aristocracia rural britânica, sem com isso deixar ser profunda.
    Deixo para vc uma frase dela que vale uma reflexão mais profunda, por ser ainda muito atual, mesmo em face das mudanças que a realidade feminina sofreu nas últimas décadas: “A imaginação de uma senhora é muito rápida; pula da admiração para o amor, e do amor para o matrimônio em um segundo.”
    Achei bárbara essa frase!!!
    Um grande abraço, Martha, com todo o meu carinho e admiração.
    Ellen Cristina

  • Ellen Cristina Corrêa de Lira diz: 17 de janeiro de 2009

    E confesso, me encantei, viciei e nunca mais deixei ler ou mencionar algo que você tenha escrito.
    Gostaria de agradecer a dica desse primeiro filme sobre a obra de Jane Austen. Imagino que seja um filme sensível, pois se tratando da obra dessa romancista, não há como ser diferente. . Lí Sense and Sensibility, que deu origem ao filme Razão e Sensibilidade e depois disso passei a me interessar pelo mundo de Jane Austen.

  • Maria de Lourdes diz: 21 de janeiro de 2009

    Três comentários mencionam o nome certo da autora: Jane Austen, com e (Austin é uma cidade do Texas) Por favor, corrija o seu texto. Ela é uma autora tão maravilhosa que merece ter seu nome grafado crretamente. Um abraço!

  • Luciana diz: 17 de janeiro de 2009

    Leia Jane Austen o mais rápido possível. Orgulho e Preconceito é o meu preferido. Beijos. Luciana.

  • Juliana Amaral diz: 16 de janeiro de 2009

    Oie!!! Muito engraçado o nome do filme de Jean-Dominique Bauby ai no Brasil, mas a dica eh excelente eh lindo o filme, mostra a força de vontade dele e tambem a dedicação incansavel da terapeuta… Vou buscar agora o clube da leitura q ainda nao vi. E aqui com -12ºC o jeito eh cineminha em casa debaixo das coberta e com pipoca!!! Beijao no coracao!!!

  • Maria Luiza Bicca Bragança diz: 18 de janeiro de 2009

    Querida Martha,
    Me perdõe pela audácia, mas tenho certeza que sou sua fã número um. Sou sua leitora desde 2003, quando tinha meus 14 anos e desde lá admirava a facilidade com q tu fazia chegar aos teus leitores o q tu sentias ao escrever tuas belas crônicas.
    Sempre tomei o cuidade de recortar dos jornais qualquer coisa q fosse escrita por ti com muita cautela. Guardava os meus recortes em uma maleta q de repente sumiu!

  • Nathy Faustini diz: 17 de janeiro de 2009

    Obrigada pelas dicas. Ler e assistir filmes é o que eu mais faço! Beijos.

  • Nayane diz: 17 de janeiro de 2009

    Ah Martha valeu pela dica de filme, vou assistir a esses filmes que indicaste. Acho que essa autora Jane Austen foi quem escreveu o livro Orgulho e Preconceito que é muito bom. Abração e otimo final de semana!!! beijos =)

  • Maria Luiza Bicca Braganca diz: 19 de janeiro de 2009

    ::: À JÉSSICA DE SANTA MARIA :::

    Jéssica, os textos da Martha publicados às quartas-feira e aos domingos na ZH, podem ser encontrados nesse link abaixo:

    http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2368366.xml&template=3916.dwt&edition=11513&section=1026

    Sempre que quiseres algum texto publicado, entre no site da ZH em http://www.zerohora.com e no link `colunas e charges` você encontra os da Martha!

  • Carla Papandreus da Silveira diz: 17 de janeiro de 2009

    A vida aconteceu pra mim quando do atraso do vôo de volta da TAM. De Natal, uma noite em São Paulo. Madrugada, e Poa, finalmente. Nesse meio-tempo? “Tudo o que eu queria te dizer”, sublinhado, dividido, com um toque de Martha em cada crônica, sobretudo nas últimas. Aceite meu café de retorno, energizado pelas belezas naturais do país! Beijos!

  • Juliana diz: 19 de janeiro de 2009

    Olá Martha!
    E tua filha? O nome dela estava no tão esperado listão da Ufrgs?!
    Sorte pra ela!

  • Daniela Linhares diz: 17 de janeiro de 2009

    Olá Martha.
    Adorei saber que há um filme tão bacana sobre os livros de Jane Austin. Eu li Orgulho e Preconceito e assisti o filme de mesmo nome, depois li Razão e Sentimento e assisti ao filme que se chama Razão e Sensibilidade, gostei muito de ambos, claro que bem mais dos livros e realmente não precisa ser nenhum intelectual para gostar dessas obras, pois sou uma simples dona de casa e achei a leitura bem gostosa. Vou aproveitar suas dicas pois não irei à praia. Um beijão.

  • Fernanda diz: 17 de janeiro de 2009

    Eu já sou leitora assídua de tudo que tu escreves há tempos, mas só agora descobri o blog. Me identifiquei com esse texto sobre os filmes em dois aspectos: primeiro, porque está fazendo um calorão aqui em Pelotas e eu estou mais afim de deitar e assistir um filme do que tomar um banho de piscina; e segundo porque também vi recentemente o filme “O Escafandro e a Borboleta” e gostei muito! Obrigada pelo prazer que teus livros me proporcionam e pelas ótimas dicas de filmes e livros! Bom domingo!

  • Ellen Cristina Correa de Lira diz: 17 de janeiro de 2009

    Fui “apresentada” a você pelo meu namorado, que é gaúcho e reside em Porto Alegre, a cerca de uns 9 anos atrás. E confesso, me encantei, viciei e nunca mais deixei ler ou mencionar algo que você tenha escrito.
    Gostaria de agradecer a dica desse primeiro filme sobre a obra de Jane Austen. Imagino que seja um filme sensível, pois se tratando da obra dessa romancista, não há como ser diferente.

  • Ellen Cristina Correa de Lira diz: 17 de janeiro de 2009

    Lí Sense and Sensibility, que deu origem ao filme Razão e Sensibilidade e depois disso passei a me interessar pelo mundo de Jane Austen. Ela descreve com leveza e bom humor a aristocracia rural britânica, sem com isso deixar ser profunda.
    Deixo para vc uma frase dela que vale uma reflexão mais profunda, por ser ainda muito atual, mesmo em face das mudanças que a realidade feminina sofreu nas últimas décadas:

  • Ellen Cristina Correa de Lira diz: 17 de janeiro de 2009

    “A imaginação de uma senhora é muito rápida; pula da admiração para o amor, e do amor para o matrimônio em um segundo.”
    Achei bárbara essa frase!!!
    Um grande abraço, Martha, com todo o meu carinho e admiração.
    Ellen Cristina

  • Pauliane Godoy diz: 17 de janeiro de 2009

    Também já vi o Clube de Leitura de Jane Austin e amei.Muito boa dica…Também indico!
    Bom final de semana.

  • Neusa Conte diz: 16 de janeiro de 2009

    Martha, Com todo respeito a Jean-Dominique mas , por ter vivido esta situação do AVC / minha mãe, acho pouco provável que ele possa ter “ditado” um livro com “piscadelas”, mas… SURREALISMO na literatura !

  • leticia diz: 18 de janeiro de 2009

    Martha, please, nos conta se a tua filha passou no vestibular

  • Angélica diz: 18 de janeiro de 2009

    Olá Martha! Minha psiquiatra disse que leu um texto seu esta semana na zero hora sobre mulheres que amam demais…ela não soube me dizer qual o dia..então peço encarecidamente que me digas o dia desta publicação ou me mande o texto via email..segundo ela o texto é incrível e eu preciso ler!!! obrigada

  • Marizete Almeida diz: 27 de janeiro de 2009

    Martha! Adorei o filme ” O Clube de leitura……..” valeu a dica!
    Um abraço,
    Marizete

  • Maria Luiza Bicca Bragança diz: 18 de janeiro de 2009

    Dentre os teus brilhantes textos, gosto muito de um com o título “La Poderosa”, que fazia referência à motocicleta de Che Guevara, lembra?
    Adoraria que tu pudesse transcrevê-lo e desde já te agradeço!
    Tenha uma ótima semana. Beijos, Malu

  • Avner Posner diz: 16 de janeiro de 2009

    Martha, tudo bom?
    Nossa fiquei muito surpreso! Não sabia que você tinha um Blog, mas que maravilha! Queria, primeiramente, parabenizar você e seu enorme talento. Amo o que você escreve. Acompanho suas colunas e tenho 3 de seus livros.
    Por coincidência eu falei sobre esse filme durante a semana. Uma amiga me indicou e falou que era fabuloso. Ta aí, vou assistir.

    Avner

  • Ederson Abi diz: 16 de janeiro de 2009

    Martha!!
    Com certeza vou vê-los.

    Eu te amooo :S:S

    hehe.

  • Maykel Dias diz: 20 de janeiro de 2009

    Olá adorei o Blog ainda não tinha entrado adoro tudo o que voçê escreve e verdadeiro da para sentir. Me surpreendeu a sinceridade em confessar que ainda não leu Jane Austin indico então que começe por Persuasão Ok. parabens felicidades

  • Nathália Hecz diz: 17 de janeiro de 2009

    Dicas guardadas, ;)! Nossa, como eu ri hoje relendo Doidas e Santas! A crônica Mulher Invisível. Quase esmagaram a Martha, tadinha! Beijão!

  • jéssica diz: 20 de janeiro de 2009

    Maria Luiza Bicca Braganca…muito obrigada!!adoro os textos da martha..tinha procurado no site da zero hora mas n havia encontrado..mto obrigada mesmo pela ajudinha..hehe…abraços

  • jéssica diz: 18 de janeiro de 2009

    Martha…Gostaria que vc me enviasse,se possivel, por email ou publicasse o texto publicado no Dona ZH deste domingo:18/01/09…ameeei o texto e estou numa situação muito parecida com a que vc descreveu no texto..desde já, obrigada!!Abraços

  • Juliana Amaral diz: 20 de janeiro de 2009

    A Maria Luiza Bicca Bragança! Obrigada pela dica pra Jessica, eu tambem estava aqui arrancando os cabelos por nao encontrar mais o Caderno Donna na ZH dominical, Brigadao mesmo!!!

  • Pâmela Feiten diz: 17 de janeiro de 2009

    Bom find minha amada! Vou sem duvidar olhar tua 2ª opção de filme, a vida é incrível demais .Beijão, com carinho Pâm

  • REGIS DAGOSTINI diz: 16 de janeiro de 2009

    Marta a qualidade de seus textos e a forma leve como só vc sabe escrever fizeram eu me apaixonar por vc, quando escreves sobre a famosa TPM das mulheres ou sobre amizade simplesmente eu viajo junto com suas idéias,pensamentos e formas q só vc consegue bj

Envie seu Comentário