Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Apenas um sonho

15 de fevereiro de 2009 29

Oi, pessoal.
Sigo aqui em Punta, quase voltando pra casa.
Já que ao falar do filme “O curioso caso de Benjamim Button” eu o classifiquei apenas como bom (apesar de uma cena sublime que esqueci de mencionar: aquela em que Daisy dança pela primeira vez para Benjamim, depois de jantarem, ela ainda bem moça e ele meio cinquentao – das coisas mais belas que assisti no cinema) hoje vou falar rapidamente sobre um filme que, ess sim, AMEI. Aqui no Uruguai a traduçao é “Só um sonho”, no Brasil acho que ficou “Foi tudo um sonho”, mas o título original é “Revolutionary Road”, com Leonardo di Caprio e Kate Winstley atuando de forma admirável, emocionante.Esse é o típico filme que me ganha: gosto de histórias dolorosamente reais e enxutas. Sam Mendes, que já havia dirigido o excelente “Beleza Roubada”, mais uma vez acertou a mao ao contar uma história sobre a dificuldade de a gente se sentir um estrangeiro em sua própria vida, que é o que acontece quando nao conseguimos fazer as escolhas certas. Vou escrever mais sobre o filme  quando voltar a publicar as colunas nos jornais, mas, desde já, fica a dica. Filmaço!

Até breve, beijos!!

 

    

Postado por Martha Medeiros

Comentários (29)

  • Luisa diz: 15 de fevereiro de 2009

    Pois eu gostei muito do filme do Benjamin Button pois acho que ele é um daqueles filmes que se prestam a inúmeras reflexões positivas ao contrário do filme Foi apenas um sonho onde existe uma insatisfação generalizada e o universo feminino principalmente é retratado no meu entender de forma muito negativa.

  • Adriano de Oliveira diz: 15 de fevereiro de 2009

    Martha, aqui no Brasil esse filme ganhou o título “Foi Apenas um Sonho”, parecido com o uruguaio, mas longe do original, que traduzido seria algo como “Estrada da Revolução”. É sim um lindo filme, que dialoga diretamente com “Beleza Americana” do mesmo diretor, ao abordar a derrocada das aspirações pessoais e a tentativa (frustrada) de remediá-las. Sou apreciador da tua sensiblidade e fico feliz que tenhas gostado desse filme tanto quanto eu. Um abraço! Adriano – site Cine Revista

  • Leticia diz: 16 de fevereiro de 2009

    Martha, só hoje achei seu blog. Estou há um tempo contar a história do dia em que eu fiquei sem ler seu texto de domingo. Você passou a fazer parte do meu ritual de domingo, de arrastar minhas alpargatas até o jornaleiro, dizer “oi” para todos os sujeitos conhecidos no bairro e comprar meu jornal.
    Infelizmente, um dia mudei meu trajeto e comprei o jornal de um “estranho” dentro de um shopping do Rio e fiquei espantada quando, ao chegar a casa, vi que estava sem a revista. Foi difícil! bjs.

  • Ana Paula Sales Tavares diz: 15 de fevereiro de 2009

    Oi, Martha! Esse filme parece bom mesmo… A crítica tem falado bem a respeito… Bjs!!

  • Juliana Amaral diz: 16 de fevereiro de 2009

    Dear Martha.. Voce é simplismente incrível…, mesmo em ferias, tira um tempinho para nós seus fãns. Brigaduuu

  • Belisah diz: 16 de fevereiro de 2009

    Junto com estes filmes,tb está em cartaz uma leva de outros muito bons,para os quais aguardo ansiosa pelo seu comentário: “Ninho vazio”, Dúvidas” e “O leitor”; este último com a mesma atriz do Foi apenas um sonho e com muitas indicações ao Oscar.Gostei de todos estes, mas “O Leitor” é um senhor filme, pois condensa num só enredo todo um misto de sentimentos humanos intensos e conflitantes:solidariedade, amor, sexo, covardia, justiça,injustiça, culpa etc, etc.Veja rápido, please…Bjos.

  • Alberto diz: 15 de fevereiro de 2009

    Olá, Martha! O título do filme dirigido anteriormente por Sam Mendes é BELEZA AMERICANA e não BELEZA ROUBADA, este de Bernardo Bertolucci. Ambos, na minha opinião, excelentes! Te admiro muitíssimo – já deves estar cansada de ouvir e ler isso, né? Entretanto, obrigado por nos brindares com o teu imenso talento e perspicácia. Bom finalzinho de férias. Beijo!

  • Nathália Hecz diz: 15 de fevereiro de 2009

    Dicas devidamente computadas, obrigada! Martha, hoje eu chorei feito um bebê olhando filme! O filme é tri antigo, já vi muitas vezes, mas em TODAS choro. Hoje me superei! A Vida É Bela, filme italiano com direção de Roberto Benigni, sobre o nazismo. Sempre que choro assim por causa de filme, lembro de ti. Viu como eu sou chorona?! Beijão, flor! Amo!

  • Alice diz: 15 de fevereiro de 2009

    Filmaço é “o curioso caso…”. Assisti ontem “Foi apenas um sonho”, e sai decepcionada do cinema. Achei o filme péssimo… Cheguei a sair tensa do cinema. Não gostei mesmo.

  • Rafaele Ferreira diz: 15 de fevereiro de 2009

    Chega dia de domingo e é sempre a mesma história aqui em casa, “Mãe cadê o jornal?”, assim que levanto penso em ler a sua coluna. Sempre incrivel ao meu ver. Sou sua admiradora tem é tempo. Livros e mais livros, tenho uma pasta só com os seus textos, publico sempre eles no meu blog também. Como dizem as minhas amigas “Sou Martha Medeiros Assumida”, risos! Meus parabéns sempre, continuarei lendo seus textos e te admirando. Estou com saudades da sua coluna, ansiosa pela sua volta. Beijos!!!

  • Daiana Leite de Sousa diz: 16 de fevereiro de 2009

    Oi Martha! Aqui no Brasil esse filme chama-se “foi apenas um sonho”. Gostei muito do filme e me impressionou a atuação da Kete Winslet. Filme denso sobre a nossa busca interior. Adorei o papel do “maluco” Michael Shannon – John Givings, pra mim o papael mais lúcido do filme. A Kate Winlet concorre ao Oscar pela atuação em “O Leitor”, mas achei sua atuação muito sup[erior nesse filme. Filme imperdivel!

  • Omar Thelo diz: 16 de fevereiro de 2009

    Não é Winstley, é Winslet…..

  • Evan diz: 15 de fevereiro de 2009

    Oi Martha, confesso q ainda não vi o filme estrelado pela dupla de titanic em ação …
    Mas, ao ouvir falar e ler sobre essa produção, estou realmente curioso sobre a história que aborda os conflitos pessoais vividos pelo casal, em função de certas escolhas. Também quero ver esse outro filme : O curioso caso de Benjamim Button, uma história um tanto incomum …
    Valeu a dica de ambos .
    Um beijo pra ti, tu é linda . Sem falar no modo como escreve tuas obras e publicações.

  • Zé diz: 15 de fevereiro de 2009

    Beleza Roubada é do Bernardo Bertolucci!
    Beleza AMERICANA é do Sam Mendes!

  • Evandro diz: 16 de fevereiro de 2009

    De que adianta mandar comentários, se vocês não divulgam. Mandei ontem e até agora, niente!

  • Juliana diz: 16 de fevereiro de 2009

    Marthaaaaa,querida….morrendo de saudades suas,que bom que vc vem aqui de vez em qdo nos dar um alô pra gente!!
    Pretendo ver esse filmaço que vc indicou assim que ele pousar aqui em Goiania…Vindo de vc,como já disse mil vezes,só pode ser pra lá de bom…
    Bjãoooo,volta logo!!

  • Léia Carvalho – LC diz: 16 de fevereiro de 2009

    Olha como são as coisas… Eu ignorei esse filme por duas vezes, na porta do cinema optando por outros (que também gostei muito)
    Mas com a dica, hoje será um bom dia para ve-lo (rs)

  • Yaskara diz: 16 de fevereiro de 2009

    Oi, Martha. Sou sua fã há anos… Tenho seus livros… O trem bala está decorado… Qual minha surpresa ao pesquisar vestidos de renda renascença descobri uma estilista Martha Medeiros (www.marthamedeiros.com.br)… Esse nome é sinônimo de talento mesmo! Beijo

  • Elisa diz: 15 de fevereiro de 2009

    Geleiras vão derreter, estrelas vão se apagar
    Nada vai permanecer no estado em que está
    Eu só penso em ver você, eu só quero te encontrar
    Geleiras vão derreter, estrelas vão se apagar
    E eu pensando em ter você
    Pelo tempo que durar
    Coisas a se transformar
    Para desaparecer
    E eu pensando em ficar a vida a te transcorrer
    E eu pensando em passar pela vida com você
    Pelo Tempo Que Durar, de Adriana Calcanhotto e Marisa Monte

  • Bicho diz: 15 de fevereiro de 2009

    E eu com isso que estas em Punta… :-)

  • Juliana Amaral diz: 16 de fevereiro de 2009

    Martha voce percebeu a quantidades de homens que entraram aqui pra te criticar dizendo que nao eh esse, eh aquele????
    Homens!!!!
    hahahahahaa

  • Tatiane diz: 19 de fevereiro de 2009

    Martha,

    Assisti esse filme com meu namorado,realmente,gostei muito e olha que não costumo gostar de filmes com o Di Caprio….já a Kate,nossa,ela é maravilhosa!

    Recomendo o filme também,impossível sair do cinema sem se questionar.

  • socorro moreira diz: 21 de fevereiro de 2009

    Colaboro com blogs da minha cidade(achável facilmente no mapa) : Crato-Ce. Depois que descobri você , fiz algumas citações , e publiquei dois textos seus. Claro que interessa-me conhecer todos os seus escritos . Farei a busca, a pesquisa. Identifiquei-me!
    Gosto de todas as dicas… Revolucionam o meu tédio … E a minha paz, numa cidadezinha do interior nordestino ,fica mais feliz !

  • Alessandra diz: 26 de fevereiro de 2009

    Oi Martha!Acho que deverias te arriscar e ter um cachorro, com certeza terás muitas recompensas e uma inspiração extra para escrever ainda mais!Beijos!

  • Lucia diz: 17 de fevereiro de 2009

    Martha, assisti o filme no Rio e é, sem dúvida, um filmaço! Belíssima atuação do Di Caprio, mostra-se um ator maduro e perfeito no papel. A palavra que, pra mim, melhor se encaixa no tema é “coragem” ou a falta dela… Beijos!

  • Vivi diz: 17 de fevereiro de 2009

    Olá Martha. O filme realmente mexeu comigo. Eu que já me questionava passei me questionar ainda mais ….. Será que vale a pena deixarmos de viver nossos sonhos em função de uma vida “comum”, sem grandes prazeres e realizações? Devemos nos conformar em levarmos vidas sem graça porque é assim que sempre acaba? É melhor viver momentos intensos que nos tornarão diferentes da maioria das pessoas ou viver uma vida “feijão com arroz”? Há espaço para as duas coisas? Cabeça fervilhando … bjs. Vivi

  • Antonio Cavalcanti diz: 16 de fevereiro de 2009

    É “Beleza Americana”, e não “Beleza Roubada”, o filme dirigido por Sam.
    Vi o “Benjameim Button” e o considerei um filme com várias cenas muito bonitas, bela fotografia e tal, mas o conteúdo é simples.
    O outro eu pretendo ver, pois achei “Beleza Americana” um dos melhores que já vi.

  • leticia diz: 16 de fevereiro de 2009

    ahh tudo são escolhas.. e o problema é que na maioria ou é um sim ou um não. sempre que se escolhe algo a gente abre mão de outras coisas tambem.. ahhh axo que estou bem nesse período agora…

  • Vanessa Hartmann diz: 16 de fevereiro de 2009

    Obrigada pelas dicas, Martha.
    Que bom que estás quase de volta, estamos sentindo falta das colunas.
    Bom retorno!
    Abraço.

Envie seu Comentário