Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Variados

21 de junho de 2009 26

Oi!

Tem tanto assunto sobre o qual eu gostaria de escrever essa semana… duvido que eu consiga arranjar tempo, vai ser uma pedreira. Amanhã já tenho um bate-papo agendado com o pessoal da oficina de literatura do Charles Kiefer, aqui em Porto Alegre, e na quarta, às 6 da manhã (!!) meu voo decola para Ribeirão Preto, onde à noite (19h) participarei de um bate-papo na Feira do Livro. Na quinta farei um pit-stop em São Paulo para uma entrevista para a revista da loja Bob Store e para tirar fotos, e à noite voarei de volta a Porto Alegre.

*

Tenho curtido a informalidade do presidente Barack Obama, que senta em escadas e mata moscas em meio a entrevistas. Nada a ver com política, e sim com posicionamento público. Claro que sempre haverá aqueles que condenarão sua postura, considerando-a apenas um recurso de marketing, mas se for, e daí? Antes um marketing focado na naturalidade do que na arrogância. Tem muita gente patrulheira que me dá nos nervos. Inacreditavelmente, uma associção ligada ao PETA defendeu a pobre da mosquinha que pousou no braço do presidente: como ele teve coragem de matá-la??? Putz, que gente xarope.

*

Ainda patrulheiros: inacreditável a intolerância com os gays. Fico abismada que as pessoas ainda joguem bombas e se manifestem agressivamente contra um grupo que nada lhes tira, que nada lhes rouba, que simplesmente estão defendendo seu direito a vivenciar o amor do jeito que lhes é mais prazeroso. Eles não estão pedindo adesão, apenas respeito. Por que isso é tão difícil de entender?

*

Sarney é um homem incomum? Ah, Lula, nos poupe. Eu também fico com um pouco de pena quando vejo um senhor acuado diante da mídia, com os olhos marejados tentando defender o indefensável, mas alto lá: minha piedade é relacionada à ingenuidade do sujeito, que achou que poderia passar uma vida exercendo o nepotismo sem ter que responder por isso mais adiante. Lamento por seu constrangimento, mas fez por merecer. E tem que responder à sociedade!

*

Ainda Lula, porém um assunto mais frívolo: o que é aquela foto da funkeira posando nua pra Playboy quase lambendo a foto do nosso presidente? O que se é capaz de inventar para conseguir meio minuto de fama? Não existe mais escândalo nesse país, é conceito ultrapassado, somos graduados no assunto, mas o que me constrange é que a imaginação humana não tem limites quando se trata de atrair os holofotes. Que molecagem. 

*

Há também a polêmica sobre os livros do autor americano Will Eisner que foram encomendados pelo MEC e distribuídos nas escolas, com conteúdos que envolvem pedofilia, adultério e estupro. Em princípio, a tendência é a gente procurar evitar que esse tipo de literatura chegue ao alcance de crianças e adolescentes, pra não incitar ainda mais a violência. Eu acredito, sim, que a fartura de material pró-violência que vemos nos cinemas e televisão colabora um pouco para o acréscimo da criminalidade, mas isso se potencializa por causa da má informação, da má educação e do silêncio que as famílias perpetuam quando estão em pauta assuntos delicados. Se os alunos puderem refletir e debater sobre o que estão recebendo através dos livros do Will Eisner, aí a situação se inverte, pode ser produtivo. Bandalheira tem por toda parte, sem critério e sem acompanhamento. Se a escola, através dos seus professores (e espera-se que os professores tenham algum senso crítico e sensibilidade) souberem abrir a discussão sem preconceitos e com liberdade para que todos opinem, aí tudo bem. Porque trata-se da vida de todos nós. Tudo é uma questão de bom senso.

*

Tem 5 filmes que estou doida pra ver e não imagino como vou conciliar com essa minha agenda atarefadíssima. São eles: Desejo e Perigo, A Partida, Caramelo, Tinha que ser você e o documentário Loki, sobre Arnaldo Batista, ex-Mutantes. 

*

Help!!

*

Bom início de semana a todos. Beijos!!

 

  

Postado por martha medeiros

Comentários (26)

  • Bruna Correa diz: 22 de junho de 2009

    Martha

    Tens aqui em Florianópolis uma fãzona! Adoro seus textos!

    Gostaria de saber quando você vem pra cá. Ficaria muito feliz em te ver pessoalmente.

    Beijo!

  • Mariana diz: 23 de junho de 2009

    Martha esse final de semana assisti Divã, já tinha lido o livro, mas o filme é divino! Me senti dentro das paginas, virando uma a uma. Parabéns! Escreve outra ficção pra nós!!

  • Lígia Pazetti diz: 23 de junho de 2009

    Martha.
    Sobre os filmes que você quer assistir
    um assisti a um deles, o “Tinha que ser Você”. Assisti na sexta-feira passada.
    Não era exatamente pra assitir tal filme, queríamos ver Mulher Invisivel, mas não tinha como porque chegamos tarde, daí já viu né? Aí acabamos vendo este, mas é uma história encantadora com imagens lindas de Londres. Depois que você vê o filme a gente fica com uma vontade de conhecer Londres. Você já foi pra lá alguma vez?
    Depois que você ver o filme, diga o que achou

  • vera diz: 23 de junho de 2009

    Olá Marta!
    Sou sua fã,adoro os seus livros e suas cronicas,seu jeito leve e inteligente de viver a vida. Parabéns pelo seu maravilhoso trabalho. bjos.

  • Tereza diz: 22 de junho de 2009

    Olá Martha! Tenho passado por aqui todas as noites e já li seu blog quase todo. Também amo a Clarice e não gostei daquela entrevista dela na Cultura…

    Também acontece comigo de amar um livro ou um filme e quando vou ler ou ver de novo… já sou outra pessoa e não curto tanto assim…

    Também gosto do Obama! =)

    Temos muitos gostos em comum. Adoro o seu blog!

    Boa semana! Bjoss!

  • Renata Bassan diz: 22 de junho de 2009

    Em primeiro lugar, gostaria de expressar minha admiração por seu trabalho. Sou sua fã. Mas o motivo principal de meu contato é o filme “A Partida”. Eu o vi e adorei, a ponto de motivar minha estreia em sua seção de comentários. Muitos críticos o consideraram piegas e previsível. Talvez seja um pouco. No entanto, é o tipo de filme que nos impregna e nos faz pensar não somente sobre a nossa finitude, mas acerca de quem somos. Bem, só quero ratificar seu interesse. Atenciosamente, Renata

  • Mariângela diz: 21 de junho de 2009

    Oi Martha,acompanho teus texto há vários anos e gosto muito do que tu escreves.Gostaria de saber se já leste o livro Conversas com Woody Allen e tuas impressões pois sei que tu és fã deste diretor,e eu também! Um abraço afetuoso para ti.

  • Nathália Hecz diz: 21 de junho de 2009

    Nossa, Martha, haja energia pra encarar a tua agenda! Eu também não entendo por que algumas pessoas ainda têm tanto preconceito contra os gays. Poxa, em pleno 2009 e isso ainda existe. Pois é, o que é aquela foto da funkeira? Molecagem não, aquilo tem outro nome, credo. Em meio a patrulheiros, preconceituosos, Sarneys e funkeiras, eu te imito, Martha: Help! Boa semana pra ti, torço pra que tu consigas ver os filmes. Beijãão! =D

  • Hosana diz: 21 de junho de 2009

    Oi Martha, sou uma grande admiradora sua e é a primeira vez que posto no seu blog, é que não resisti quando vc comentou os filmes que gostaria de assistir, “Tinha que ser você” é um filme bonitinho, vale pelas atuações, mas fica meio no lugar comum.Jà o filme “A Partida” é algo perto do maravilhoso, é um filme sensivel, que exala ternura em suas cenas e mesmo tratando de um tema meio pesado como a morte, consegue ser leve…leve e profundo ao mesmo tempo!Vale a pena assitir!
    Abraços.

  • William diz: 21 de junho de 2009

    Que alegria saber da tua agenda! Mais feliz fico em saber que “estas doida”para ver 5 filmes, mas, que sendo “pop star”da , ah, literatura, nao tens tempo.
    Help digo eu.

  • ana tartarotti diz: 21 de junho de 2009

    Oi Martha… eu támbem estou adorando a informalidade do Obama. Até coloquei essa foto de que tu fala em meu blog. Sobre os livros que o Mec condenou, há dois lados. É claro que devemos estar ao par de tudo o que acontece e ter o sentimento de nos colocar no lugar do outro, do sofrimento alheio, mas é beeeeeeeeem desagradável a leitura de certos livros, principalmente se estão em contexto pornográfico.

  • Paula diz: 21 de junho de 2009

    Estive em Ribeirão Preto essa semana, foi uma pena não poder ficar pra Feira do Livro… Fica pra próxima! ;)

  • Nilda Elesa Mazzolenis diz: 21 de junho de 2009

    Querida Martha, solo deseo decirte que aún existo, aqui con frío y con nieve, aunque aún conservo las marcas del sol de Floripa.Supe del éxito de tu película y te felicito, espero poder verla un día no muy lejano. Mientras tanto me conformo con leer tus crónicas, siempre tan interesantes. Un abrazo cordial de esta amiga argentina que no te olvida. Nilda.-

  • DS diz: 21 de junho de 2009

    Concordo sobre o perigo da leitura – ela pode nos tornar questionadores e não aceitar e propagar notícias sem antes a verificarmos. Sobre Eisner: Aconselho ler a obra, primeiro. Um pouco sobre o assunto: http://blogdosquadrinhos.blog.uol.com.br.
    Jorge Amado mesmo baseia alguns dos seus trabalhos sobre o(s) mesmo(s) tema(s). Devemos tirá-los do ensino médio também? E pensando um pouco sobre a literatura clássica brasileria… onde não

  • Thais diz: 22 de junho de 2009

    Oi Martha, e por falar em filme, você assistiu o excelente “Estômago”? Nacional, muito bom, vale a dica!
    beijo

  • Nathália Hecz diz: 23 de junho de 2009

    Florzona, tô passando pra te desejar uma boa viagem, tá?! Beijão, que tudo dê certo. =D

  • Cinara Régia diz: 23 de junho de 2009

    Olá Martha…comecei acompanhar seu blog a poucos dias e ADOREI! Tanto que fui até o primeiro post e comecei ler de traz para frente…agora jé estou em dia…e aguardando o próximo! PARABÉNS…vc é ótima! Bjos

  • Neusa Elena diz: 21 de junho de 2009

    Gosto muito de ler tua coluna na ZERO.
    Como consegues ser tão informada com uma agenda tão lotada?
    Sou professora e tenho dúvidas quanto ao bom uso dos livros que citaste, pois sabemos que tem professores preocupados com o desenvolvimento de seus alunos, assim como aqueles que largam os livros e nem estão aí para o conteúdo dos mesmos.
    Como em todas as profissões tem os exercem a função com amor e aqueles que exercem simplesmente para receber seu ordenado.
    Beijos
    Neusa Elena

  • Pedro de Quadros Du Bois diz: 21 de junho de 2009

    Acuado, por favor.
    Atenciosamente,

  • Veridiana diz: 21 de junho de 2009

    Martha! Amo e admiro o seu trabalho a algum tempo! E gostaria de dizer aqui o quanto ameeei a coluna deste domingo em DonnaZH! Demais mesmo! Até pq eu tb adoro o verão e escumungo o inverno!! Beijo grande!

  • claudia maria diz: 22 de junho de 2009

    Oi Martha
    Eu ,como grande admiradora sua ,estarei na Feira do Livro na quarta especialmente para ve-la!!
    Beijos
    Claudia Maria

  • Mariana diz: 21 de junho de 2009

    Então só p ajudar nos assuntos polêmicos: e a não obrigatoriedade do diploma para os jornalistas?

    beeijo

  • Myrian Rodrigues diz: 22 de junho de 2009

    olá martha, em primeiro lugar também aqui está mais uma fã sua, hehe, assim fã número 1. parece que me identifico com praticamente tudo que você escreve. divertida, inteligente,sensata, enfim não há qualidades suficientes que descrevam esse seu dom maravilhoso.
    gostaria de uma opinião sua sobre essa nova lei que foi sancionada sobre os jornalistas, de que não precisa mais ser graduado em jornalismo para exercer a profissão..
    aa..viva o obama..acho ele mtoo carismático tbm.

  • Luciana Barros diz: 22 de junho de 2009

    Sou leitura assídua do teu blog, Martha! E hj, o post está M A R A V I L H O S O! Parabéns!

  • Ana Paula Sales Tavares diz: 22 de junho de 2009

    Martha! Amei a tua crônica sobre o inverno, publicada ontem no ZH! Muito legal! Um beijão e boa semana!

  • juliana ferreira diz: 23 de junho de 2009

    Descobri seus textos por acaso na internet e agoro me delicio lendo seus livros e tudo mais que voce escreve e virei fã de carteirinha!!! Adoro como explica tao bem o dia a dia de maneira leve e verdadeira! Vc eh simplesmente fantástica! Parabéns!

Envie seu Comentário