Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de maio 2010

Tricô

30 de maio de 2010 26

Olá, todo mundo.

Cheguei de Goiânia ontem e foi muito legal o evento “Só para Mulheres”, apesar de eu não escrever só para mulheres. Fui hiperbem recebida por todos, organizadores e público, e ainda tive o prazer de conhecer o editor de estilo da revista Vogue, o Fabrizio Rollo, uma figuraça. Estiloso, culto, simpático, com um visual absolutamente contemporâneo, daqueles que a gente encontra no site www.thesartorialist.blogspot.com, um dos meus sites favoritos. Curto moda, cada vez mais.

*

Falando nisso, o blog da Cristina Brasil (www.cristinabrasil.com.br) traz um monte de comentários sobre os bastidores do Fashion Rio e ainda relatos da época em que ela era modelo em Paris, volto a recomendar.

*

Outros sites que recomendo: o da Natália Klein (acho que já falei dela pra vocês), garota esperta, divertida, sabe aquele mau-humor sadio? Anote aí:

www.adoravelpsicose.blogspot.com

*

Tem o blog do Paulo Amaral, bons relatos sobre viagens, artes plásticas, poesia, política e tudo mais. Um cara elegante. www.doravantebrasil.blogspot.com

*

E tem o site do Gilberto Perin, que é cineasta, ator, produtor de tevê e ainda arranja tempo para fazer fotos lindas, confira: www.gilbertoperin.com

*

Santo Cristo, que saudade de viajar. Estou falando de viajar pra longe, sair do país, visitar uns museus, ver gente nova, topar com visuais exóticos, entrar em outro ritmo de vida. Sabe pra onde eu queria ir? Tunísia. Pois é, estou entre Tunísia e um roteiro mais manjado.

*

O que ando lendo? Carola Saavedra, uma garota que nasceu no Chile, veio pro Brasil com três anos, depois estudou na Europa e hoje vive no Rio de Janeiro. O nome do livro: Paisagem com Dromedário. Ainda não terminei, estou gostando. Logo depois, começarei o “Par e ímpar” da Tatiana Druck, livro de poemas. Já tive acesso a uma palhinha e acho que vou gostar demais, depois comento.

*

Muitas vezes digo “depois comento” e não comento nada. Ó, céus.

*

Alguém tem um chicote aí? Pode me bater. Estou devorando um pacote de Doritos em plena noite de domingo, depois de já ter jantado! Pode bater com força.

*

Tudo isso por conta da ansiedade. Amanhã entrego em definitivo os originais do meu novo livro de ficção para a editora Objetiva. E ainda não estou segura quanto ao título! Esse sempre é um problema pra mim. Raras vezes fiquei feliz com os títulos das minhas obras. Mas nunca vacilei tanto quanto agora. Crack. Crack. Mais Doritos.

*

Meu gato está me dando nos nervos. Amo esse bichano, mas hoje ele está colocando a casa de pernas pro ar, parece que vai botar fogo em tudo. Não por acaso, o nome dele é Nero. Já castrei o coitado, o que mais devo fazer? Internar numa clínica de reabilitação? Porque ele só pode estar doidão.

*

Ainda não vi Sex and the city 2, mas pelo trailer, pelas fotos e pelos comentários que ouvi por aí, algo me diz que deve ser cafonésimo.

*

E assim encerro esse post desejando a todos um belíssimo início de semana. Beijos!

Postado por Martha Medeiros

Entrevista

27 de maio de 2010 14

Olá, people.

Passei rapidinho aqui para me despedir, amanhã cedo voarei para Goiânia, e às 17h estarei participando do seminário “Só para Mulheres”, será um bate-papo informal. Pra quem não pode estar em Goiânia, deixo aqui postado uma entrevista minha que acaba de ser colocada no ar pela revista Domínios, é só clicar no link:

E deixo também uma dica de filme: O Preço da Traição, mais uma tradução preguiçosa e clichê, pois o título original é apenas “Chloe”. Filme erótico na medida, com a excelente Julianne Moore, minha atriz predileta já faz algum tempo. O final é meio bizarro, mas é um thriller interessantíssimo. Vale conferir. Ainda deve estar em cartaz nos cinemas do Brasil.

Volto logo, beijos!

http://www.revistadominios.com.br/default.asp?pagina=dm146&revista=cotidiano

De novo por aqui

21 de maio de 2010 21

Olá, todo mundo! Obrigada pelos vários links para a entrevista da Cissa no Jô. Incrivelmente, ainda não consegui assistir, cheguei ontem de viagem e já fui engolida pelo corre-corre, mas nesse final de semana assistirei com calma.

*

Queria contar pra vocês como foi bacana participar do projeto Leitura em Ação, no Centro Cultural da Ação da Cidadania, um prédio espetacular na Barão de Tefé, no Rio – vale a pena conhecer. No dia em que estive lá houve a inaguração da biblioteca, que é aberta ao público, e eu li textos meus e depois bati um papo com estudantes de duas escolas, e isso foi o que mais me encheu de alegria, porque era uma garotada interessada, mesmo tendo pouquíssimo acesso à jornais e à literatura – ou por isso mesmo. Foi de fato uma ação de inclusão social que, aliás, deveria acontecer em diversos pontos do país. No final do bate-papo houve sorteio de livros e até parecia que se estava sorteando um carro 0km, tamanha a vontade da gurizada em levar os livros pra casa. Fiquei emocionada e convido vocês a entrarem no site para, do jeito que der, participarem dessa corrente pró-cultura.

www.acaodacidadania.com.br

*

Aproveitei minha ida ao Rio para participar de muitas reuniões de trabalho também. Estive com minha editora, Isa Pessoa, da Objetiva, e batemos o martelo, meu novo livro de ficção sai mesmo em outubro e em breve vou anunciar o título. Estive também com Lilia Cabral, prestigiadíssima depois de sua Tereza em “Viver a Vida”: vem mais Divã por aí, dessa vez em seriado para tevê dirigido pelo ótimo José Alvarenga, que dirigiu o filme.  Também conversei com Ana Beatriz Nogueira e Victor Peralta, atriz e diretor da peça Tudo que eu queria te dizer, e soube de algumas alterações que repasso agora pra vocês: a estreia não será mais dia 17 de julho como eu havia anunciado, eles primeiro farão o circuito Sesc aqui no Rio Grande do Sul (já passei pra vocês as datas e cidades) e participarão de alguns festivais de teatro pelo Brasil, para só então estrear no Rio, provavelmente em setembro. E Ana Beatriz estará sozinha no palco, será um monólogo, mas ela me deu uma palhinha e acho que vai ficar sensacional. Sendo a grande atriz que é, se desdobrará em várias personagens das cartas. Por fim, mais bate-papo com mulheres interessantes: jantei com Beatriz Kuhn, psicanalista e idealizadora do movimento Basta! (e minha ex-colega de colégio!), fiz um happy hour com a decoradora Cristina Brasil, que já postou no blog dela suas observações sobre nosso encontro – com fotos! – e tomei café-da-manhã ontem com a filósofa e poeta Viviane Mosé, também grande figura, além de talentosíssima. Depois de tanto assunto, tanto afeto, tanta conversa inteligente e divertida, volto com a cabeça a milhão, cheia de ideias para novos projetos. Bom, bom, bom.

*

Durante o trajeto Rio-Porto Alegre, no avião, devorei o último livro do Philip Roth, “Humilhação”. Roth é o meu Woody Allen da literatura, adoro tudo dele, sou fidelíssima a sua obra, mas esse novo livro não me pegou como os outros, me pareceu escrito com desleixo. Acontece. Minha admiração por ele não diminuiu, e se você nunca leu nada desse autor norteamericano, confira alguns títulos recentes como “Homem Comum”, “Fantasma Sai de Cena”, “O animal agonizante”, todos incríveis, e uma obra-prima chamada “A Marca Humana”.

*

Comprei também o último livro do Nick Hornby, “Juliet Nua e Crua” e o livro “A potência de existir”, de Michel Onfray – já li um livro dele que gostei muito, e dessa vez o título me ganhou. A potência de existir! Comento mais adiante.

*

E a L&PM, minha editora aqui do sul, lançou um produto bárbaro: uma caixa com 5 livros meus: Trem-Bala, Non-Stop, Montanha-Russa, Coisas da Vida e Cartas Extraviadas (4 coletâneas de crônicas e um de poemas), todos em formato pocket. Belíssimo presente para o dia dos namorados!!!! A caixa está a venda na Livraria Cultura, na Livraria da Travessa e em mais alguns pontos, mas todo mundo pode adquirir também pelo site www.submarino.com.br. Eles estão com um preço promocional, vale a pena!

*

Prometi o link para as cenas da peça De mim que tanto falam, está aqui. Não tem a mesma qualidade de som e de imagem do link que postei do “Doidas e Santas”, mas não se deixem levar apenas pela tecnologia, confiram ao vivo!

Bom final de semana a todos, beijos!

Plantão de notícias

17 de maio de 2010 26

Cissa Guimarães esteve ontem, segunda-feira, sendo entrevistada pelo Jô Soares sobre a peça Doidas e Santas. Não pude assistir, mas já soube que foi excelente. Quem conseguir um link da entrevista no youtube, manda pra mim que eu coloco aqui no blog.

*

E presentinho: acesse os trechos da peça: http://www.youtube.com/watch?v=EbCIEs4akLA

*

Sem esquecer de De mim que tanto falam, que está no Centro  Cultural Justiça Federal, de quinta a domingo. O link para as cenas dessa peça eu vou postar na próxima quinta-feira.

*

Beijos, tô de saída pro aeroporto!

Top 5

17 de maio de 2010 13
Olá, todos!
Vocês sabem que não sou eu que decido para onde viajo, né? Atendo a convites, apenas. Sobre Brasília, irei sim, dia 7 de julho, quando chegar mais perto aviso onde, quando, como. E talvez vá a Natal em agosto.
Atenção, pessoal do interior do Rio Grande do Sul. Soube hoje que a peça “Tudo que eu queria te dizer”, baseada no meu livro de cartas e com Ana Beatriz Nogueira no elenco, irá fazer um tour pelo Estado logo depois de estrear no Rio, dia 17 de julho. Agendem-se:
10 e 11/08 – Porto Alegre
12/08 – Farroupilha
13/08 – Taquara
15/08 – Passo Fundo
17/08 – Santo Ângelo
18/08 – Santa Rosa
20/08 – Uruguaiana
Hoje me senti chiquérrima, recebi um e-mail da Maria Adelaide Amaral, uma das mulheres mais admiráveis desse país. Adoro tudo que vem com a assinatura dela: livros, minisséries, tudo. Pois ela me repassou o Top 5 da artista plástica Moema Cavalcanti, que gentilmente me incluiu em seus “favoritos”. Achei divertida a brincadeira e passo adiante pra vocês, pedindo perdão à autora e a vocês por ter deixado de fora as ilustrações do post original.
Beijos!
TOP
5
AS 5 MELHORES COISAS SIMPLES DO MUNDO
5 Pão francês fresquinho com manteiga Aviação.
4 Ovo frito, gema mole por cima de arroz quentinho.
3 Lençol branco de algodãocheirando a flor de alfazema.
2 Receber carta com selo.
1 Dar três espirros seguidos.
AS 5 MELHORES FRASES DE DERCY GONÇALVES
5 Eu só vou morrer quando eu quiser! Não programo morte, eu programo vida!
4 Ninguém me criou. Aprendi como as galinhas, ciscando. O que não me fazia sofrer eu achava bom.
3 Deus nunca foi um pai para mim. Deus é meu amante.
2 Eu sou a Dercy Gonçalves e você não vai me assaltar, porra.
1 Não saio sem dentadura, pestana e peruca
AS 5 PIORES EXPRESSÕES-SEM-SENTIDO
5 Um beijo no coração
4 Correr atrás do seu sonho
3Até porquê…
2 Yes, we can!
1 Com certeza!
AS 5 MELHORES EXPLICAÇÕES DE ADRIANA FALCÃO
5 Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.
4 Pressentimento é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.
3 Ansiedade é quando faltam cinco minutos sempre para o que quer que seja.
2 Paixão é quando apesar da placa “perigo” o desejo vai e entra.
1 Culpa é quando você cisma que podia ter feito diferente, mas, geralmente, não podia.
AS 5 MELHORES FRASES DE HOMER SIMPSON
5 Por favor, não me coma! Eu tenho mulher e filhos. Coma eles!
4 Não vamos entrar em pânico: vou conseguir dinheiro vendendo um de meus fígados. Posso viver com um só.
3 A vingança é um prato que se come três vezes ao dia.
2Eu não bebo água. Os peixes transam nela.
1 Por que eu tive que nascer pai?
AS 5 MÚSICAS BRASILEIRAS MAIS TRISTES
5 Valsinha valsinha.chico
4 Juízo Final juizofinal.nelson
3 Pra dizer adeus pradizeradeus.nana
2 Assum Preto assumpreto.gal
1 Pedaço de Mim pedaçodemim.zizi
OS 5 MAIS INCRÍVEIS PALÍNDROMOS

5 morram após a sopa marrom.
4 o romano acata amores a damas amadas e roma ataca o namoro.
3 ze de lima, rua laura mil e dez.
2 ramon: `atira o remo, homero, à rita, no mar!
1 luza rocelina, a namorada do manuel, leu na moda da romana: anil é cor azul.
OS 5 MELHORES POEMAS CURTOS DE MARTHA MEDEIROS
5 Quando dou pra ti
sou mulher.
Quando dou por mim,
solidão
4 Espelho, espelho meu
existe no mundo alguém
que reflita mais do que eu?
3 O que uma guitarra faz
nenhum rapaz comigo já fez.
2 Mesmo tendo juízo
não faço tudo certo.
Todo paraíso
precisa um pouco de inferno
1 Fica o dito
pelo maldito
AS 5 MELHORES FRASES DE GROUCHO MARX
5 O casamento é a principal causa do divórcio.
4 Estes são meus princípios. Se você não gosta deles, tenho outros!
3 Nunca me esqueço de um rosto, mas, no seu caso, vou abrir uma exceção.
2 Você prefere acreditar em mim ou em seus próprios olhos?
1 Por que eu deveria me preocupar com a posteridade? O que ela já fez por mim?
AS 5 MELHORES FRASES EM LATIM SELVAGEM PARA O CARNAVAL
Criação de Xico Sá
5 Urge copulatum ad empacotum est: vai comer aqui ou quer que embrulhe?
4 Caprina sine puditia: cabra sem-vergonha!
3 Orificium beborium proprietarium nulus: c… de bêbado não tem dono.
2 Tridum momescum finutum est: pra tudo se acabar na quarta-feira.
1Vedi, vini; nulus copulatum: e não comemos ninguém!
Moema Cavalcanti

 

Homem de Ferro

15 de maio de 2010 18

Sou louca pelos filmes do Woody Allen, não é segredo pra ninguém, e não foi diferente com Tudo pode dar certo, gostei do começo ao fim (aliás, que monólogo no início do filme!). Em 90 minutos de projeção, está ali resumido o que entendo por sanidade mental: a aceitação da nossa total falta de controle sobre o destino e o bom humor para enfrentar nossas próprias contradições. Porém, gostar de Woody Allen não faz de mim uma intelectualóide xarope, e a prova disso é que ontem me esbaldei assistindo Homem de Ferro 2, com o espetacular Robert Downey Jr – que acaba de assumir o primeiro posto entre meus atores favoritos. Não que eu seja muito chegada a filmes de ação, não sou. Mas como já havia gostado do primeiro Homem de Ferro, fui conferir a continuação e me deliciei com os diálogos rápidos e inteligentes, com a participação sarcástica de Mickey Rourke, com as eletrizantes cenas gravadas num fictício GP de Mônaco, com a trilha sonora recheada de AC/DC (sonzeira que não ouço normalmente, mas que casou superbem com a montagem) e ainda o prazer de ouvir o clássico do The Clash… should I stay  or should I go?

*

Taí uma pergunta que anda martelando minha cabeça: should I stay or should I go? Detalhes nos próximos capítulos.

*

Dia 28 de maio estarei em Goiânia, e terça próxima, dia 18, estarei no Rio participando do evento “Leitura em Ação”. Segue o release que está circulando na rede. Beijos!

Martha Medeiros é a convidada do
Ciclo Leitura em Ação no CCAC
A Ação da Cidadania realiza no dia 18 de maio, terça-feira, mais um encontro do ciclo Leitura em Ação, desta vez com a presença da escritora Martha Medeiros, poeta e cronista de O Globo. Leitura de textos feita pela própria autora, debate e sorteio de livros autografados estão incluídos na programação do evento, que acontece às 18:30h, no Centro Cultural Ação da Cidadania (RJ), e tem como tema Vozes femininas na literatura: cotidiano em verso e prosa”. A entrada é gratuita.
Entre os textos lidos, estão algumas das poesias publicadas nos livros “Cartas Extraviadas” e “Poesia Reunida”, e mais as crônicas “O Grito”, “Desejo que desejes”, “A minha felicidade não é sua”, “A importância de perder peso”, “Vai, vai, vai viver” e “O que mais você quer”, entre outras.
Idealizado com o objetivo de difundir a literatura brasileira contemporânea e formar novos leitores, o ciclo tem como público-alvo as lideranças da Ação da Cidadania e alunos da rede pública de ensino, mas está aberto ao público em geral. Serão 10 encontros, realizados mensalmente sob a curadoria da escritora e pesquisadora Suzana Vargas (Estação das Letras).
Além da formação de platéia para a leitura, o ciclo Leitura em Ação complementa e integra o projeto Espaços de Leitura, criado e desenvolvido pela Ação da Cidadania com a implantação de bibliotecas móveis em comunidades pobres do país. Com capacidade para armazenar de 150 a 200 volumes, elas são abastecidas com os livros doados à campanha Natal sem Fome dos Sonhos.
Esta segunda edição do ciclo foi iniciada em abril deste ano e teve como convidados os escritores Zuenir Ventura e Ruy Castro. Inserido na atual política de incentivo à leitura da Ação da Cidadania, como forma de inclusão social, o projeto conta com o patrocínio da Oi e da Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro, através da Lei de Incentivo à Cultura, e o apoio cultural da Oi Futuro.
SERVIÇO:
Ciclo Leitura em Ação
Data: 18 de maio de 2010 (terça-feira)
Horário: 18:30h
Local: Centro Cultural Ação da Cidadania – Av. Barão de Tefé, 75 – Saúde – RJ – Telefone: 2233-7460
Entrada franca – 300 lugares
Leitura de textos, debate e sorteio de livros, com a presença da escritora Martha Medeiros

48 horas de natureza

09 de maio de 2010 23

Perto da sua cidade deve haver um vale, uma região serrana, um litoral deslumbrante. O que são 100km, ou 200km percorridos? Muito mais barato que uma passagem de avião. Nesse final de semana, percorri cerca de 120km de estrada e me senti na Itália. Juro.

*

Fui pro Vale dos Vinhedos, aqui no Rio Grande do Sul. Já conhecia, mas dessa vez conheci melhor. E com mais mordomia. Me hospedei na Pousada Borguetto Sant´Ana, numa casa de pedra com lareira, terraço, bom gosto, música suave e vista esplendorosa para os parreirais de Bento Gonçalves. Sai barato, isso? Não sai. Porém, bem mais barato que uma viagem à Toscana.

*

Dois dias de silêncio intenso. De vinho tinto do bom. De plátanos com folhas amarelas e vermelhas lá fora. De desconexão com as notícias do dia. Caramba, como isso é necessário para reordenar nossas prioridades. A vida urbana, caótica e barulhenta não me desagrada de todo, mas é preciso um refúgio, de vez em quando, pra gente lembrar do que importa de fato: o olho no olho, o sabor, o ar puro, a calma, a arte de contemplar.

*

Tudo que eu queria é um refúgio só meu. Tem gente que acha que sou rica, não sou. Mas se for um dia, vou ter um segundo lar com muita madeira, com muita lenha, com muita simplicidade, perto do mar ou no meio do mato, não importa, desde que seja longe de viadutos, asfalto, outdoors, sinaleiras. Não que eu conseguisse viver longe disso tudo a vida inteira: não conseguiria. Iria morrer de tédio. Sou urbana e há um pouco de fumaça correndo nas minhas veias, mas não concebo a vida sem o contato com o verde e com o ar puro. Nos finais de semana, gostaria de ser sempre outra, de dar vazão à bucólica em mim.

*

A gente está sempre querendo o que não tem.

*

Há cento e poucos quilômetros de Porto Alegre tem uma Itália, assim como perto da sua cidade tem uma Tailândia, tem um Machu Pichu, tem um Saara, tem uma floresta amazônica. É só a gente desgrudar da cadeira e se deslocar.

*

O Brasil é safo, mas é deslumbrante.

*

Bom início de semana!

Barraco global

06 de maio de 2010 36

Ontem uma pessoa me perguntou por que não estou no twitter, por que não tenho facebook, por que não abro um perfil no orkut e por que não uso MSN. E não fez todas essas perguntas por curiosidade. Senti em sua voz um tom de cobrança, como se o fato de eu ter optado em passar ao largo dessas ferramentas fosse algo prepotente de minha parte, como se eu estivesse me exibindo, me achando. O que é uma contradição, porque tudo o que eu não estou a fim é de ficar ainda mais exposta do que já fico através das crônicas. Mas assim é a vida, não se pode andar na contramão. O fato é que nem que eu quisesse eu teria tempo para ficar atualizando isso tudo. Vejam o blog. Bem que eu tentei, mas reconheço que ele não cumpre o prometido. Não consigo fazer as entrevistas que eu gostaria de postar, não faço tantos comentários sobre livros e filmes como deveria, não coloco fotos, e quando apareço – e tenho aparecido menos do que era pra ser - é para um papo muito rápido. A verdade é que minha vida deu uma acelerada nesse último ano, o número de compromissos e viagens a trabalho aumentou, tenho tido algumas propostas para projetos paralelos que me tomam tempo para realizar. E ainda por cima não tem chovido ideia nem para as crônicas. O mundo é repetitivo, e eu tenho sido também. Com essa overdose de informações, tudo já nasce com cara de notícia de ontem.

*

Não acontece com você, de vez em quando, de sentir uma nostalgia de uma época em que tudo era mais misterioso, incógnito, secreto, inatingível? Eu tenho sentido uma certa tontura com tanta gente falando ao mesmo tempo. E esse “tanta gente” me inclui. Eu não tenho tanto assim pra dizer. Eu não tenho opinião sobre tudo. Eu acho que andamos intoxicados por tantos “eus”.

*

Taí uma ideia pra crônica.

*

Considere o texto acima um desabafo, uma reflexão e um pedido de desculpas.

*

Hoje, em vez de se dedicar a blogs, twitters e facebooks, tire 20 minutos para ouvir uma palestra da escritora Isabel Allende, cujo link estou postando abaixo. Veja como é bacana ver uma mulher defender o direito de outras mulheres, e fazer isso com muito bom humor e comoção ao mesmo tempo. Ouça a voz emocionada dela, repare no seu informalismo mesmo diante de uma plateia de intelectuais, leia no rosto dela como ela acredita no que está dizendo. O mundo virtual tem coisas boas, lógico. Uma delas é poder compartilhar com vocês esse vídeo.

Bom final de semana e até a próxima!

Cruzem os dedos!

02 de maio de 2010 22

Eu de volta! Estive no Rio de quarta a sexta da semana que passou, choveu à beça, mas aproveitei bem meu tempo, cumpri meus compromissos, fiz diversas reuniões de trabalho, conheci pessoas, enfim, rendeu.

*

Na noite de quarta, dia 28, participei de um encontro na Clínica Odontológica Mario Groisman, que está inaugurando nova sede na Barra da Tijuca. Fui  convidada para recepcionar seus pacientes e amigos, fizemos um talk show, o próprio Mario me entrevistou num auditório, e foi divertidíssimo. Nós e a plateia batemos papo por mais de uma hora e meia sobre os mais diversos assuntos, e vocês poderão ter acesso a essa sabatina através do site da Cristina Brasil, sabe quem é ela? Nós já havíamos trocado e-mails, mas só agora nos conhecemos pessoalmente. Cristina fazia o “Decora Brasil”, programa de transformação de ambientes que era veiculado dentro do Happy Hour, do GNT. É uma grande mulher, em todos os sentidos (deve ter uns 2 metros de altura). Gaúcha, ex-modelo, moradora do Rio, decoradora talentosíssima e que manda muito bem em seu blog onde faz críticas, denúncias, comentários e etc, muito etc! Entra no blog dela e veja as fotos do encontro que tivemos na clínica. O vídeo ela ainda não postou, mas se comprometeu. www.cristinabrasil.com.br

*

Também nesse encontro na Barra conheci a atriz Juliana Didone, lindíssima e querida, e a Rosemary, my God!!! Direto do túnel do tempo. Me senti na Jovem Guarda!! E revi Cristiana Oliveira, sempre superquerida comigo, me prestigiando onde vou. Fomos jantar depois, eu e ela, mais o Mario Groisman e sua mulher Raquel.

*

Dia seguinte, mil reuniões. No café da manhã, me encontrei com uma produtora independente que está idealizando um projeto para tevê com minhas crônicas. Cruzem os dedinhos! (isso que ainda teremos o Divã na telinha também, com a super Lilia Cabral dando sequência a Mercedes…). Ao meio-dia, me encontrei com minha editora para livros de ficção, Isa Pessoa, da Objetiva, para tratarmos do lançamento do meu novo livro, a ser lançado no início de outubro. Estou fazendo a revisão final e entregarei em breve o original definitivo. Ainda sem título, mas lá  vem mais um monólogo feminino sobre a dificuldade de entendermos que no amor não há lógica!

*

No final da tarde, me reuni com Kelly Goldoni, produtora da próxima peça com texto meu a estrear no Rio, Tudo que eu queria te dizer, com direção do Victor Garcia Peralta e com Ana Beatriz Nogueira e Kiko Mascarenhas no elenco. Ana Beatriz e Victor estiveram na reunião e adorei ambos, estamos sintonizados, a peça tem tudo para ser muito bacana. Cruzem os dedinhos, de novo!! Se a agenda não ficar tumultuada, eles estrearão dia 1 de julho no Teatro Leblon.

*

E é lá no Teatro Leblon que está Doidas e Santas com Cissa Guimarães, Giuseppe Oristaneo e Josie Antello. A estreia para imprensa e convidados foi na quinta. Estavam lá Floriano Peixoto, Bel Kurtner, Nivea Stelman, André Gonçalves, Cristina Pereira, Xuxa Lopes, Sandra Barsotti e mais um monte de amigos e familiares do elenco, e pude dar um beijo também nos queridos Marcelo Valle (o Osmar de “Viver a Vida”) e Alexandra Richter (a Mônica do filme Divã), que estão em cartaz com o megasucesso “A História de Nós Dois” e que não puderam assistir ao Doidas por estarem em cena em outro teatro, mas foram lá no coquetel após o espetáculo para cumprimentar a equipe. Uns fofos.

*

Agora é com vocês: prestigiem a peça e me contem depois!

*

E tem mais, tem mais. Sexta que vem, dia 7, reestreia no Centro Cultural Justiça Federal, no Rio, a peça De mim que tanto falam, com Cristina Mayrink e Daniela Olivert, de sexta a domingo às 19h. Elas pegaram uns poemas meus, umas crônicas, umas frases soltas, bateram no liquidificador e fizeram uma espetáculo despretensioso, divertido e pensante a respeito do que? Lógico, das agruras dos relacionamentos, e da maravilha que é vivê-los. Confiram!!! Eu já assisti mais de uma vez, e não poderei estar nessa reestreia porque dia 7 de maio estarei em algum lugar secreto desse país comemorando o aniversário de alguém realmente vip – a very important person – to me!!

*

Antes disso, quarta que vem, estarei em Montenegro – de novo batendo papo numa clínica odontológica, dessa vez a do dr. Celso Orth. Os dentistas me descobriram, socorro!!! E na semana seguinte, dia 12, estarei em Esteio (RS), e dia 18 volto ao Rio para o projeto “Leitura em Ação”, falaremos disso mais adiante.

*

Ainda não vi “Tudo pode dar certo”, do Woody Allen, mas fãzona do cineasta do jeito que sou, já gostei. Em breve, comento.

*

Sei, sei, hoje foi puro colunismo social, mas para não finalizar esse post com tamanha dondoquice, convoco-os a assinarem todos os abaixos assinados possíveis (estão rolando na internet) que possam ajudar a passar a lei Ficha Limpa que será votada na próxima terça. Quem já fez meleca no governo, não pode voltar a se eleger. Fim de linha! Vamos moralizar esse país. Pra isso sim, peço, imploro, cruzem os dedos, mesmo!!!

*

Beijos e bom inicio de semana!