Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Fofa, a pitbull

29 de abril de 2009 0


Reportagem da correspondente Francine Cadore. Saiu no DC desta quarta-feira.

Fofa: O nome não poderia ser mais adequado para alguém que exibe tão dócil comportamento. É desta forma que a cadela pitbull, que adotou três gatinhos recém-nascidos em Herval D’Oeste, no Meio-Oeste catarinense, é conhecida pela vizinhança do Bairro São Jorge. Por lá, não há ninguém que não se encante com a história dos bichos. Gilmar Roberto Charles, um dos donos da cadela, contou que, desde pequena, ela exibe comportamento exemplar. É carinhosa com os donos e adora crianças. Além disso, cumpre bem com a função de cão de guarda:

Ao menor sinal de gente estranha, ela late muito. Nos protege mesmo. Só é braba em situações em que acha que estamos em risco. Normalmente, é muito carinhosa e brincalhona  disse, enquanto ganhava lambidas de Fofa.

A escolha do nome, aliás, não foi à toa. O comportamento meigo da cadela sugeriu a alcunha. E foi essa doçura a responsável pela acolhida aos pequenos felinos. Há um mês, uma gata de rua teve os três filhotes e os abandonou perto da casa de Fofa. Sem medo, foram se aproximando da cadela. Ela retribuiu em altas doses o carinho. Passou até a produzir leite nas glândulas mamárias, mesmo sem ter tido filhotes antes.

O médico-veterinário Diógenes Fernandes Leal acredita que a cadela possa ter tido uma gravidez psicológica, assim como as mulheres que desejam muito engravidar.

Já vi outros casos, como o de uma poodle, que adotou gatos também. Elas se sensibilizam e engravidam psicologicamente para produzir leite e alimentar os filhotes – explicou.

Antes de adotar os gatinhos, Fofa já era benquista pelas crianças. Agora, é disputada como uma pop star. Sempre que podem, as amigas Carolaine Camila de Oliveira, nove anos, e Chaila Milena Alves, 11 anos, estendem as brincadeiras para perto do quarteto.

Eu adoro brincar com ela porque nunca tinha visto uma cachorra gostar de gato, quanto mais uma pitbull dar de mamar para filhotinho de gato – disse Carolaine.

Só tinha visto isso na TV. Parece que nunca ia acontecer perto da gente  completou Chaila.

A dócil Fofa e seus três filhotes são motivo de orgulho para Charles:

Fico feliz por ter essa raridade em casa.

Postado por Fabiano Melato, na redação

Bookmark and Share

Envie seu Comentário