Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Florianópolis já castrou 20 mil cães

25 de agosto de 2009 5

Programa é referência para outras cidades do país/Divulgação
O projeto Bem Estar Animal da Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis já esterilizou 20 mil cães desde o início do programa, em 2005. A estratégia é adotada pela prefeitura para controlar a superpopulação de cachorros na cidade.

O sucesso da ação levou a coordenadora do projeto Bem Estar Animal, Maria das Graças Dutra, a receber representantes de outras cidades do país para conhecer de perto o programa.

— As pessoas não sabem como resolver o problema da superpopulação de cães em suas cidades. A nossa forma de controlar a população canina virou modelo para outras administrações municipais. Já estive em Santa Maria (RS), Canoas (RS), Porto Alegre, Niterói (RJ), Jundiaí (SP) e Juiz de Fora (MG) apresentando o projeto — conta Maria das Graças.

O secretário de Saúde de Florianópolis, João Candido da Silva, diz que a cidade optou por não exterminar os animais vivos. Ele afirma que o foco é controlar a população de cães por meio das cirurgias gratuitas de castração, além da campanha de educação de jovens sobre o assunto nas escolas. 

— O programa catarinense atende donos de cães de baixa renda e o animal é retirado de casa e levado de volta, sem custo. Até mesmo o número de acidentes com cães, seja atropelamentos ou até mesmo ataques contra as pessoas, foi reduzido após o trabalho de castração — afirma a coordenadora do projeto.

Pelo menos 25 cachorros são castrados por dia

De acordo com Maria das Graças, a média de 25 cirurgias por dia é o número de procedimentos indicado para uma população de 400 mil de habitantes. 

— Pretendemos aplicar microchip em todos os cães da cidade em até três anos e meio. Para isso, contamos com cerca de 400 voluntários, que cadastram os animais da cidade – conta.

Fila de 1,5 mil cães

Maria das Graças disse que não exagera quando diz que vai esterilizar todos os cães de Florianópolis. A fila de espera chegou a 1,5 mil cães para a esterilização. Segundo a coordenadora, a fila nunca diminui. 

— Antes, nós que procurávamos os donos de cães para esse tipo de trabalho. Hoje, são eles que nos procuram – afirma Maria.

Com informações do G1

Postado por Carlito Costa

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Viviane diz: 25 de agosto de 2009

    Poxa… um belo exemplo tão perto de Joinville.. Por que aqui há tanta resistência a algo tão simples??
    Parabéns à Secretaria de Saúde de Florianópolis e a Coordenadoria do Bem Estar Animal!!! Que o exemplo de vocês seja seguido por muitas cidades!!

  • mari diz: 26 de agosto de 2009

    POR FAVOR, ENVIE ESTE PROJETO AO NOSSO PREFEITO DE JOINVILLE, PRECISAMOS URGENTEMENTE AJUDAR NOSSOS AMIGOS CANINOS E FELINOS, JOINVILLE TEM QUE SE PREOCUPAR COM ESTE GRAVE PROBLEMA DE SUPERPOPULAÇÃO ANIMAL.

  • Marcio José Ronska diz: 7 de setembro de 2009

    Parabéns ao poder público de Florianopolis, parabéns as pessoas envolvidas nesse projeto. Queira Deus que os prefitos aqui do planalto norte tenham a mesma atitude de respeito a vida animal como tiveram os administradores de Floripa. Na nossa região a situação se agrava mais e mais e absolutamente nada é feito a respeito! Uma pena, provavelmente acham que cuidar dos animais não DA VOTO. A se soubessem o quanto estão enganados!!!!! MAIS UMA VEZ PARABÉNS!

  • Amandio Fernandes diz: 28 de setembro de 2009

    Gostaria que apresentasse o projeto aqui em Guarulhos,pois a Prefeitura tem feito as castrações,mas num ritmo “devagar quase parando”, e depois que foi proibido o extermínio de cães e gatos na carrocinha, eles tb não recolhem e o que mais se ve, são cachorros e cadelas prenhas pelas ruas da cidade.
    Obrigado.

  • Robson J.M. diz: 28 de novembro de 2010

    Tbm tenho uma cachorrinha de estimação,gostaria de esterilizar ela!
    Obrigado!

Envie seu Comentário