Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O retorno do gato morto

29 de março de 2010 2

Não, não é uma história de terror.

A notícia registrada pelo jornal inglês Daily Mail tem uma dose de mistério e outra de engano combinada com boa sorte.

Alfie, o gato da família Petrillo, foi atropelado, “morreu” e foi enterrado no quintal da casa. Pouco tempo depois, a família se mudou.

Passam-se nove meses, e os Petrillo recebem um telefonema de um ex-vizinho avisando que Alfie estava muito bem e perambulando em volta da antiga casa…

“Minha mulher e eu nos olhamos espantados”, conta Angelo Petrillo. “Ela me perguntou se eu estava completamente certo de ter enterrado Alfie e eu disse ‘sim, lógico… não estou louco’.”

Louco talvez não, distraído, com certeza. O bichano que Angelo encontrou atropelado às margens da rodovia M62, perto do antigo endereço em Milnrow, Grande Manchester, em junho passado, era apenas muito parecido com Alfie. O suficiente para causar todo o mal-entendido.

O “gato morto” está muito bem, até engordou, e já voltou para casa. Para evitar novas confusões, os Petrillo decidiram que vão colocar um microchip de identificação nele no outro felino da família, o Freddie.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Tiago diz: 29 de março de 2010

    eu já vi isso em algum lugar…

  • ilidio vilmar nicolini diz: 30 de março de 2010

    com um mundo de problemas locais, a manezada se preocupando com ressureicao de gatos…………………….

Envie seu Comentário