Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "cannes"

Sétima edição do Festival de Verão será de 24 a 31 de março

14 de março de 2011 0

Um dos destaques é Homens e Deuses, vencedor de Cannes

O Festival de Verão do RS de Cinema Internacional, evento que já se consolida no Estado por oferecer ao público gaúcho uma grande seleção de filmes para os cinéfilos de plantão, já tem data definida. De 24 a 31 de março, em Porto Alegre e em algumas cidades do interior, serão exibidos diversos títulos inéditos nacionais e internacionais, além de mostras paralelas, workshops e debates do público com quem faz cinema.

Longa de Xavier Beauvois é destaque na programação

Entre os principais destaques da programação desta edição está o grande ganhador de Festival de Cannes deste ano, Homens e Deuses, do francês Xavier Beauvois. Também fazem parte da mostra principal o recém premiado como Melhor Filme estrangeiro do Oscar, Em Um Mundo Melhor, e os ganhadores dos prêmios de melhor direção e roteiro no Festival de Cannes, Turnê e Poesia, respectivamente.

O festival está sendo organizado pela Panda Filmes, de Porto Alegre, e conta com o patrocínio da Oi, Oi Futuro e Girando Sol, através da Lei de Incentivo à Cultura. Para mais informações, acesse o site www.festivalveraors.com.br.

Cannes em imagens

18 de maio de 2010 0

A diva Juliette Binoche durante coletiva de imprensa do filme Copie Conforme, em que ela atua, dirigida por Abbas Kiarostami. O filme conta a história de um escritor de meia-idade inglês que encontra uma jovem francesa e viaja por San Gimignano com ela.

*****

Os atores Ryan Gosling, Faith Wladyka, o diretor Derek Cianfrance e a atriz Michelle Williams pouco antes da exibição de Blue Valentine. O filme mostra um casal em crise no casamento. Na medida em que a relação piora, eles relembram os momentos felizes juntos.

*****

O diretor Xavier Beauvois, durante coletiva sobre seu filme, Des Hommes Et Des Dieux, inspirado no assassinato de monges católicos na Argélia em 1996.

*****

O ator William Shimell, o diretor Abbas Kiarostami e Binoche.

*****

O diretor Oliver Schmitz e as atrizes Lerato Mvelase, Khomotso Manyaka e Harriet Manamela, antes da exibição do filme Life, Above All.

Meu mais novo ídolo - Mathieu Amalric

13 de maio de 2010 2

Sou fã de cinema francês e, talvez por isso, Mathieu Amalric nunca foi um nome estranho para mim.  Nos últimos dois anos tive a oportunidade de ver vários  e rever outros tantos filmes com sua atuação. Posso dizer que Amalric é o mais novo integrante da minha lista de favoritos.

Seu mais recente trabalho, Tournée (On Tour), no qual ele atua e dirige, está na competição oficial do Festival de Cannes. O filme conta a história de um produtor de TV francês decadente que tenta se reerguer promovendo a turnê de um grupo de strippers americanas na França. Na coletiva de imprensa, Amalric declarou que o ponto inicial para sua motivação do projeto foi o romance Colette e a descoberta do movimento New Burlesque (novo burlesco – um tipo de apresentação teatral com comédia, sátiras e boas doses de erotismo) na França e Estados Unidos, por meio de um artigo de jornal. O filme foi exibido hoje em Cannes e – infelizmente – parece que não causou muito entusiasmo.

Como ator, um de seus trabalhos mais elogiados e que lhe rendeu o segundo Cesar foi o belíssimo O Escafandro e a Borboleta (2007), de Julian Schnabel.  O filme conta a história real de Jean-Dominique Bauby, editor da revista Elle que sofre um derrame cerebral. Depois de 20 dias desacordado, ele desperta e descobre que sofre de uma rara paralisia: embora esteja plenamente consciente, o único movimento que lhe resta no corpo é o do olho esquerdo. Bauby se recusa a aceitar seu destino. Ele aprende a se comunicar piscando letras do alfabeto, formando palavras, frases e até parágrafos. Assim, ele cria um mundo próprio, contando com aquilo que não se paralisou: sua imaginação e sua memória. Trabalho memorável de Amalric.

Versatilidade é um dos pontos fortes deste ator. Talvez seu rosto seja familiar como o vilão Dominic Greene em Quantum of Solace, ou em Munique, de Spielberg.

Amalric também faz uma ótima atuação no lindo Um Conto de Natal (2007), de Arnaud Desplechin.  Os dois já haviam trabalhado juntos no excelente em Reis e Rainhas (2004), que deu ao ator o seu primeiro “Oscar” do cinema francês.  Um de seus filmes mais recentes é o francês Um Segredo em Família, um drama familiar pesado que tem como pano de fundo o nazismo e a deportação de judeus na França.

Como diretor, Amalric ainda faz um trabalho discreto, mas já dá mostras que sua genialidade também vai para trás das câmeras.  Seus primeiros três longas  (Tome sua Sopa, 1997; O Estádio de Wimbledon, 2001; A Coisa Pública, 2003 ) são ótimas dicas de bom cinema francês.  Pena que não são muito fáceis de serem encontrados.

Amalric em cena:

A Questão Humana

Reis e Rainhas

O Escafandro e a Borboleta

Um Conto de Natal

Ken Loach entra na competição oficial de Cannes

10 de maio de 2010 0

O britânico Ken Loach (dos fenomenais Pão e Rosa e À Procura de Eric) foi incluído de última hora na competição oficial do Festival de Cannes, que começa no dia 12 de maio. Segundo a revista Variety, o cineasta inglês tinha declinado do convite para exibir o seu drama, Route Irish, mas mudou de ideia e vai integrar os 18 filmes que disputam a Palma de Ouro.

O longa, escrito pelo roteirista de Loach, Paul Laverty, conta a história de dois ex-soldados apaixonados pela mesma mulher, que vai para o Iraque para contratar soldados. O filme se passa em Liverpool e no Iraque. O filme marca a nona parceria entre roteirista e diretor.

Loach já havia levado a Palma de Ouro em 2006 com o filme Ventos da Liberdade, sobre trabalhadores irlandeses se reúnem para combater as tropas britânicas, que tentam impedir a independência do país. Ano passado ele também disputou com À Procura de Eric.

Os outros filmes na competição:

•    Another Year, de Mike Leigh
•    Biutiful, de  Alejandro González Iñárritu
•    Copie Conforme (Certified Copy), de Abbas Kiarostami
•    Des Hommes et des Dieux (Of Gods and Men), de  Xavier Beauvois
•    Fair Game, de Doug Liman
•    Hors la Loi (Outside of the law), de Rachid Bouchareb
•    La Nostra Vita (Our Life), de Aniele Luchetti
•    La Princesse de Montpensier (The Princess of Montpensier), de  Bertrand Tavernier
•    Lung Boonmee Raluek Chat (Uncle Boonmee Who Can Recall his Past Lives), de Apichatpong Weerasethakul
•    Outrage, de Takeshi Kitano
•    Poetry, de  Lee Chang-Dong
•    Rizhao Chongqing (Chongqing Blues), de Wang Xiaoshuai
•    Schastye Moe (My joy), de Sergei Loznitsa
•    Szelíd Teremtés – A Frankenstein Terv (Tender Son – The Frankenstein Project), de Kornél Mundruczó
•    The Housemaid, de Im Sangsoo
•    Tournée (On Tour), de Mathieu Amalric
•    Un Homme qui Crie (A Screaming Man), de Mahamat-Saleh Haroun
•    Utomlyonnye Solntsem 2: Predstoyanie (The Exodus – Burnt by the Sun 2), de  Nikita Mikhalkov

Curta brasileiro competirá no Festival de Cannes

22 de abril de 2010 0

Brasil, Argentina, Chile e Cuba fazem parte da lista dos países que representarão a América Latina na competição de curtas-metragens do Festival de Cannes, publicada hoje pela organização do evento, o que representa quase a metade dos selecionados.

Nove curtas participam da competição, entre eles Estação, da brasileira Marcia Faria.

Blokes, da diretora chilena Marialy Rivas; Maya, do cubano Pedro Pio Martín Pérez; e Rosa, da argentina Mónica Lairana também são destaques latino-americanos do festival. O júri da competição de curtas-metragens também conta com presença latina, como a do cineasta brasileiro Cacá Diegues. O Festival de Cannes acontecerá de 12 a 23 de maio.

(Agência EFE)

Longa brasileiro é destaque em mostra paralela de Cannes

20 de abril de 2010 0

O longa brasileiro Alegria, de Marina Meliande e Felipe Bragança, será exibido na Quinzena dos Realizadores, mostra paralela do Festival de Cannes, que acontece em maio na Riviera Francesa. De acordo com Bragança, o longa-metragem “é um poema juvenil ambientado no Rio de Janeiro e fala sobre a inquietação do corpo e do coração de uma menina de 16 anos”.

Além deste, outros dois filmes brasileiros participam do festival.  Cinco Vezes Favela – Agora por Nós Mesmos, dirigido por Luciana Bezerra, Cacau Amaral, Rodrigo Felha, Wavá Novais, Manaíra Carneiro, Cadu Barcellos e Luciano Vidigal, na Seleção Oficial; o curta A Distração de Ivan, de Cavi Borges e Gustavo Melo, na Semana da Crítica; e agora, A Alegria, na Quinzena.

Benicio del Toro e Cacá Diegues serão jurados em Cannes

17 de abril de 2010 0

O ator portorriquenho Benicio del Toro e o diretor espanhol Víctor Erice serão membros do júri da Seleção Oficial do Festival de Cannes, presidido pelo cineasta americano Tim Burton, informou a organização.

Os profissionais ibero-americanos estão presentes também nos júris de outras seções do Festival: o brasileiro Cacá Diegues e o espanhol Marc Recha participarão do prêmio Cinéfondation e da seção de curtas-metragens. Já o ator mexicano Gael García Bernal será jurado no prêmio Caméra d’Or.

Entre outros colegas de Diegues estarão as atrizes Emmanuelle Devos (França) e Dinara Droukarova (Rússia).

Alejandro González Iñárritu competirá com Biutiful pela Palma de Ouro

15 de abril de 2010 0

O cineasta e escritor mexicano Alejandro González Iñárritu concorrerá pela Palma de Ouro no próximo Festival de Cannes com seu filme Biutiful, anunciou hoje a organização deste evento.

O filme, com o ator espanhol Javier Bardem (com o diretor na foto, durante as filmagens)  no papel principal, faz parte da seleção oficial do festival, que será realizada entre os dias 12 e 23 de maio.

A 63ª edição será aberta com o filme de Ridley Scott Robin Hood e a lista da seleção oficial inclui Copie conforme, de Abbas Kiarostami, Another year (No outro ano, em livre tradução), de Mike Leigh, e Utomlyonnye Solntsem 2, de Nikita Mikhalkov.

Os outros filmes em competição são Dês hommes et dês dieux, de Xavier Beauvais, Hors-la-loi, de Rachid Bouchareb, Um homme qui crie, de Mahmat-Saleh Haorun, The Housemaid, Im Sang-soo, Outrage, de Takeshi Kitano, e Poetry, de Lee Chang-Dong.

Completam a lista Fair Game, de Doug Liman, You. My joy, dirigido por Sergei Loznitsa, La nostra vita, de Daniele Luchetti, La princesse de Montpensier, de Bertrand Tavernier, e Loong Boonemee Raleuk Chaat, realizado por Apichatpong Weerasethakul.

O júri da próxima edição do Festival de Cannes será presidido pelo cineasta Tim Burton. Ao lado dele, estarão o porto-riquenho Benicio del Toro e o diretor espanhol Víctor Erice.Além deles, o júri será integrado pela atriz britânica Kate Beckinsale, a atriz italiana Giovanna Mezzogiorno, Alberto Barbera (diretor do Museu Nacional do Cinema italiano), o roteirista e escritor francês Emmanuel Carrere e o diretor e ator indiano Shekhar Kapur.

Fora da competição, o festival exibirá os filmes de Woody Allen You will meet a tall dark stranger, Tamara Drewe, de Stephen Frears, e o filme do americano Oliver Stone Wall Street:Money never sleeps, protagonizada por Michael Douglas. (EFE)

Juliette Binoche é a estrela do cartaz do Festival de Cannes

29 de março de 2010 0

A charmosa, bela e talentosíssima Juliette Binoche é a imagem da 63ª edição do Festival de Cannes, que ocorre de 12 a 23 de maio. A foto é de Brigitte Lacombe.

Foto: Divulgação, www.festival-cannes.com

Robin Hood, de Ridley Scott, abre Festival de Cannes

28 de março de 2010 4

O filme Robin Hood, dirigido por Ridley Scott e protagonizado por Russell Crowe e Cate Blanchett, vai abrir a 63ª edição do Festival de Cinema de Cannes, no próximo dia 12 de maio.

O filme do diretor britânico, indicado três vezes ao Oscar de melhor diretor por Thelma & Louise, Gladiador e Falcão Negro, será apresentado fora de competição no festival, que acontece do dia 12 ao dia 23, com júri presidido por Tim Burton.

Crowe, que volta a trabalhar com Scott após ter sido dirigido pelo britânico em Gladiador e O Gângster, entra para uma lista que já tem Errol Flynn, Sean Connery e Kevin Costner, que também deram vida ao lendário arqueiro.

O filme será exibido em Cannes dois dias antes de sua estreia mundial, prevista para 14 de maio