Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de setembro 2011

Terceira edição do Festejo será em novembro

27 de setembro de 2011 0

Entre os dias 4 e 13 de novembro será realizada a terceira edição Festival de Teatro de Joaçaba, o Festejo. O evento tem como objetivo incentivar a produção artística na região, em especial o teatro, reunindo artistas amadores e profissionais, estudantes da Educação Básica e dos cursos de Artes Cênicas, Licenciaturas e Comunicação Social da Unoesc Campus de Joaçaba.

Nesta edição, as apresentações serão divididas em quatro categorias: Teatro Escolar, Amostra Unoesc, Teatro de Rua e Teatro Espaço Alternativo. Fernanda Zamoner, organizadora do evento, conta que neste ano o evento também inovará ao ser dividido em vários palcos, não se limitando a um único espaço, além da duração do festival, que terá dez dias de apresentações. Nos próximos dias será divulgado o início das inscrições para o III Festejo.

O Festejo é uma realização da Unoesc Campus de Joaçaba e do Curso de Licenciatura em Artes Cênicas, com patrocínio da Enercan, empresa de Campos Novos que patrocina o evento por meio da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura.

O Festejo

A primeira edição do Festejo aconteceu em outubro de 2009, no Centro de Eventos da Unoesc, e teve a participação de 19 grupos entre as categorias Infantil, Infanto-Juvenil e Adulto. Foi um festival competitivo, com 1º, 2º e 3º lugares em cada categoria. Além dos espetáculos, foram oportunizadas palestras, relatos de experiências e oficinas.

Em 2010, o Festejo deixou de ser competitivo e retirou a divisão por categorias. Iniciou com um Cortejo pelas ruas da cidade e teve nove espetáculos selecionados apresentados no Teatro Alfredo Sigwalt, representando diversos municípios da região. Em uma programação paralela incluiu dois espetáculos de rua, duas performances e o Cine-SESC, realizado no auditório do Colégio Superativo, além de oficinas sobre quatro temas.

Bookmark and Share

Programa “Um Computador por Aluno” é divulgado à comunidade hervalense

27 de setembro de 2011 0


UCA foi divulgado aos alunos e à comunidade - Foto: Divulgação

A Escola de Educação Básica Melo e Alvim reuniu pais, professores e alunos, em Herval d’ Oeste, para divulgar o programa Um Computador por Aluno (UCA). Autoridades como o secretário regional Jair Lorensetti e o deputado federal Jorginho Mello, além de representantes do Executivo e do Legislativo municipal, também participaram do evento.

Viabilizado pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, com apoio do Governo do Estado, o programa contempla a escola hervalense com laptops educacionais desde setembro de 2010. Os 320 alunos da unidade receberam os computadores portáteis, que, além de promover a inclusão digital, melhoraram os processos de ensino e de aprendizagem.

Durante o evento, os objetivos e benefícios do UCA foram apresentados através de fotos, vídeos e depoimentos dos alunos, que relataram que as aulas se tornaram mais interessantes após a implantação do programa. Os laptops com acesso à internet são utilizados por todas as disciplinas, principalmente para pesquisas.

A E.E.B Melo e Alvim é a única escola da rede estadual beneficiada na área de abrangência da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, e uma das 11 contempladas em Santa Catarina. A unidade recebeu infraestrutura, capacitação de gestores e professores.

O secretário regional Jair Lorensetti destacou a importância do uso de novas tecnologias da informação e da comunicação nas escolas, que, após a chegada dos laptops, constataram aumento do interesse dos alunos e melhora do desempenho em sala de aula.

Bookmark and Share

“Meu nome não é Johnny”: ex-traficante relata suas experiências para estudantes da Unoesc

21 de setembro de 2011 0

Foto: Divulgação

Drogas, tráfico, prisão, legislação, família. Esses foram alguns dos muitos assuntos que permearam o bate-papo protagonizado por João Guilherme Estrella na manhã desta terça-feira na Unoesc Campus de Joaçaba. João Guilherme é o ex-traficante de drogas que inspirou o livro “Meu nome não é Johnny”, lido por mais de 70 mil pessoas, e o filme que leva o mesmo nome e já foi visto por mais de 100 milhões de espectadores.

O convidado iniciou falando de sua história. Falou de como entrou no mundo das drogas, aos 14 anos de idade como usuário; do seu início no tráfico, já perto dos 30 anos e por acaso; da fase em que ficou dois anos preso na Polícia Federal e em um manicômio judiciário; de sua volta à vida normal após cumprir a pena; do sucesso alcançado com o livro e o filme sobre sua vida e também como empresário, produtor, músico, compositor e educador. Ainda revelou dois de seus projetos para o futuro: levar sua história para o teatro e criar uma clínica de reabilitação para dependentes químicos.

Em seus relatos, abusou da simplicidade e sinceridade para mostrar como é a realidade do mundo das drogas e do tráfico, respondendo a inúmeras perguntas de alunos e professores. Foram mais de duas horas de conversa que terminaram com gosto de quero mais, já que o assunto e a forma como o convidado o abordava cativou e despertou a curiosidade dos alunos, a maioria estudantes que ingressaram neste ano nos cursos do período matutino da Unoesc.

- Priorizem o sonho e o objetivo de vocês. Tem que se divertir, mas não precisa se detonar para isso. Dá para atingir o objetivo e se divertir, mas sem perder o foco –  foi uma das mensagens que João Guilherme Estrella deixou para o público.

Bookmark and Share

Abertas inscrições para Vestibular Acafe e Processo Seletivo Unoesc

14 de setembro de 2011 0

Abriu nesta semana o prazo de inscrição para o Vestibular de Verão Unoesc Acafe e o Processo Seletivo Especial da Unoesc 2012/1. Os prazos vão até 17 de outubro e 5 de dezembro respectivamente, com a oferta de 29 cursos com ingresso por meio do vestibular e de 24 cursos com ingresso por meio do processo seletivo.

As novidades do Vestibular de Verão da Unoesc para ingresso no primeiro semestre de 2012 são os seguintes cursos: Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica no Campus de Joaçaba; Ciência da Computação no Campus de São Miguel do Oeste e no Campus Aproximado de Pinhalzinho; Engenharia Civil no Campus de São Miguel do Oeste; Agronomia no Campus Aproximado de Maravilha; Arquitetura e Urbanismo no Campus de Videira.

As inscrições podem ser feitas no site da Unoesc (www.unoesc.edu.br) respeitando os prazos mencionados no início da matéria. As taxas de inscrição custam R$ 58 para o vestibular e R$ 20 para o processo seletivo.

A prova do vestibular será aplicada no dia 27 de novembro, das 13h às 18h, e o resultado divulgado no dia 8 de dezembro.  A seleção dos candidatos inscritos no Processo Seletivo será feita por meio da análise do histórico escolar do ensino médio.

Bookmark and Share

Quase tudo pronto para o Festival Nacional de Cinema e Vídeo Rural em Piratuba

13 de setembro de 2011 0


Organizadores trabalham nos últimos detalhes para o evento - Foto: Divulgação

Tudo preparado para o 3º Festival Nacional de Cinema e Vídeo Rural de Piratuba. A partir desta quarta-feira, o município é palco da expressão do homem do campo e de seu trabalho através de produções audiovisuais e fotografias. Serão quatro dias de programação gratuita no Centro de Eventos.

Com a participação de mais de 20 estados, o evento piratubense já figura como um dos maiores de Santa Catarina. Com a intenção de valorizar a família rural e suas atividades, o festival conta com 146 vídeos, todos voltados à temática do homem do campo. Mais de 80 fotos também estão inscritas no concurso.

Na categoria Filme de Ficção são 28 inscritos, na Documentário são 65 produções, a categoria Reportagem de TV tem 38 inscrições e a Produção Amadora conta com 15 participantes. O Concurso de Fotografias tem 52 fotos coloridas e 33 na categoria Preta e Branca.

Os vídeos pré-selecionados, que concorrem aos prêmios, serão conhecidos nesta terça-feira. A lista estará disponível no www.festivaldecinemapiratuba.com. As fotografias terão votação de uma equipe técnica e serão votadas durante o festival, onde estarão expostas. É possível também votar através do site, onde as imagens já estão disponíveis.

Toda programação é aberta ao público e gratuita. Além da exibição dos filmes, o evento conta com a 3ª Feira de Produtos e Artesanato da Agricultura Familiar, com exposição e comércio de produtos durante o Festival. O “V SEMAS” (Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade) também será realizado durante o Festival onde palestras e oficinas serão oferecidas. Os agricultores, estudantes, profissionais e demais interessados também vão contar com oficinas de estudos gratuitas.

Bookmark and Share