Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Cinema"

Cinema para a criançada em Joaçaba

11 de outubro de 2010 0

Nino, um garoto de 300 anos de idade que não tem amigos, é o personagem central da história

Que tal passar uma tarde na companhia de Nino, tio Vitor e tia Morgana? Sim! Especialmente se for o Dia das Crianças. No dia 12 de outubro, o Cine Clube Miguel Russowsky irá fazer a festa com os pequeninos de Joaçaba. Está marcada para as 14h a exibição de “Castelo Rá-Tim-Bum – O filme”, no Teatro Alfredo Sigwalt.

A história envolve o personagem Nino, um garoto de 300 anos de idade que não tem amigos. Ele mora num castelo perto da cidade de São Paulo e por não freqüentar a escola devido à idade, passa o dia todo com seus tios Victor de 3.000 anos e Morgana de 6.000 anos.

Segundo o presidente da Sociedade De Cultura Artística de Joaçaba e Herval D´Oeste (Scajho), Antonio Carlos Pereira, o Bolinha, estimular o gosto pelo cinema é fundamental.

- As pessoas sempre se lembram da primeira vez que foram ao cinema, graças a Deus nós podemos proporcionar este momento às crianças de Joaçaba.

O valor da entrada será simbólico, de apenas R$ 1 para ajudar nos custos da manutenção. Porém, o pagamento é opcional. Quem não tiver condições, poderá assistir ao espetáculo da mesma maneira.

- Desde 2007, nossa cidade está sem cinema e agora através do estímulo da Prefeitura estamos levando mais cultura para a comunidade joaçabense.

 

Serviço

O quê: Castelo Rá-Tim-Bum – O filme

Onde: Cine Clube Miguel Russowsky, no Teatro Alfredo Sigwalt

Quando: Dia 12

Quanto: R$ 1

Que horas: 14h

 

Bookmark and Share

Uma telona para os homens do campo

23 de setembro de 2010 0

Intenção do festival é mostrar o cotidiano do homem do campo e valorizar os costumes

 

Uma projeção da realidade. O agricultor Reno Toscan, de 51 anos, sempre trabalhou na roça. E nunca imaginou ver a vida do campo representada em uma tela de cinema. Na sala escura e diante de uma grande imagem, realizou o sonho durante a abertura do 2º Festival Nacional de Cinema e Vídeo Rural de Piratuba, no Meio-Oeste, que ocorreu na noite desta quarta-feira.

O evento, que prossegue até sábado, já é considerado o maior do gênero no país. Estendeu o tapete vermelho para agricultores como Reno e também para cineastas de 21 estados brasileiros. Mais de 120 títulos foram inscritos, mas uma seleção prévia determinou a exibição de apenas 20.

Todos devem concorrer a um troféu fundido em ferro, com enfoque na arte e no meio ambiente. E, no meio da competição, também há espaço para as produções realizadas por agricultores familiares e suas associações formais e informais, assim como para filmes experimentais comprometidos com a causa do meio rural.

O objetivo principal do evento é mostrar o cotidiano do homem do campo e valorizar os costumes. São imagens produzidas ao redor do fogão a lenha durante o feitio de uma polenta, por exemplo. Também tem lugar reservado para a colonização italiana e tudo o que ela representa aos homens do campo.

Sucesso que também é justificado pela diversidade da programação. Tem filmes, documentários, reportagens de televisão, feira de produtos agrícolas, exposição de fotografias e shows culturais. Tanto que um dos momentos mais esperados é o encerramento do festival, no sábado, quando está programado para as 22h um show com Almir Sater.

Além disso, a feira para comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar da região também está agradando o público. Dá pra comprar artesanato feito com palha de milho, fibras de sisal, biscoitos, frios e flores.

 

Serviço

O quê: 2º Festival Nacional de Cinema e Vídeo Rural de Piratuba

Onde: Centro de Eventos de Piratuba, no Meio-Oeste de Santa Catarina

Até quando: O evento prossegue até sábado, dia 25

Quanto: Entrada gratuita. Para o show de Almir Sater, será cobrado ingresso de R$20.

Bookmark and Share