Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Fotos antigas à espera dos donos

25 de fevereiro de 2014 0
Mural de fotos antigas na Av. Júlio de Castilhos chamou atenção dos passantes. Foto: Jonas Ramos, especial

Mural de fotos antigas na Av. Júlio de Castilhos chamou atenção dos passantes. Foto: Jonas Ramos, especial

A coluna costuma destacar fotos do fundo do baú, mas o post desta terça traz uma história apurada pela colega jornalista Louise Pierosan na manhã desta segunda, dia 24, em pleno centro de Caxias. Confira:

A diarista Cleusa de Fátima Lima (foto abaixo), 48 anos, andava pela Av. Júlio de Castilhos por volta das 14h quando teve a atenção desviada para um “mural” improvisado quase na esquina com a Rua Alfredo Chaves.

Cleusa de Fátima Lima parou para conferir as imagens. Foto: Jonas Ramos, especial

Cleusa de Fátima Lima parou para conferir as imagens. Foto: Jonas Ramos, especial

Oito retratos históricos e expostos com o recado “Procura-se dono/a dessas fotos” faziam quase todos que passavam pela rua ao menos virarem a cabeça para conferir, nem que na corrida, do que se tratava. Cleusa parou para ver de perto quem eram as pessoas nas imagens.

– Fiquei curiosa. Achei estranho. Pensei que eram fotos de alguém que estava perdido, mas depois vi que são as fotos é que estão perdidas – comentou.

Natália achou as fotos no meio da rua, em São Pelegrino, há um ano. Foto: Jonas Ramos, especial

Natália achou as fotos no meio da rua, em São Pelegrino, há um ano. Foto: Jonas Ramos, especial

O achado

As imagens foram encontradas há cerca de um ano pela estudante de Relações Públicas Natália Biazus (foto acima), 25 anos. Ela conta que caminhava na Rua Sinimbu, em frente à Igreja São Pelegrino, quando viu os retratos atirados no meio do asfalto. As fotos são antigas, datadas dos anos 1960, 1970 e 1980, e mostram famílias, amigos e colegas em momentos de descontração. No verso de uma delas, a legenda “Encontro de Secretárias – 1975”.

– Vi que tem momentos muito sinceros ali, de pessoas felizes. Eu queria utilizar as fotos, para colorir ou fazer quadrinhos, meio que tomar posse delas. Mas me dei conta de que não são momentos meus – relata a estudante.

Moradora de Caxias do Sul há oito anos, Natália guardou o achado. Ontem, ela se mudou para a cidade natal, Lagoa Vermelha. Durante a mudança, encontrou as fotos perdidas e decidiu que elas deveriam retornar para o dono.

Então colou-as perto de casa, na sexta-feira, na esperança de que alguém reconheça um dos rostos impressos. Na parede, colocou o cartaz, explicando que o dono pode – e deve – se apropriar dos retratos.
– A minha curiosidade era saber como essas fotos foram parar no asfalto – confessa.

Confira mais algumas imagens:

Quem são essas pessoas? Foto: reprodução

Encontro de secretárias em 1975. Quem são essas pessoas? Foto: reprodução

Quem são essas pessoas? Foto: reprodução

Quem são essas pessoas? Foto: reprodução

Quem são essas pessoas? Foto: reprodução

Quem são essas pessoas? Foto: reprodução

Envie seu Comentário