Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O informativo mensal da Metalúrgica Abramo Eberle

21 de março de 2014 0
Os clássicos boletins tiveram início em 1956, quando a empresa celebrou 60 anos de atividade. Foto: Diogo Sallaberry

Os clássicos boletins tiveram início em 1956, quando a empresa celebrou 60 anos de atividade. Foto: Diogo Sallaberry

As antigas edições do Boletim Eberle são uma das tantas raridades guardadas pela escritora e professora aposentada Lourdes Curra, fiel colaboradora do blog e da coluna Memória. A publicação, de periodicidade mensal, surgiu em 1956, data em que a empresa celebrava 60 anos de atividade.

Distribuído gratuitamente a amigos e colaboradores, o boletim tinha edição de 4 mil exemplares e abarcava os mais diversos assuntos: nascimentos de filhos de funcionários, casamentos, curiosidades, piadas, pensamentos, uma página literária com poesias e crônicas, o cotidiano dos trabalhadores nas fábricas, além de fotos de eventos sociais e esportivos da empresa.

Boletim de 1965 trazia foto da Praça Dante com o clássico pinheiro de Natal dentro do chafariz. Foto: reprodução

Boletim de 1965 trazia foto da Praça Dante com o clássico pinheiro de Natal dentro do chafariz. Foto: reprodução

Foto: reprodução

Trabalhador atuando na metalúrgica em 1956. Foto: reprodução

O antigo pavilhão da Festa da Uva, hoje sede da prefeitura, foi capa em 1958. Foto: reprodução

O antigo pavilhão da Festa da Uva, hoje sede da prefeitura, foi capa em 1958. Foto: reprodução

Trajetória do fundador Abramo Eberle foi abordada no primeiro volume, lançado em 1956. Foto: reprodução

Trajetória do fundador Abramo Eberle foi abordada no primeiro volume, lançado em 1956. Foto: reprodução

Uma edição especial colorida saudava a chegada de 1957. Foto: reprodução

Uma edição especial colorida saudava a chegada de 1957. Foto: reprodução

As ilustrações

Uma série de desenhos divertidos anunciava cada seção: nascimentos, casamentos e eventos sociais.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Os textos

Inicialmente, a supervisão e a redação eram do advogado Nestor Curra (irmão de Lourdes), mas o boletim contava também com textos de Mansueto Serafini Filho, Mário Ramos, Jimi Rodrigues, Alberto Arioli e João Spadari Adami.

Um clássico lembrado por todo mundo que passou por lá!

Envie seu Comentário