Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Visita da Miss Brasil 1957 a Caxias do Sul

14 de maio de 2014 0
Salvador Salatino, Heitor Curra Filho, Clóvis Salatino e a Miss Brasil 1957 Terezinha Morango, durante a visita da miss à Festa da Uva de 1958. Foto: acervo pessoal de Nóris D'Andréa Curra, divulgação

Salvador Salatino, Heitor Curra Filho, Clóvis Salatino e a Miss Brasil 1957 Terezinha Morango, durante a visita da miss à Festa da Uva de 1958. Foto: acervo pessoal de Nóris D’Andréa Curra, divulgação

Eleita Miss Brasil 1957, a amazonense Terezinha Morango percorreu o país divulgando o concurso e a beleza da mulher brasileira. E, como era de praxe naqueles tempos, toda miss costumava visitar a Festa Nacional da Uva. Em 1958, a bela percorreu o estande da Malharia Salatino, de Caxias do Sul, então uma das mais importantes do setor têxtil da região.

Na foto acima vemos, a partir da esquerda, o empresário Salvador Salatino (um dos fundadores da malharia), o designer e projetista de ambientes Heitor Curra Filho (criador do estande) e o filho de Salvador, Clóvis Salatino.

Durante sua passagem pela festa, uma frase da miss eternizou a rainha daquele ano, Zila Turra:

– Se eu sou um morango, a Zila é uma uva.

Tereza Gonçalves Morango entrou para a história do concurso Miss Brasil como a primeira representante do Estado do Amazonas a ostentar o título – foi também o primeiro título da região norte do país. O certame ocorreu em junho daquele ano. Um mês depois, disputando o Miss Universo nos Estados Unidos, “Morango” ficou em segundo lugar, perdendo apenas para a peruana Gladys Zender.

A imagem deste post  integra o acervo da leitora Nóris D’Andréa Curra, esposa de Heitor (in memoriam).

Envie seu Comentário