Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

La Vindima, um galeto que marcou época

16 de maio de 2014 0
Jantar de confraternização do departamento de jornalismo da TV Caxias - Canal 8, em 1971. À esquerda vemos os apresentadores Carmem Tomasi e Nestor Gollo, o diretor comercial Luiz Carlos Lucena e, ao centro, o diretor geral Nestor Rizzo. Em pé, seu Reinaldo Moz e os garçons. Foto: Scalco, acervo família Moz, divulgação

Jantar de confraternização do departamento de jornalismo da TV Caxias – Canal 8, em 1971. Em pé, seu Reinaldo Moz e os garçons, entre eles Nestor Zardin (à direita), que atuou 43 anos na casa. Foto: Scalco, acervo família Moz, divulgação

A réplica de um parreiral na recepção anunciava o clima hospitaleiro. No balcão, seu Reinaldo Moz dava as boas-vindas, identificando boa parte da fiel clientela pelo nome. Na cozinha, dona Mirca caprichava no tempero do galeto, um segredo à base de sálvia e molho de vinho jamais revelado. Circulando pelas mesas, garçons como Nestor Zardin, 43 anos de casa, eram muito mais que funcionários: eram autoridades na hora de servir e cativar.

Se algum restaurante primou pelo melhor da tradição italiana em Caxias, esse local foi o La Vindima. Quem circulou por lá nos últimos 45 anos recorda até hoje de pratos aparentemente simples, porém inigualáveis no sabor: a massa caseira, as polentas brustoladas, o radicci, a clássica salada de batata… Complementando tudo isso, boas doses de simpatia e carisma.

Seu Reinaldo e dona Mirca com o empresário Francisco Stedile, outro dos tantos clientes ilustres do Vindima. Foto: acervo família Moz, divulgação

Seu Reinaldo e dona Mirca com o empresário Francisco Stedile, outro dos tantos clientes ilustres do Vindima. Foto: acervo família Moz, divulgação

O empreendimento surgiu na esquina da Rua Borges de Medeiros com a Vinte de Setembro em 1962, no térreo do Edifício Três Irmãos, e imediatamente se consolidou. Tanto que, no final daquela década, a família deu início à construção de um prédio próprio a poucos passos dali, na Borges, 446,entre a Vinte de Setembro e a Bento Gonçalves.

Foi no térreo do pequeno edifício de três andares que o La Vindima foi reinaugurado, em 28 de março de 1970. Foi lá também que seu Reinaldo trabalhou até falecer, em agosto de 2008, aos 86 anos. Quatro meses depois, o La Vindima fechou as portas, deixando órfãs gerações de consumidores.

O La Vindima nos primórdios, em 1962, quando funciona na esquina da Vinte de Setembro com a Borges de Medeiros. Foto: acervo família Moz, divulgação

O La Vindima nos primórdios, em 1962, quando funciona na esquina da Vinte de Setembro com a Borges de Medeiros. Foto: acervo família Moz, divulgação

O convite original de reabertura do restaurante no novo endereço, em 1970. Foto: acervo família Moz, reprodução

O convite original de reabertura do restaurante no novo endereço, em 1970. Foto: acervo família Moz, reprodução

Jantar de confraternização do departamento de jornalismo da TV Caxias - Canal 8, em 1971. Foto: Scalco, acervo família Moz, divulgação

Jantar de confraternização do departamento de jornalismo da TV Caxias – Canal 8, em 1971. Foto: Scalco, acervo família Moz, divulgação

TV  Caxias – Canal 8: uma clientela fiel

Acima, um jantar de confraternização do departamento de jornalismo da TV Caxias – Canal 8, localizada a poucos metros do Vindima, em 1971. À esquerda vemos os apresentadores Carmem Tomasi e Nestor Gollo, o diretor comercial Luiz Carlos Lucena e, ao centro, o diretor geral Nestor Rizzo. Em pé, seu Reinaldo Moz e os garçons da casa, entre eles Nestor Zardin (à direita), que atuou 43 anos na casa.

Nestor Zardin em 2006, sob a clássica réplica de parreiral que adornava a recepção. O garçom atuou 43 anos no Vindima. Foto: Nereu de Almeida, Agência RBS

Nestor Zardin em 2006, sob a clássica réplica de parreiral que adornava a recepção. O garçom atuou 43 anos no Vindima. Foto: Nereu de Almeida, Agência RBS

Clientela órfã

Conforme uma das filhas do casal, Raquel Moz, até hoje alguns clientes – moradores de outras cidades e Estados – perguntam quando o restaurante vai reabrir:
- Como nos cartões havia o telefone de casa também, muitos ainda ligam pra cá – revela Raquel, que mora com a mãe no primeiro andar do prédio da família. A um lance de escada do endereço que marcou época na gastronomia caxiense.

Postal de divulgação do La Vindima na Festa da Uva de 2008. Foto: acervo família Moz, reprodução

Postal de divulgação do La Vindima na Festa da Uva de 2008. Foto: acervo família Moz, reprodução

Verso do postal de divulgação do La Vindima na Festa da Uva de 2008. Foto: acervo família Moz, reprodução

Verso do postal de divulgação do La Vindima na Festa da Uva de 2008. Foto: acervo família Moz, reprodução

Segredos

De 1992 a 2008, o La Vindima figurou no Guia Quatro Rodas, integrando a lista dos melhores restaurantes de gastronomia italiana do país. Todas as 16 distinções obtidas foram emolduradas, expostas e devidamente guardadas.

Atualmente, a família busca interessados em adquirir a marca La Vindima e o “segredo” dos clássicos pratos de dona Mirca, hoje com 91 anos.

Já o espaço do restaurante, na Borges de Medeiros, acaba de ser alugado pela empresária do ramo de alimentação Beth Belatto. Ainda não há data para a abertura.

Envie seu Comentário