Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Um passeio guiado pela memória das ruas

13 de junho de 2014 0
Encontro com o arquiteto Roberto Fillipini (ao centro) será neste sábado, a partir das 9h, no Museu Municipal. Depois, ocorre a caminhada pelas ruas. Foto: Antonio Lorenzett, divulgação

Encontro com o arquiteto Roberto Fillipini (ao centro) será neste sábado, a partir das 9h, no Museu Municipal. Depois, ocorre a caminhada pelas ruas. Foto: Antonio Lorenzett, divulgação

Caminhar pelo centro de Caxias sem pressa reserva uma série de surpresas se o transeunte estiver disposto a contemplar a arquitetura histórica da cidade. É isso que busca o projeto Caminhos da Memória, iniciativa mais do que bem-vinda em tempos em que se discute o futuro da Maesa e a adequação dos prédios à lei da poluição visual.

Sob a mediação do arquiteto e urbanista Roberto Fillipini, o próximo encontro ocorre neste sábado, das 9h às 11h30min, com saída do Museu Municipal (Rua Visconde de Pelotas, 586). A proposta segue duas etapas. Primeiro, uma breve abordagem teórica no Museu. Depois, uma caminhada orientada pelas ruas centrais, quando serão descritos os aspectos urbanos e arquitetônicos de vários prédios relevantes para a história do município.

– Todo o trabalho tem o valor de ressaltar o patrimônio histórico de Caxias do Sul – explica Fillipini, também autor do livro Formas Ignoradas: Ornamentos, Estilos e Memórias.

Na publicação, Fillipini mapeia várias construções icônicas da cidade, como o Eberle, o Juvenil, a Catedral Diocesana, o prédio da antiga Livraria Saldanha (tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal), o Magnabosco e o próprio Museu Municipal, além de recordar o que Caxias já perdeu ao longo dos anos (Ópera, Hotel Menegotto, Mansão Raabe, entre outros).

Prédio da antiga Livraria Saldanha, na esquina da Av. Júlio de Castilhos com a Rua Visconde de Pelotas, é um dos abordados no passeio. Foto: Studio Geremia,a cervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Prédio da antiga Livraria Saldanha, na esquina da Av. Júlio de Castilhos com a Rua Visconde de Pelotas, é um dos abordados no passeio. Casarão, atualmente bastante modificado, abriga uma operadora de telefonia no térreo e várias lojas no segundo pavimento. Foto: Studio Geremia,a cervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

A iniciativa

O Caminhos da Memória é uma iniciativa do Departamento de Memória e Patrimônio Cultural da prefeitura e da Associação dos Amigos da Memória e Patrimônio Cultural de Caxias do Sul (Moúsai), por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Participe do projeto

A participação nas caminhadas é aberta ao público, e as inscrições gratuitas podem ser feitas pelo e-mail barbara@dinamicacomunicacao.com.br ou pelos telefones (54) 3025.3030 e 9923.4418. Os grupos compreendem, no máximo, 20 pessoas.

Em caso de chuva, haverá uma exposição de filmes e imagens sobre a história da arquitetura, nas dependências do Museu. Aos participantes é distribuído gratuitamente um álbum de fotografias antigas de Caxias do Sul.

As próximas caminhadas

Junho: dias 14 e 28
Julho: dias 12 e 26
Agosto: dias 16 e 30
Setembro: dias 13 e 27
Outubro: dias 18 e 25

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Envie seu Comentário