Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Encontro da Família Bolzan em Flores da Cunha

18 de julho de 2014 2
Foto: acervo pessoal de Ivone Bolzan, divulgação

A família do casal Máximo Bula e Giustina, filha do imigrante Lorenzo Bolzan, em meados dos anos 1940.  Foto: acervo pessoal de Ivone Bolzan, divulgação

Flores da Cunha sedia neste domingo o 3º Encontro da Famiglia Bolzan. Realizado de dois em dois anos, o evento busca reunir os descendentes dos irmãos imigrantes Giácomo, Giusepe e Lorenzo Bolzan.

Conforme a leitora Ivone Bolzan, bisneta de Lorenzo e coordenadora do encontro, o imigrante italiano fixou-se na Serra em 1894, após sair da região do Vêneto de navio, na companhia da segunda esposa, Elizabetta Argenta, e de três filhos – dois bebês gêmeos e a menina Giustina, de apenas seis anos.

Foto: acervo pessoal de Ivone Bolzan, divulgação

O imigrante italiano Lorenzo Bolzan. Foto: acervo pessoal de Ivone Bolzan, divulgação

Pelos relatos de Ivone, ao embarcar no porto de Genova, um casal sem filhos perguntou a Lorenzo se ele não venderia um dos meninos, já que a viagem naquelas condições de pobreza seria de alto risco. A madastra Elizabetta dirigiu-se ao marido, em dialeto:

“Gueto mia vergogna di vendere il proprio sangue?”
(em tradução livre, “Não teria vergonha de vender o próprio sangue?”).

Os dois meninos acabaram morrendo durante a travessia e foram sepultados no mar. Giustina, de seis anos, sobreviveu.

Na imagem que abre o post, a família de Giustina (a segunda sentada a partir da direita), já com o sobrenome Bula, no início dos anos 1940. Na foto aparecem ainda (em pé, a partir da esquerda) Pedro Bula, Laurindo Gavazzoni, Marieta Bula, Luiza Bula, José Fachin e Lourenço Bula. Sentados, Antonia Bula, Graciema Bula, Zilda Bula, Tecla Pagno, José Angelo Bula, o marido Máximo Bula, Odila, Giustina e Rosina Bula.

Na foto abaixo (na primeira fila, ao centro, de gravata), João Bolzan, o primeiro descendente de Lorenzo nascido no Brasil, em 1895. Ele aparece na companhia da esposa, Genoveva Paganin, e dos filhos, noras, genros e netos, por ocasião da ordenação sacerdotal do filho, o Frei Eurico Bolzan, em 13 de fevereiro de 1955.

Foto: acervo pessoal de Ivone Bolzan, divulgação

Reunião da família Bolzan em 1955, durante a ordenação do Frei Eurico Bolzan, em Flores da Cunha. Foto: acervo pessoal de Ivone Bolzan, divulgação

A foto foi captada defronte à mesma Igreja Matriz onde será realizada a missa deste domingo. Ivone Bolzan, a organizadora do encontro, é a menina de vestido e chapéu, bem ao centro.

Missa de Gratidão

O encontro dos Bolzan ocorre a partir das 10h, com Missa de Gratidão na Igreja Matriz de Flores da Cunha, seguida de almoço no Salão Paroquial.

Conforme a organização, estão confirmados 300 familiares, oriundos de 28 cidades de seis Estados. Os encontros anteriores foram realizados em Restinga Seca e Jaguari, na região central.

João Bolzan, a esposa Genoveva, os filhos e os netos no dia da ordenação religiosa da filha, a irmã Dileta Bolzan, hoje com 78 anos. Ela também estará na festa deste domingo. Foto: acervo pessoal de ivone Bolzan, divulgação

João Bolzan, a esposa Genoveva, os filhos e os netos no dia da ordenação religiosa da filha, a irmã Dileta Bolzan, em meados dos anos 1950. Hoje com 78 anos, ela também estará na festa deste domingo. Foto: acervo pessoal de ivone Bolzan, divulgação

Comentários (2)

  • MARIA BOYLAN diz: 20 de julho de 2014

    Querida Ivone Maria pelo o que vi o seu encontro com a Familia Bolzan foi muito linda. Cheio de detalhes in tudo as coisas antigas que botasse no saloa esta muito lindo.Voce esta de parabens in tudo que fizeste todo ano voce merece um grande premio por tudo que fez um grende beijo da amiga Maria De lourdres

  • laercio bolzan diz: 21 de setembro de 2014

    boa tarde , ivone maria

    sou do estado de sao paulo, meu pai roberto bolzan e filho de angelo bolzan e neto de antonio bolzan este ultimo foi o ultimo nome que ele lembra nao sabemos se o meu tataravo o sr antonio tinha mais irmaos e voce souber de algum parente meu pai gostaria de saber quem seriam eles a minha bisavo segundo meu pai se chamava maria gerardi se tiver alguma novidade e poder me informar eu agradeço

Envie seu Comentário