Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Inauguração do Monumento Monte Calvário, em São Marcos, em 1952

20 de agosto de 2014 2
Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Monumento de 22 metros de altura foi inaugurado em 27 de abril de 1952. Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Desde os primórdios da imigração italiana, o município de São Marcos caracteriza-se pela forte religiosidade. Em abril de 1952, a localidade, então ainda um distrito de Caxias do Sul, testemunhou o surgimento de um dos seus símbolos mais conhecidos: o Monumento Monte Calvário.

Reportagem assinada pelo jornalista Mário Gardelin na edição de 19 de abril de 1952 do Pioneiro destacou a conclusão da obra. A matéria também fez referências às potencialidades culturais e econômicas do distrito, administrado pelo subprefeito Manuel Ramos de Castilhos.

O monumento foi inaugurado oficialmente no dia 27 de abril de 1952, mas como a periodicidade do Pioneiro era semanal, somente na edição de 3 de maio o fato foi registrado com destaque na capa do jornal.

Foto: reprodução jornal Pioneiro

Capa do Pioneiro de 19 de abril de 1952 destacava a obra e a contribuição do presidente Getúlio Vargas. Sino foi batizado de Vox Getulli. Foto: reprodução jornal Pioneiro

Foto: reprodução jornal Pioneiro

Edição de 3 de maio de 1952 destacou a inauguração e a presença de autoridades políticas e religiosas. Foto: reprodução jornal Pioneiro

A obra

O monumento, idealizado pelo cônego Henrique Compagnoni, encantou pela beleza e dimensão arquitetônica, tendo seu projeto executado pela firma Segalla & Rossi Ltda.

A solenidade contou com a presença do então prefeito Euclides Triches, de bispos de Vacaria e Passo Fundo e cerca de 5­ mil pessoas, conforme mostram as imagens da sequência abaixo.

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Cerca de 5 mil pessoas participaram da solenidade. Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Em livro

No livro História de São Marcos, escrito por Luiz Rizzon e Osmar Possamai, o Monte Calvário recebeu um capítulo especial, em que se evidenciam sua origem e o esforço comunitário para sua concretização.

O símbolo religioso localiza-se num ponto elevado da área central, a uma altitude de 795m. No local, é possível contemplar a vista da cidade e fazer agradáveis passeios.

As informações deste post são uma colaboração do repórter fotográfico do Pioneiro Roni Rigon.

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Foto: Studio Geremia, coleção Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

Comentários (2)

  • Tatiane Cristina Zambelli diz: 20 de agosto de 2014

    Achei muito interessante a reportagem, mas não foram citadas as obras escultórias do Monte Calvário de autoria do Escultor Estácio Frederico Zambelli. Dados que se encontram nas obras literárias da escritora Irma Buffon Zambelli. Sobre o Monte Calvário na obra “Os Filhos da Arte”. E em relação às obras do Escultor Tarquinio Zambelli, na obra “A Retrospectiva da Arte ao Longo de um Século”.

Envie seu Comentário