Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Raul Seixas no Teatro de Lona em 1989

25 de agosto de 2014 1
Foto: Carla Pauletti, banco de dados/Pioneiro

Um mês após o show no Teatro de Lona, em Caxias do Sul, Raul Seixas morria em São Paulo. Foto: Carla Pauletti, banco de dados/Pioneiro

Um mês antes de falecer, em 21 de agosto de 1989, Raul Seixas baixou em Caxias para um show que ficou na história do não menos lendário Teatro de Lona. Na companhia do fiel parceiro Marcelo Nova, Raul eternizou na memória dos fãs a noite daquela sexta-feira 14 de julho, após a apresentação ser adiada um mês antes – em função de problemas com a produtora responsável, de Porto Alegre, e também devido à sua saúde, já bastante debilitada.

O clima era de expecatativa para ver “a que pé andava o artista”. O leitor Álvaro Garcia estava na plateia e recorda do atraso de quase duas horas:

- Reza a lenda que ele teria “tomado todas” em seu quarto no Hotel Alfred e não queria fazer o show. Mas, mesmo com o atraso, ninguém arredou pé do teatro – conta.

Foto: Carla Pauletti, banco de dados/Pioneiro

Raul Seixas e Marcelo Nova no show de julho de 1989, em Caxias do Sul. Foto: Carla Pauletti, banco de dados/Pioneiro

Acompanhado pela banda Envergadura Moral, Marcelo Nova abriu os trabalhos com hits do Camisa de Vênus, até que o coro Raul, Raul finalmente foi abafado. Raul, magérrimo, entrou desfilando hits como Maluco Beleza, Cowboy Fora da Lei, Be Bop a Lula, além das não menos clássicas Metamorfose Ambulante e Sociedade Alternativa, turbinada pela leitura da Lei do Forte.

- Ele estava muito bêbado! Enrolava a língua, não conseguia acompanhar a banda. O auge foi quando cantou Sociedade Alternativa, com o famoso pergaminho com os mandamentos em punho e todos cantando o refrão – lembra Álvaro.

Foto: reprodução jornal Pioneiro

Foto: reprodução jornal Pioneiro

Quem viu, viu!

O subtítulo da matéria assinada pela jornalista Marlei Ferreira no Pioneiro de 14 de julho de 1989 parecia antecipar o clima “quem viu, viu” da derradeira turnê:

Raul Seixas e Marcelo Nova aportam no TL hoje à noite para um show histórico.

Apoiado em uma cadeira em algumas músicas, Raul buscava driblar a saúde frágil intercalando entradas e saídas e deixando Marcelo Nova seguir com os hits do Camisa de Vênus. Antecipava um cenário que se repetiria nos breves shows posteriores: um músico cada vez mais doente, com ambulância, enfermeiros e todo um aparato médico acompanhando-o.

Morreu “literalmente” no palco.

Foto: reprodução jornal Pioneiro

Foto: reprodução jornal Pioneiro

25 anos atrás

Muitos creditam o show caxiense como o último de Raul, mas o roqueiro ainda se apresentaria em 11 de agosto de 1989, em Brasília. Na ocasião, ele precisou ser auxiliado por Marcelo Nova, pois frequentemente vinha esquecendo das letras e das notas – ele morreu em São Paulo exatamente dez dias depois do show na capital federal.

A causa foi uma parada cardíaca causada por alcoolismo e pancreatite crônica, combinada à falta de insulina para o tratamento do diabetes. No velório, o corpo de Raul foi ao chão duas vezes, tamanho o descontrole dos fãs que queriam abraçá-lo.

As fotos

As imagens deste post também são uma homenagem à fotógrafa do Pioneiro Carla Pauletti, que registrou o show e morreu em 1997, vítima de câncer.

Leia mais sobre a trajetória de Carla Pauletti clicando AQUI.

Comentários (1)

  • Nilceia diz: 26 de agosto de 2014

    Eu estava neste show, histórico!!!Frio , espera, muita espera mas valeu a pena.

Envie seu Comentário